Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Parte 2 – Escolhendo o hotel e comprando os ingressos

 mensagem postada em 16/09/2016 - 12:09:23hs
 
 

Quando comecei a pesquisar os hotéis, só tinha uma certeza:Quero fica em um hotel da Disney!
Para mim era a viagem dos sonhos! Levar a minha princesa para conhecer as princesas da Disney, então escolhi o Disney’s Port Orleans Riverside no quarto real! Só que como o dólar acabou subindo demais, meu bolso não alcançou. Escolhi então, o Pop Century.
Decidimos não alugar carro, então dividimos a viagem em duas partes.
Primeiro ficaríamos no Pop Century e aproveitaríamos a Disney, depois iríamos para o Cabana Bay e curtiríamos a Universal.
Pesquisei pela internet os valores, mas acabei fechando com uma agência de turismo com que sempre viajamos que fez um preço melhor que esses sites de viagem, mas sempre é bom pesquisar para ter como barganhar.
Os ingressos, acabei comprando com uma agência que eu já tinha viajado para Disney uma vez e que um amigo indicou que estava com o valor bem bom. Fechei os ingressos no dia 23/12.
Entretanto, no dia 26/12 acordo com meu marido me chamando: - AMOR, AMOR, CAÍMOS NUM GOLPE!! A AGÊNCIA QUE COMPRAMOS OS INGRESSOS DECLAROU QUE FECHOU AS PORTAS!!!! PRIMEIRA PÁGINA DA GAZETA DO POVO (Jornal de Curitiba).
Achei que ia morrer! Só conseguia chorar, afinal eram quase 6 mil reais em ingressos.
Assim que me acalmei, falei para o meu marido: - amor, liga no cartão de crédito e cancela a compra! Faz só 3 dias ainda não deve ter caído. Explica o que aconteceu! E foi o que fizemos já que não conseguíamos contato com a agência.
Consegui o celular da filha da dona da agência, que aliás foi quem havia me vendido os ingressos e ela na maior cara de pau me disse que não iria honrar com os compromissos e que eu buscasse meus direitos na justiça!
Graças a Deus o banco estornou o valor, após comprovarmos o distrato, mas mesmo assim entrei na justiça contra a empresa, afinal, foi um transtorno gigantesco e dias e dias sem conseguir dormir de preocupação. Enfim resolvido, comprei novamente os ingressos (bem mais caro, pq o dólar deu uma guinada), em janeiro.
Bom, nessa data já havia feito todas as reservas em restaurantes e planejado quais fast pass queria, quais dias ia em cada parque, havia ligado várias vezes para o telefone da Disney através do aplicativo do telefone q agora não recordo o nome e dá para ligar de graça para os EUA e Canadá.
É muito legal ligar lá, kkk eu ligava as vezes só para ouvir a musiquinha! (Tá, eu sou maluca! Kkk) Entrava mil vezes por dia no Mydisney Experience só para ver como estava o movimento.
Não via a hora de viajar! Curti cada momentinho do planejamento e organização e sofri muito com os reveses que aconteceram e graças a Deus foram todos contornados.
Com 60 dias de antecedência agendei os fast passes pelo aplicativo e daí em diante foi só ansiedade e expectativa!!!

 


 
Res: Iniciando uma aventura... Parte 1 – A decisão e a confusão com o vôo

 mensagem postada em 16/09/2016 - 10:09:14hs
 
 

O tópico voltou!!! Não pare, Renata!!!!!


