Enquete - Você tem receio de voar?

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Fobia

 mensagem postada em 15/07/2012 - 07:07:39hs
 
 

Pessoal, nem dramim faz efeito pra mim. Tenho fobia e minha perna não pára de tremer. E quando o piloto pede para retornar as potrocas e colocar o cinto por provável turbulência, só Jesus na causa. Meu coração falta sair pela boca. Kkkkkkkk

 


 
Dramim na veia

 mensagem postada em 15/07/2012 - 07:07:14hs
 
 

É... Eu sou dessas pessoas que não é fã de voar... Eu pra Curitiba, que dá 50 minutos de São Paulo, não desligo um segundo de medo, pensa em 10 horas pra Orlando..rs

Sinceramente não sei como vai ser. Alguém já viajou pela Delta Airlines??? Nem sei o que tem no avião, se tem filme, o que servem, comprei esse pq faz uma pequena parada em Atlanta e era mais barato que a Tam (beeeeem mais barato).

Agora, ficar todo esse tempo sem ter o que fazer vai ser osso, sinceramente. Vou tomar Dramim com certeza e nem tanto pelo enjôo, mas sim pq ele dá uma derrubada e como vou viajar durante a noite pode ser que me ajude.

Espero sinceramente conseguir capotar, senao vou ter um treco de medo + nervoso + tédio. Mas tudo pra realizar meu sonho vale a pena!!!!

 


 
natalia

 mensagem postada em 04/05/2012 - 01:05:59hs
 
 

menina, e o cabelo da gente, que fica parecendo que somos loucas??? hahahaha o meu fica todo errado! pra dormir, vc tem que encostar na janela (com sorte de sentar na janela) ou se dobrar inteira na poltrona... quando levanta, parece que chegou de moto e não de avião! hahahahaha

 


 
Leonardo Moussa

 mensagem postada em 04/05/2012 - 12:05:18hs
 
 

Adoro viajar de avião! Geralmente eu entro e durmo assim que começamos a voar. Mas na última viagem longa que fiz, das 15 horas de viagem, dormi 11 e fiquei 4 acordada. Pra ter uma idéia, não vi nem o avião subir... hahahahhaa

 


 
Jane - voltei

 mensagem postada em 13/02/2012 - 08:02:31hs
 
 

Aff, voltei ontem da viagem para Orlando e Nova Iorque jurando pela enésima vez que da próxima vou de carro.
Bem, sobrevivi e cá estou, cansadésima depois de chá de aeroporto, sem açúcar e aguado, visto que, cheguei de Orlando 6:30 hs da manhã mas, por causa das reformas no Afonso Penna, só fui prá Curitiba 11:25 hs, já que o aeroporto só abre no domingo 12:00 hs.
Descobri que treinar letra num caderninho de caligrafia tbém ajuda muito na distração, pois é necessário prestar atenção para ela ficar bonitinha.

 


 
Eliene

 mensagem postada em 24/01/2012 - 09:01:33hs
 
 

Uma vez li uma tira do Garfield, que também morre de medo de voar e me identifiquei muito com ele. Ri muito, porque parecia eu. Ele sentia todos os cheiros do avião, escutava todos os mínimos barulhinhos,observava cada movimento da aeronave.
Esse é o problema, a gente não consegue relaxar, ficamos concentrados o tempo todo no vôo.
Na próxima viagem, vou comprar umas cruzadinhas e ver o que acontece haha.
Grata, beijos.

 


 
Jane, de novo.

 mensagem postada em 24/01/2012 - 12:01:44hs
 
 

Sempre viajamos de Tam também, mas livros não funcionam comigo, tampouco remédios. Os filmes eu vejo quando não tem turbulência, daí só as cruzadas mesmo.
Aliás, vou sair um pouco mais cedo de casa para o aeroporto, pois tenho que comprar pelo menos umas 04 das facinhas e 01 das médias.
Nesse ano fomos pra Europa e foram "n" voos: Curitiba/São Paulo, São Paulo/Londres, 02 dias depois Londres/Atenas, 03 dias depois Atenas/Santorini (08 horas num ferry-boat), 03 dias depois Santorini/Atenas, 02 dias depois Atenas/Londres, 02 dias depois Londres/São Paulo e, finalmente, São Paulo/Curitiba.
Desnecessário dizer quantas dores de barriga eu tive, mas, digo novamente, não vou deixar que o medo domine.

