Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Dia 01 – Magic Kingdom (Parte 2)

 mensagem postada em 15/03/2016 - 09:03:03hs
 
 

Durante o Celebrate the Magic, tive um pequeno contratempo pois o meu filho ficou com vontade de ir ao banheiro. O problema é que o local onde estávamos (na praça, perto da estátua) estava bastante cheio e de difícil locomoção. Ele consegui controlar a vontade até chegarmos ao banheiro mas voltar para perto do grupo foi impossível. Assisti ao resto do show somente com ele e quando deu uma brecha, ao término do Wishes, consegui me reencontrar com o grupo.

Como meu filho estava bastante cansado, decidimos nos separar e voltei com minha esposa para o hotel. Essa foi a pior parte do dia, pois grande parte do público também estaca saindo junto conosco. Pegamos o monorail de volta ao estacionamento e fomos para o nosso merecido descanso.

Atrações Visitadas:
- Dumbo
- The Barnstormer
- Mad Tea Party
- Big Thunder Mountain (x2) – FP

Lições Aprendidas:
- É muito cansativo visitar um parque grande no dia seguinte à chegada de viagem, ainda mais se tiver pouco tempo para descansar. Da próxima vez, vou preferir deixar o dia para compras.
- Nos dias de muito frio, vale muito a pena levar um pequeno cobertor (igual ao fornecido nos voos) para agasalhar as crianças. Fiz muito uso dele com o meu filho.
- Mesmo já conhecendo o Magic Kingdom (na viagem anterior fomos duas vezes), um dia é muito pouco para aproveitar.
- O Be our Guest é muito concorrido. É importante tentar reservar tão logo fique disponível e caso o grupo seja grande, uma boa estratégia é tentar dividir a reserva em grupos menores.
- Mesmo tendo o Dinning Plan é cobrado gorjeta nos restaurantes “table”.
- Se quiser ótimas fotos e recordações, adquira o Memory Maker. Além de conseguir fotos em pontos estratégicos, é possível obter vídeos e fotos dentro de algumas atrações.
- Caso tenha alguma criança no grupo que não possa entrar em alguma determinada atração, fazer o uso do Rider Switch. Ótima maneira de maximizar os Fast Pass.
- Se for assistir ao show de encerramento e não quiser pegar tumulto da saída, fique posicionado próximo ao início do parque.

Quilômetros Caminhados: 11,96 Km

Próximo relato: Compras...

 


 
Dia 01 – Magic Kingdom (Parte 1)

 mensagem postada em 15/03/2016 - 09:03:51hs
 
 

No nosso primeiro dia de Disney fez um frio horroroso. Não dava para ficar descoberto pois ventava bastante, aumentando muito o desconforto. Por conta do cansaço do dia anterior, acabamos acordando mais tarde do que o previsto, o que acarretou na perda de horário dos dois primeiros FPs.

Seguimos de carro e do estacionamento pegamos o barco que leva à entrada do parque (o monorail estava fechado). Como minha sobrinha tinha o Bibbidi Bobbidi Boutique agendado para às 12:00, nos separamos e ficamos passeando pela Main Street, observando os detalhes, tirando fotos com o Memory Maker e apreciando o pequeno desfile de personagens. Uma coisa que observei nesse dia é que o parque estava muito cheio. Mesmo com o feriado na véspera, imaginava que o parque estaria mais vazio, ainda mais se tratando de uma terça-feira.

Como o próximo FP seria somente às 14:00, aproveitamos para nos divertir com meu filho no Dumbo, The Barnstormer e Mad Tea Party. Ele adorou todas as atrações, sempre pedindo para repetir. Por causa do cansaço acabou dormindo logo em seguida e acabou não aproveitando a Big Thunder Mountain.

Aqui conseguimos maximizar os nossos FP da seguinte forma: Fui com minha esposa no início da fila e mostrei que meu filho não iria na atração pois estava dormindo, então eles me deram um "crachá" que deveria ser entregue para o funcionário que ficaria na segunda verificação do FP. Nesse momento, ele trocava o meu "crachá" por um tíquete que era um novo FP para a mesma atração, a ser utilizado no mesmo dia em qualquer horário por até 3 pessoas, sendo que você só utiliza somente uma vez e sendo assim, todos precisam estar juntos. Dessa forma, conseguimos ir na atração duas vezes pelo FP.