Oi gente, fui à terra da magia em abril deste ano, entretanto, embora a vontade de contar a todos vocês sobre essa viagem maravilhosa, o desânimo do retorno me impediu totalmente. Rss, acho q todos os que regressam de lá passam pelo mesmo problema.
A minha odisséia começou mais de um ano antes da viagem. Um dia estava almoçando na casa da minha mãe e meu irmão estava falando de viagens e coisas do gênero e eu falei: - vai pra Disney! Na época o dólar ainda não tinha disparado e parecia uma boa opção, além de que eu sou APAIXONADA por esse lugar. Ele estava pensando em ir fazer o caminho de Santiago de Compostella (kkk, tudo a ver com as minhas aspirações nada monásticas). Nesse dia decidi, bom, se ele não quer ir vou eu!!! Cheguei na minha casa e falei para o meu marido (Juliano): -amor, vamos levar a Duda pra Disney? (Eduarda é minha filhinha que estava com 4 anos na época). Ele adorou a idéia, mas na verdade não me levou muito a sério....
Comecei então a planejar a viagem (isso foi mais ou menos em março de 2015), pesquisei sobre épocas para ir, já tínhamos ido para lá em maio de 2010 e havia gostado bastante de ir nesse período, então bati o martelo! Comecei minha contagem regressiva com quase 400 dias e por incrível que pareça, todo dia eu checava! kkk
Todos os dias eu mandava uma mensagem fofinha sobre a Disney no celular dele e emails sobre hotéis, atrações e tudo mais, mas ele ainda não estava levando muito a sério. Kkkk.
Comecei a comprar dólares qdo sobrava um dinheirinho e guardava as verdinhas. O dólar começou a subir e eu com a idéia fixa: - não quero nem saber, eu vou para Disney nem que o dólar vá a 5,00!
Não lembro bem a época, mas uns meses depois teve uma promoção de milhas da gol e ele disse: - se você não se importar de ir de avião pequeno eu compro as passagens! Meu Deus que alegria!!! Falei: - nem que seja de teco-teco, o que me importa é chegar lá!!!! E ele comprou!!! Mas ainda faltava muito tempo e o dólar não parava de subir... e ele começou a pensar em desistir.
Surgiu então a oportunidade de dobrar meu turno no trabalho, não tive dúvidas, dobrei meu turno e falei: - Agora ninguém me segura, eu vou e ponto final!
Tínhamos marcado nossas passagens para o final de abril, mas como foi muito tempo antes, começaram a surgir problemas, meu marido estava com dificuldade de tirar férias nessa época e arriscava melar tudo. Um dia entramos para conferir as passagens na gol e qual nossa surpresa quando vimos que nosso vôo havia sido cancelado!!!! Me desesperei, chorei, achava q era um sinal para não irmos. Meu marido pensou em pedir o reembolso e cancelar tudo, afinal, não havíamos fechado mais nada ainda. Fiquei arrasada um bom tempo, mas sempre matutando, o que eu poderia fazer.
No fim das contas, meu marido teve uma idéia:- Amor, foi Deus quem fez eles cancelarem! A data estava complicada para mim, como foram eles que cancelaram podemos mudar a data da viagem e eles terão que nos acomodar em outra aeronave. Perfeito! Marcamos para o dia 09 de abril, mas a gol não tinha vôos disponíveis para essa data e nos acomodaram na Delta. Show!! O Sonho não tinha acabado!


(mensagem de Renata Chinasso Ferreira)


 


 
Iniciando uma aventura... Parte 1 – A decisão e a confusão com o vôo

 mensagem postada em 15/09/2016 - 03:09:51hs
 
 

