Planejamento - Viajando com Criança

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Res: Leite em pó e mamadeira no avião

 mensagem postada em 15/04/2014 - 06:04:50hs
 
 

Olá Paula,
Olha , ano passado minha filha tinha 11 meses, e este ano, 1 ano e 10 meses.

Na mala despachada, dentro de uma "tupware" escrita baby food do lado de fora, coloquei:

Ano passado:
- várias papinhas
- 2 latas do Ninho


Esse ano:
- 3 sacos do NInho
- 2 sacos de Farinha Láctea
- biscoitos


E na mão, levei, dois potinhos daqueles medidor com 3 divisões, e mais duas mamadeiras já com o pó dentro, eñtão dava para 8 x o leite....

Na volta inclusive, na Imigração, eu estava com a garrafa de água e uma mamadeira que eu tinha acabado de preparar, ele perguntou se era da criança, passou a mamadeira e garrafa numa máquina, onde acho que viu que não era "inflamável", e liberou sem problemas.

Não tive problema nenhum nem ano passado nem este ano.

Abrcs,
Luciana

 


 
Res: SETEMBRO

 mensagem postada em 15/04/2014 - 04:04:13hs
 
 

OI PESSOAL.
ESTOU PLANEJANDO ANO QUE VEM. JÁ FUI DUAS VEZES COM MEUS FILHOS EM MAIO. AMEI ESSA ÉPOCA DO ANO. MAS QUERIA IR EM OUTRO MÊS. PENSAMOS NA SEGUNDA QUINZENA DE SETEMBRO. GOSTARIA DE SABER SOBRE O CLIMA E SE CHOVE MUITO NESSE MÊS. QUEM PUDER OPINAR, AGRADEÇO.
ABRAÇOS GALERA (mensagem de Marylise)


Oi Marylise, estou indo pela primeira vez no mês de maio e queria saber como foi sua experiência. Os dias já são quentes? Dá pra levar as crianças para a piscina? Queria tanto levar meu filho nos parques aquáticos! Obrigada! Bjs!

 


 
FEIJÃO NA MALA

 mensagem postada em 15/04/2014 - 03:04:26hs
 
 

Não pode, produtos in natura não podem ingressar nos Estado Unidos, é uma barreira sanitária, mas existe supermercado brasileiro em Orlando e lá existe feijão pra vender no Walmart também. Única coisa que você vai ter que dar um jeito de convencê-la a comer fora de casa, a maioria dos parques você acaba passando o dia todo, chegando às 09h e saindo depois das 21h, qual a viabilidade dela passar esse tempo todo sem comer? Sei lá, tenta falar que o Mickey não deixa entrar quem não come fora de casa

P.S.: Eu fui a criança mais chata do universo conhecido para comer. Tive anemia e o escambau. Mas minha mãe não me dava muita trela não, especialmente em viagens, que ela não queria saber de cozinha. No fim eu sempre acabava comendo alguma coisa, porque na hora que a fome aperta acaba a frescura. Sei lá, funcionou comigo, pode funcionar com a sua filha haha (mensagem de Gabriela Sarti)


Apenas completando o brilhante post da Gabriela, se for muito necessário, tem restaurantes brasileiros em Orlando. Tem churrascaria, buffett e etc.
Meus filhos tem hoje 4 anos, já foram duas vezes e eles tiveram que dançar conforme a música, agora em novembro vão de novo e mais uma vez terão que se adaptar.
Obviamente que vamos ao mercado e tentamos comprar algumas coisas pra eles comerem de manhã ou a noite caso tenham fome, mas no grosso é junk food.
Esses 10 dias não farão tanta diferença assim na vida deles.

Abs (mensagem de Rafael Nunes gonçalves Barbosa)


Gabriela, também penso assim.

Nossa, ninguém vai morrer desnutrido por não comer determinado alimento por 10 dias (ou menos, ou que seja mais, tb não vai acontecer nada).