 


 
Jane

 mensagem postada em 24/01/2012 - 12:01:26hs
 
 

Nem li muito sobre a tal turbulência prá não me assustar mais, pois já bastou ler na internet que hoje chega na terra alguma coisa de radiação do sol que pode afetar algumas coisas.
Uma coisa que me ajudou foi ler um desses livros que falam do que acontece com o avião na decolagem e pouso, além de explicar o que são aqueles barulhos que a gente escuta. Também tranquiliza o fato de meu marido adorar o flight simulator, pois me explica também várias coisas.
Hoje quando estava andando de carro, tive a certeza de que uma das causas do medo é o fato de não estarmos no controle, tanto que, quando estou de passageira, fico com um medinho, achando que meu marido devia frear, não colar tanto no carro da frente, e outras "barbeiragens" que eles cometem (na verdade ele é um excelente motorista, nem pontos na carteira tem).
Outra coisa, se fecharmos os olhos quando estamos no carro (não na direção, pelo amor de Deus), podemos perceber a irregularidade da estrada, que normalmente é pior do que as turbulências.
Por fim, não posso esquecer mesmo das palavras cruzadas, que distraem o cérebro tentando achar as respostas, daí desvia a atenção do desconforto.
Ruim mesmo é acender a luz de madrugada e aguentar os olhares de desaprovação dos outros, mas só quem padece do mesmo mal sabe o quanto isso é necessário para a gente se sentir melhor.
Bjs

 


 
Eliene

 mensagem postada em 24/01/2012 - 08:01:32hs
 
 

Olá conterrânea medrosa.
Nós somos bem parecidas com nosso medo.
Eu detesto a parte do avião. Pra mim só ficar no aeroporto já é desconfortável.
Eu já tentei de tudo, como adoro ler sempre carrego um livro junto e nem abro, simplesmente não consigo me concentrar em nenhuma linha.
Agora tem duas coisas que faço:
A primeira é pedir ajuda aos nossos amigos Vpoenses e eles me passam tanta energia positiva que o medo parece que fica menor.
E outra que usei na última viagem foi tomar um remédio para dormir.
Não posso dizer que dormi como um bebê, acordei várias vezes com o avião chacoalhando, mas relaxei o suficiente para cochilar a maior parte da viagem.
E quando sou obrigada a ficar acordada, jogo. Gostamos de viajar com a Tam e salvo algumas excessões desagradáveis o avião tem telas individuais e tem joguinho, aqueles bem infantis, paciência, me ajudam muito.
Mas a viagem só começa realmente para mim, quando o avião pousa. Aí eu estou realmente feliz.
E essa turbulência da American ontem no vôo Recife/Miami eu teria morrido, enfartada.
Deus nos livre de um episódio desses.
Beijos.

 


 
Medo???? Não, tenho pavor.

 mensagem postada em 24/01/2012 - 06:01:06hs
 
 

Hoje acordei de madrugada e não consegui dormir mais. Claro, é que minha viagem é hoje, e como medrosa de plantão, não poderia ser diferente.
Ainda deitada, fiquei refletindo sobre o meu medo, e resolvi que ia postar como tento lidar com isso, pois talvez ajude alguém.
Bem, posso dizer que, mesmo após inúmeras horas de voo prá Europa, Estados Unidos e Nordeste, ainda sinto bastante desconforto, e ele começa qdo sei que vou viajar.
Minha coragem prá lidar com a situação começou após enfrentar 02 viagens de ônibus de Curitiba prá Porto Alegre (10 horas sacolejando) e depois ir de avião, onde foram menos de 02 horas, daí vi que, desconforto por desconforto, melhor em menos tempo. E olha que essa foi onde sacolejou mais.
Coisas que faço para tentar minimizar os desconforto:
a) tento pensar o mínimo possível na viagem de avião, por isso ocupo bastante de outras coisas antes;
b) não voo sem minhas palavras cruzadas, e daquelas do nível fácil, pois ocupam demais o cérebro nos piores momentos (subida, nivelamento e turbulências), inclusive de madrugada (sempre levo bronca do marido por acender a luz);
c) tbém uso relógio para controlar o tempo.
d) na decolagem e na descida, tiro os pés do chão e endireito o corpo prá frente, pois diminui bastante a sensação de não estar reta.
e) no aeroporto, já começo a fazer as palavras cruzadas, não fico olhando os aviões lá fora e embarco olhando somente prá frente;
f) NUNCA sento ao lado da janela, e evito olhar prá fora, a não ser qdo o avião está estabilizado. Jamais qdo ele faz curvas, pois a sensação do horizonte subindo ou descendo é ruim demais.
g) qdo estou no avião, me concentro em olhar para dentro dele e mentalizo que estou dentro de um ônibus.
Por fim, sinto medo sim e sou solidária demais com aqueles que também são assim, mas achei meu jeito e não admito que o pânico me domine. Por enquanto tem funcionado.

 


 
 
Você Sabia Que ... O número do prédio do corpo de bombeiros da Main Street U.S.A é “71” em homenagem a inauguração do Magic Kingdom que se deu em 01 de outubro de 1971.