Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
 
 
CONTINUANDO...

 mensagem postada em 18/12/2007 - 06:12:39hs
 
 

04/12- Blizzard- inicialmente não estava no roteiro mas, como o clima tá maluco, dava pra curtir um parque aquático para relaxar um pouco. Pra variar, só eu e os meninos fomos nos brinquedos, meu marido é o guardador oficial e o fotógrafo, aliás não temos nenhuma desse parque, estavam nas fotos perdidas....paciência.

05/12 - MK - usei todas as dicas de alimentação nesse parque, inclusive do sorvete com calda de morango. Fizemos no sentido anti-horário e foi ótimo, menos filas ainda do que o normal. Se tivesse uma menininha iria vesti-la de princesa. Tinha de todas as cores e raças, uma graça. Assistimos a parada com luzes. Gente, o que é aquilo? Filmei inteirinha, mas não tenho é claro, estavam também na câmera roubada. Me dói cada vez que lembro. Filme especialmente para mostrar para minha vó, que é fofa e delicada. Aliás seu presente é um castelo de cristal, ela é uma menina crescida. se alguem tiver filmado e puder me passar, eu agradeço. Só pra mostrar a ela. Ô escândalo que é aquele Castelo iluminado. Filmamos tudo, perdemos tb. Mas esse eu tenho, sabem porquê? Voltei lá e filmei e fotografei tudo novamente, só a parada não deu porque não teve no dia que voltamos.


 


 
20/11 Island of Adventure

 mensagem postada em 19/12/2007 - 09:12:08hs
 
 

Acordamos na mesma hora de sempre e fomos para o IOA. O complexo Universal é muito perto do hotel, menos de 5 minutos já estávamos no estacionamento. Logo de cara já fui na montanha russa do Hulk. Minha mulher amarelou nessa. Eu curti demais, muito boa, como a fila era minúscula, fui 2 vezes. Caso tenham óculos, bonés, acho uma boa idéia tirá-los antes de ir; vi 2 óculos voando no primeiro looping. Pertinho tem o Homem Aranha, sem sombras de dúvidas, o melhor 3D que eu vi por lá, só estando lá para sentir. É sensacional, mas já tinha uma fila de uns 25 minutos, senão ia novamente. Após Dr. Doom: fui 2 vezes em seqüência, a sensação é muito boa, não tinha fila nenhuma, pena que minha mulher também não foi e ficou me esperando.
Caminhamos e paguei 25 centavos para molhar uns gringos no Popeye (depois seria minha vez). Assistimos o show do Sinbad, um teatrinho bem legal. Já estávamos bem cansados dessa dura rotina de acordar cedo, andar o dia todo e comprar a noite, tanto que tirei uns pequenos cochilos nesse teatrinho. Logo após fomos ao Poseidon, também é bom, da pra tirar umas fotos bem legais na entrada da atração.
Resolvemos ir ao Duelling Dragons. Pois então, minha mulher disse que ia encarar, eu já tinha visto que essa montanha era meio pedreira, mas ela estava vendo como era e não falei nada. Quer ir?? Então vamos nessa. Não sei o que eu mais curti, se as quebradas da montanha ou a cara de desespero dela (e como berrava...). Depois dessa fomos obrigados a sentar e fazer um lanchinho para se recompor, tanto que logo após isso, ela resolveu ir ao carrossel (fortes emoções). Depois andamos no Jurassic Park, uma queda muito boa e caminhamos, tiramos fotos, essas coisas.
Já estava no final da tarde e ela cismou que queria ir ao Popeye. Eu não estava com saco de me molhar (molhar não, encharcar), mas fui companheiro nessa. Aqui foi a maior fila do parque todo, uns 50 minutos. Acho que todo mundo deixa para o final e ai pode ir embora molhado (mais uma vez não levamos outra muda de roupa). Ah se o jatinho que as pessoas pagam para te molhar fosse tudo... o barquinho passa embaixo de umas cachoeiras e dependendo da posição, sempre tem uns 3 ou 4 que se encharcam, e a gente foi um desses. Saímos ensopados mas rindo bastante.
Era meu aniversário e estava com a idéia de jantar no Citywalk. Voltamos e colocamos algumas roupas para lavar na lavanderia do hotel e o único problema é que precisou de 2 passadas na secadora e ainda a roupa não ficou 100% seca. Enquanto esperávamos as roupas secarem, passei na liquor shop ao lado do hotel e comprei umas buds. No caminho para o Citywalk, passei na frente do Red Lobster e mudei de opinião. Muito bom esse restaurante, comemos lagosta, salada, caranguejo do Alasca, camarões e ainda tomamos alguns chopps (e a conta não foi cara). Só de lembrar já dá saudades....
Ainda bem que o hotel fica do ladinho, pois já era bem tarde da noite e assim como os outros dias: CAMA!!!!

