SeaWorld

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
One Ocean X Believe

 mensagem postada em 18/04/2011 - 01:04:46hs
 
 

Alguém saberia me dizer qual é a diferença entre os shows One Ocean e o Believe? No site, mostra que a partir de 02 de Maio, volta o Believe e antes disso o One Ocean. Tem diferença nos shows ou é só uma questão de nome?

Obrigada!

 


 
Interação com animais

 mensagem postada em 11/04/2011 - 10:04:12hs
 
 

Olá!

Fiquei sabendo da possibilidade de entrar na água com golfinhos e belugas, mas só consegui achar no site falando das belugas.

Alguém tem alguma informação? A interação com as belugas custa 150 dolares. Qt é o tempo de duração? Tenho que fazer reserva antecipada?

Muito obrigada.

 


 
Carinho animais

 mensagem postada em 09/04/2011 - 02:04:39hs
 
 

Eu tb gosto mt do parque ou melhor, do Reino Marinho instalado em orlando, o Sea...
Ficamos todos maravilhados de ver aqueles golfinhos fofissimos, lindas orcas, beluguinhas, focas, leões marinhos, pinguins, enfim...
Fico apenas um pouco triste em saber que eles estão ali fazendo apresentações pra nos divertir... Apesar de tds estarem 'confinados', eles são muito bem tratados e parece ser um momento do dia feliz tb pra eles, já que 'se acostumaram' com essa triste rotina, acredito até que nasceram lá...
Realmente concordo com um colega que disse que eles são bem tratados e o pessoal tem o maior carinho com esses animais, aliás, essa é a filosofia de toda a magia dos parques Disney e acredito tb que dos de Sea e Busch...
Retirar um animal do seu habitat para confiná-lo ao nosso divertimento e sem cuidados especiais e carinhos, com certeza não seria a intenção deles.
E espero que os treinadores, veterinários e toda a equipe desse parque, cuide msm com todo amor, afinal esse animais merecem muito carinho, e o principal: Respeito!

 


 
Animais

 mensagem postada em 08/04/2011 - 06:04:06hs
 
 

Aproveitando a notícia abaixo e algumas msgs dos colegas, gostaria de deixar a minha opinião e fazer uma pergunta a vcs.

Compartilho da visão de que animais devem viver soltos na natureza e não em zoos, parques e muito menos em circos. Acho até que, de uma certa forma, o Sea World não deixa de ser um circo aquático, onde os animais são explorados, mas sem os maus tratos e castigos físicos, claro. Isto não combina mais com o século XXI. Penso que principalmente uma "baleia" inteligente que pesa toneladas, não deveria ficar confinada a um tanque, quando poderia ter toda a vastidão do oceano para viver e socializar com outros de sua espécie.
A orca "assassina" que protagonizou o acidente lamentável, não tem culpa nenhuma, até pq se estivesse em seu habitat natural, nada disso teria acontecido. Afinal, quem é assassino: a orca, privada de sua vida normal e liberdade, ou o ser humano, que é o único que mata semelhantes e animais por prazer e dinheiro?!

Enfim, alguém saberia me informar se todos os animais que estão no Sea World são nascidos em cativeiro? Se a resposta for positiva, seria a única forma de eu não ficar com a consciência pesada e me sentindo hipócrita por visitar este parque, já que grande parte desses animais não tem outra alternativa, pois, se fossem soltos, morreriam. Como sempre, o que o homem faz de errado com a natureza, não é fácil reverter.
Bem que a Manta e a Kraken poderiam ficar em outro parque!

Se alguém puder me ajudar com esta questão, ficarei grato. Me desculpem se fugi do tema.
Abraços.

 


 
Tilikum de Volta - Viva Shamu

 mensagem postada em 29/03/2011 - 09:03:57hs
 
 

29/03/2011 20h39 - Atualizado em 29/03/2011 20h39
Orca que matou treinadora em parque da Flórida volta aos shows
Tilikum matou Dawn Brancheau, 40, em apresentação em fevereiro de 2010.
Parque Seaworld de Orlando prometeu segurança em novo show.

Da AFP
imprimir

A orca Tilikum, que matou sua treinadora no parque Seaworld de Orlando, voltará a dar um show nesta quarta-feira (29) pouco mais de um ano depois do trágico incidente, segundo a imprensa local.

O presidente do Seaworld, Jim Atchison, assinou a ordem para que a polêmica orca volte aos espetáculos e espera-se que Tilikum participe na quarta-feira do espetáculo "Believe" (Acredite) às 11h locais (12h de Brasília), informou o "Orlando Sentinel" em sua edição eletrônica.

A apresentação de Tilikum será a primeira diante do público desde 24 de fevereiro de 2010, quando a orca foi notícia em todo o mundo pela morte da treinadora Dawn Brancheau, de 40 anos.

"Participar dos shows é apenas uma parte do dia de Tilikum, mas acreditamos que é um componente importante de seu enriquecimento físico, social e mental", disse anteriormente, em um comunicado, Kelly Flaherty Clark, encarregado do treinamento de animais no Seaworld.

O Seaworld adotou uma série de novas medidas de segurança para seus treinadores após a morte de Brancheau e já havia adiantado que o animal voltaria aos espetáculos.
Dawn Brancheau com um das orcas do parque (Foto: AP)Dawn Brancheau com um das orcas do parque (Foto: AP)

A orca "Tilikum" já esteve relacionada a outras duas mortes humanas: um treinador, em 1991, e um homem que caiu em seu tanque, em 1999.

Na morte de Brancheau, seu comportamento foi tão agressivo que as equipes de socorro não conseguiram mergulhar para salvá-la e a treinadora, uma das mais experientes do Seaworld, ficou totalmente indefesa.

