Planejamento - Dinheiro, Cartão, Travel Check e Cartão Pré-Pago Internacional

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 

Este tópico se presta para que os usuários possam trocar informações e sanar dúvidas sobre a utilização de dinheiro, cartão de crédito, travel check e VTM, mas não para a divulgação de produtos ou cotação de preços.
Quanto ao cartão pré-pago internacional, tendo em vista a proibição da citação de empresas ("3.1") bem como reclamações ("3.3"), antes de adquirir tal produto não deixe de verificar os comentários postados pelos internautas no site Reclame Aqui - link.
Não é permitida a citação de empresas de câmbio no presente tópico em obediência ao nosso regulamento (3.1).
Para informações a respeito da cotação do dólar valham-se de outros veículos de informação como UOL, Terra, ou qualquer outro de sua preferência. Evitando utilizar o presente tópico apenas para tal finalidade.
Destaco ainda que o nosso fórum não se presta para qualquer discussão relacionada a política econômica, partidos políticos e assuntos análogos.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Res: REs esespero

 mensagem postada em 01/10/2015 - 02:10:15hs
 
 

Pois é, não vou trazer nem lembrancinha.
Mas confesso que já estive pior, quando vi que o dólar começou a disparar, fiquei desesperada mas mesmo assim comprei os ingressos logo e foi a melhor coisa que fiz.
De lá para cá o dólar aumentou ainda mais e como comprei em reais estou pagando em parcelas fixas no meu cartão.
Até o hotel que eu pretendia pagar depois, paguei antecipado.
Meu marido comprou hoje os últimos dólares que faltavam.
Agora acho que vou poder curtir os preparativos da minha viagem que está pertinho.
Acredito que para quem vai viajar até o final do ano, a melhor solução seja comprar tudo logo, porque não vejo luz no fim do túnel.


(mensagem de FABIANA SOARES COSTA)



E quem não tem dinheiro agora, vai viajar em menos de 2 meses e só vai ter dinheiro na semana da viagem?

 


 
Res: Ingressos

 mensagem postada em 01/10/2015 - 04:10:18hs
 
 

Ola Marcelo,

Sei de quais ingressos vc esta' falando (daqueles que te levam para visitar algum condominio com o intuito de te vender algo... e vc tem que assistir alguma palestra, e no fim ganha o ingresso...) Mas não é deste tipo que estou falando... Falo dos pequenos quiosques que recompram e revendem ingressos... Uma vez mesmo ja' revendi para eles, pois tinha comprado ingressos de 3 dias nos parques da Disney e minha filha ficou doente no segundo dia, entao vendi 2 ingressos com um dia restante em cada... Mas isto ja' tem alguns anos, deve ter sido no inicio dos anos 2000... Se de la' para ca' os ingressos de entrada multipla se tornaram nominais, nao sei como eles fazem... ??? So sei que eles vendem ainda... Estive la em fevereiro ultimo, comprei em um pequeno quiosque na I.Drive do lado daquela loja que tem um imenso boneco de jogador de basquete na porta, na frente do Hotel International Palms... Nao me lembro mais quanto, mas era quase a metade do preço de compra no portão...
Estou indo de novo em Janeiro, vou tentar descobrir qual é a jogada deles...
abs

Ola,

Ja' fui a Orlando umas 15x, e sempre compro meus ingressos dos parques naqueles quiosques na International Drive, as vezes consigo descontos de 40% em relaçao ao preço normal... Geralmente eles recomprar ingressos de pessoas que não usaram todos os dias (tipo vc comprou um ingresso que da' direito a 3 dias e so' usou 2...) e revendem por um preço bem mais barato... Nunca tive problemas...
Fica a dica para quem quiser testar...
abs
(mensagem de rubens G)


Rubens acredito que esses ingressos nao sejam de outras pessoas nao.....os ingressos nao sao nominais e com impressao digital??? nao precisa assisitir nada de palestra pra ter esses ingressos com 40%?