PS.: Marian, vc pediu algumas dicas de NY. Me mande um e-mail que eu lhe respondo.

 


 
Coisas perdidas....

 mensagem postada em 19/12/2007 - 10:12:22hs
 
 

Pessoal...
Eu sei que este comentário que faço agora foge um pouco ao tópico mas eu aprendi a ser fã dos americanos. O jeito deles (trabalho, organização, oportunidades) na viagem que fiz ano passado à Florida. Fui bem tratado em todos os lugares que fui, bem atendido em todas as lojas, tanto em Orlando quanto em Miami.
Mas o fato que mais me surpreendeu foi o seguinte: estava vindo de Orlando para Miami quando parei no Sawgrass para conhecer o outlet e fazer umas comprinhas. Pois bem, chegando ao sawgrass, estacionamos o carro (eu e minha esposa) e fomos entrando no shopping. Passamos por várias lojas até que resolvemos entrar no outlet da Nike. Não sei porque, mas quando ia entrar resolvi checar a minha pochete... (sim, eu estava com uma pochete onde guardava minha carteira, chave do carro, passaportes, meu óculos...) e não encontrei a minha carteira. Imagina o desespero... Na carteira estavam meus documentos, todos os cartões de crédito (meus e da minha esposa) e + ou - 1.200,00 dolares, que era o valor que eu tinha reservado para a gente gastar nos 5 dias que iríamos passar em Miami. Falei para minha esposa e ela disse que eu devia ter deixado cair no carro. Voltei correndo para o carro para procurar... e não encontrei nada... Voltei para falar com ela. Ela disse que eu não devia ter procurado direito então foi comigo até o carro para procurar também... Procuramos, ela procurou, e nada... nadinha da carteira aparecer. Eu já quase tendo um ataque do coração e ela já chorando, quando resolvi procurar auxilio com uma segurança do shopping. Relatei o ocorrido e perguntei se alguém tinha informado sobre uma carteira, etc e tal. Ela passou o rádio e nada foi encontrado. Na mesma hora já foi me dizendo que uma carteira, de estrangeiro, com dinheiro dentro, muito dificilmente seria devolvida. Voltei para o carro olhando para as mãos das pessoas, para ver se alguém estava segurando minha carteira... nada !
Pensamos em voltar a um posto que tínhamos parado antes... para ver se tinha caído por lah... Quando estávamos saindo do sawgrass para voltar ao posto, resolvi tentar mais uma vez com a segurança. Quando cheguei, a segurança foi logo me informando que uma senhora tinha encontrado minha carteira, que estava no shopping e tinha deixado seu telefone para eu entrar em contato com ela. Liguei para a senhora e 10 minutos depois lá estava ela devolvendo minha carteira, intacta. Agradeci... tentei recompensá-la... A única coisa que ela me disse foi que estava preocupada, por ter encontado minha carteira e não saber de que forma iria me devolver... como iria me encontrar... disse que estava feliz por estar devolvendo minha carteira e que a recompensa dela seria eu esquecer o ocorrido e me divertir bastante em Miami...
Nossa fiquei super feliz com aquilo...
Voltei para o carro correndo, pulando feito um doido, minha esposa chorando não estava entendendo nada até que eu mostrei a carteira... Sentamos no carro e contei tudo para ela... Descansamos, respiramos um pouco e resolvemos se divertir como a senhora tinha pedido!!!
Resumo da história, eu que tinha perdido mais de 1000 doletas ali, acabei deixando uns 800 no shopping e voltando com algumas comprinhas pra casa!!!
Por isso, aprendi a ser fã dos americanos. Gostaria muito de morar nos EUA.
Pelo menos, todas minhas experiências foram agradáveis.
Abraços a todos,
Luiz Padua

