Alfândega - Relatos

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

O objetivo do presente tópico é o de servir de espaço para que possamos postar - relatos - sobre as nossas experiências com a alfândega (exclusivamente). Peço que questionamentos sobre a "cota de isenção" sejam reservados para o seu tópico específico - Alfândega - Cota de Isenção.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Marconi

 mensagem postada em 21/10/2011 - 09:10:19hs
 
 

Vc fará conexão no primeiro aeroporto que chegar no Brasil... Afinal de contas vc não precisa passar por São Paulo para ir pra sua cidade... Vc pode chegar em qualquer aeroporto internacional do país... Se vc, por exemplo, mora em sp, mas vai fazer conexão no Rio (improvável, mas é um exemplo), vc fará Free shopping, alfândega, enfim, no Rio... Espero ter ajudado, Igor

 


 
Onde será a alfândega?

 mensagem postada em 21/10/2011 - 08:10:07hs
 
 

Achei isso na internet:

"Pelas leis brasileiras, vc fará imigração no primeiro aeroporto de chegada ao Brasil, ou seja, em SP.

Quanto à Alfandega, às vezes, vc a faz no Rio, outras, em SP, pois depende de como este voo será tratado em SP: se doméstico, vc fará em SP. Se internacional, vc fará no Rio."

Porém... também achei isso:

"independente se a conexão será em voo internacional ou não, sua alfândega será realizada no primeiro ponto ao entrar no Brasil"

Resta saber qual é o certo...

 


 
Mmaxuel

 mensagem postada em 21/10/2011 - 07:10:33hs
 
 

Tudo bom!!
Eu regularmente pego um voo que faz Cordoba (Argentina), con destino final Belo Horizonte e escalas em Porto Alegre e Sao Paulo e sempre tenho que fazer alfandega en Porto Alegre, que e o primeiro aeroporto em Brasil do meu voo.Por isso eu achei que Helaine faria alfandega em Sao Paulo, se estava errada, peço desculpas!!!

 


 
GALEÃO

 mensagem postada em 21/10/2011 - 11:10:05hs
 
 

Pessoal, cheguei dia 12/10 pelo RJ, minha bagagem demorou um pouco pra ser restituida, quando passamos pela receita federal não havia muita gente e TODOS, repito, TODOS foram para o RX. Todas as pessoas e famílias que estavam na minha frente tiveram que passar pelo RX!!!

 


 
Mmaxuel

 mensagem postada em 20/10/2011 - 06:10:02hs
 
 

Olá Mmaxuel. Só pra confirmar o meu entendimento: Se fosse conexão em SP, eu passaria na alfândega de SP. Como vai ser escala, eu vou passar na alfândega do destino final (no caso, RJ).

É isso mesmo?

Obrigada!

 


 
Fabio Liporace

 mensagem postada em 20/10/2011 - 06:10:28hs
 
 

Oi Fabio, tudo bem?
Voltei de orlando dia 14/10 e apareceu uma oportunidade de ir para Miami dia 29/10 e voltar dia 02/11, na volta de orlando "nada a Declarar" e passei direto, será q posso ir agora sem problema???
sds
Sil

 


 
Dúvida - Voos com escala

 mensagem postada em 19/10/2011 - 01:10:06hs
 
 

Pessoal, poderiam me ajudar? O meu voo de volta sai de Orlando e faz escala em Guarulhos antes de ir para o Galeão. Neste caso, eu qual alfândega eu vou passar? Na de SP ou na do RJ?


Obrigada,
Helaine

 


 
Ajuda!!!

 mensagem postada em 18/10/2011 - 09:10:22hs
 
 

Li alguns relatos, e gostaria de saber se alguém sabe como é a fiscalização em relação a compras para o enxoval de bebê. Pretendemos ir a Miami comprar desde carrinho, bebê conforto, roupas, brinquedos fisher-price, babá eletrônica, mamadeira, cremes para assadura entre outros itens.
Alguém já passou por isso, ou já viu como é o tratamento em relação a gestantes (pretendo ir entre 5 a 6 meses), pois pretendo passar no nada a declarar.
Ah..ia me esquecendo, meu aeroporto é Guarulhos,

Desde já obrigado

 


 
Guarulhos dia 10/10 - lá pelas 8h

 mensagem postada em 18/10/2011 - 01:10:09hs
 
 

Antes de falar sobre a alfândega farei um observação comparativa inevitável.