Abrçs
(mensagem de marcelo paiva)


 


 
ECONOMIA NA ALIMENTAÇÃO

 mensagem postada em 01/10/2015 - 05:10:47hs
 
 

DICA PARA ECONOMIZAR!

Em nossa última viagem para os EUA - Outubro/2014, compramos uma panela elétrica super barata em um supermercado de rede. Fazíamos arroz, estrogonofe de frango (Nos mercados tem o frango em pedaços, cozido e congelado - da pro gasto), saladas, entre outros. Isso tudo sem ter cozinha no quarto!

A economia foi grande, e foi melhor que comer muito fastfood.

<>'s

 


 
Res: Desespero!!!

 mensagem postada em 02/10/2015 - 08:10:44hs
 
 

Oi Izabel boa noite!

Péssima esta situação, corta toda a alegria !

Você ainda não comprou os ingressos eu tenho 3 sugestões para você:

Uma seria comprar aqui no Brasil com empresas especializadas e parcelar a perder de vista no cartão, lógico que sem juros, senão fica pesado mas com a vantagem do dólar "congelado" pois a cobrança será em reais pela cotação do dólar do dia se der uma baixada maior até sua viagem você aproveita.

A outra seria comprar lá pois muitas vezes você pega promoções para residentes dos EUA.
No Homewood Suites próximo à Universal ,apenas para exemplificar, o posto de venda de ingressos nos vendeu Busch Gardens mais barato por ser dia de semana e promoção da Universal 2 com terceiro dia grátis e um desconto como se fôssemos residentes dos EUA.

A terceira e última sugestão é mais radical e envolve um certo sacrifício seria comprar menos dias na Disney por exemplo, e utilizar o Park Hooper que permite migrar entre parques assim fazendo dois parques relativamente pequenos como o AK e o DHS ou ainda o AK e o Epcotno mesmo dia, pois muitas vezes as crianças nem curtem muito a parte dos países aproveitando que os dias ainda estão longos e tem mais horas para aproveitar, mas precisa ver se compensa mesmo fazer isso financeiramente tem que ir no site da Disney e fazer uma simulação de valor.
Isto é mais fácil de fazer nos parques da Universal que são mais próximos e tem o Expresso Hogwarts você pode comprar 1 dia park-to-park e fazer os dois parques em um dia só.

Reforçando esta última sugestão envolve muito planejamento e funciona mais para quem já foi e conhece e seleciona as atrações que quer ir tem que pensar bem senão o passeio fica cansativo e não agrada todo mundo.

Abçs a todos,

Alessandra
(mensagem de AleGGuedes)


Oi Ale! Obrigada pelas dicas...

Eu possivelmente usarei a primeira opção, assim ainda sobra um pouquinho mais do dinheiro que consegui juntar para levar. A parte chata é que vou ter voltado da viagem e permanecerei pagando por ela ainda mais alguns meses. Mas tá valendo! Na verdade o que mais me incomodou nessa situação toda foi perder aquele prazer no planejamento. Uma das coisas que eu mais gostava de fazer era planejar cada detalhe meses antes.. com essa alta absurda esse prazer virou desespero mesmo.. até porque ando escutando de amigos que é hora de guardar dinheiro, frente à crise.. e que quem não fechou viagem não vai mais. Mas, agora é tarde!
Para aliviar um pouco a tensão, aqui em casa meu marido que é muito brincalhão, já anda fazendo piada.. dizendo que vamos passar perrengue na viagem, e pedindo para meu filho mais novo aprender na aula de inglês como se pede água grátis no restaurante (eu já falei para ele que água lá nos restaurantes é de graça - mas aí perde a piada, né?!), então, agora estamos conseguindo rir um pouco de tudo isso.