Em seguida fomos para nossa orgia culinária no Be our Guest, pois tínhamos reserva para as 16:00. O restaurante é maravilhoso, tanto pela decoração quanto pela comida, que foi muito bem servida. Quase não tivemos espaço para a sobremesa. É importante registrar que para grupos grandes (se não me engano, mesa com mais de 6 pessoas) a gorjeta já é automaticamente cobrada (15%). E você paga a gorjeta nos restaurantes “table” mesmo tendo o Dinning Plan.

Durante a refeição, a Fera passeava pelos 3 salões mas não parava para fotos. Somente na saída é que tinha um aposento reservado para isso, com uma pequena fila. Passamos bastante tempo no restaurante, aproveitando para fugir do frio e descansar as pernas. Saindo, rumamos direto para a Main Street para garantir um lugar para assistir a Electrical Parade e emendar com o Celebrate the Magic e Wishes.

Continua...

 


 
Dia 00 - Planejamento e Chegada a Orlando (Parte 2)

 mensagem postada em 15/03/2016 - 09:03:29hs
 
 

Retiramos nossas malas e fomos até o balcão da Álamo, que fica próximo ao estacionamento para alugarmos o carro. Preferimos conversar com o atendente pois tínhamos vontade de realizar upgrade de categoria, da mesma forma que na nossa primeira viagem onde trocamos a Santa Fé por um Buik Enclave pagando pouca diferença. Fomos na intensão de pegar novamente um Buik mas como eles não tinham dois disponíveis, acabamos pegando dois Infiniti QX80, um para cada família. Dessa vez saiu um pouco mais caro do que prevíamos, mas mesmo assim valeu a pena.

Apesar de consumir um pouco acima da média, adoramos o carro. Bastante espaço para as malas e muito confortável e luxuoso. Importante dizer que não tentaram empurrar nada do que não queríamos e nem tivemos cobranças não autorizadas. O único “senão” é o fato de termos pego uma grande fila, coisa de 30 minutos no total.

O procedimento de retirada foi muito simples. Apresentei o papel disponibilizado no balcão para a atendente que pegou as chaves e me encaminhou diretamente para o carro. Antes, peguei o assento para o meu filho (alugado junto com o carro). Depois de descobrir como o carro funcionava, passamos pela cancela e apresentamos a documentação solicitada (contrato + habilitação) e rumamos para o hotel.
Aqui tivemos um pequeno problema uma vez que o meu GPS não estava pegando o sinal do satélite e o integrado do carro não reconhecia o endereço que tínhamos do hotel. O resultado é que acabamos indo parar no DIsney Springs ao invés do nosso hotel. Então apelei para o aplicativo HERE do celular e conseguimos chegar dentro do complexo da Disney. Aí ficou fácil pois é tudo bem sinalizado e conseguimos chegar sem erro.

Na recepção do hotel, fizemos o check in e pegamos a nossa Disney Band. Escolhemos associar o nosso cartão de crédito a ela e dessa forma também poderíamos utilizá-la para as compras (que seria utilizado em último caso, por conta do IOF). Outra facilidade informada é que na data de saída, não precisaríamos passar no balcão para o checkout. Poderíamos sair direto.

Deixamos as malas no quarto e fomos para o Walmart. O problema é que já eram por volta das 22:00 (01:00 no Brasil) e estávamos todos cansados. Então nem perdemos muito tempo no supermercado. Compramos o básico e o carrinho de bebê para o meu filho, voltamos para o hotel para comermos alguma coisa e depois, cama.

Lições Aprendidas:
- Viajar durante o dia foi muito cansativo, pelo fato de precisar acordar muito cedo para chegar ao aeroporto e de eu não conseguir dormir durante o voo. Nas próximas viagens tentarei evitar repetir a experiência.
- Se levar GPS do Brasil, ligá-lo assim que sair do avião. Alguns demoram bastante tempo para sincronizar com o satélite.
- Coloque previamente todos os endereços importantes no GPS, principalmente o do Hotel.
- Se possível, estude a localização de cada ponto importante. Isso facilitou bastante a descoberta que estávamos no lugar errado e a procurar a área correta do hotel.
- Caso não queira perder tempo no balcão da Álamo, utilize os totens que ficam próximos ao balcão. Além de economizar tempo, há um risco menor de contratar algo que não queira.

Próximo relato: Magic Kingdom

 


 
Dia 00 - Planejamento e Chegada a Orlando (Parte 1)

 mensagem postada em 15/03/2016 - 09:03:58hs
 
 

Voltamos a Orlando no início do ano e as dicas encontradas aqui no fórum foram fundamentais para o sucesso da viagem. Sendo assim, resolvi compartilhar nossas experiências (as boas e o que não funcionou) para manter a roda girando.