 


 
CHEGUEIIIIII

 mensagem postada em 19/12/2007 - 07:12:49hs
 
 

Também cheguei, depois de passar por Atlanta e Sampa, conseguimos chegar...ufa! A volta é sempre sem graça, o entusiasmo não existe, as malas são muitas, o pique já era, enfim....voltar é meio chatinho...kákáká. Foi tudo MARAVILHOSO. A Disney continua mágica como sempre, os meninos amaram e não queriam voltar, também quem quer????
Prometo começar meus relatos sexta no máximo...tenho que arrumar as coisas e trabalhar que afinal tem mil contas a pagar.
A volta foi meio tumultuada, meu caçula adoeceu da garganta no vôo de Atlanta prá Brasília e nossa sorte foi que GRU tem um posto de saúde dentro do hospital e ele foi medicado e hidratado lá com toda a atenção, já me imaginava num táxi em Sampa atrás de um hospital. Ainda bem que foi na volta e no Brasil, ele teve que ficar 03 horas tomando soro, plasil e anti-infamatório, nisso nosso país foi de primeiro mundo. Ele começou a passar mal no aivão na hora de descer e na fila da receita federal ele vomitou 2 vezes, prontamente acionaram uma equipe médica que chegou em 03 min. e o levou pro posto.
O que me deixou triste foi que a fila da receita estava quilométrica e expliquei a situação a uma pessoa que estava mais na frente e pedi prá passar, ela e outros deixaram na maior boa vontade mas alguns de mais atrás ficaram reclamando, até que uma pessoa que estava no nosso vôo e viu ele passando mal confirmou que ele estava doente e eles viram mais na frente ele sendo atendido pela equipe e pediram desculpa, será que passa na cabeça que eu iria usar a saúde do meu filhote prá firar fila???? Socorro, né????
Agora ele está um pouco melhor, dormiu, mas vai ter que ir pro hospital de novo.
Bom, essa foi a única parte ruim o resto foi só magia e alegria. Conto prá vcs em breve!!!!!
Bjs

 


 
MATANDO A CURIOSIDADE

 mensagem postada em 20/12/2007 - 02:12:25hs
 
 

Pelo que vi vou ter que contar sobre a câmera antes. Então lá vai. No domingo dia 8/12- fomos ao Sea Word pela manhã e pra Downtown a tarde. Comemos muito bem no Rainforest, tomamos sorvetes deliciosos em um local ao lado da loja da Disney e fomos pra Disney Quest. Estava jogando qdo meu filho de 16 anos me disse que havia perdido sua mochila qdo foi jogar e um brinquedo e a tirou das costas. Fiquei muito brava com ele pois foi de uma irresponsabilidade enorme. Dei um sermão e disse que não iria comprar outro óculos (um lindo da Guess que ele havia comprado dois dias antes) e nem a outra câmera, que era dele. Disse que não adiantava ficar procurando e que fosse nos achados e perdidos diretamente. Até aí tudo bem, continuei a jogar... foi qdo meu marido me olhou e disse: " você se esqueceu que as fotos da viagem toda estavam dentro da câmera?"
Gente, meu mundo caiu. Literalmente chorei no meio do parque, como uma criança. Estavamos a três dias de voltar...
Um tempo depois a mochila apareceu no achados e perdidos sem o óculos e a câmera. Deixaram as capas de chuva e o rádio de comunicação.
Depois conto como recuperamos algumas fotos.

 


 
Silze

 mensagem postada em 20/12/2007 - 07:12:23hs
 
 

Meu marido esqueceu o boné numa atração e não conseguimos recuperá-lo, sendo que o pessoal do parque disse que se a "perda" fosse de documento, eles iriam olhar as imagens do circuito interno.

Por outro lado, eu achei uma sacola embaixo do banco da atração em que estava e devolvi a um funcionário do parque.

