Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Amando os relatos!

 mensagem postada em 25/01/2017 - 06:01:13hs
 
 

To adorando esse topico animado!! Continue meninas!! Tb lembro desse relato, PC! Ri muito!!

 


 
Dia 01 - 11 de janeiro chegada!

 mensagem postada em 25/01/2017 - 08:01:53hs
 
 

Oi pessoal bom dia!

Hoje estou começando os relatos da minha viagem!
Chegamos no dia 11 de janeiro por volta das 16:40h. O voo foi tranquilo direto da LATAM no A350.
Imigração tranquila.
Depois de pegar as malas na esteira temos a opção de "despachar" novamente pela esteira do aeroporto antes de subir para o monorail que leva aos terminais A e B para locação de veículos e shuttles.
Na primeira vez fiquei tensa achando que não ia achar mais a bagagem mas deu tudo certo. Em 2015 meu marido resolveu subir tudo na escada rolante e já pegar o monorail com as malas, mas desta vez nós não estávamos com pressa e só estava eu com as crianças então mandamos pela esteira.
Demora um pouco para chegar mas foi o tempo do meu marido chegar (ele veio do México) e nos encontrar no terminal. Deu tudo tão certo, confesso que me preocupei de nos perdermos dele lá.
Todos juntos vamos pegar o carro.
A locação foi pela Álamo mas não fomos para o totem direto e infelizmente, tinha que pagar uma taxa antes e passar no blacão aquela ladainha de vendedor de sempre e as caras feias de sempre depois que recusamos todos os seguros extra que eles querem empurrar, haja paciência!!
Todos no carro , fomos direto para o hotel e em seguida saímos para jantar no Fridays. Estávamos muito cansados para ir ao Walmart preferimos deixar para depois e dormir para ir ao Magic Kingdom no dia seguinte.

Dia 1 finalizado!

Abçs,

Alessandra

 


 
Res: Nós e a vovó na Disney 18

 mensagem postada em 24/01/2017 - 07:01:26hs
 
 

Estou amando seu relato... você escreve muito bem, ri muito do relato da montanha russa da múmia e da coitadinha da sua vo..

Abraços

Nathalie

 


 
Res: Dois adultos na Disney

 mensagem postada em 23/01/2017 - 10:01:48hs
 
 

Olá Cristina

Estou aguardando os seus relatos também.
As aventuras com a sua mãe são o máximo.
Não interrompa, por favor.

Abs,
Maria Teresa

 


 
Res: Nós e a vovó na Disney 16

 mensagem postada em 23/01/2017 - 09:01:53hs
 
 

Olá Mell

Estou, como sempre, rindo muito com os seus relatos.
Achei legal sua dica : não leve a sua avó na atração da Múmia.
No meu caso, eu sou a vovó que leva os netos na atração da Múmia. Kkk

Abs,
Maria Teresa

 


 
Res: Relatos da Mell

 mensagem postada em 23/01/2017 - 07:01:01hs
 
 

Me lembrou também de minha viagem com meus sogros. Na primeira viagem em família de 2014 só eu fui na múmia, meu marido ficou com os 2 filhos esperando e não quis ir- ele não gosta de altura e leu que tinha altura neste brinquedo. Na outra viagem de 2016 meus 2 filhos também não quiseram ir, e como eu já tinha ido, falei pra meu marido ir com o pai e a madrasta que eu ia depois. Me perguntaram se era montanha russa e eu falei que não, era uma ride tipo Transformers ( obs: adoro montanha russa, vou em todas, então para mim a múmia é mesmo só uma ride que vai rápido) kkkkkkkk saíram de lá brancos que nem cera, quase desmaiados kkkkkk e o assunto " múmia montanha russa " foi falado durante toda a viagem! E eu insistindo que não era montanha russa! Até hoje é motivo de risada na família kkkkk

 


 
Relatos da Mell

 mensagem postada em 23/01/2017 - 11:01:10hs
 
 

Olá Mell,

Estou acompanhando os seus relatos - e adorando. Você escreve bem e consegue se lembrar de detalhes, parabéns!

Essa história da sua avó na ride da Múmia me fez lembrar de outro relato deixado aqui há algum tempo: a colega foi com os pais, já na casa dos setenta anos e uma tia, salvo engano, no Hollywood Studios. Chegando lá, ela e o namorado foram para atrações mais radicais e deixaram os três passeando pelo parque. Eles estavam com o mapa e, ao chegarem na área da ride do Aerosmith, leram no mapa que se tratava de "um emocionante passeio pelas ruas de Los Angeles a bordo de um Cadilac"; como o pai adorava Cadilac, resolveram ir no "passeio"... Nem preciso dizer que eles saíram de lá com o coração na boca (imagino o que pensaram naquela arrancada inicial... rs rs).

Continue com os relatos, por favor!

