Busch Gardens - Opinião dos Usuários

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Transporte Busch Gardens

 mensagem postada em 27/04/2008 - 04:04:11hs
 
 

Paulo, eu pretendo ir de carro...a vantagem é ter os horários livres, poder ir e voltar quando quiser, e até mesmo passear um pouco mais por Tampa.

Mas certamente ir de ônibus é mais confortável e tranqüilo, não precisa se preocupar com mapas, placas e afins. E dá até pra tomar umas cervejinhas Budweiser sem problemas!

Por outro lado, dependendo de quantas pessoas estarão contigo, talvez seja mais barato ir de carro (do que pagar 4 passagens, por exemplo), mesmo se houver pedágio e considerando o consumo de gasolina. Ah, e claro que a diária do aluguel do carro também entrará nessa conta né!

Tem que pensar nos prós e contras!

Abraços,

Guilherme

 


 
Paulo Peixoto- Transporte

 mensagem postada em 27/04/2008 - 01:04:47hs
 
 

Eu particularmente achei o transporte uma boa. O ônibus é muito confortável, pontual e vc pode curtir o parque a vontade sem a preocupação de estar cansado demais para voltar dirigindo por pelo menos 1 hora. O parque é gigante e vc fica realmente muito cansado. Eu voltei dormindo o caminho todo. Vc já comprou seu ingresso? Eu comprei pelo site deles SW + BG + transporte para o BG free. Melhor ainda! Mas não sei se ainda tem esta promoção. Quanto aos pontos, tem no Premium outlet, no Sea World e em alguns outros locais. Vc pode consultar no site deles qual é o ponto mais próximo do seu hotel e também o horário que ele pega os passageiros em cada um. Na minha opinião, vá de Shuttle.

 


 
Jeane

 mensagem postada em 24/04/2008 - 09:04:54hs
 
 

Cara Jeane,
O Bush Gardens é um parque muito legal para qualquer idade. Tem uma parte para crianças pequenas e o contato com os animais é para qualquer idade.
Mesmo para o seu filho de 10 anos algumas montanhas russas não são indicadas, mas vc não vai se arrepender pois é muito bonito.
Quem viaja com crianças de idades diferentes realmente não tem como agradar às duas faixas etárias, mas isto em qualquer parque. Neste ponto acho que os animais possam ser um ponto de interseção entre os interesses dos seus filhos.

Boa Viagem!
Carlos Capistrano

 


 
Para crianças menores - 4 anos!

 mensagem postada em 23/04/2008 - 10:04:20hs
 
 

Amigos,
Pelo que eu entendi e para o meu desespero, este nao é um programa para crianças com 4 anos certo? Ou seja meu outro filhote de 10 anos será prejudicado? Puxa, administrar estas perdas é muito difícil!
Bjs Jê

 


 
Monica

 mensagem postada em 18/09/2007 - 01:09:09hs
 
 

Concordo com você, estive neste parque no dia 05/09/07 e o parque é direcionado mais para adulto.

Tem uma parte infantil mais não é nada diferente dos outros parques.

A restrição de altura parece ser mais rigorosa, pois teve brinquedos parecidos em outros parques que meu filho brincou que no BUSCH GARDENS ele foi barrado.

 


 
PRA QUEM TEM FILHOS MAIORES DE 10 ANOS

 mensagem postada em 17/09/2007 - 09:09:40hs
 
 

PARADA OBRIGATORIA... VALE A PENA GASTAR UM DIA NO PARQUE ... PORÉM PROCURE SE ORIENTAR BEM ... PORQUE SE PERDE AS ENTRADAS ... MAMA MIA ... E FOTOGRAFE O LOCAL ONDE ESTACINOU O CARRO COMO GARANTIA DE NÃO PERDER O CARRO NO ESTACIONAMENTO ... QUEM JÁ FOI SABE QUE LOUCURA SÃO OS ESTACIONAMENTOS.

--------- AMEI BUSCH GARDENS E VOLTAREI SEMPRE -------

 


 
Busch Gardens: Minhas Considerações

 mensagem postada em 12/09/2007 - 07:09:06hs
 
 

Bem pessoal, não consigo imaginar uma viagem a Orlando sem ao menos reservar um dia para desfrutar deste Parque, localizado na cidade de Tampa, e que tem o dom de nos oferecer as mais diversas e intensas emoções.

Apesar da viagem (cerca de 1 hora de distância de Orlando), vale muito à pena conhecê-lo, seja para aproveitar as melhores e maiores montanhas-russas da Flórida, seja para desfrutar do agradável clima que nos remete à África, com a exposição de diversos animais selvagens em áreas situadas ao longo do Parque.

Procurei nesta minha última viagem agendar um dia em que o Parque funcionasse o maior número de horas, tendo em vista que eu teria apenas um dia para aproveitá-lo intensamente. E fiz muito bem, pois munido de meu 5 Park Flex Ticket (que dá direito de ingresso a todos os demais grandes Parques fora do circuito Disney), acabei podendo freqüentar praticamente todas as inúmeras atrações durante a minha estada. E olha que o Parque ficou fechado durante 1 h e 30 min em virtude da previsão de uma tormenta tropical que não se concretizou.

Enfim, o Parque pode não ter a magia inerente aos Parques da Disney, bem como pode não ter o mesmo chamariz típico dos Parques da Universal e Sea World, mas ele goza de um clima todo especial, com as suas diversas montanhas-russas cruzando os céus ao longo de um pacato e bucólico parque cujo tema é a África.