Oi gente, fui à terra da magia em abril deste ano, entretanto, embora a vontade de contar a todos vocês sobre essa viagem maravilhosa, o desânimo do retorno me impediu totalmente. Rss, acho q todos os que regressam de lá passam pelo mesmo problema.
A minha odisséia começou mais de um ano antes da viagem. Um dia estava almoçando na casa da minha mãe e meu irmão estava falando de viagens e coisas do gênero e eu falei: - vai pra Disney! Na época o dólar ainda não tinha disparado e parecia uma boa opção, além de que eu sou APAIXONADA por esse lugar. Ele estava pensando em ir fazer o caminho de Santiago de Compostella (kkk, tudo a ver com as minhas aspirações nada monásticas). Nesse dia decidi, bom, se ele não quer ir vou eu!!! Cheguei na minha casa e falei para o meu marido (Juliano): -amor, vamos levar a Duda pra Disney? (Eduarda é minha filhinha que estava com 4 anos na época). Ele adorou a idéia, mas na verdade não me levou muito a sério....
Comecei então a planejar a viagem (isso foi mais ou menos em março de 2015), pesquisei sobre épocas para ir, já tínhamos ido para lá em maio de 2010 e havia gostado bastante de ir nesse período, então bati o martelo! Comecei minha contagem regressiva com quase 400 dias e por incrível que pareça, todo dia eu checava! kkk
Todos os dias eu mandava uma mensagem fofinha sobre a Disney no celular dele e emails sobre hotéis, atrações e tudo mais, mas ele ainda não estava levando muito a sério. Kkkk.
Comecei a comprar dólares qdo sobrava um dinheirinho e guardava as verdinhas. O dólar começou a subir e eu com a idéia fixa: - não quero nem saber, eu vou para Disney nem que o dólar vá a 5,00!
Não lembro bem a época, mas uns meses depois teve uma promoção de milhas da gol e ele disse: - se você não se importar de ir de avião pequeno eu compro as passagens! Meu Deus que alegria!!! Falei: - nem que seja de teco-teco, o que me importa é chegar lá!!!! E ele comprou!!! Mas ainda faltava muito tempo e o dólar não parava de subir... e ele começou a pensar em desistir.
Surgiu então a oportunidade de dobrar meu turno no trabalho, não tive dúvidas, dobrei meu turno e falei: - Agora ninguém me segura, eu vou e ponto final!
Tínhamos marcado nossas passagens para o final de abril, mas como foi muito tempo antes, começaram a surgir problemas, meu marido estava com dificuldade de tirar férias nessa época e arriscava melar tudo. Um dia entramos para conferir as passagens na gol e qual nossa surpresa quando vimos que nosso vôo havia sido cancelado!!!! Me desesperei, chorei, achava q era um sinal para não irmos. Meu marido pensou em pedir o reembolso e cancelar tudo, afinal, não havíamos fechado mais nada ainda. Fiquei arrasada um bom tempo, mas sempre matutando, o que eu poderia fazer.
No fim das contas, meu marido teve uma idéia:- Amor, foi Deus quem fez eles cancelarem! A data estava complicada para mim, como foram eles que cancelaram podemos mudar a data da viagem e eles terão que nos acomodar em outra aeronave. Perfeito! Marcamos para o dia 09 de abril, mas a gol não tinha vôos disponíveis para essa data e nos acomodaram na Delta. Show!! O Sonho não tinha acabado!

 


 
Voltei! (meio atrasada)

 mensagem postada em 01/09/2016 - 04:09:46hs
 
 

Infelizmente temos que voltar pra realidade.

Chegamos em Fortaleza na sexta-feira passada (26/08) mas ainda tô me recuperando da DPD e voltando ao ritmo no trabalho. Assim que tiver as fotos no computador, inicio os relatos.

Vi que o tópico voltou a ativa e fiquei mega feliz por isso. Quando a gente lê o relato de outros viajantes conseguimos lembrar da nossa viagem e mergulhar na deles junto. Esse tópico é maravilhoso!

 


 
Trio em Orlando - Dia 8: Discovery Cove (p1)

 mensagem postada em 31/08/2016 - 11:08:56hs
 
 

Neste dia, acordamos um pouquinho mais tarde. Primeiro por que minha mãe foi levar o amigo dela no aeroporto logo cedo, e segundo por que era dia de relaxar. Então queríamos manter o clima relax. HAHAHA... Era dia de nadar com os golfinhos ^^

Preparamos a mala com muda de roupas, roupas de banho (ou quase) e partimos sem tomar café da manhã mesmo. Isso por que o dia era também open-food e open-bar #alegria #todosgordinhoseroliços



Chegamos no parque, fomos recepcionados lindamente e agendamos nosso nado com os golfinhos. O horário não foi super maravilhoso, mas foi ok. Acho que era umas 14 horas. Então partimos para o café da manhã bem gordinho e, logo em seguida, para nossa troca de roupas.