 


 
Economia

 mensagem postada em 02/10/2015 - 09:10:26hs
 
 

Estou no mesmo barco. Minha viagem é em novembro. Vou com minha esposa e só vamos passar 7 noites pra economizar. Conseguimos comprar as passagens e hotel a R$ 3,00 e mais mil Obamas. Fui comprar mais esse mes e já estava R$ 3,98. Pior que vamos comprar um enxoval pra o nosso filho ou filha que vai nascer em abril e ainda roupas e brinquedos pros outros 2 meninos pequenos que temos. Não sei onde economizar mais. So vamos somente no MK 1 dia, US e IOA 2 dias e Sea World. Acho que vamos cortar os restaurantes em sua maioria que iriamos. Pelo menos o carro já está alugado. Vamos ficar no Rosen Inn At Pointe.

 


 
Res: ECONOMIA NA ALIMENTAÇÃO

 mensagem postada em 02/10/2015 - 11:10:23hs
 
 

Boa dica César,

Vou tentar comprar uma panela dessas. Vou ficar num hotel que tem cozinha e nos dias de parques as crianças chegam muito cansadas, normalmente jantávamos no quarto mesmo, mas o meu pequeno não gosta das comidas congeladas, então uma panela elétrica seria perfeita para cozinhar legumes e aquele arroz de saquinho, tipo Uncle Bens que eu imagino que tenha lá. Ai é só incluir um franguinho ou nuggets mesmo e tá feita uma refeição que agrada os pequenos.
No meu caso, além da economia é uma questão de praticidade com os pequenos.

 


 
Res: ECONOMIA NA ALIMENTAÇÃO

 mensagem postada em 10/10/2015 - 02:10:43hs
 
 

Boa dica César,

Vou tentar comprar uma panela dessas. Vou ficar num hotel que tem cozinha e nos dias de parques as crianças chegam muito cansadas, normalmente jantávamos no quarto mesmo, mas o meu pequeno não gosta das comidas congeladas, então uma panela elétrica seria perfeita para cozinhar legumes e aquele arroz de saquinho, tipo Uncle Bens que eu imagino que tenha lá. Ai é só incluir um franguinho ou nuggets mesmo e tá feita uma refeição que agrada os pequenos.
No meu caso, além da economia é uma questão de praticidade com os pequenos.
(mensagem de FABIANA SOARES COSTA)


e vcs trazem a panela depois?
Outra coisa, ela cozinha mais rapido? é que vou ficar num hotel que tem cozinha, sera que ainda tem vantagem em comprar a panela?

 


 
Res: ECONOMIA NA ALIMENTAÇÃO

 mensagem postada em 11/10/2015 - 04:10:38hs
 
 

Boa dica César,

Vou tentar comprar uma panela dessas. Vou ficar num hotel que tem cozinha e nos dias de parques as crianças chegam muito cansadas, normalmente jantávamos no quarto mesmo, mas o meu pequeno não gosta das comidas congeladas, então uma panela elétrica seria perfeita para cozinhar legumes e aquele arroz de saquinho, tipo Uncle Bens que eu imagino que tenha lá. Ai é só incluir um franguinho ou nuggets mesmo e tá feita uma refeição que agrada os pequenos.
No meu caso, além da economia é uma questão de praticidade com os pequenos.
(mensagem de FABIANA SOARES COSTA)


e vcs trazem a panela depois?
Outra coisa, ela cozinha mais rapido? é que vou ficar num hotel que tem cozinha, sera que ainda tem vantagem em comprar a panela?
(mensagem de Geni Ramos Veras)



Geni,
Sim, se a voltagem de sua cidade for 110 v vcs podem trazer a panela, caso contrário não compensa pois precisariam de um transformador forte cujo preço seria mais caro do que o da panela aqui no Brasil !! (Cerca de 60 reais)!!
Se vcs vão ficar em um htl com cozinha completa não há necessidade de adquirir essa panela, lembrando que os fogões nos EUA também são elétricos!
Sds,
Roberval .