Eu, então, posso dormir tranqüila, ao contrário da pessoa que ficou com o boné do meu marido.

Mas, dos males o menor.

 


 
1º dia!

 mensagem postada em 20/12/2007 - 08:12:00hs
 
 

Olá pessoal. Esse site foi muuuito útil nessa viagem e pena que eu conheci vocês apenas dois dias antes de ir.

Chris, suas dicas foram ótimas e me trouxeram muita paz no começo da viagem. Obrigado.

Do mesmo jeito que me ajudou vou citar alguns detalhes para acredito eu ajudar alguém também.

Fiquei em Orlando do dia 2 até o dia 11 de dezembro, quando desci de carro pra Miami e fiquei até o dia 14 quando parti em um cruzeiro no Majesty of the Seas de 3 noites para as Bahamas. (Glória a Deus pela minha lua de Mel, foi maravilhosa)

Em relação a ida no dia 2 de dezembro:
American Airlines ás 23:50h no aeroporto de Guarulhos.

O chek-in da A.A tinha uma fila com mais de 400 pessoas mas como eram muitos atendentes em menos de meia hora já fomos atendidos.

Na fila um pouco antes do check-in uma moça perguntava se nós tínhamos deixado a nossa bagagem sozinha em algum momento, se não estavamos levando líquido, etc.

No check-in o rapaz foi super legal, e falava português.

Dentro do avião, na classe econômica os assentos são no máximo 10 cm maiores que as dos aviões da Gol.

No meu corredor nós demos sorte e a nossa aeromoça falava português.

No jantar pudemos escolher entre estrogonofe ou lasanha. Ficamos com o estrogonofe e estava bem gostoso....

Na fila da Imigração foi super tranqüilo. A maioria dos oficiais estavam com umas caras super boas e o nosso abriu um sorriso na nossa vez e já perguntou "vacations???".

Quando saímos da imigração eles nos mandaram seguir por linha que era sinalizada com bolas amarelas, super fácil.

Importante: Quando há conexão Miami-Orlando é preciso retirar as bagagens e despachar novamente (eles sinalizam onde é). Mesmo que seu agente de viagens e o rapaz do check-in diga que não...(aconteceu conosco)

Ao passar pelo detector de metais em Miam, é preciso tirar os sapatos e é legal na fila falar para um dos funcionários se vocÊ está de lua de mel, fazendo aniversário caso seja o caso. Nós falamos e ele gritou pra todo mundo que era nossa lua de mel e umas trinta pessoas bateram palmas pra gente. Essa foi a primeira de várias experiências agradáveis que tivemso com os americanos....

Chegando no aeroporto de Orlando assim que sair do corredor de desembarque tem que ir até o final e pegar um tipo de metrô de superfície que leva até o hangar principal onde estão as malas. É fácil mas a gente na hora ficou com medo de estar indo embora do aeroporto sem as malas......

Dentro do aeroporto de Orlando tem um restaurante ao lado do McDonalds que é bem legal e vende um franguinho com uma batata frita bem diferente por U$8,90 o combo. Detalhe, um tamanho médio dá pra duas pessoas fácil, fácil....

Eu paguei US$30,00 de taxi pra ir do aeroporto á Bestbuy da Orange Blosson. Depois paguei U$$40,00 pra ele me levar até o All Star Movies, dentro do complexo Disney.

Gostamos muito do Hotel Ele é antigo mas está muito bem conservado. E como é tematizado achamos
ótimo pra começar entrando no clima dos parques.

Compramos aquelas garrafinhas por U$$7,60 (acho que foi isso) e foi show pois o refil é de graça e dá pra tomar desde chocolate até refrigerante quantas vezes quiser enquanto estiver hospedado.

Era 3:00pm e fomos para o M.K. Show, o parque estava vazio e não esperamos mais de 10 minutos em nenhuma atração. Fizemos todas as principais atrações em menos de duas horas.....

O preços dos souvenirs dentro das lojas dos parques é inacreditável de caro, cheguei a ficar irritado com o abuso dos preços......

