Alfândega - Cota de Isenção

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

Bens de uso pessoal - Instrução Normativa RFB nº 1.059, de 2 de agosto de 2010 - link - art. 2º., §1º., "Os bens de caráter manifestamente pessoal a que se refere o inciso VII do caput abrangem, entre outros, uma máquina fotográfica, um relógio de pulso e um telefone celular usados que o viajante porte consigo, desde que em compatibilidade com as circunstâncias da viagem."
Além dos produtos enquadrados como de uso pessoal que observa o limite de quantidade, também é concedida a cota de isenção para outros até US$ 500,00.
Naquilo que o valor dos produtos que trouxer da sua viagem exceder a cota incide o imposto no percentual de 50% devendo o viajante preencher a DBA ("Declaração de Bagagem Acompanhada") e entregar na afândega na fila para aqueles que tem "Bens a Declarar".
Aqueles que cientes que os produtos que estão trazendo ultrapassam a cota de isenção e ainda assim optarem por não declará-los (fila "Nada a Declarar") estão sujeitos a multa (50% do valor dos bens que exceder a cota de isenção).
Informações relacionadas:
- Portaria COANA nº. 7.
- Resolução ANAC nº. 255.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Alfândega em Guarulhos

 mensagem postada em 17/09/2008 - 08:09:50hs
 
 

Olá Pessoal,

Durante o vôo Miami-SPO eu preenchi o formulário declarando o Notebook que comprei em Orlando. A aeromoça passou no outro corredor e acabou deixando um outro formulário em branco e meu marido pegou e preencheu que não tínhamos nada a declarar. Ele quis tentar a sorte e eu odeio essas coisas, prefiro fazer o certo.
Conclusão, fomos para a fila do nada a declarar e combinamos que ele iria se responsabilizar caso alguma coisa desse errado.
Fomos a última família a passar, pois nossas malas foram as últimas.
Na hora, minha filha pequena começou a chorar desesperadamente e o funcionário da alfândega olhou para nós e pediu para passar rápido para cuidarmos dela..
Ela queria um biscoito que estava na mala de mão, coisa simples. Assim que passamos dei o biscoito e ela parou de chorar!
Foi sorte viu... Eu não recomendo!
Passei muito nervoso com essa incerteza de sermos parados!

 


 
Simone

 mensagem postada em 17/09/2008 - 09:09:47hs
 
 

Eu cheguei de viagem semana passada e tb trouxe um notebook, oq pude ver aqui no RJ, é que eles estao de olho nos notebook, ate um garoto que passou na minha frente foi pego, e levou uma bronca enorme, pagou o maior mico na frente de todos, eu declarei o meu, achei melhor

 


 
ALFANDEGA - MANAUS

 mensagem postada em 16/09/2008 - 11:09:54hs
 
 

ESTOU PENSANDO EM MUDAR O MEU VOO PARA IR POR SAO PAULO, AO INVES DE IR POR MANAUS. NAO TENHO DINHEIRO PARA PAGAR QUASE MIL REAIS SO DE IMPOSTO POR CAUSA DO LAPTOP! ESTOU DESESPERADA!!!! ACHO QUE VOU MUDAR O VOO, VOU POR SAO PAULO E VOU ARRISCAR NAO DECLARAR...

O QUE ACHAM?

 


 
ALFANDEGA - MANAUS

 mensagem postada em 16/09/2008 - 11:09:54hs
 
 

ESTOU PENSANDO EM MUDAR O MEU VOO PARA IR POR SAO PAULO, AO INVES DE IR POR MANAUS. NAO TENHO DINHEIRO PARA PAGAR QUASE MIL REAIS SO DE IMPOSTO POR CAUSA DO LAPTOP! ESTOU DESESPERADA!!!! ACHO QUE VOU MUDAR O VOO, VOU POR SAO PAULO E VOU ARRISCAR NAO DECLARAR...

O QUE ACHAM?

