Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
 
 
Res: Relato 07 – IOA – 20.01.2017 - Último Dia! - Parte 2

 mensagem postada em 06/03/2017 - 09:03:30hs
 
 

Olá Sheyla


Que bom que você compartilhou a sua viagem conosco. Foram relatos deliciosos.
Até eu não esquecerei do Adam.
Beijinhos para Duda e Marcello.
Que os próximos relatos não demorem muito.

Abs,
Maria Teresa
(mensagem de Maria Teresa L dos Santos)


Eu também espero que não demorem muito, Maria Teresa!
Agora vou esperar os seu com os netinhos!

Abraço,

Sheyla
(mensagem de Sheyla Montella)


Olá Sheyla

Ih, os meus relatos devem demorar muito.
O vovô não está pensando em voltar tão cedo.
Vocês devem ir antes.

Abs,
Maria Teresa

 


 
Dois adultos na Disney - sexta-feira, EPCOT

 mensagem postada em 19/03/2017 - 01:03:03hs
 
 

O que eu vou relatar aqui é algo que sempre disseram para não fazer, e eu teimei e fiz, e deu errado. Colocamos o EPCOT no dia posterior ao MK! NUNCA façam isso! Como sempre acordamos cedinho e estávamos no parque um pouco antes da abertura, mas, pasmem, estava com muita fila e mesmo antes de abrir já tivemos de pegar o transporte interno dos estacionamento. Eu AMO o Epcot. Eu sei que não tem tanta atração, que é mais visual, mas mesmo assim ele é, e sempre será, meu parque favorito e sou daquelas que fica na torcida para abrirem novos países, e não, que não seja o Brasil!

Queria muito ver o novo Soarin, pelo visto todos tinham essa idéia. Beeeeem melhor a qualidade, se comparado com o antigo, mas eu ainda prefiro o California. Podiam ter feito os dois, né? Fomos 4x! E depois pegamos o barquinho pra Living with the Land. Eu devo ser muito infantil, mas eu adoro esse brinquedo, acho a parte da estufa o máximo (deve ser porque eu adoro plantar horta! Eu até tentei fazer horta em canos quando voltei da Disney uma vez, mas não deu certo, bateu um vendaval e meus canos saíram rolando e nunca mais achei as sementes!). Pulamos o Mission Space porque a mãe tem medo, e fomos no Spaceship Earth (a mãe não sabe distinguir bem os parques, ela chama esse brinquedo de "aquele com os bonecos bem feitos, que conta história em português, que ela adora"). Fomos umas 3x. Depois matamos o tempo naquela loja principal do Epcot que eu acho uma das mais bonitas. A mãe já queria comprar roupa de bebê de novo <.< Eu juro que adoto um bebê pra ela um dia!

Depois abriu a área dos países e a mãe estava com fome. Da última vez ela tinha amado a Patisserie da França e pediu pra comer lá de novo. Desta maneira fizemos os países em ordem anti horária. Antes do almoço ainda fomos no Canadá e a na Inglaterra. Na Inglaterra tinha um dos papais noéis temáticos contando histórias.

Na hora do almoço preciso dizer que o Dining Plan grátis vale MUITO a pena. A patisserie não é o restaurante mais barato de lá (na verdade o Epcot tem uns restaurantes mais carinhos se comparado aos outros parques. Mas eu AMO o Epcot e eu AMO a comida do Epcot!), no final ganhamos grátis um croissant recheado, um mil folhas e um refrigerante gigante que nenhuma de nós conseguiu tomar. Conseguimos (MILAGRE!) uma mesa no pátio e a mãe começou a jogar migalhas pros passarinhos. Ela ama passarinhos e sempre alimenta eles na casa dela, devia ter um ninho no arbusto do lado da nossa cadeira porque eles estavam se multiplicando ali. Depois fomos no cinema da França e a mãe cochilou.

Isso mesmo, cochilou. Ai eu percebi que ela estava muito cansada. Por isso que não devemos nunca por os dois parques principais juntos. Perguntei se ela queria ir pro hotel tirar um soninho e ela topou na hora. Com uma condição, tínhamos de voltar pra Illuminations.