 


 
Res: Economia

 mensagem postada em 27/10/2015 - 01:10:45hs
 
 

Estou no mesmo barco. Minha viagem é em novembro. Vou com minha esposa e só vamos passar 7 noites pra economizar. Conseguimos comprar as passagens e hotel a R$ 3,00 e mais mil Obamas. Fui comprar mais esse mes e já estava R$ 3,98. Pior que vamos comprar um enxoval pra o nosso filho ou filha que vai nascer em abril e ainda roupas e brinquedos pros outros 2 meninos pequenos que temos. Não sei onde economizar mais. So vamos somente no MK 1 dia, US e IOA 2 dias e Sea World. Acho que vamos cortar os restaurantes em sua maioria que iriamos. Pelo menos o carro já está alugado. Vamos ficar no Rosen Inn At Pointe.
(mensagem de Bráulio Malta)


Bráulio, fiquei neste hotel há um mês e saí bem satisfeito. Quartos maiores que o normal, serviço atencioso, limpo e tudo funcionando a contento. Literalmente do outro lado da rua: de um lado, Wonder Works; do outro, um Pizza Hut.
Os senões foram: 1) a face do hotel que dá para os fundos (virada para a I-4) tem um barulho ensurdecedor até de noite. 2) São 8 blocos de 6 andares, mas só há 4 lavanderias e algumas maquinas de lavar e secar não estavam funcionando direito. O resultado: filas enormes e, à noite, muita gente estendendo roupas nos peitoris da fachada para secar e 3) o frigobar NÃO TEM CONGELADOR E NEM REGULAGEM MANUAL DE TEMPERATURA. Gelo, só na maquina de gelo. Logo, comidas congeladas neste hotel só duram 2-3 dias porque conservadas apenas em geladeira (que gela bastante). Por conta disso, tivemos de comer muito macarrão de saquinho da Knorr (1,00 no Walmart e quase sem pimenta) e comprar comida mais frequentemente.
Se quer cortar mais despesas, analise a opção "Disney Ultra-Mega-Super-Extra Econômica, ideal para viagens com o dólar a R$ 4,25": com orientação de uma nutricionista, preparamos 15 dias de uma dieta à base de comida resfriada, comida instantânea, junk food e apenas 10 refeições em restaurantes econômicos (incluindo Camila's). Tomávamos um belo café no quarto (leite, café, iogurte, cereais, queijos, frios etc comprados no Walmart) e isso nos custava cerca de USD 3-4,00 por pessoa/dia. Nos parques, comprávamos comida decente dos restaurantes para nosso filho e nós, pais, consumíamos os sanduíches/ barrinhas de cereal/castanhas/frutas secas levados do hotel (bebidas compradas no parque). Resultado: economizamos USD 1200,00 na despesa alimentação e não ficamos com a saúde abalada.
Seaworld, Universal e IOA ficam a 5-10 minutos de carro e o Rosenn Inn tem transfer gratuito de/para estes parques. Eu preferi ir de carro porque me dava mais liberdade, mas você pode economizar mais USD 60,00 de estacionamento. Fique atento: você precisa marcar lugar no dia anterior e, claro, está sujeito aos horários dos transfers (foto dos horários em Setembro/2015: http://1drv.ms/1P1SC0T
).
Dica final: o Walmart mais próximo do hotel (Sand Lake Road) vende um rolo de plástico para embalar 10 malas a USD 20,00, estilete para cortar o plástico a Usd 1,00 e fita adesiva a 1,50 o rolo. Com 30,00 você embala 10 malas em vez de pagar 15,00 por mala nos embaladores que ficam no hotel. São mais USD 120,00 de economia.

 


 
Ajuda

 mensagem postada em 28/10/2015 - 07:10:19hs
 
 

Boa noite, pessoal VPO.

Estou com dúvidas sobre a melhor forma de levar e usar dinheiro na viagem em Orlando. Seria cash, Travel money ou usar o cartão de crédito (e pagar o IOF)?

Outra dúvida é sobre a declaração para entrar com mais de U$10 mil. Alguém sabe me dizer como é isso?

Desde já agradeço.

 


 
 
Na atração Piratas do Caribe, o Pirtata que fica sentado na ponte, possui pêlos verdadeiros em suas pernas e sujeira no seu pé porque ele é o único pirata que os visitantes podem ver bem de perto e os Imagineiros o fizeram de forma bem realística.