Walt Disney World - Disney Cruise Line

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
 
 
Oi Francis!!!

 mensagem postada em 21/08/2011 - 05:08:06hs
 
 

Querida, agora não tem mais jeito, vou ter que ser sedada pra aguentar esperar o dia do meu embarque... Kkkk
Ameeei o seu relato... e as janelinhas? Comecei a chorar antes de embarcar!!!
Entendemos esse seu receio com cruzeiros, mas os da Disney são completamente diferentes mesmo, são mágicos!!!
Beijos!
*Vivian* e *Cris*

 


 
Francis

 mensagem postada em 21/08/2011 - 05:08:40hs
 
 

Que delícia seus relatos. Nossa! A família cresceu! O Gui já está com 5 aninhos!
Pode contar mais. Não tem problema nenhum a falta do cedilha.
Só irei em janeiro, mas já entrei na zona da ansiedade.rsrsr. E seus relatos ajudam a diminuí-la.
Muitos beijos
Inês

 


 
OI FRAN

 mensagem postada em 21/08/2011 - 06:08:53hs
 
 

AMIGA, ALUCINEI!!!!SEUS RELATOS SÃO EXTREMAMENTE EMPOLGANTES E ANTES DE MAIS NADA BEM VINDA DE VOLTA!!!!

ME DIGA UMA COISA, VC NÃO ESTÁ MAIS MORANDO EM TAUBATÉ?
ESTAMOS INDO P/ MAZZA EM OUTUBRO 13 A 16 E IA CONVIDA-LOS P/ PASSAR AQUELE DIA AGRADÁVEL DA ÚLTIMA VEZ E É CLARO TE EXPLORAR MAIS UM POUQUINHO...CE SABE QUE ESTAREMOS EMBARCANCO EM NOVEMBRO E MAIS UMA VEZ É CLARO QUE QUERO SABER TUDINHO PESSOALMENTE...KKKKKKK.
SERÁ QUE VAIDAR P/ NOS ENCONTRARMOS D NOVO?????????????
MAS ME MATA UMA CURIOSIDADE, MINHA CABINE É EXTERNA, SERA QUE NÃO VAI TER FADINHA NA MINHA CABINE????SSSSSNIIIIIIIIIIFFFFFFFFFFFFFF.
BOM AMIGA, CONTINUE C/SEUS RELATOS MARAVILHOSOS, C/ O SEM Ç....ELES `SÃO CHEIOS DE EMOÇÃO!!!
BJS MEU AMOR, FIQUEM TODOS C/ DEUS E ATÉ.
SUA MI

 


 
Oi Meninas

 mensagem postada em 21/08/2011 - 07:08:11hs
 
 

Eu estava respondendo a todas mas minha mae chegou e eu parei....
Vamos la'
Ana Paula,nao desiste do movie n~ao, fora do quarto e' lindo!! O wood e o Buz enooooorrrrmes, o carrinho de corrida....Dos all star, o Movie 'e o mais bonito!! S'o os quartos, vc pretende ficar muuuuuiitos dias no Movie?
Eu acho que fiz loucura, mas adorei as experiencia,
Fiquei 8 dias no hamptom , 1 dia antes do all star eu fiquei no Nickelodeon, que foi uma delicia, um pausa muito gostosa...depois os 4 dias no all star. (conto melhor nos relatos, depois)
Complicado com malas, mas como elas teriam que ser arrumadas porque meu marido veio embora dia 8 deu muito certo!!
Se ficar pouco tempo...
Vai que da sorte de pegar cheiroso e sem ser la pro fundo!!
Quanto ao transporte pro aeroporto foi super tranquilo, saimos do navio 8:50 e as 10:00 j'a estavamos no aeroporto e eles nos deixam num lugar que era s'o atravessar a rua e chegar na alamo. (conto isto tbm no relato, rs)
Bjs
Francis

 


 
Restaurantes do Dream - Parte 1

 mensagem postada em 21/08/2011 - 07:08:29hs
 
 

Pessoal,

Nem sei se pode, mas segue abaixo o relato de um blog, o qual possui um relato extremamente detalhado dos resturantes do Dream.

________________________________________________

REGIME DE ENGORDA EM ALTO-MAR: OS RESTAURANTES DO DREAM

Alimentação é um dos quesitos em que a Disney Cruise Line não economizou a bordo de seus navios. Se você quiser, pode começar comendo logo de manhã, e só parar à meia-noite.