(continua)

 


 
Res: Dois adultos na Disney - sexta-feira, EPCOT

 mensagem postada em 19/03/2017 - 03:03:41hs
 
 

Obrigado Cristina pelo relato, não para não....

 


 
Dois adultos na Disney - sexta-feira, EPCOT

 mensagem postada em 19/03/2017 - 03:03:51hs
 
 

(Continuação)

A mãe estava destruída. Eu quis ainda passar, rapidinho, nas lojas do Japão, China e Alemanha (porque eu amo Natal e lá tem uma lojinha de enfeites de vidro linda!), mas a mãe realmente não conseguia mais. Eu dizia para pararmos para tirar fotos e ela não queria, tivemos a eventualidade de pegar a ponte içada para a passagem da bola do Illuminations, e ela estava quase de mau humor. Na verdade eu achei que ela cochilava toda vez que parava um pouquinho. Voltamos então para o hotel, a mãe tomou banho ("nunca se deve deitar na cama com a roupa da rua!) e capotou.

Ok, eu capotei também! Mas capotamos por uma hora e meia só, depois eu fiz a gente voltar porque, como eu disse, o Epcot é o meu parque favorito e o Illuminations é o meu show de fogos favorito (adoro a música!). Mas na nossa volta uma surpresa, o que já estava lotado antes, estava muito pior. Estacionamos na penúltima (isso! Na penúltima) fileira do estacionamento do Epcot. No transporte do estacionamento eles informaram que o Epcot estava quase com lotação máxima, que estavam nas últimas duas fileiras do estacionamento de 11mil carros (ou seria 7mil? Agora não lembro!). E disseram também que deveríamos lembrar nossa vaga de estacionamento, pois nosso carro só ocupava uma destas 11mil vagas. Informaram ainda que a entrada do parque era pela direita de quem descia do transporte, e que há um arbusto que é a entrada secreta de Narnia! Como não sorrir? Detalhe, o Epcot foi o único parque que não tinha detector de metais corporal para todos os guests, eles selecionavam algumas pessoas apenas.

Como era nosso último dia nos parques Disney compramos algumas fotinhos dos fotógrafos da Disney, tendo como principal a foto com a Cinderella do Royal's Table, porque me pegou desprevenida e eu não tirei foto com a minha máquina. Tem gente que nasce pra fazer cosplay de princesa, né? Ai que vimos o quanto o Epcot estava cheio. Fomos no brinquedo (chatinho) do México, e tinha fila. Olhamos a Noruega (nem deu pra chegar perto do novo brinquedo da Frozen, o tempo todo esteve com mais de duas horas de fila!), e eu sempre namoro uns blusões lindos de lá, mas muito caros (quase 600dol!). Depois disso a mãe não queria, de jeito nenhum, fazer mais coisa pois ela poderia perder um bom lugar pra sentar e ver os fogos. De fato já estava cheio de gente sentando pelo chão, mas acho que era mais cansaço do que esperando o Illuminations.

Pegamos um local junto a grade do jardim, do lado da cantina do México, e "acampamos". Olhei todas as fotos, gastei toda a bateria do celular em whats, olhei de frente, olhei de costas... nossa, demorou esse show. No meio eu disse pra mãe que ia buscar uma limonada e que ia demorar. Fui e comprei um Mickey vestido de natal tamanho grande que a mãe queria (meu bebê <.<, e que eu dizia e repetia que era dinheiro jogado fora (mas ta, não achou no Walmart, e ela realmente queria), e dei pra ela de presente. Comprei uma limonada sim, do lado do México, nossa, horrível, não comprem lá!

Ela ficou toda faceira com o Mickey, parece que ele adorna a cadeira de balanço da vó até hoje (sim, hoje, em março!). Depois vieram o Lilluminations e eu continuo achando esse o melhor show de fogos. Hotel e cama, pois o Sr. Antonio iria buscar nossas malas bem cedinho no outro dia e iríamos trocar de hotel.