 


 
Nós e a vovó na Disney 18

 mensagem postada em 21/01/2017 - 10:01:32hs
 
 

Sim isso mesmo, cachorros.... Tinha um pessoal treinando aqueles cães para pessoas com problemas de saúde, como cegos, epiléticos e outras doenças. Achei bem interessante porque esses cães precisam aprender a estar calmos e em guarda em qualquer situação, principalmente nas situações de estresse e caos, já que a vida de seus donos depende disso. Nada mais estressante do que aquela atração que chacoalha, é barulhenta e caótica! Então nós sentamos na frente e atrás um senhor com dois cachorros em treinamento, ele fez os cães deitarem no chão do carrinho e ficarem quietinhos. Ainda que durante a atração um dos cães quisesse subir no banco ele fez ele se deitar novamente no chão e ficou quietinho até o final. Na saída eles saíram andando como se nada tivesse acontecido. Achei a experiência super interessante, quase que mais do que a própria atração....

Lembrete: por lá é muito comum ver esses cachorros acompanhantes, eles são identificados nas coleiras ou em coletinhos, e por mais que eles pareçam fofos não se deve interagir com eles, não se deve passar a mão ou chama-los, pois então trabalhando. Uma pequena distração deles pode causar sérios problemas para seus donos. Imagine se você distrair um cãozinho desses e ele não identificar que seu dono está começando a ter uma convulsão? Portanto devemos orientar até as crianças, explicando o porquê eles não são cães comuns!

Depois de tudo, estávamos todos cansados, afinal foi um dia longo e queeeente....foi o dia mais quente e úmido de toda a viagem, o que contribui bastante para o cansaço (motivo pelo qual eu me recuso a ir nos parque no verão). Na saída, na parte das lojas do Citywalk tem a loja de Cinnabonn, que vende cinnamonn: um pãozinho em espiral de canela super famoso...vale a pena experimentar. Existem outras marcas e eu já comi com um creme de creamcheese em cima muuuuito bom e olha que eu não gosto de canela), mas essa marca é uma franquia e apesar de nunca procurar deve ter em outros locais também. Enfim vale a pena comprar e comer quentinho, saído do forno. Só que dessa vez estávamos tão cansados que não tínhamos ânimo nem para ficar na fila esperando (porque a loja estava abarrotada de gente).

Ainda nos arrastamos para uma Dólar Tree antes de ir para o hotel em busca de uma merecida cama. Mas essa é uma sensação que eu gosto....estar morrendo de cansaço e feliz!!! Acho que é a melhor maneira de encerrar o dia. Sabendo que realmente aproveitou muito ele...

Abraços da Mell

 


 
Nós e a vovó na Disney 17

 mensagem postada em 21/01/2017 - 10:01:35hs
 
 

Depois de toda essa marafunda a vó ainda estava meio enjoada então deixei ela sentada tomando um ar com a mãe. E entrei na fila de novo com o pai e a irmã. E foi legal porque eu não tinha reparado em quase nada na primeira viagem!!!! Quando estava na fila esperando os carrinhos fiquei observando um dos cast members que verifica as travas de segurança e ele era muito sombrio dando susto no pessoal!!!!! Ele estava totalmente interagindo com o seu papel, até chamei a atenção da minha irmã e ficamos rindo, e ele totalmente deu um olhar muito mortal para nós lá do outro lado, nós rimos e seguimos em frente. Quando sentamos no carrinho - na primeira fila!!!! - eu estava totalmente empolgada, afinal não é sempre que a gente pega o melhor lugar. Baixamos a barra de segurança super animadas quando minha irmã falou alguma coisa e eu virei a cabeça e dei de cara com o cara sinistro me olhando com aquele ar suuuuper mega sinistro a menos de dez cm da minha cara!!!!! Eu só não pulei para fora do carrinho de susto porque a trava já estava abaixada......Ele totalmente percebeu a gente antes e se vingou...hahahahahahahah....depois do susto foi difícil parar de rir. Aquela vez foi bem mais tranquila....e consegui curtir a atração sem culpa por quase ter mumificado a vó...

Saímos e fomos andando até onde fica aquele tubarão famoso pendurado, porque ali tinha uma daquelas máquinas de amassar moedas....sim eu coleciono pressed pennies... tenho moedas desde 1995. Essas moedas são os suvenires mais americanos que existem, não é só nos parques da Disney ou da Universal, mas todo museu, atração turística, parques naturais de todos estados tem a maquininha de amassar moedas. Em geral se amassa o penny – a moeda cor de cobre de um centavo- então você coloca duas moedas de vinte e cinco centavos e mais o penny e tem uma recordação do lugar que visitou. É o suvenir mais barato que você vai achar. Há algumas variações onde dá para amassar moedas de vinte e cinco – que se chamam quarters – elas custam um dólar para amassar, mas ficam muito bonitas. E dá para inventar várias coisas com essas moedas, já vi colar, pulseira, brinco, chaveiro...vi até formando a silhueta do Mickey em quadros. O pessoal que coleciona mesmo (tem um pessoal que é bem sério, que coleciona moedas super antigas) tem sites onde você pode buscar as moedas antigas, as atuais e onde pode encontrar as moedas nos parques, muito legal. As minhas eu costuro na minha mochila de viagem...ficam super legais. Quando planejo a viagem já levo as moedas separadas para amassar, separo as melhores e lavo elas para ficarem bem brilhosas. Faço um mapa da localização das que eu quero e bora caçar moedas pelos parques...essa ainda é uma das coisas que mais gosto de fazer