Eu estou super acostumada a comer arroz integral e durante os dias que passei fora, não me importava com isso. Sei que criança apresenta maior resistencia na hora de se alimentar, mas ai depende também dos pais imporem algumas regras.

Quando eu era criança, ai de mim que ficasse de "graça" para comer, minha mãe logo me botava no eixo! kkkk

Mas cada um é cada um...

Apenas para relembrar o que a Gabriela bem ressaltou: ninguém pode ingressar nos EUA portando consigo produtos in natura. É bem capaz de você ter que jogar tudo fora no momento que desembarcar...

 


 
Res: FEIJÃO NA MALA

 mensagem postada em 15/04/2014 - 03:04:14hs
 
 

Pessoal
Apenas complementando tudo o que foi bem colocado, no final do ano passado durante o processo de imigração as minhas malas foram separadas para verificação, sem eu ter absolutamente nada na bagagem, e na minha frente havia uma família levando algumas frutas na bagagem despachada. Conclusão : A mala deles que continha as frutas foi confiscada com todas as roupas, sem direito a devolução, sob a alegação de possível contágio.

Exagero ou não, trata-se apenas de atendimento a legislação sanitária do país, regras estas que todos os países possuem.



voce esta certa Gabriela
eles acreditam que oque esta escrito é veradeiro, nao vale a pena arriscar (mensagem de Edilaine)

 


 
Res: Res: Res: Res: FEIJÃO NA MALA

 mensagem postada em 15/04/2014 - 02:04:29hs
 
 

Quando vc entra noa eua, vc tem q preencher uma declaração dizendo que não está entrando com produtos in natura. Se pegarem, vão ver que vc deu uma declaração falsa. Eu não me arriscaria, tem td isso pra vender lá.

 


 
Res: Res: Res: FEIJÃO NA MALA

 mensagem postada em 15/04/2014 - 01:04:17hs
 
 

genteeee

meu feijão e arroz já esta comprado para levar, inclusive um saquinho de ervilha, para uma boa sopa! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

depois que o assunto apareceu fui pesquisar e vi que tem gente que leva e não tem problema, inclusive uma amiga ano passado levou feijão e pó de café e não teve problemas... acabei de imprimir KID'S FOOD bem grandão e vamos que vamos... é claro que vou levar bem pouco: 1kg de arroz, 1/2 de feijão (vermelho), 1/2 de ervilha. Meus filhos são MEGA/ULTRA/POWER chatos, para vcs terem uma ideia nem refrigerante eles tomam... sei que na hora do aperto come-se o que tem, porém fico com medo de pegar uma virose, devido a fraqueza da má alimentação. Vou tentar... o máximo que pode acontecer e jogarem fora.... embarco segunda e pode deixar que volto para contar!! rs

 


 
Res: Res: FEIJÃO NA MALA

 mensagem postada em 15/04/2014 - 01:04:10hs
 
 

Não pode, produtos in natura não podem ingressar nos Estado Unidos, é uma barreira sanitária, mas existe supermercado brasileiro em Orlando e lá existe feijão pra vender no Walmart também. Única coisa que você vai ter que dar um jeito de convencê-la a comer fora de casa, a maioria dos parques você acaba passando o dia todo, chegando às 09h e saindo depois das 21h, qual a viabilidade dela passar esse tempo todo sem comer? Sei lá, tenta falar que o Mickey não deixa entrar quem não come fora de casa

P.S.: Eu fui a criança mais chata do universo conhecido para comer. Tive anemia e o escambau. Mas minha mãe não me dava muita trela não, especialmente em viagens, que ela não queria saber de cozinha. No fim eu sempre acabava comendo alguma coisa, porque na hora que a fome aperta acaba a frescura. Sei lá, funcionou comigo, pode funcionar com a sua filha haha (mensagem de Gabriela Sarti)


Apenas completando o brilhante post da Gabriela, se for muito necessário, tem restaurantes brasileiros em Orlando. Tem churrascaria, buffett e etc.
Meus filhos tem hoje 4 anos, já foram duas vezes e eles tiveram que dançar conforme a música, agora em novembro vão de novo e mais uma vez terão que se adaptar.
Obviamente que vamos ao mercado e tentamos comprar algumas coisas pra eles comerem de manhã ou a noite caso tenham fome, mas no grosso é junk food.
Esses 10 dias não farão tanta diferença assim na vida deles.