Aqueles churros sem recheios também são inacreditáveis...hahahaha

Tem muito brasileiro trabalhando.....encontramos uns oitos espalhados pelo parque. IMportante: Quando contei que estavamos de lua de mel eles no deram sorvete de graça!!! Foi muito legal!!!!

O transporte de ida e vinda para os parques é excelente e os ônibus partem de 20 em 20 minutos. Achamos excelente!!!!

Bom, vou parar por aqui mas depois continuo.....

 


 
21/11/07 – Sea World

 mensagem postada em 21/12/2007 - 09:12:43hs
 
 

Dessa vez acordamos mais tarde, as 08:00 (não sei porque não conseguia dormir mais do que isso). Zarpamos para o Sea World. Aqui eu pensei que minha mulher ia ter um chilique quando viu os golfinhos (ela adora esses bichinhos). A gente até queria ir ao Discovery Cove, mas o preço era muito salgado e eu não sou tão fã assim de golfinhos, quem sabe na próxima vez?
Assistimos o show dos golfinhos, que é muito bonito, demos uma voltinha, paramos para comer um lanche, vimos o tanque com peixe-boi e logo pegamos a fila para dar comida para os golfinhos. Em menos de 10 minutos estávamos com as sardinhas na mão. Comprei 3 pacotinhos, US$5.00 cada. Na real eu também dei comida para eles. Minha esposa endoidou, ainda compramos 2 fotos que ficam tirando (mais US$25.00). Fomos ver os tubarões e passear pelo aquário. O show da Shamu estava próximo de começar. Há 10 anos, fui assistir o mesmo show e a baleia estava estressada e não rolou nada. Não podia acontecer de novo, né?? Um pequeno comentário: é impressionante como os americanos dão ênfase a: “se você tem um sonho, ele vai se realizar”. Eles realmente acreditam nisso, talvez seja um dos motivos que eles são o país mais rico e desenvolvido do mundo. O show é muito bom.
Resolvemos subir na torre (US$3.00 por pessoa). Eu achei legal, mas não tem nada demais, dá para ter uma boa visão de toda a Orlando. Depois fui para a Kraken. Na minha opinião, é a melhor montanha russa de Orlando. É uma delícia andar nela. Como não tinha fila, fui 3 vezes na seqüência. Só não fui mais para não deixar minha mulher tão abandonada.
Saímos cedo do parque, por voltas das 16:30, pois tínhamos que torrar umas verdinhas. Voltamos para as nikes da 192 e mais tarde Premium. Estávamos cansadões e ficamos por ali mesmo, e dá-lhe Tommy, Timberland, Reebok, Nike de novo...Acabamos fazendo um lanche pela praça de alimentação e voltamos para o hotel, pois tínhamos que dormir cedo pois no dia seguinte iríamos encarar uma pequena viagem para Tampa.
Eu vi um comentário de uma pessoa aqui nos relatos que estava de lua mel (nós não estávamos) que perguntava de quem era essa idéia maravilhosa. Sou obrigado a concordar. Chegava no hotel e cama (sono mesmo).

 


 
Chris

 mensagem postada em 21/12/2007 - 11:12:54hs
 
 

O Boardwalk é um hotel e um lado dele dá pra um lago. Tem uma lojinha, o restaurante da ESPN, um restaurante de peixe, tem ainda uma um trailer de cachorro quente e batata frita. Esses são os que eu me lembro. Tem também uma doceria. Eu não comi nos restaurantes, só comi um docinho. É um lugar bonitinho de passear e não se gasta mais de 1 hora. Fica perto do Epcot. Antigamente havia até uma passagem do Epcot para o Boardwalk, mas não sei se ainda é assim.
Na entrada do MGM tem um barquinho que deixa lá e passa bem perto dos hoteis Swan and Dolphin e Beach and Yacht. Como eu não tenho grana pra ficar em nenhum dos dois, pelo menos posso dizer que cheguei perto, haha.

Na Bed Bath Beyond não comprei muita coisa, porque já não tinha mais espaço na mala. Mas é de enlouquecer. Comprei uns saquinhos de papel com cheirinho pra colocar no armário, uma pimenteira e saleira, dessas que moem. Mas a vontade era de comprar todas as formas de bolo possíveis, lençois, apetrechos de cozinha.