Eu fui muito burra e esqueci de levar a parte de cima do biquini. Não, não é que eu esqueci de levar na mala, para Orlando. Esqueci de levar SOMENTE para o parque ¬¬ Muita burrice, né? HAHAHA... Ai, não tinha como escolher, tive que colocar aquela roupinha inteira. E gente, que SOFRÊNCIA vestir aquilo. Minha mãe e eu morremos de rir, choramos de rir, com dor de barriga e tudo. Se você for vestir sozinha, boa sorte, é o que te desejo. É um mix de ginástica, com musculação. HAHAHAHA.

Saímos, guardamos as coisas no armário e passamos o protetor solar permitido. Não pode usar protetor normal, apenas aquele, que não fere os animais e tal. De lá, fomos para o tanque com peixes, corais e arraias. GENTE QUE COISA LEGAL!!!! AMEI. Mesmo com a água geladíssima (que foi ok naquele calor). Foi uma experiência que nunca tinha tido. Super legal poder tocar nos peixes e, principalmente, nas arraias! Elas são tão fofinhas e macias. Muito legal. Fiquei um tempão aproveitando. Só tem que tomar cuidado para não trombar com outras pessoas que também estão boiando. hehehe... E também na hora que for ficar de pé e pisar no chão de novo, de uma olhadinha onde você irá pisar efetivamente para não ferir nenhum animalzinho.



Ficamos nessa parte um tempo, descobrimos um pedaço onde você consegue enxergar alguns tubarões e ficamos observando. Aproveitamos bem o aquário. De lá, fomos para a piscina quente, que é uma espécie de correnteza. Lá não tem nenhum animal, mas tem relaxamento. Gente, que coisinha deliciosa. Flutuamos, boiamos, poupamos os pés. Foi delicioso. Tipo delicioso MESMO.

Tem algumas partes que tem umas cachoeiras, super gostosinho. Só tem que tomar cuidado para não trombar em ninguém ou não ficar preso em uma "correnteza" HAHAHAHA. Uma hora, tinha família escandalosa, acho que eram argentinos. Gritando, jogando água, trombando nos outros. Por favor, não sejam essas pessoas. Sejam pessoas da paz!

Aproveitamos muito a correnteza e saímos um pouquinho da água para comer e relaxar antes do nado. Comemos bem. Tem muita variedade de comida, mas nada é INCRÍVEL. Tudo é gostosinho e saboroso, mas nada super gourmet. Os doces, achei horríveis, mas o Mac'n'Cheese por exemplo estava divo. Comemos bem - um pouco de tudo - e aproveitamos para beber uma deliciosa marguerita. Deitamos nas espreguiçadeiras e ficamos ali, curtindo. Nessa hora que estar com a roupinha inteira era ruim, por que ficava muito quente. Por isso, se você for no calor, recomendo o coletinho, só.



Nessa hora eu tirei um soninho maravilhoso. Nossa, dormi mesmo, de sonhar. Delícia. Nada como relaxar depois de tantos dias de pura maratona. Foi maravilhoso.

 


 
Trio em Orlando - Dia 8: Discovery Cove (final)

 mensagem postada em 31/08/2016 - 11:08:57hs
 
 


Ai, fomos nadar com os Golfinhos. Gente! <3 <3 <3 Que experiência linda e maravilhosa. Sério. Adorei. Nossa golfinha inicial era bem jovem, ai, como toda adolescente, era revoltada. Então, no meio, como ela não queria brincar, deixaram ela voltar para liberdade e mandaram outra, mais adultinha. A diferença de tamanho entre cada uma era muito grande. E a troca foi legal por que pudemos ver essa diferença entre o animalzinho.