Imigração/repatriamento LOTADOS...
Depois de muita espera na fila, fomos pegar as malas.
MUITA gente, MUITA confusão de carrinhos e esteiras cheias de gente aglomerada...

Depois de muito tempo, pois não ouvimos nenhum aviso, alguém descobriu que a esteira que muitos estavam aguarando suas malas que nunca chegavam, claro, não era aquela.

E lá foram os passageiros tentando descobrir qual era, pois não houve aviso e sim muita confusão...Aí as malas estavam "soltas" no chão, fora da esteira e cada um foi procurar a sua! ..(ahh, tive certeza que estava no Brasil...rs)

E eu que havia me submetido a um procedimento cirúrgico em Orlando 1 dia antes,(conto o fato depois e recomendo a AssistCard) não via a hora de passar pela alfândega logo! Nem fui ao Free Shop.

Bem, estávamos(eu e marido) apenas com 3 malas grandes + 1 mochila e uma mala de mão e minha bolsa.
Acho que devido ao tumulto da chegada de vários voos não vi ninguém ser parado.

O fiscal perguntou: Vcs estão juntos?
Respondemos que sim e ele disse: saída!

Mas não trouxe exageros da cota de isenção.
E não ultapassei a cota de 500 dólares em eletrônicos.

 


 
10 / 10 Guarulhos

 mensagem postada em 17/10/2011 - 09:10:17hs
 
 

Boa noite a todos.
Voltei de Orlando dia 10 por Guarulhos por volta das 10 da manhã. Fui ao Duty Free e por isso não peguei fila na alfândega.
Eu e meu marido estávamos com 1 mala graaaaande, 2 grandes, 2 pequenas a mochila dele e minha bolsa de mão.
Meu marido passou na minha frente e o fiscal perguntou se ele estava sozinho e ele falou que não e apontou para mim atrás dele. Ele nos mandou direto para o raio - X.
Obs: eu estava na fila do nada a declarar e percebi que como éramos poucos, eles estavam enviando para o raio X todos os casais, famílias eles estavam deixando passar.
Voltando ao relato. Gelei quando ele me mandou para o raio X pois comprei Orlando quase inteira rs. Basta ver que só levei 1 mala das pequenas com as nossas coisas...
Colocamos as malas no raio X e percebi quando os agentes falavam entre si:
- Aqui é um video-game não sei se um PS3 ou um X-box...
Me adiantei e falei:
- É um X-box com Kinect.
Acho que eles gostaram da sinceridade e pararam de olhar para o raio X e me perguntaram se eu havia trazido muitos eletrônicos.
Falei que os que havia trazido eram de uso pessoal.... não é que adiantou.
Eles me liberaram.

OBS: não trouxe nada para vender, mas trouxe: 1 ipad2, 1 iphone4, X-box 250Gb com Kinect + 2 jogos extras + 1 console extra, 2 ipods nano, 2 câmeras fotográficas sendo 1 a prova d´água, muuuuitos tênis, cosméticos, roupas, etc.

OBS: fiz o recomendado. Tirei tudo das caixas. Sumi com os manuais (afinal internet tem tudo). Tirei a etiqueta de todas as roupas. Comprei uma necessaire grande e coloquei tudo de maquiagem dentro e o que coube de cremes. Preenchi a agenda do iphone, usei lá para fotos, o mesmo com o ipad com favoritos, etc. Eu iria negar até a morte que eu havia comprado lá.
Deixe tudo com cara de usado item pessoal mesmo. Para mim funcionou pois quando viram no raio X perceberam que estava tudo espalhado pelas malas aí devem pensar:
- Se ela fosse vender traria em caixas certo?
Para mim deu certo.

Quanto ao TSA e aos funcionários do aeroporto ... não tive nenhuma mala aberta nem na ida nem na volta, acho que ficaram com medo de não conseguirem fechar minhas malas de novo. Eu precisei sentar em uma para que ela fechasse, rs.


Boa sorte a todos!

 


 
 
A Madame Leota - Haunted Mansion (MK) - na vida real foi Leota Toombs - que trabalhava como modelo na Disneyland (Califórnia) - e Walt achou que tinha o rosto perfeito para a atração. Atualmente Leota Toombs pode ser vista - flutuando - na bola de cristal existente num dos cômodos da mansão, mas a sua voz foi dublada por Eleanor Audley.