Dados da viagem:
- Viajantes - Éramos duas famílias: eu / minha esposa / meu filho de quase 4 anos ; minha cunhada / marido / filho de 15 anos / filha de 10 anos.
- Período - 18/01 a 04/02.
- Hotéis - Disney All Star Sports e Rosen In at Pointe Orlando (reservados via agência de viagens).
- Passagens - TAM (comprados com Multiplus).
- Seguros – Não fizemos. O nosso plano de saúde dá direito a cobertura no exterior (reembolso).
- Ingressos – Disney (6 dias); Busch Gardens (1 dia) ; Sea World (1 dia); Universal (3 dias park to park). Comprados em agência de viagens.
- Carro – Álamo. Reserva na categoria Standart SUV, mas no balcão solicitamos dois Infiniti QX80. Levamos GPS do Brasil e aluguei a cadeira de criança para o meu filho.
- Dólar – Comprados ao longo de 2015, com taxas de R$ 3,40 e a segunda à R$ 3,21.
- Memory Maker – Sim!!!! (Em grupo, valeu muito a pena adquirir).

OBS: No caso da Disney, optamos pela promoção do Play, Stay na Dine e fizemos o upgrade de categoria, para termos direito a 1 snack, 1 quick e 1 table por pessoa.

Saímos do Rio de Janeiro fazendo escala em São Paulo. A viagem foi tranquila, sem grandes problemas e com o avião lotado. Como tenho problemas para dormir em voos, no final já não aguentava mais ficar naquele espaço confinado e acabou que para mim, a viagem foi mais cansativa do que deveria. Menos mal que meu filho dormiu a maior parte do tempo.

Chegamos em Orlando por volta das 16:00 e seguimos direto para a imigração. Apesar da grande quantidade de pessoas, o processo não demorou muito. Em um determinado momento da fila um agente americano encaminhava algumas pessoas para uma área com vários totens de autoatendimento. Acho que era para pessoas com passaporte novo (10 anos) o que não é o meu caso.

Continua...

 


 
Res: Janeiro/2016 - dias 13 a 17

 mensagem postada em 09/03/2016 - 09:03:06hs
 
 

Oi Fábio!

A minha mais velha também estará com 7. Ela adora a Disney e tb gosta muito de trabalhos manuais, pois faço scrapbook e ela gosta de me acompanhar.
Pelo seu relato havia entendido que o cheescake factory era no Florida Mall.
Então só mesmo no Mall at Millenium
A minha adora essas bonecas Adora Doll, e trocará o bibbidi pela boneca.
Concordo! Acordo é acordo...rsrs

 


 
Res: Janeiro/2016 - dias 13 a 17

 mensagem postada em 08/03/2016 - 10:03:24hs
 
 

Thais,

Ela tem 7 anos e adora trabalhos manuais: desenhar, pintar, ela gostou muito ! Não vimos Cheesecake Factory lá não, só no Mall at Millenia mesmo.
Até vimos a loja de bonecas (American Girl), mas entramos só para passear e olhar, porque antes ela tinha aceitado trocar a boneca (que ela quase já não brinca mais) pela fantasia completa (incluindo varinha) do Harry Potter !! E combinado é combinado !

Abs
Fabio

 


 
Res: Janeiro/2016 - dias 13 a 17

 mensagem postada em 08/03/2016 - 02:03:50hs
 
 

Fábio, retornei ao grupo esses dias adorei ler seus últimos 2 relatos.
Gostei da atração do “Crayola Experience” no Florida Mall!
sua filha tem que idade?
lá já tem cheesecake Factory?
e vocês chegaram a ver aquela lojinha de bonecas que ouvi falar que tem no Florida Mall?
obrigada pelas contribuições.

 


 
Janeiro/2016 - dias 16 e 17

 mensagem postada em 08/03/2016 - 01:03:23hs
 
 