Recomendo a experiência a quem puder. Os golfinhos são tão macios, educados e sabidinhos. É muito legal! Só achei que, para quem não sabe muito de inglês, algumas coisas se perdem. Óbvio que você aproveita TUDO, mas algumas explicações e fatos curiosos você perde. Eu, por exemplo, traduzi algumas coisas para minha mãe. E expliquei algumas coisas nas horas da interação. MAS, um destaque legal é que a instrutora, mesmo sem saber falar espanhol, sabia algumas palavras. Então ajudava muito a entender! (:

Nadamos, demos comidinha para o golfinho, tiramos foto, aproveitamos muito. E dai piscamos e acabou. Triste. Queria ficar naquele tanque o dia todo. ehehheeh <3

Saímos e resolvemos ir brincar no aviário <3 Gente, muito legal. Alimentar os passarinhos, fazer carinho neles, ver os diferentes bichinhos. MUITO muito legal. Mas, acho que se puder dar uma dica, mandaria vocês pro aviário de manhã. Acredito que a chance deles estarem com mais fominha é maior. HAHAHA... Pq se você vai depois que muita gente já foi ou quando tem muita gente, eles já comeram bastante e acabam não vindo brincar toda hora. Mas ainda assim é demais. Ver os pássaros TÃO pertinho, tão amigáveis. hehehe...

Fomos em todas as portinhas, vendo todos os tipos de passarinhos e tudo mais. Tudo visto, voltamos para pegar mais uma bebinhas e brincar em tudo de novo.

Repetimos as doses em todos os lugares que queríamos. Aproveitamos muito, fizemos um forrinho no estômago bem feito. Boiamos loucamente na correnteza. E depois, partimos tomar banho. Como deixamos para tomar banho no ÚLTIMO SEGUNDO, pegamos 1 pouquinho de fila, mas foi tranquilo. Para tirar o trajezinho de banho foi outra sofrência, mas foi BEM mais fácil do que colocar, fato.

Banhinho tomado, partimos. Novamente, vou fazer o Chico (o Xavier) e deduzir que neste dia fomos na Target depois. Sempre que vou na Target penso "Ah, será só uma passadinha". Gente, por que? Sempre me iludo.

Comprei montes de maquiagens (foi o único lugar que achei um corretivo maravilhoso que amo da Maybelline), enfeites, presentinhos, pijama, toalha. Ah, as coisas Disney na target costumam ser um pouquinho mais caras que o Walmart, mas eu acho que muitas vezes tem coisas mais bonitas do que o Walmart. Canecas mais diferentes e tal. Comprei também! Somei uns docinhos, namorado comprou controle de videogame e nos acabamos até não aguentar mais e resolver ir para casinha dormir. Afinal, tinha sido um dia light e queríamos nos manter sãos para os próximos dias. HAHAHAHA...

 


 
Res: Que bom! (:

 mensagem postada em 29/08/2016 - 03:08:34hs
 
 


Te entendo, Thiago.
Só posso curar isso se morasse em Orlando e pudesse visitar a Disney no melhor estilo "nossa, sai cedo do trabalho, vamos pra Disney" AHHAHAHAHA.

(mensagem de Alessandra Gilos Moreira)


Nossa nem me fale! que sonho seria! rs
Ou então ir uma vez a cada 6 meses kkkkkk que delicia.

Continue com seus relatos, estão muito bons, da pra acalmar um pouco a DPD rs

 


 
Rápido Relato

 mensagem postada em 29/08/2016 - 02:08:51hs
 
 

Pessoal,

Boa tarde!

Voltamos no sábado depois de 15 dias de viagem.

VôoTAM

Ida - 11/08 - GIG X GRU X MIA

Volta - 26/08 - MIA x BSB x SDU

Vôo diurno na ida. Refeição dentro do padrão TAM (frango ou massa). Refeição infantil diferenciada via solicitação antecipada. Avião com entretenimento individual. Kit higiene completo.

Vôo noturno na volta. Refeição dentro do padrão TAM (carne ou massa). Sem refeição infantil diferenciada apesar de ter sido solicitado. Avião com entretenimento individual. Sem Kit de higiene.