O terrível incidente, que foi testemunhado por várias pessoas do público que não tinham deixado o local após o final do espetáculo, foi registrado pelas câmeras de vídeo, que o parque se negou a divulgar por serem parte das investigações em andamento.

No momento em que processos ainda estão em curso e que a Agência americana de Segurança no Trabalho impôs multas à companhia por colocar em risco seus trabalhadores, a Seaworld adotou novas medidas de segurança em seus parques de Orlando (Flórida), San Diego (Califórnia) e San Antonio (Texas).

A empresa garantiu que os treinadores ficarão à distância e sem contato direto com Tilikum, e instalou uma vedação no tanque, além de novos sistemas de proteção para casos de emergência.

 


 
Programa: animal planet (sea world)

 mensagem postada em 27/01/2011 - 11:01:28hs
 
 

Olá pessoal! Acabei de assistir um programa no animal planet, chamado "louco por animais" (em inglês: animal planet's most outrageous), e o tema foi SEA WORLD. Foi mto legal, pois mostraram os bastidores dos animais (inclusive alguns trechos com a treinadora de baleias que morreu ano passado), e um pouco dos animais do aquática e discovery cove. Não achei os vídeos no youtube, mas achei no próprio site do animal planet. Tá aqui o link: http://animal.discovery.com/videos/most-outrageous-sea-world-penguins.html

 


 
SHOWS X ANIMAIS

 mensagem postada em 25/01/2011 - 03:01:44hs
 
 

Colegas,
Embora todos gostemos dos parques de Orlando, não vamos ter a ilusão de que animal em cativeiro que faz shows possuem "vidas normais". Isto vale desde um simples pássaro até uma orca. O resto é conversa para tentar amenizar a realidade da vida em cativeiro. Agora, por outro lado, hoje existem centenas de trabalhos científicos, utilizando técnicas como enriquecimento ambiental, buscam a melhoria de vida nesta situação. Esta realidade vale para zoos também, basta lembrar que a procriação em cativeiro é muito comemorada pois é muito difícil de ser conseguida.

 


 
Sharks Underwater Grill

 mensagem postada em 25/01/2011 - 03:01:30hs
 
 

Fomos neste restaurante em agosto de 2009. Tivemos sorte e sentamos na segunda fileira em frente ao super aquário. A comida não me lembro dos detalhes, mas sem dúvida nenhuma foi excelente e vamos almoçar agora em fevereiro com certeza. Me recordo que tomei uma sopa de lagosta com pedaços da mesma como entrada. SENSACIONAL. Quanto a reserva, fizemos pela manha logo após entrarmos no parque. Mas sabe como é Orlando, é sempre bom fazer reserva antes.

 


 
Claudia e Sharks Underwater Grill

 mensagem postada em 25/01/2011 - 02:01:23hs
 
 

Maltratados não devem ser mas qualquer animal em cativeiro que é treinado, tem um "emprego" para se apresentar em público acaba estressado , aquela baleia mesmo já vinha de longa data apresentando sinais de que algo estava errado. Mas foi um acidente poderia ocorrer com qualquer outro animal. Foi bom O sea World ter maneirado na apresentação, em primeiro lugar tem que vir o bem estar dos animais. Eles mencionam o sea world no documentário, não lembro se o ativista que fez o filme trabalhou para o parque sei que ele ajudou a treinar os golfinhos do seriado Flipper , é bem bacana assistir , o homem diz que por 10 anos ele ajudou a criar esse comércio dos parques e passou os outros 35 anos tentando consertar o erro, só assistindo para entender melhor. Sei lá o melhor é o animal livre mas tb olha o que ocorre com os golfinhos - os que não são vendidos aos parques aquáticos são mortos então...

Bacana o Sea World revisar os shows em prol do bem estar das orcas.

Márcia eu e meus amigos (que não vão viajar mais por sinal ) tínhamos planos de ir a esse restaurante pelo que li se não me engano esse Sharks Underwater Grill dá para fazer reserva no dia que estiver no parque, não sei mas deve ser cheio então se vc quiser uma mesa boa perto dos tubas é melhor reservar mas gostaria de saber tb se vale a pena , é muito caro? vc pago o que consome ou é tipo pague 100 e coma tudo o que aguentar ?

 


 
Claudia Helena

 mensagem postada em 24/01/2011 - 09:01:55hs
 
 

Claudia por tudo que já li e vi estou convencido de que não existe maus tratos no Sea World. Aqueles treinadores amam o que fazem e tem muito amor pelos animais (Orcas), desde pequeno gosto muito desse parque e sempre procurei mais informações sobre o que acontece "behind the scenes". A gente não vê muita coisa mas esses animais são tratados com muito carinho, acompanhamento de veterinários, alimentação balanceada e exercicios e brincadeiras o tempo todo. Para que um treinador possa se apresentar com uma baleia em um show por exemplo é preciso que antes ocorra um contato diário de 2 anos, 365 dias do ano com o animal. Cada treinador tem "sua" baleia específica e se aprensetava sempre apenas com ela. Só para informação treinadoras ainda entram na água com as baleias, justamente para não perder esse contato que foi conquistado durante anos, só que não mais na frente do público.

Existem vários programas no parque onde é possível conhecer tudo que rola no dia a dia e não é passado pro público geral.

Existe também um trabalho de conservação e pesquisa onde parte da grana arrecada nos parques vai para fundos de preservação. Mais em: link

 


 
 
O patriotismo de Walt sempre foi evidente em sua obra. Assim, no Magic Kingdom, existem inúmeras bandeiras asteadas nas lojas em Town Square e ao longo da Main Street U.S.A., mas elas foram impressas de maneira a - propositalmente - não terem o número correto de estrelas e listas, com o objetivo de assim não terem que ser retiradas toda noite, como é obrigatório para as bandeiras oficiais.