Dia 16 – 05/02 – Devolução do carro e Animal Kingdom
Pelo cronograma inicial da viagem, iríamos embora nesse dia, mas a TAM mudou horário do nosso voo (dessa vez, foram várias mudanças de horário), e aí resolvemos ficar um dia a mais. Nisso eu já tinha contratado o aluguel do carro e teria de pagar multa pela alteração da reserva, além da variação cambial. Assim, acordamos cedo e fomos tomar café da manhã no Camilla´s . Achei bom, farto (pão de queijo, pão francês com frios, bolo) e relativamente barato, recomendo. Depois, fomos na Alamo do Disney Car Care, devolução tranquila e o transporte nos deixou no Animal Kingdom. Fomos no show do Rei Leão (já assistimos várias vezes, mas gosto), depois no Klimandjaro Safari (tínhamos FP, fila 65 min), muito bom, vimos um rinoceronte branco passar bem perto do carro, no It´s tought to be a bug (minha filha se assusta toda vez) e no Dinoland USA (ela adorou brincar naquele parque). Fomos também no Procurando Nemo, show muito bem feito, com música, cor e movimento que resume a estória do Nemo. Um detalhe interessante é que de alguns pontos já dá pra ver alguma coisa da Avatarland, apesar dos tapumes. Como o parque fecha relativamente cedo, saímos e fomos dar uma última volta e jantar no Disney Springs. Foi a primeira vez que utilizamos o transporte da Disney para ir/voltar de um parque, já que sempre alugamos carro. Para variar, funciona muito bem, só achei meio chato não ter ônibus dos parques direto pro Disney Springs, ter que ir até o hotel em que você está hospedado e de lá pegar pro DS. Por outro lado dá pra entender que, se a Disney colocar ônibus direto, provavelmente vai ter um monte de espertos deixando o carro em DS e pegando o onibus, para não pagar o estacionamento dos parques...Apesar de não ter reserva, fomos jantar no T-TRex, e foi tranquilo: tinha espera, mas não precisava ficar lá, a atendente me deu um papel com horário, disse que podíamos passear e voltar dali a 1 hora, e foi o que fizemos. Quando voltamos, foi só apresentar o papel que em 10 min estávamos sendo chamados ! Voltamos pro AoA no transporte e fomos terminar de arrumar as malas.

Dia 17 – 06/02 – Hora da partida...
Malas arrumadas, aproveitamos para passear um pouco pelo hotel, que é lindo e rende ótimas fotos. Sempre tento deixar um dia para aproveitar o hotel, mas nunca dá certo (são tantas coisas pra fazer), fica sempre pro final mesmo ! Tinha pedido 2 dias antes (e consegui) late checkout sem custo até 13h. Como nosso DME saía às 14:15h, foi só comer alguma coisa e fazer hora na praça de alimentação e loja que o tempo (infelizmente) passou. Chegamos no aeroporto, check in tranquilo com a TAM e voo COM-GRU também tranquilo. Chegamos em GRU domingo de carnaval às 6h, passamos direto pela alfândega, compramos só chocolates no duty free e andamos um bocado (e rápido) para não perder a conexão para GIG. Até fiz uma observação com a TAM, pois se tivéssemos pego alfândega normal e parado no freeshop mesmo, provavelmente teríamos perdido a conexão. Voo GRU-GIG tranquilo, malas chegaram sem problemas, e aproveito para contar um “causo”: num dos dias que estávamos no Disney Springs, caiu uma chuva, e tínhamos deixado as capas no carro. Compramos então um guarda chuva no Rainforest (US$ 18), que na hora de ir embora, não cabia na mala e minha esposa não queria deixar pra trás. Perguntei se a TAM despachava (sem custo, obviamente) e eles responderam afirmativamente, e assim fizemos. E não é que o guarda chuva chegou, tanto em GRU quanto em GIG ?? Só que acabamos esquecendo de retirá-lo junto com as malas, só fui me lembrar à noite. Liguei para TAM e pelo número do meu ticket de bagagem eles conseguiram localizar o dito guarda chuva, foi só passar no setor de bagagens e retirar... Finalmente, seguimos para casa, acordando do sonho para voltar à realidade...


 


 
Janeiro/2016 - dias 13 a 17

 mensagem postada em 08/03/2016 - 01:03:37hs
 
 

Dia 13 – 02/02 – Repeteco do HS
Não consegui FP pro Toy Story, então resolvemos ir direto para lá. Estava dando 70 min de fila, mas no total, entre fila e andar no brinquedo em si, não deu 1 hora. Fomos no Star Wars Launch Bay, assistimos ao filme (emocionante, como já disse aqui) e vimos os detalhes (story book dos filmes, desenhos, roupas) com mais tranquilidade. Consegui reservar o Sci-Fi Dine In pro almoço. Nunca tínhamos ido, é bem legal, imita um drive-in, você fica sentado em mesas simulando carros, com filme passando na tela. Comida é normal, vale ir pelo ambiente. Fomos novamente no Frozen, teatro chinês e Bela e a Fera (já fomos várias vezes, mas acho muito legal, pelas músicas, figurino), vária vezes no Star Tours e até no Indiana Jones. Optamos por não ir ao Fantasmic (já tínhamos ido no outro dia), ficamos na praça principal curtindo um show de música e dança com animadores e personagens, e pegamos um bom lugar para assistir ao Synphony in the Stars , bem no meio da praça. Deu pra assistir bem, até filmei, e no final as lágrimas rolaram novamente...Comemos na praça de alimentação do hotel mesmo, o cansaço era grande.