Posso lhes assegurar que nenhuma das montanhas-russas de Orlando (leia-se especificamente as do Islands of Adventure) se compara às montanhas-russas que são o carro chefe do Busch Gardens, dentre elas a Sheikra e a Montu. Além disso, posso também lhes assegurar que nesse Parque as crianças também encontram muita diversão através de inúmeros brinquedos situados ao longo do Parque, ainda que não possam freqüentar as montanhas-russas. Aliás, há inclusive uma área destinada a elas, chamada Land of the Dragons, muito da simpática.

Bem, com relação às montanhas-russas, acredito que a melhor delas continue sendo a Montu. Além de sua força e boa duração, sofremos ao longo de sua viagem 9 (acho eu) loopings, com a incrível sensação de liberdade, pois os nossos pés ficam soltos.

A Sheikra, que desponta no horizonte com as suas 2 quedas de 90º, chega até a dar medo. Mas quando você nela ingressa (após subir uma série de degraus rumo à crucificação final), percebe que ela não é tão má assim. Para quem se amarra em "viajar" sempre de "primeira-classe" (primeira fila, como eu sempre faço), a sensação realmente é única, pois podemos lá de cima ver praticamente a cidade de Tampa, com direito a depois dar uma olhadinha de 3 segundos para o chão, como se fôssemos nos esborrachar lá embaixo. Mas senti que alguma coisa poderia ser feita pra melhorar a sensação de liberdade, de que estamos à mercê do brinquedo (essencial para esse tipo de montanha-russa). Bingo: soube que a partir de julho deste ano a Sheikra não mais tem o chão. Talvez isso atenda aos meus anseios.

Outra montanha-russa que se destaca é a Kumba, bem ao estilo da montanha-russa do Hulk. Só que mais forte e bem melhor.

A Gwazi é uma montanha-russa dupla feita de madeira. A fata de loopings é compensada com a sua agressividade. Ô bichinha pra correr essa, hein? Parece que vamos ser arremessados a cada subida, descida e curva. Muito boa.

Após essa montanhas-russas, as demais parecem brincadeira de criança (como a Scorpion), motivo pelo qual acabei não indo nelas para economizar tempo. Mas também são divertas (pois as conheço também). Soube que uma nova montanha-russa também está sendo construída na área do Congo, chamada Python. Tomara que também seja boa.

Há os brinquedos que molham, similares a uma montanha-russa na água. Tidal Wave é bem paradinho, até a grande queda final, que pode nos encharca. Stanleyville também é bem agradável. Congo River Rapids, já encontra concorrentes de peso em Orlando, mas continua sendo bem legal. Você também pode sair encharcado dela.

A área de Timbuktu contém uma série de brinquedos legais, onde inclusive as crianças também poderão usufrui-los, dependendo da sua altura. Lá estão localizados alguns brinquedos típicos dos parques de diversão, como carrinho bate-bate, caravela que vira 360º, etc e etc. Há também o teatro em que passa um filme. No meu caso lá passava o filme Piratas 4D (bom pra quem conhece o inglês. Molha várias vezes. Também é legalzinho).

O teleférico e o trenzinho são clássicos, além de representarem momentos de relaxamento e desfrute da paisagem. Vale à pena.

Ah, e os bichos? Bem, sinto-lhes informar que eles passaram para uma posição secundária. Há sim áreas de observação, mas eles vêm perdendo muito espaço. Parece que são meros figurantes. Dessa vez nem pude ver os famosos tigres brancos...

Apesar de não ter aproveitado tudo do lugar (show e algumas atrações), digo que ele é muito bonito e vale à pena a visita. Mas não é tão bem disposto, o que requer uma boa análise do mapa das atrações para o seu melhor aproveitamento.

 


 
DEMAIS

 mensagem postada em 29/05/2007 - 06:05:30hs
 
 

Estou programando minha viagem com minha esposa pra dezembro e pensei em deixar o BSG de fora pois estive em 2006 nele... mas nao tem condições de deixá-lo de fora do roteiro nao!!! Nos somos loucos pela sheikra e as outras montanhas-russas... e mais, fica muito pertinho pra ir de carro... vale a pena demais colocar 1 diaria a mais de hotel pra curtir o bbusch gardens... quem gosta de muita emoção, deve ir!

 


 
Muito bonito.

 mensagem postada em 29/05/2007 - 09:05:13hs
 
 

Apesar de praticamente não termos conseguido fazer o parque devido as chuvas que caíram no dia, achamos o parque muito bonito e com atrações bem bacanas. Como eu consegui ir na Sheikra, só ela já valeu a ida até Tampa. E também gostamos do atendimento deles. Em função das chuvas fui ao Guest Services e eles, super simpáticos, quando falei que éramos do Brasil e coisa e tal nos deram um ticket para voltarmos quando quisermos... Em janeiro vamos de novo, com certeza!

 


 
eu gostei

 mensagem postada em 28/05/2007 - 11:05:16hs
 
 

estive 02 vezes, o principal sao as montanhas russas, mas eh um parque muito gostoso , mesmo sem a magia disney, fui com a familia , os filhos 8 a 15 anos adoraram, não imagino uma viagem a florida sem ir ao Busch. Mas tudo eh questao de gosto.
considero ideal ir em todos para comparar.
eu gostei e olha que tenho medo de montanha russa !!

 


 
 
No pavilhão da Alemanha (Epcot) você encontra 16 brasões na fachada da Sommerfest e Biergarten representando os 16 estados federados alemães.