A primeira coisa que é diferente nos navios da DCL é o esquema do jantar. Como em quase todos os cruzeiros, durante o dia as refeições são mais à vontade, mas à noite todos querem experimentar os restaurantes à la carte. Para isso, no ato da sua reserva no site (ou com agência), você escolhe um horário para jantar: 18:30 ou 20:30. Nós preferimos jantar mais tarde. Contudo, se você tiver crianças muito pequenas na família, sugerimos o primeiro horário, pois se você utilizar o segundo só vai sair do restaurante por volta das 10 da noite. Se contar a diferença de horário (em janeiro é de 3 horas em relação ao sul e sudeste do Brasil, devido ao horário de verão), é realmente muito tarde para os pequenos.

Uma vez escolhido o horário, você receberá em sua cabine uma filipeta com sua "rotação" de restaurantes. Isso mesmo! O navio tem 3 restaurantes diferentes, então você janta cada noite em um. Se seu cruzeiro tiver mais do que 3 noites, um ou mais dos restaurantes será repetido. A diferença da DCL é que sua mesa (o número da mesma e seus companheiros de jantar) e seus garçons "rodam" junto com você pelos restaurantes. Então, todas as noites você se sentará na mesa de mesmo número, sendo servido pelos mesmos garçons, com as mesmas pessoas.

Como em quase todos os cruzeiros, no Dream também você pode cair em uma mesa junto com desconhecidos. Notamos que isso ocorre geralmente com famílias pequenas, e cujo número de membros seja ímpar. A Disney não tem como política lotar o restaurante de mesas enormes. Vimos desde mesas de 2 ou 4 pessoas, até 10 pessoas. Portanto, se sua família for grande e tiver número par, a chance de caírem numa mesa sozinhos é grande. No entanto, jantar junto com outras famílias, especialmente de estrangeiros, é muito interessante para conhecer novas culturas e, quem sabe, até mesmo começar novas amizades!

Os garçons são um capítulo à parte. Todos servem as mesas com atenção e entusiasmo, fazendo brincadeiras para descontrair as crianças e chamando cada passageiro pelo nome. Se você não gostar do prato que pediu, não se acanhe: peça outro e o garçom troca para você. Se seu filho quer comer o bife do menu de adultos com o macarrão das crianças, peça. Geralmente eles acomodam pedidos especiais se os ingredientes estiverem à mão na cozinha. No dia seguinte, lembram-se das preferências de cada um na mesa. Podem, por exemplo, oferecer ao seu filho ketchup se ele o tiver pedido no dia anterior.

Todo esse serviço é fruto de um longo treinamento pelo qual passam os tripulantes (os nossos passaram cerca de 3 meses morando no navio antes da primeira viagem), de uma avaliação criteriosa (inclusive preenchida por nós, passageiros) e do padrão Disney de serviço. Portanto, nada mais justo do que retribuir o atendimento com uma gorjeta caprichada. No DCL, a administração sugere que você dê gorjetas à equipe do restaurante ("head server" ou chefe dos garçons, garçom principal e assistente, que cuida das bebidas) e ao seu camareiro. Se tiver dúvidas sobre quanto dar, no site e no Guest Services há uma sugestão de valores. Você pode até mesmo pagar no cartão de crédito, e receberá um comprovante do valor pago, para colocar em envelopes e distribuir para a equipe pessoalmente.

Dica: alguns brasileiros têm costume de subestimar as gorjetas, ou ignorá-las completamente. Os americanos não. Então, procure seguir o costume e retribuir o bom serviço. Lembre-se que a tripulação passa meses, até anos, morando no navio, e grande parte da renda que têm é proveniente das suas caixinhas. Só não pague, claro, se você achar que o serviço foi ruim!


 


 
Francis

 mensagem postada em 21/08/2011 - 07:08:27hs
 
 

Adorei os seus relatos. Pretendo fazer o cruzeiro ano q vem e do jeito q vc fala dá pra imaginar as coisas por lá.
Esse pessoal q vc falou q tava arrumadão foi em algum dia especifico ou todos do dias tinha uma galera na beca? Mas, do jeito q vc falou, mesmo q a gente esteja um pouco menos arrumado num dá pra se sentir deslocado, né?
Eu e meu marido não temos filhos. Vc acha q 2 adultos conseguem se divertir bastante tbm?
E as malas? Eu queria fazer o cruzeiro no final da minha viagem tbm e, creio eu, q estarei no limite com 2 malas de 32 kg cada um. Tem lugar pra colocar essas malas? Eles conferem peso, cobram excesso?
Continue os relatos super cheios de detalhes. E se puder colocar umas fotinhas pra matar nossa curiosidade! rs
Bjos.

