Alfândega - Relatos

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 

O objetivo do presente tópico é o de servir de espaço para que possamos postar - relatos - sobre as nossas experiências com a alfândega (exclusivamente). Peço que questionamentos sobre a "cota de isenção" sejam reservados para o seu tópico específico - Alfândega - Cota de Isenção.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Dúvida - alfândega Rio

 mensagem postada em 23/10/2011 - 06:10:12hs
 
 

Amigos, tenho uma dúvida: sei que podemos ter o azar das malas irem para o Raio X, mas e nós ? se eu tiver com um iphone no bolso ou um ipad na bolsa da minha esposa, como é que faz ? somos revistados ou algo assim ?

 


 
Luciana Pratellesi

 mensagem postada em 23/10/2011 - 08:10:08hs
 
 

Olá, Luciana.

Você poderia detalhar melhor o que vocês estavam trazendo na bagagem, dia da semana, horário exato de chegada, cia aérea, etc, pra nos ajudar a entender se tem algum padrão?

Valeu!

 


 
Paulo

 mensagem postada em 24/10/2011 - 12:10:20hs
 
 

Costumo chamar a alfândega de Recife de "Meus Pêsames". Não tem jeito pousou lá os fiscais colocam todo mundo para passa no raio x e não tem essa de obedecer a Portaria 440 da RF não, eles tributam tudo, roupa, sapatos, até roupas íntimas como foi o caso da mãe de uma amiga minha.
Em resumo, se for viajar para o exterior e for voltar por Recife, esteja preparado para pagar taxa em praticamente tudo que vc trouxer.

 


 
Paulo / Bruno / Julia

 mensagem postada em 24/10/2011 - 12:10:43hs
 
 

Em janeiro fiz alfandega em Recife, estavamos eu e meu irmao que é adolescente. Nos dois passamos pelo raio x. Ele passou tranquilo, nao pararam, eu nao. Revistaram todas as minhas malas, eu tinha comprado roupas, perfumes, cremes, brinquedos, camera digital, i-pod, i-pad... coisinhas basicas, rs... só "implicaram" com o i-pad, pediram a nota eu disse que nao tinha mas expliquei que era um i-pad de 16G, o mais simples, que custava $500. Eles verificaram a configuracao do i-pad, virem que eu estava falando a verdade e me liberaram, sem cobrar nada.

Agora em setembro viajei de novo e na volta fiz alfandega em Salvador, era bem cedinho, 6h, estavamos eu, meu irmao e meu filho. Demoramos para descer do aviāo, pegar as malas, etc, acho que fomos uns dos ultimos, só tinha uma senhora na alfandega com cara de sono, toda se espremendo de frio num casaco. Não passamos por raio x, ela so perguntou se tinhamos eletronicos, eu disse que so tinha meu i-pad "antigo", ela perguntou se era o 1 ou o 2, eu disse que era o 1 e... passamos.

 


 
Andre Queiroz

 mensagem postada em 24/10/2011 - 01:10:28hs
 
 

Oi Andre!!Depois desta vez,descobri que não tem nada a ser entendido,realmente é bem de sorte ou azar!!Não gosto muito de ficar falando muitos detalhes,porque as pessoas criticam certas posturas que as vezes eu discordo,mesmo porque o que é certo para vc nem sempre é para mim!Mas no caso do meu marido tinha muita roupa,maquiagens e porcariadas,mas o problema foram alguns...relogios da marca MK que ele trazia na mala,e isso pelo visto eles ja sabem ate o preço,porque meu marido não apresentou a nota e mesmo assim o fiscal ia separando e falando:esse vc pagou tanto,esse tanto, e assim foi..todos os preços que ele falava era realmente o preço pago,então esses relogios devem estar bem na mira deles!!Qualquer duvida pode me perguntar!!
Me voo chegou as 6:30h da manhã,no sabado,junto chegaram muitos voos e a fila estava lotada!!

 


 
Luciana

 mensagem postada em 24/10/2011 - 10:10:07hs
 
 

Vou abusar de vc de novo. Desculpa por não ter feito a pergunta na postagem anterior.

Os ficais taxaram seu marido em tudo (incluindo roupas e os outros objetos), ou se limitaram a taxar apenas os relógios.

Mais uma vez obrigado.

 


 
LARISSA

 mensagem postada em 24/10/2011 - 04:10:06hs
 
 

Pois é,acho que vai de fiscal mesmo.Ano passado passei na alfandega aqui e todas as nossas malas foram pro rx,mas como eles estão mudando sempre o comportamento e maneira de taxar quero saber de quem passou ultimamente.Salvador tem um unico voo vindo dos EUA que foi esse que vc veio ,então fico com medo disso.

 


 
Luciana Pratellesi

 mensagem postada em 24/10/2011 - 04:10:57hs
 
 

Obrigado pelas informações, Luciana.

Realmente é bem complicado adivinhar o 'humor' dos fiscais.

Reforço a dúvida do Bruno: mas eles só taxaram os relógios ou taxaram todo o resto que tinha na mala também, como roupas, tenis, etc?

Abs...

 


 
imposto

 mensagem postada em 24/10/2011 - 04:10:34hs
 
 

Poxa, pelo jeito essas novas regras alfandegárias pioraram nossa vida. Porque antes só cobravam imposto quando se trazia eletrônicos. Os fiscais já procuravam direto esse tipo de produto e atualmente, com essas novas regras eles estão olhando tudo. Além dos relatos aqui do site, conversei com amigos meus que foram esse ano e disse que eles colocam preço nas roupas, relógios, tênis, enfim, em produtos que eles não ligavam antes. E como já citaram aqui no site, é impossível ir para lá e gastar apenas os U$ 500,00.

 


 
Alfandega RJ

 mensagem postada em 24/10/2011 - 04:10:21hs
 
 

As notícias não poderiam ser piores. Vou daqui a 18 dias e quando voltar não sei não...
Ano passado fui para Charlotte,NC e me pararam na alfândega. Passei as compras pelo RX e com essa cara de "muambeira" e com 2 "sacos de difuntos"(aquelas malas que compramos em Orlando, no Flea Market, que são grandes e consiguimos colocar tudo dentro) não teve jeito a fiscal olhou e disse que eu tinha comprado muuuiiiito além da minha cota.Eu só concordei pois não ia ficar discutindo contra as "evidências". Ela então me disse que iria colocar excesso de USD 500 e eu paguei USD 250 do imposto.
A única coisa que fiquei triste é que as coisas que eu trouxe eram para a minha família e não tinha nada para vender. Sou eu, meu marido e 3 filhos.
Tomara que esse ano seja diferente, pois estarei com meus filhos e a cota vai aumentar bastante.
Bjs.

 


 
 
No pavilhão do Marrocos, logo na entrada do Tangerine Cafe, você encontra algumas palavras escritas em árabe que traduzindo significa: "informações para turistas", ou seja, nada relacionado ao café como sugere.