Bom voltando ao tubarão. Ali perto tem umas mesinhas de pic-nic e a vó estava se sentindo meio cansada...coitada....a montanha-russa foi meio demais para ela. Ainda bem que ela levou super na esportiva e ainda conta da vez que ela foi no parque com a neta desnaturada e quase saiu mumificada da tumba. Mas ainda era cedo e ela e a mãe ficaram sentadas comendo lanchinho nas mesas. (Outra dica legal!!!: sempre levo para o parque mix de sementes, gosto de comprar no Walmart pacotes grandes de mix e levar nos saquinhos de ziplocks. Geralmente compro da Equate, que é a marca do próprio Walmart e geralmente mais barato, eu gosto do mix de sementres com crunch – vem com pedacinhos de chocolate- e o Trail Mix- que vem com abacaxi, laranja e manga desidratadas...uma delícia, saudável e engana bem a barriga). O pai, a irmã e eu voltamos no Gringotes para mais uma rodada com menos de cinco minutos de fila!!!! Na saída do Beco arrastei eles para mais uma rodada de Simpsons e foi bem interessantes porque dessa vez nós fomos acompanhados por cachorros!!!

 


 
Nós e a vovó na Disney 16

 mensagem postada em 21/01/2017 - 10:01:07hs
 
 

A próxima parada então era a Múmia, expliquei para a vó que a múmia era meio parecida com a atração do King Kong!!!! Ela topou ir. Eu já devia ter percebido a m.... que ia ser quando a vó não conseguia enxergar nada para andar....foi outra novela passar por toda a catacumba de novo com ela. Por fim chegamos nos carrinhos e tal...tudo bem até chegar a parte do fogaréu!!!! Foi então que eu lembrei que aquela atração era tipo uma montanha-russa no escuro!!!!!! Quando o carrinho caiu com tudo para baixo eu pensei: “Pronto agora que eu matei a véia!!!” A coitada da vó se agarrou em mim com todas as forças e eu tentei segurar ela mas a minha mãe escapava da dela, foi um pânico geral e ela gritando “vou cair do carrinho” e eu gritando “não vai não....segura na barra da frente!!!!”. Nunca um percurso foi tão longo e desesperador pra mim....acho que eu quase morri do coração com a vó. Saímos as duas meio bêbadas do carrinho, a vó meio enjoada de medo e eu meio atordoada de preocupação com a minha velhinha!!!!! Ela ficou tão nervosa que chegou a machucar a boca de tanto que apertou a dentadura!!! Dica muito importante: Não leve sua avó na atração da múmia!!!!

Mas o problema ainda não tinha acabado: quando saímos para pegar as coisas nos lockers (guarda-volume), o negócio não reconheceu as digitais nem da vó e nem da minha irmã. Levei um século tentando procurar alguém para ajudar mas não achei ninguém por perto e então resolvi pedir ajuda para umas senhorinhas que estavam no caixa da loja das coisa egípcias. Expliquei o problema e ela prontamente saiu comigo para procurar alguém. E felizmente achamos dois cast-members passando por ali. Expliquei o problema e por sorte lembrava do número dos lockers. A moça perguntou se tinha documentos dentro das bolsas. Da bolsa da avó tinha uma cópia do visto dela, mas da minha irmã não, então descrevi bem detalhadamente a bolsa e ela abriu os lockers para nós.

Usar os lockers é bem fácil. Você seleciona a língua (tem português mas acho que é de Portugal...) e é só seguir as instruções, que basicamente são: Colocar o dedo para ele gravar a digital, aí ele te dá um número de locker e a luzinha fica piscando. Então é só colocar sua bagagem – cuidado que o locker é super pequeno- verifique se não ficou nada de fora da porta (já vi pedaço da alça de mochila para fora de um locker e presa na porta de outro!!!!) feche a porta e aperte o botãozinho que ele trava. Aproveite sua atração e na saída você vai na seção que guardou, põe o dedo para ele ler a digital e ele deve destravar automaticamente. Super simples, porém você dever lembrar a seção que guardou e qual o dedo que usou para registrar. Eu por via das dúvidas sempre gravo o número dos lockers....o que foi bem providencial dessa vez.

 


 
 
Com a expansão da área de Fantasyland (Nova Fantasyland) o projeto original que tinha 10 hectares dobrou de tamanho passando a ter 21 hectares.