Enquete - Você tem receio de voar?

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
 
 
Pouso

 mensagem postada em 01/06/2011 - 06:06:33hs
 
 

Primeiramente, q legal q abriu-se um topico sobre o assunto!

Segundo... Rodrigo deve saber, q pousar bem não necessariamente faz do piloto um grande aviador... As vezes o pouso mais brusco faz-se necessário devido as condiçoes da pista.
Aliás, se vc foi da Varig, deve ter muitos amigos aqui na Webjet hj! Tem MUITA gente ex-Varig aqui..

Abs

 


 
sobre pouso

 mensagem postada em 01/06/2011 - 06:06:19hs
 
 

Muitas vezes a forma do pouso é uma determinação da cia aérea. Quanto mais se usa a pista (pousos mais suaves, onde o avião "anda" mais) mais a cia aérea paga. Porém mesmo pousos mais bruscos e curtos (mais baratos) tem margem de segurança. Não sei se vcs já repararam, mais os pousos das aeronaves da Gol são piores (menos suaves) que os pousos da TAM.

PS: Odeio a decolagem e o pouso.... lá em cima fico confortável, mas na decolagem principalmente eu falto morrer...

 


 
Fernanda

 mensagem postada em 01/06/2011 - 06:06:18hs
 
 

Devo lhe confessar q como profissional da área (piloto), NUNCA ouvi falar q quanto mais se usa a pista, mas a cia aérea gasta... Posso até te dizer q isso não existe.
A cia aérea paga tarifas aeroportuárias a Infraero como taxa de pouso, permanencia em solo, etc... mas pagar mais pq o avião X rodou por mais metros de asfalto do q o avião Y, não existe.
Com relação a Gol e Tam, há uma diferença no equipamento das duas empresas... a primeira opera com aeronaves Boeing na frota, a segunda com Airbus e quase sua totalidade. Porém, tb não tem motivos pra um pouso ser mais macio q o outro... talvez vc tenha tido experiencias diferentes e acabou deduzindo isso!

 


 
Leonardo

 mensagem postada em 01/06/2011 - 08:06:34hs
 
 

Vc ainda é piloto?
Disse isso pois conversando com umas pessoas da área financeira de uma das grandes empresas aéreas, elas disseram que há uma economia dependendo do pouso (acho até que posso ter me confundido em relação ao uso da pista e a economia ser pelo combustível). E que as cias é que orientam os procedimentos.

Sou absolutamente leiga no assunto, se vc ainda estiver na ativa, com certeza está bem mais bem informado q eu.

Quanto às aeronaves sei que a Gol utiliza boeings e a TAM airbus e que há diferenças entre elas.

Mas, para me informar melhor vc poderia me dizer se há maior ou menor economia de combústível dependendo do pouso? E se quanto mais tempo a aeronave permanecer no pátio do aeroporto, a cia paga por isso?

 


 
Rodrigo Galluf

 mensagem postada em 01/06/2011 - 09:06:06hs
 
 

Eu te acompanho aqui no site há algum tempo. Nunca imaginei que vc pudesse ser piloto. Eu também já fui aeroviária, trabalhei na Transbrasil e era apaixonada por ela.
Mas tenho um medo danado. Esse lance que pobre gosta de aeroporto não é meu caso haha. Me sinto mal até de ir buscar alguem, até que me lembro que não vou viajar.
E esse acidente, as revelações todas do acidente da Air France mexeu comigo. O meu medo que estava meio dominado voltou a toda.
Vou sofrer horrores presa nesse voo. Cada vez que vcs acionam o apertem os cintos eu fico apavorada esperando o avião virar de cabeça para baixo.
Viu que sofrimento?
Mas por favor, continue nos falando sobre a segurança em viajar de avião, será terapeutico.
Voei muito de Varig, era maravilhosa.
Porque detalhe, embora morra de medo, sempre viajo de avião, para onde quer que seja.
Obrigada.

 


 
Fernanda

 mensagem postada em 01/06/2011 - 09:06:01hs
 
 

Combustível é realmente o custo mais impactante numa empresa aérea, respondendo por mais de 30% de todo o orçamento. E ele deve receber uma boa política operacional de "fuel conservation", como recebe. Pois basta um sheik árabe surtar e aumentar o preço do barril de petróleo, pras empresas aéreas tremerem nas bases!
Várias ações são tomadas em nome disso, inclusive na aproximação e no pouso.
O q pode influenciar no pouso, é o uso excessivo de reverso (como um freio da turbina). E dependendo da pista, vc nem precisa usá-lo. Assim como o uso excessivo dos freios das rodas, tb pode ser impactante numa grande empresa aérea.
E é pra "regrar" o uso desses recursos q as empresas criam padrões operacionais, visando a economia, porém jamais em detrimento da segurança de vôo!