Solicitamos bebê conforto e não foi fornecido e nem nos cobraram. Estávamos com uma menor de 2 anos com assento pago e pelo site dizia que teria que viajar com um CARES ou bebê conforto homologado.

Receita Federal - BSB - super tranquila.

Ingressos - OTO (Ronaldo) - Orlando Flexticket para 6 parques com estacionamento

Carro - Dodge Grand Caravan - Alamo - aluguel com a OTO (Ronaldo) - Check in pela internet e uso do token em Miami sem passar pelo balcão.

Restaurantes - Whole Foods, Panera Bread, Olive Garden, Sweet Tomatoes, CheeseCake Factory -

Sugiro cadastrar nos sites para receber os cupons.

Para quem vai com bebê, tem uma sopa no Whole Foods que parece com nossa canja de galinha.

Hotel - MIA - Hampton Inn Miami Dadeland - super recomendado - café da manhã, wifi, estacionamento, bem localizado, atendimento excelente, recebe encomendas. Tem shopping, Target, BBB e Best Buy próximos.

Solicitar frigobar e microondas pois não tem nos quartos.

Casa - MCO - Seven Dwarfs Villas - bem localizado, condomínio excelente com infra e segurança 24 hs. Perto de Target, Walmart, LBVFS.

Tempo - quente... muito quente... muito calor.

Parques -

Seaworld - destaque para os shows, Manta, Kraken e Mako... quem vai com crianças não deixe de ir a parte da Shamu.

IOA - destaque para Hulk... quem vai com crianças não deixe de ir a parte do Cat in the Hat. Reign of King Kong não achamos nada demais. Não vale uma hora de fila.

USF - destaque para Transformers, Simpsons Ride, Mummy... quem vai com crianças não deixar de ir a área do Fievels e do George (molha)...

Busch Gardens - destaque para Cheetah Hunt, Sheikra, Kumba... faltou Cobra's Course... estava quebrada. quem vai com crianças, reserve um tempo para a parte do Sesame Street...

Aquatica - muitas filas... muito calor... parque pequeno e rápido de fazer...

No geral, somente pegamos um dia com filas grandes... foi na primeira ida ao Island. Demais dias com filas inferiores à 30 minutos na maioria dos brinquedos.

Compras - Toys R Us, Walmart, Target, Tommy, Dollar Tree, BBB, Michaels, Jo Ann, Judy's Dolls, Skechers.

Com o tempo vamos escrevendo mais...

Abs

 


 
Trio em Orlando - Dia 7: Animal Kingdom e rolê (P1)

 mensagem postada em 29/08/2016 - 10:08:13hs
 
 

Hoje o dia era de Animal Kingdom. E iríamos novamente apenas eu e o boy, mamãe e o amigo iriam na Universal. Acordamos, pegamos o carro e partiu. Eu sabia que o parque não estaria super vazio, por que era sexta, mas sexta normalmente é o dia mais indicado e o único onde ele cabia, considerando a lotação dos demais. Devidamente precavidos com FPs, partimos.

Sério, acho que esse foi o dia mais quente de toda a viagem. Estava MUI-TO, mas MUITO calor mesmo! E era um calor bem distinto do Brasil. Bem úmido, bem tenso. Ainda bem que hoje tinha brinquedo que molhava.



Chegamos no parque pela manhã e já apreciamos o frescor dele. Como tem muitas árvores, ele acaba sendo mais fresquinho mesmo. Já fomos no It's a Bug Life (que quando visitei em 99, se muito não me engano, era a atração do Querida Encolhi as Crianças! ahha), com ar-condicionado e pouquíssima filha. Só, caso você nunca tenha ido, se voCê tem pavor de ALGUM inseto em específico, pergunte a alguém que já foi se ele aparece. Por que, por exemplo, se você tem aracnofobia, não recomendo MESMO a atração. Fora isso, é bonitinho e bem fofinha. Igualzinha a da Califórnia.