Abs

 


 
Res: FEIJÃO NA MALA

 mensagem postada em 15/04/2014 - 12:04:50hs
 
 

Não pode, produtos in natura não podem ingressar nos Estado Unidos, é uma barreira sanitária, mas existe supermercado brasileiro em Orlando e lá existe feijão pra vender no Walmart também. Única coisa que você vai ter que dar um jeito de convencê-la a comer fora de casa, a maioria dos parques você acaba passando o dia todo, chegando às 09h e saindo depois das 21h, qual a viabilidade dela passar esse tempo todo sem comer? Sei lá, tenta falar que o Mickey não deixa entrar quem não come fora de casa

P.S.: Eu fui a criança mais chata do universo conhecido para comer. Tive anemia e o escambau. Mas minha mãe não me dava muita trela não, especialmente em viagens, que ela não queria saber de cozinha. No fim eu sempre acabava comendo alguma coisa, porque na hora que a fome aperta acaba a frescura. Sei lá, funcionou comigo, pode funcionar com a sua filha haha

 


 
Leite em pó e mamadeira no avião

 mensagem postada em 11/04/2014 - 02:04:56hs
 
 

Paula, boa tarde!

Passei sexta feira pelo aeroporto de Las Vegas seguindo para Atlanta. Vi um rapaz embarcando sozinho com a filhinha, que deveria ter entre 1 e 2 anos, a mala de mão dele tinha muita coisa de criança, papinha, leite em pó, água, etc...Quando passou no raio-x, foi detectado e o TSA levou ele e a menininha para uma área um pouco mais afastada, cerca de uns 10 metros do lugar de onde saíamos do scanner corporal, pediu para que ele abrisse a mala, viu o que se tratava, perguntou se as coisas eram para a criança, ele disse que sim e foi liberado sem ter que jogar nada fora.

 


 
Res: Leite em pó e mamadeira no avião

 mensagem postada em 10/04/2014 - 02:04:40hs
 
 

PAULA,
JÁ FUI DUAS VEZES. UMA EM 2011 QUANDO MEU FILHO TINHA 1 ANINHO. E O ANO PASSADO, COM MEU FILHO QUE ESTAVA COM 3 ANOS E MINHA CAÇULA DE 5 MESES.
AS DUAS VEZES LEVEI AS LATAS DE LEITE. E ERAM DOIS. UM TOMAVA NINHO E A OUTRA TOMAVA NESTOGENO. NÃO TIVE PROBLEMAS EM NENHUMA VEZ. CHEGUEI A ENTRAR COM GARRAFA DE AGUA JUNTO NO RETORNO, ME PERGUNTARAM SE ERA PARA O BEBE, EU RESPONDI QUE SIM E PRONTO. MEUS FILHOS TOMAM MUITO LEITE. FORA QUE FICAVA COM MEDO DE EXTRAVIAR A MALA E AS LATAS JUNTOS.



Olá mamães,

Gostaria de saber como vocês fazem para levar o leite em pó no avião. Meu filho de 1 ano bebe 250mL antes de dormir e depois 250mL quando acorda. A agua posso pedir para a aeromoça, mas como vou fazer com o pó? Levo só 2 medidas em um potinho (fico com medo de levar um pó branco.. rs..) ou levo a lata de leite pra garantir a identificação?
Grata,

Paula (mensagem de Paula Teixeira)

 


 
 
Em Libery Square você encontra um enorme carvalho ("Liberty Square Tree" - "Árvore da Liberdade") onde existem 13 lanternas que representam as 13 colônias independentes americanas.