Dia 14 – 03/02 - Walmart e Florida Mall
Fomos fazer as últimas compras no Walmart e depois fomos dar uma volta no Florida Mall (lá é só para passear mesmo, os preços não são convidativos). Fomos na loja da Crayola, para minha filha brincar na “Crayola Experience”. Achei legal a proposta é bem interessante, mas achei meio desorganizado (poucos funcionários) e caro ($ 23/pessoa), acho que o adulto que tivesse acompanhando a criança não deveria pagar. Enfim, fomos, minha filha gostou bastante, ficamos quase 3 horas lá. Jantamos no Cheesecake Factory, muito bom, especialmente o cheesecake. Comi um de mousse de chocolate que estava um espetáculo !

Dia 15 – 04/02 - Repeteco Magic Kingdom
Priorizamos Adventureland e Tomorrowland, que não tínhamos dado muita atenção no outro dia. Minha filha quis ir várias vezes no Piratas do Caribe, por causa daquela quedinha que dá. Quis ir novamente no Carrossel do Progresso (interessante uma criança dessa idade gostar dessa atração) e naquele carrinho que rodeia toda Tomorrowland (esqueci o nome). Mais tarde voltamos para Fantasyland, fomos no Dumbo, It´s a small world e aí caiu uma chuvarada danada, mas estávamos com as nossas capas. Fomos tirar foto com Tinker Bell, assistirmos a Eletric Parade e esperamos o Wishes, que atrasou uns 15 min porque a chuva tinha aumentado. Achei que eles fossem cancelar o show, mas ocorreu mesmo assim. Não foi muito legal, acho que por questões de segurança não teve a descida da Tinker Bell e a chuva prejudicou a dissipação da fumaça dos fogos. Saímos já sem chuva, mas apesar de muita gente ter saído antes do Wishes, ainda pegamos muita movimentação. Jantamos na praça de alimentação do hotel mesmo, até porque os pés estavam encharcados !!

 


 
Janeiro/2016 - dias 11 e 12

 mensagem postada em 05/03/2016 - 09:03:16hs
 
 

Dia 11 – 31/01 – Descanso e Lake Buena Vista Outlet
Acordamos mais tarde e saímos direto pro LBV. Outlet tranquilo, mais vazio e com boas promoções, especialmente Tommy, Samsonite e GAP. Importante pegar o livrinho com cupons de descontos, e uma dica legal, que recebi de um brasileiro que estava lá: ao lado da administração do outlet tem um lugar que eles embalam as malas muito bem, custa US$ 15/mala. Embalei 2 e chegaram ao Brasil perfeitas. Jantamos no Camilla´s, pra minha filha poder comer um pouco melhor.

Dia 12 – 01/02 – Epcot
Esse dia o tempo deu uma esquentada, acho que fez uns 25-26 graus. Demos um pouco de “azar” nesse dia, porque estava cheio de excursões de adolescentes brasileiros e argentinos. Tiramos fotos com personagens, Mickey, Minie, Pateta, Donald, Tico e Teco, e o mais concorrido foi o Baymax, quase 1 hora de fila.
Para ser sincero, não é meu parque preferido, então fomos logo para os países, almoçamos na Itália (não lembro o nome do restaurante, mas achei o prato pequeno e meio caro), minha esposa foi tomar cerveja na Alemanha, que estava bem cheia, e finalmente experimentei a funnel cake nos Estados Unidos. Gostei, mas em se tratando de doces norte americanos o fresh fruit sandwich do Sleepy Hollow é imbatível ! Vimos no Estados Unidos um show bem bacana, “Legends of America” (ou algo do gênero), um grupo a capella cantando musicas dos filmes da Disney.
O calor aumentou à tarde e como estávamos todos cansados (parque é bem grande para andar) fomos embora antes do Ilumminatios, mas como já tínhamos visto da outra vez, em 2013.

 


 
 
No restaurante Be Our Guest, a delicada Rose Gallery, decorada com toques rosa, pinturas e tapeçarias, possui uma imensa caixa de música central, com mais de 2 metros de altura com a figura giratória da Bela e da Fera.