De lá, partimos para Dino Land. A montanha-russa (que esqueci o nome) estava em reforma, então não fui dessa vez que pude brincar nela, mas fomos para o Dinossaur. A fila estava um pouco grande, mas nada assustador. Eu tinha um "assunto mal acabado" com esse brinquedo. Quando fui em 99 com meus pais, quando voltávamos dos parques, ficávamos vendo um canal sobre disney no hotel. E SEM-PRE passava essa atração. E meu pai e eu queríamos MUI-TO ir. PORÉM, naquele derradeiro dia, a gente fez o parque todo e não achava a droga do Dinossaur. Achamos saindo do banheiro, quando o brinquedo já tinha fechado. #todostristes Mas enfim pude conhecer e brincar



Passeamos um pouco pela área e fomos lentamente descobrindo o parque. Fomos na Everest, com FP (amém! Pq estava uma filona. Setembro vazio, cade você?) e gente, que montanha-russa legal Adorei. Super divertida e cheia de reviravoltas. Amamos!

De lá, partimos para o safari! E conseguimos ver o leão. E olha que era a tarde, ein. Consegui, segundo dizem, um milagre >D Vááários bichinhos e muita fofura essa atração. Adorei. A única coisa um pouco desagradável foi uma criancinha que se empolgou MUITO e queria por tudo que era sagrado chamar a atenção do pai. Então, para TU-DO ela gritava "LOOOOOOOOOOOOOOOOOK DADDY, A LION" "LOOOOOOOOOOOK DADDY, A MONKEY" e assim por diante. Acho que ela queria ser sempre a primeira a ver tudo em relação a irmã, ou a mais empolgada. O ápice foi quando ela gritou "LOOOOOOOOOK DADDY, WATER" e era uma poça de água do lado do caminhão. Não me aguentei e comecei a rir. HAHAHAHA.



Saímos de lá e 'bora se molhar e ficar fresquinhos naquele brinquedo que não sei escrever o nome, mas que é uma grande bóia. Levamos muda de roupa e chinelos. Mas nem trocamos de roupa, apenas usamos o chinelo. Por que, gente. Estava quente. Estava quente DEMAIS! Saímos do brinquedo e fomos comer nossos lanchinhos. Comprei uma coca-cola gigante com muito gelo e ficamos lá por um tempo, curtindo a vibe gata molhada, porém refrescada.

Em algum momento assistimos ao show de pássaros que tem por ali. Lindo, super legal e bem engraçadinho. Recomendo! Se você não entende inglês, vale pelas coisas que as aves fazem, se você entende, tem piadinhas durante o show todo. Muito bom!



Assistimos também ao show do Rei Leão. Ainda estávamos meio molhados e dentro tem ar condicionado, mas não foi horrível. Gente, que coisa LEGAL!!!!! Muita gente acha que essa atração é um teatrinho do desenho, mas NÃO É! É um show incrível de acrobacias e músicas com o tema do Rei Leão. AMEI! Não me lembrava dele e recomendo a todos.

 


 
Trio em Orlando - Dia 7: Animal Kingdom e rolê (FINAL)

 mensagem postada em 29/08/2016 - 10:08:41hs
 
 

Tiramos fotos com Mickey e Minnie aventureiros. <3 <3 E tinha um castmember super simpático que começou a conversar sobre a palavra "Believe" - que estava escrita na minha camiseta -, falando que a mãe dele adorava e acreditava muito nessa palavra. Que ela estava espalhada por todos os lados da casa deles e tal. Super legal <3



Também tiramos foto com o Dug e o Russell, que eu queria MUITO! <3 Ficamos esperando um tempinho, por que eles sairam para pausa logo que entramos na fila, mas amei. Queria muito uma fotinho com eles e fiquei contente <3

E, obviamente, tiramos mui-tas fotos com a linda árvore da vida. Maravilhosa.



Passeamos mais pelo parque e acabamos não indo para o Rafikis, que é uma área mais afastada do parque, por que já estava meio tarde e não daria tempo. Se muito não me engano, repetimos a Everest mais uma vez e esperamos em uma área coberta uma chuvinha típica de verão vir e ir embora antes de partir.