 


 
ALFANDEGA - MANAUS

 mensagem postada em 16/09/2008 - 06:09:46hs
 
 

OLA GENTE!

BOM...ESTOU VIAJANDO DE VOLTA PARA O BRASIL AMANHA E VOU FAZER ALFANDEGA EM MANAUS. O PROBLEMA E QUE ME DISSERAM QUE LA E A PIOR ALFANDEGA DE TODAS E ESSTOU LEVANDO UM NOTEBOOK DE 1300 DOLARES E NAO QUERIA DECLARAR.

SERA QUE EU CONSIGO? E SE EU DECLARAR A MENOR? SERA QUE PEGAM?

ISSO FORA 7 PARES DE TENIS ASICS E 4 PERFUMES....

 


 
COMO É A ALFÂNDEGA DO GALEAO??

 mensagem postada em 14/09/2008 - 10:09:51hs
 
 

Olá pessoal. Gostaria de saber como é o procedimento da alfândega do Aeroporto do Galeão, Rio de janeiro. Nosso vôo sairá de Miami em dezembro próximo e gostaríamos de ouvir a opinião de quem passou por lá recentemente. É muito rigorosa?
Obrigado.

 


 
Receita em Guarulhos

 mensagem postada em 08/09/2008 - 11:09:46hs
 
 

Em Setembro do ano passado fomos pra Orlando e na volta, por Guarulhos, meu sogro apresentou na Receita a nota fiscal de seu Notebook, também na faixa dos $750,00, e o agente da receita mandou ele seguir, não precisou nem pagar o imposto do excedente. Não precisa nem dizer que ele ficou muuuuuito feliz. KKKK
Nara.

 


 
Féres e Mario Henrique

 mensagem postada em 06/09/2008 - 09:09:11hs
 
 

Valeu pelas respostas. Lembro que vi aqui no fórum, acho que neste tópico mesmo, o caso de uma pessoa que estava trazendo alguns eletrônicos e que passavam da cota. A pessoa entrou na fila para declarar e o fiscal disse assim: - VOCÊ FEZ O CERTO. NÃO QUIS TENTAR PASSAR DESAPERCEBIDO E RESOLVEU DECLARAR. FOI HONESTO. PODE PASSAR. Foi daí que tirei minha pergunta. Mas, pelo o que vcs disseram, isso não é muito comum, não é mesmo? Acho que vai muito da sorte e de pegar o fiscal num dia bom!

Abraços,

 


 
ALEXANDRE BARRETO

 mensagem postada em 06/09/2008 - 09:09:35hs
 
 

Em jul/07 trouxemos um laptop no valor de USD 750. Entramos na fila a declarar. Não tinha ninguém na fila da RF, pois nosso voo chegou as 15:30hs. Foram até chamar o fiscal. Apresentamos a nota e o equipamento. Ele conferiu e disse: "Passou um pouco da cota! Se vcs quiserem pagar o imposto para fins de garantia, tudo bem... Se não quiserem, está liberado!" Desejei-lhe bom serviço e saí rapidão. Talvez porque estávamos em família com 7 malas + 4 de mão que passaram no RX, ele liberou. Mas não acho que seja normal. Foi pura sorte mesmo.
Abs.,
Féres

 


 
MAROJA

 mensagem postada em 06/09/2008 - 06:09:35hs
 
 

O DEBITO NAO EH PELO BANCO E SIM POR QUALQUER CARTAO DE BANCO QUE FAÇA A TRANSAÇAO VISA ELECTRON...NAO TENHO CERTEZA SOBRE OS CARTOES DE DEBITO DA MARTERCARD...O BANCO QUE EFETUA ISSO NO AEROPORTO EH O SAFRA, QUALQUER DUVIDA ENTRE EM CONTATO COM O BANCO NO AEROPORTO.
VALEU!

 


 
 
A água que é lançada nos visitantes que observam a queda do Splash Mountain não é proveniente realmente do impacto da queda do bote na água, mas sim de canhões propositalmente instalados.