 


 
Restaurantes do Dream - Parte 2

 mensagem postada em 21/08/2011 - 07:08:25hs
 
 

Restaurantes para jantar

Os 3 restaurantes à la carte do jantar, no Dream, são o Enchanted Garden, o Royal Palace e o Animator´s Palate. O nosso preferido foi o Enchanted Garden, localizado no deck 2. Trata-se de um restaurante com tema de jardim encantado, todo decorado com tons verdes, delicadas luminárias de flor pendendo do teto, e surpreendentemente silencioso para um restaurante desse porte.

O Royal Palace, no deck 3, bem ao lado do grande átrio, tem lustres de cristal e detalhes rebuscados, lembrando as salas de banquete das princesas. Até sapatinhos de cristal estão presentes na decoração. O ambiente é bonito (não tanto quanto o do Enchanted Garden), porém mais barulhento do que esperávamos.

Por último, o Animator´s Palate (deck 3) é um capítulo à parte. Apesar das queixas de alguns passageiros de que o ambiente é confuso e o excesso de estímulos faz as crianças deixarem de comer, nós achamos o restaurante espetacular! Quando você entra, as paredes têm painéis de madeira com quadrinhos supostamente desenhados e rascunhados por animadores. A certa altura da refeição, os painéis se abrem e por todo o perímetro do restaurante aparecem "aquários", que, na verdade, são telas de alta resolução onde surgem imagens dos personagens de Nemo. Depois da primeira aparição, eles continuam "nadando" em volta do restaurante - desde o pequeno Nemo até o tubarão Bruce.

A verdadeira atração é Crush, a tartaruga, que vai parando de aquário em aquário (de tela em tela), e chamando os visitantes, conversando, fazendo perguntas e piadas. No final, todas as imagens viram "rascunhos" novamente, encerrando uma apresentação e um jantar memoráveis!

O menu dos restaurantes muda diariamente, e cada um é, supostamente, "especializado" em alguma coisa diferente. No entanto, o único onde pudemos realmente notar essa especialização foi no Royal Palace, de comida francesa. Os clássicos franceses - sopa de cebola, escargots, soufflés - estavam presentes no menu. Quanto aos demais restaurantes, apesar de a personalidade não ser tão marcante, têm comida igualmente saborosa e bem preparada. Na noite da festa de piratas, o menu é especial e igual em todos os restaurantes, com especialidades caribenhas, mas, novamente, apesar de gostoso, a personalidade dos pratos não é muito marcante.

A base do jantar é: uma entrada, uma salada ou sopa, um prato principal e uma sobremesa. Se você achar que faltou um pouco pra encher o tanque, pode pedir mais um prato para o garçom que ele traz. No entanto, viemos a descobrir que a quantidade de comida, servida assim aos poucos, é suficiente para satisfazer à maioria dos comilões.

No jantar também há um menu infantil que tem cerca de 6 opções, mas que quase não muda de dia para dia. Macarrão, bife, frango empanado, corn dogs (espécie de croquete de salsicha) e outros hits infantis fazem parte do menu. Se seu filho não quiser nada do menu infantil, mas sim algo dos adultos, sem problemas! Seu garçom traz pra você. Caso suas crianças sejam realmente difíceis de agradar, sugerimos levá-los para jantar no Cabanas, o restaurante tipo buffet, que também fica aberto no horário do jantar. Leve-os antes do seu horário (caso este seja às 20:30), alimente-os e deixe-os no clube infantil. Daí os adultos podem ir para o restaurante à la carte e jantar com tranquilidade.

E por falar em clube infantil, todas as noites os monitores passam nos restaurantes à la carte e pegam as crianças que estejam interessadas, e levam até o clube. Para que isso dê certo, os garçons sempre trazem a comida das crianças antes. Dessa forma, quando os monitores chegam, as crianças já terminaram o jantar e podem ir brincar, enquanto os pais continuam tranquilamente no restaurante. Fique de olho na entrada do restaurante e, quando os monitores chegarem, mostre onde está sentado que eles virão buscar seu filho.

O Cabanas é a única opção para quem não quer ficar sentado por uma ou duas horas, sendo servido pelo garçom (que chato!). É um restaurante bem grande, com várias estações de comidas variadas - desde patas de caranguejo e camarões até carré de cordeiro e contrafilé grelhado, passando por frios, saladas, sanduíches, wraps... Por ser buffet, é bem rápido comer aqui, sendo uma opção ideal para aquele dia em que as crianças estiverem caindo de sono. Serve também almoço, mas normalmente fecha bem cedo (2 da tarde).