Jane, é isso aí! Fly safe e tenha boas viagens sempre!

 


 
Eliana, Fernanda e Leonardo

 mensagem postada em 01/06/2011 - 09:06:07hs
 
 

Eliana voei sim, meu pai e meu avô também. Nome de guerra Galluf, bons tempos.

Fernanda o consumo de combustível no pouso varia com a configuração que a aeronave adota para para pousar. No seu caso acredito que a a pessoa que comentou isso com você não soube te explicar direito, ou não soube se espressar corretamente, mas quanto mais longe você vai na pista, no pouso, dependendo do aeroporto, depois você leva mais tempo taxiando e isso pode ter um impacto em consumo de combustível, mas ninguém pousa preocupado com isso e não existe nenhuma recomendação nesse sentido nas empresas.

Leonardo eu conheço algumas pessoas que estam ai sim.

 


 
dica para relaxar

 mensagem postada em 01/06/2011 - 09:06:01hs
 
 

Obrigado pelas informações, Leonardo... Então realmente deve ter sido em relação à frenagem mesmo...
Vc ainda pilota? Qual cia?

A minha dica para viajar um pouco mais relaxada e não dormir antes de viajar, as vezes até viro a noite (e ficar no VPO é uma opção), assim na hora do voo estou tão cansada que o sono fica maior q a tensão... hahhahaha

E olha q fiquei com medo de avião depois de velha... Quando era pequena curtia demais a emoção da decolagem e do pouso... Aí, acho q cresci e virei uma medrosa de marca maior... Quando viajo só toda vez eu penso: "Meu Deus, que é que eu tô fazendo aqui? Se esse avião começar a cair eu não vou ter nem em quem me agarrar!!!!!"

E quando falam pro meu marido: "Relaxa, só vai cair se for o teu dia", a resposta dele é sempre a mesma: "E se não for o meu dia mas for o dia do piloto?? ainda morro de graça..."

 


 
Julia e Maria F

 mensagem postada em 02/06/2011 - 06:06:19hs
 
 

Julia, uma vez aconteceu isso com a AA aqui na chegada em Sao Paulo e eu estava grávida.
O avião desceu, descu e nada de chegar. Eu olhava pela janelinha e via um morro e voava e voava e o tal morro de novo. Falei pro meu marido e ele fofo como o namorado da Maria divirtia-se muito com meu medo. Não aguentei e perguntei a comissária que também não sabia de nada.
Pra resumir: 01 hora depois de circular aquele morro inumeras vezes aterrisamos no meio de uma caixa de algodão. Só vimos a pista quando o avião tocou o solo. Guarulhos estava fechado e só pousamos porque estava acabando o combustivel e para não alternar para Campinas, ele pousou numa brecha. Ficamos horas esperando pela nossa conexão para Curitiba.
Quase morri de medo. Como sempre hahaha.
Beijos

 


 
Tentando esclarecer

 mensagem postada em 02/06/2011 - 06:06:33hs
 
 

Julia: Desvio por tráfego aéreo em pleno vôo de cruzeiro cruzando o oceano, eu acho um pouco improvável, mas pode ser mesmo... e é realmente algo bastante normal, talvez pra sequenciar o tráfego na chegada em Miami, por isso os pilotos disseram q tava tudo certo!

Jane: Seu avião deve ter ficado em órtbita (esperando em círculos!) esperando o aeroporto de Guarulhos abrir pra poder pousar. É muito comum nessa época do ano, com aquele nevoeiro de superfície q tem em todas as manhãs frias de SP!
E quando abriu, ele pousou... mas não foi pq "deu uma brecha" q ele nao alternou Campinas. Se o aeroporto tá fechado e o combustivel acabando, ele vai sim alternar Campinas!

 


 
 
Cinderella Castle foi inaugurado concomitantemente com o Magic Kingdom em 01 de outubro de 1971, após 18 (dezoito) meses despendidos para sua construção, foi concebido para resistir até mesmo a furacões, graças a sua estrutura interna de aço, fundação de concreto e parte externa em fibra de vidro.