Minha ideia, como saímos cedo do parte, era passear pela Boardwalk. Havia lido em algum lugar, que você pode visitar todos os parques da disney sem problemas. Então, fui lá. Toda pimpona. PORÉM, devido a má fé de muitas gentes, que paravam os carrinhos em estacionamentos mesmo sem estarem hospedados lá, para então usar o transporte disney e ir aos parques, eles não deixam você entrar a menos que realmente você seja hóspede ou tenha reserva. Fiquei chateadíssima, mas pensei: "Já sei, vamos para Disney Spring, paramos lá, pegamos o transporte e passeamos". Foi uma experiência legal, por que pudemos usar o transporte Disney e ver como tudo funciona. PORÉM, foi um rolê muito grande. Principalmente por que eu vi uns lugares que achei que era os pontos de ônibus, mas falhei miseravelmente. E o que aconteceu? Paramos láááááááá longe e tivemos que atravessar TO-DA disney springs até o ponto de ônibus (y) Porém, como o Boardwalk é rico e phyno, pelo menos não tivemos que esperar muito na fila do busão (já basta fazer isso diariamente em SP, né? HAHAHA).

Caso você queira fazer o mesmo rolezinho que eu, é só pegar o ônibus que vá ao hotel Boardwalk. (:

Depois de uns minutos, chegamos lá e fomos dar uma voltinha. Se eu soubesse que nosso café da manhã no último dia seria em um hotel lá, nem teria feito tooodo esse trabalho, mas foi bem legal. A ideia era comer um sorvete ou um docinho na Bakery, mas eu não estava com muita fome. Então demos a volta na orla toda, vimos as lojinhas, um show de mágica que estava rolando (e umas meninas com vestidos de festa - estavam celebrando o My Sweet 16) e aproveitamos a atmosfera linda. Lá é bem gostosinho. Ideal para um fim de tarde onde você queira fazer nada em um lugar bonito



É, isso é um ponto: Boardwalk não tem milhões de coisas para fazer. Inclusive, é uma ótima opção para jantar. Pois tem muitas opções, desde baratinhas até bem caras. Fiquei com vontade de comer num restaurante italiano que tinha lá. E íamos comer lá, mas mamãe ligou falando para irmos jantar todos juntos. Então deixamos para lá.

Curtimos o pôr-do-sol e acho que o boy comeu um dogão e tomamos um sorvetinho. Bem gostosinho e tranquilo.

De lá, partiu voltar tooooooooooooooooooodo o rolê de novo, atravessar toda a Disney Springs novamente e pegar o carro rumo ao hotel. HAHAHAHAHAH...

Chegamos, tomamos banho. Demos uns minutos de descansada e partimos para a jantinha. O amigo da minha mãe iria embora no dia seguinte, bem de manhazinha, então ele queria nos levar pra jantar para agradecer nossa hospitalidade em recebe-lo em nossa viagem e tudo mais. Fomos no Fridays. Bem gostoso, bem saboroso. E com precinho bem ok. Adoramos.

Fomos na unidade da ID e estava bem vazio (acho que Fridays não lotam muito). Atendimento bom e tudo mais. Só cuidado, como tudo nos EUA, se está escrito que é apimentado, é por que é mesmo!

Estávamos perto do SlingShot e ficamos brincando que iríamos lá. Mas a coragem não rolou dessa vez. HAHAHAHAH...
Ficamos lá um tempão, depois fomos para hotel e ainda ficamos no estacionamento batendo um papinho e 'bora dormir. Dessa vez despreocupados, por que o próximo dia seria discovery cove <3 <3 <3

 


 
 
A estátua de Walt Disney segurando a mão do Mickey (The Partners Statue - Magic Kingdom) foi criada por Blaine Gibson. O artista ao esculpir o rosto de Walt buscou representá-lo sorrindo observando as pessoas felizes desfrutando o parque.