Além desses 3 restaurantes, você ainda tem opção de jantar nos restaurantes de alta cozinha, Remy (o nome é inspirado no ratinho de Ratatouille, mas o restaurante é muito elegante, com sotaque francês), ou no Palo (italiano). Além de pagar uma sobretaxa (valor baixo, em comparação com o serviço recebido), você precisará fazer reserva com antecedência, pelo site do Disney Cruise. No nosso cruzeiro, os 2 restaurantes ficaram lotados todos os dias, pois os membros do Castaway Club (que já fizeram vários cruzeiros com a DCL) têm preferência para efetuar essas reservas. Note que, no dia em que você janta no Remy ou no Palo, perde seu jantar no restaurante normal.

 


 
Restaurantes do Dream - Parte 3

 mensagem postada em 21/08/2011 - 08:08:39hs
 
 

Almoçando no Dream

No horário do almoço as opções de alimentação são mais limitadas. Nos dias em que o navio está atracado nos portos, grande parte dos passageiros desce para fazer os passeios. Em Nassau, por exemplo, tínhamos o almoço (bem ruinzinho por sinal) incluído no passeio; em Castaway Cay, todos podem almoçar nos restaurantes da ilha (barbecue, o churrasco americano). Assim, o único dia em que almoçamos a bordo foi no dia da navegação, e mesmo assim no horário de abertura do Cabanas estávamos no cinema assistindo Tron: Legacy em 3D... Assim, as opções são limitadas, mas não chega a fazer muita diferença.

Além dos restaurantes, há um setor onde fica o Flo´s V8 Cafe, um fast-food com balcões separados para sanduíches tipo deli (peru, mussarela de búfala, etc), wraps, pizzas, cheeseburgers e hot dogs. Como já dissemos, a qualidade é surpreendentemente boa, sendo uma ótima opção para o lanche da tarde. O horário de funcionamento do Flo´s é bem mais estendido que do Cabanas, muito conveniente para um almoço tardio. Você pode até se servir no Flo´s e levar seu prato para qualquer lugar do navio - vimos até gente lanchando dentro do cinema!

Ao lado do Flo´s, fica a estação de sorvete, Eye Scream, com o tema do Mike Wazowsky de Monstros SA - nosso filho achou muito engraçado o trocadilho! Tem aquele sorvete de máquina pra você se servir à vontade e tomar até ficar com dor de barriga. Uma delícia!

Por fim, você ainda tem a opção de pedir comida no seu quarto. Os itens do "room service" não precisam ser pagos à parte, então se um dia seus filhos "capotarem" depois de brincar o dia todo no Aquaduck, você não precisa ficar de castigo sem jantar... Não chegamos a usar o room service, então não podemos falar sobre a qualidade da comida. Somos capazes de apostar que é muito boa, como em todo o navio. Se você pedir no quarto, não esqueça de dar uma caixinha ao entregador.

 


 
Maria Ines

 mensagem postada em 21/08/2011 - 08:08:36hs
 
 

Oi querida! Como vc esta'?
Indo de novo? Que delicia, ne'?
Voce comentou de um grupo se encontrando no navio... Menina que legal.
no navio havia varias cabines, com um saquinho na porta, sabe tipo sapateira de pano que fica atras de porta? rs
Todos decorados de um jeito especial de disney...eu fiquei com inveja...o que ser'a aquilo...
Um dia estava saindo da minha cabine e meu vizinho de frente tinha um destes aderecos, eu n`ao resisti, com o meu indies, arrisquei e perguntei, excuse me, what's this? kkk
Ele me respondeu que fazia parte de um site, que eram muitos amigos, mas que eles nao se conheciam e nao tinham marcado encontros, mas combinaram de fazer estas sacolinhas e durante o trajeto eles iam se presenteando, deixando lembrncinhas um para o outro...nao e' legal!!! Por fim ele me disse que havia preparado algumas lembrancas a mais para alguns amigos e fez a mais e que iria me dar um...me deu um caderno, todo encadernado, com figuras lindas do navio para fazer um diario de bordo com espacos pra vc anotar suas impressoes do navio...um fofo!! Meu filho quase morreu de vergonha de mim! kkkkkkk
Beijao
Francis

 


 
Mais Magia

 mensagem postada em 21/08/2011 - 08:08:10hs
 
 

Cris de Deus e' maravilhosoooooo!
E quando a estrelinha do nemo gruda na janela ent~ao? Com aquela carica mais belezinha? rs
Vierao v'arias imagens, a estrelinha foi no 'ultimo dia, eu ja estava achando que nao ia ver. rs
Vce vai quando?
Beijos F
Francis

 


 
 
No pavilhão da Itália (Epcot), note como os tijolos do campanário que ficam embaixo são muito maiores do que aqueles que ficam no alto (diminuem progressivamente), mais um exemplo da utilização da "perspectiva forçada".