 


 
Dois adultos na Disney - considerações finais dos parques Disney

 mensagem postada em 19/03/2017 - 03:03:00hs
 
 

1. A Disney é para todas as idades. Torça pra alguém te levar quando você for bebê, depois torça de novo lá pelas 6 anos de idade, depois lá pelos 12. Vá com os amigos na adolescência, e vá na vida adulta, depois vá com o marido, e mais uma vez leve o seu bebê. Quando seu bebê crescer um pouco, o leve de novo, para aproveitar o Bibidibobidi Boutique e para que ele lembre de mais coisas. Quando ficar velhinho, com cabeça de algodão, vá com seu filho adulto. A Disney está lá para emocionar todas as idades e é onde as energias se restauram, SEMPRE! É caro, atualmente está mais caro devido a situação brasileira, mas são coisas assim que fazem a vida valer a pena.

2. Ficar em hotel Disney é ótimo. Os hotéis são menores do que os fora da Disney, e nem sempre os mais baratos, mas o simples fato de poder reservar o FastPass 60 dias antes já deixa valendo. É comodo e seguro.

3. Se sua mãe é como a minha, nas paradas sente perto de uma criança, ela vai "adotar" a criança e todos os personagens das paradas vão chegar perto dela e do "neto" dela. <.< Cuidado pra não deixar sua mãe que ama crianças falando, em português, com a criança alheia. <.<

4. Eu pensei que os detectores de metais corporais iriam consumir mais tempo na entrada dos parques, mas não ocorreu isso, não. É bem ágil o processo. Segurança, nos dias de hoje, nunca é demais.

5. Medo da imigração? Faça em Orlando. Pelo menos a minha experiência, comparando com todas as vezes que fiz em Miami, foi muito positiva. Bom, nem falaram comigo, falaram em português com a "matriarca".

6. Natal? Lotado? Sim! Mas programe-se. É lindo demais e eu aproveitei muito (mas faltou um pouco de planejamento, por isso repetirei a dose). Engula a vergonha e vá falar com o Papai Noel, eu juro que o do Magic Kingdom é o verdadeiro!

7. Se for no Natal e estiver no MK, de uma fugidinha e conheça o Grand Floridian. Imperdível.

8. Não vá no Sci-Fi Dine in. Simples assim.

((Continua))

 


 
Dois adultos na Disney - considerações finais dos parques Disney

 mensagem postada em 19/03/2017 - 04:03:48hs
 
 

1. Acho que o DHS está perdendo dinheiro, pois está bem pequeno o parque com tantas reformas ocorrendo. Eu considerarei um Park Hooper, juntando ele e o AK na próxima vez.

2. Ainda sobre o DHS, o show de Natal é o maravilhoso, perfeito. Não pense duas vezes se tiver que sacrificar o Fantasmic por ele!

3. Ranking das limonadas: 1 lugar, MK, embaixo do Astro Orbiter, 2 lugar, DHS, na frente da Bela e a Fera; 3 lugar, Cinderella's Royal Table. Não comprar a limonada do Epcot, do lado do México, horrível.

4. Ranking dos Shows noturnos: 1 lugar: show de natal do DHS, 2 lugar: Illuminations, 3 lugar: Wishes, 4 lugar: Wishes de Natal, 5 lugar: Fantasmic. Último lugar: show noturno de Disney Springs, não vale a pena, e pensar que eu sai correndo do Walmart só para conferir.

5. Acorde cedo, madrugue, isso garantirá vários brinquedos concorridos pela manhã.

 


 
Res: Dois adultos na Disney - considerações finais dos parques Disney

 mensagem postada em 20/03/2017 - 01:03:05hs
 
 

Cristina!
Excelentes relatos! Parabéns!
Parques em dias seguidos já são exaustivos, imagino 2 parques enoooormes como Magik Kingdom e Epcot!! É pra correr pro hotel pra tirar uma soneca mesmo!
Eu passei um reveillon no Epcot uma vez e fecharam as portas por causa da lotação. Sei bem o que você relatou e não é legal. O simples fato de querer comer alguma se torna um desafio por causa da multidão! Achei vocês duas muito guerreiras de terem ficado até o show!
Ficar na Disney é muito bom! O Dining Plan é muito bom! O Free Dining Plan é a perfeição! rsrsrsrsrsrs
E concordo com você: a Disney é para todos!
Estou esperando os próximos relatos!!!
Abraço,

Sheyla

 


 
 
O Storybook Circus se estabeleceu no Carolwood Park - Este nome faz referência ao trem a vapor que estava no quintal de Walt Disney.