Só fiquei sabendo do desfile um pouco antes de eu ri. É o mesmo, ou parecido com o desfile que a loja Macys faz em Nova York no Dia de Ação de Graças. São uns balões suspensos, tem banda. É bem bonito.

Você também gosta do tiki room? haha. Minha tia sabe até o nome dos papagaios.

 


 
Ida...

 mensagem postada em 21/12/2007 - 03:12:22hs
 
 

Viajamos no período de 04 a 18/12 pela Delta Airlines , saindo de Sampa via Atlanta.
Fomos a noite, que viagem longa, não conseguimos dormir nada. A Delta é uma excelente companhia, podem ir sem medo, avião novo, telas individuais, serviço de bordo bom e comida gostosinha.
A conexão e imigração em Atlanta é um pouco demorada, quem for por lá e tiver menos de 1:30 é impossível dar tempo. Saímos logo do avião e pegamos a fila ainda pequena, foi a nossa sorte pois depois olhei prá trás e tinham mais de 100 pessoas. Ufa! A agente bem seca, nem fez perguntas, só checou passaportes e digitais, nem boa estadia desejou: mal-educada! Pensei!
Fomos pegar as malas e começou a confusão : pelo serviço de som cada hora nos mandavam prá uma esteira diferente e o aeroporto é gigante, a gente ficava de um lado pro outro e nada das malas sairem, eles tiveram problemas técnicos. É meus amigos, até os “super-ultra-mega “ organizados americanos cometem erros, malas encontradas, depois de mais de meia hora embarcamos as malinhas de novo prá seguir na conexão, tomaram que cheguem lá...rs
Pegamos o metrô pro outro terminal e chegamos a tempo de pegar nosso vôo. Chegamos em Orlando e fomos procurar o terminal da Avis prá pegar nosso carro. Víamos vários ônibus das locadora menos os da Avis, achei estranho e achamos um balcão prá perguntar. A Avis fica no próprio prédio do aeroporto, num dos andares do estacionamento, bom né? Pegamos nosso Pontiac G6 e fomos pro Ronaldo.
Aí começou a novela: apesar de ter impresso um mapa com o trajeto nos perdemos 2 vezes e tivemos que voltar pro aeroporto e começar de novo. Depois de 1:20 de erros e discursões conseguimos chegar na ID, azuis de fome (já era 13:00hs) resolvemos almoçar antes de ir. Comemos uns “burguers” no Dennys e seguimos. O Ronaldo tava atendendo umas pessoas e não parava de conversar, nos pegou de papo também e eu louca prá chegar no hotel. GPS e ingressos pegos fomos finalmente conhecer nossa base por 13 dias: Fairfield Inn em Lake Buena Vista, chegamos e gostamos de cara do hotel. Quarto grande, limpo, serviço perfeito...ótimo, deixamos as bagagens e fomos no Wal Mart e Walgreens prás primeiras comprinhas, o maridinho já conhecia a listinha e nem reclamou. Voltamos, tomamos banho e rumamos pro Rainforest Café em Downtown, muito fofo o restaurante! Comemos, tiramos fotos e corremos pro Cirque Du Soleil, chegando na porta procuramos os ingressos e me desesperei ao ver que só tinham 03 e éramos 04, um tinha ficado no hotel, faltavam 30 min e não dava prá voltar e pegar. Pensei comigo: vou comprar outro, perder o espetáculo é que não vou! Daí lembrei: os ingressos são numerados em série, comprei no cartão. Eles são tão organizados, pera aí...fomos ao balcão e explicamos a situação, o atendente checou e, sem quetionar, emitiu outro ingresso e nos desejou bom espetáculo. E foi mesmo, lindo, maravilhoso e deslumbrante. AMAMOS!!!!
Voltamos prá dormir que amanhã era dia de EPCOT

 


 
 
No pavilhão do Marrocos, logo na entrada do Tangerine Cafe, você encontra algumas palavras escritas em árabe que traduzindo significa: "informações para turistas", ou seja, nada relacionado ao café como sugere.