Embarque - Desembarque - Imigração

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Antonio

 mensagem postada em 28/10/2009 - 05:10:28hs
 
 

Oi Antonio, é o seguinte, entendi sua duvida.. a alfandega fica na cidade do pais que voce chegar, por exemplo: vai chegar em miami certo? a primeira cidade fora do pais que voce saiu é por onde vc vai passar na alfandega certo? vai ser mais ou menos assim oh:
(Brasil)
1º Despachar as malas aqui no Brasil, pela compania aerea (TAM). (aeroporto de BSB)
---------------------------------------
(EUA-MIAMI)
2º - Chegam em miami, voces 5 vao passar pela imigraçao (ainda nao passei, tenho mol medao tbm. ehhehe)

3º - Andar até a Baggage Clain (onde esta as malas) e pega-las e ir até a alfandega, eles olham tudo direitinho, voce entrega os formularios e pronto.

Se tiver outro voo, até Orlando por exemplo, voce despacha elas mais na frente, com uns carinhas da sua compania aerea..

Basicamente é isso.. pelo que li aqui tbm funciona assim.. beleee??

Abraçao ai Antonio!
:P

 


 
Como Funciona?

 mensagem postada em 28/10/2009 - 05:10:27hs
 
 

Algum amigo poderia me explicar como funciona alfandega/imigração.
O que vem primeiro?
Qual o formulario?
Como faço com as bagagens?
Estou indo para orlando com escala em Miami, com minha esposa e meus 2 filhos.

Grato a todos.

Bruno

 


 
Vôos e alfândega

 mensagem postada em 28/10/2009 - 04:10:17hs
 
 

Estamos indo para Miami da seguinte maneira:
1) eu + 1 filho - Brasília - Miami com escala em Manaus - Vôo TAM;
2) Minha esposa + 2 outros filhos - Brasília - Manaus e depois Manaus-Miami - Vôo TAM.

O esquema da volta é o mesmo: Eu + 1 filho - Miami - Brasília com escala em Manaus e minha esposa + 2 filhos - Miami - Manaus e depois outro vôo para Brasília.

Pergunta - A alfândega que examinará nossas bagagens será a de Manaus ou a de Brasília?

Alguém pode me ajudar?

Obrigado.

 


 
Sabrina - cuscuz

 mensagem postada em 28/10/2009 - 04:10:15hs
 
 

olá Sabrina,
eu acho que não pode levar comida pronta, mas se você levar na mala de mão e não precisar abrir a mala na alfandega passa sem problemas.
Meu namorado também é americano e eu vou todos os mês para Houston,só esse ano eu fui 7 vezes e abriram minha mala 3 vezes, mas eu nao tinha nada de comida, so chocolate, e nao tive problema. eu queria levar farinha,para fazer farofa, mas nunca arrisquei. Tem um mercado lá nos EUA, O Fiesta(acredito que deva ter em miami, pois tem em Houston e no New Mexico), nesse mercado tem comida do mundo todo, na parte do Brasil eu achei, farinha, para farofa, palmito, cana de açucar,tapioca, leite de coco, coco ralado....
Você pode comprar os ingredientes lá e fazer o cuscuz.
espero ter ajudado.
abraços.

 


 
walter

 mensagem postada em 28/10/2009 - 12:10:30hs
 
 

Cheguei de Orlando na semana passada. Eles não olham as passagens, só o passaporte mesmo. Acredito que não terás nenhum tipo de problema. a dica que dou é que tente ser um dos primeiros a sair do avião, assi não pegarás a fila para essa entrevista inicial... Comigo não pediram as passagens, só o passaporte efizeram aquelas perguntas triviais: quanto tempo ficaríamos, para onde iríamos, se trouxemos alimentos na bagagem, qual era nossa ocupação...
No formulário branco colocamos os nomes conforme o passaporte, não nos guiamos pelo visto. como o passaporte é o nosso documento de identificação oficial é melhor se guiar por ele.

 


 
Dúvida

 mensagem postada em 28/10/2009 - 11:10:09hs
 
 

Pode parecer -- palavra censurada -- minha pergunta mas é que estou indo agora dia 15/11 para Miami e o meu noivo que é americano é apaixonado por cuscuz e tapioca. Gostaria de saber se posso levar o cuscuz pronto, os ingredientes para fazer lá ou se eu de repente posso achar os produtos lá em Miami. Obrigado.

 


 
outra duvida

 mensagem postada em 28/10/2009 - 02:10:56hs
 
 

outra duvida,

continuando minha duvida do post abaixo:

como proceder então para preencher o formulario BRANCO? sigo como tem no visto, e, no meu caso, em nome de familha ponho apenas FERREIRA, e em nome próprio boto WALTER DE OLIVEIRA TENORIO, como tem no passaporte?

quanta confusão!

valeu!

 


 
ajuda na imigração/alfandega

 mensagem postada em 27/10/2009 - 07:10:38hs
 
 

Pessoal,
vejam meu caso e digam se posso ter problemas na imigração/alfandega:

meu nome: WALTER DE OLIVEIRA TENORIO FERREIRA
no meu visto temos:
NOME=WALTER DE OLIVEIRA TENORIO
SOBRENOME=FERREIRA

meu pai: WALTER TENORIO FERREIRA.
no seu visto tem:
NOME: WALTER
SOBRENOME: TENORIO FERREIRA

(2 pessoas da mesma familia, e os vistos vieram com nome e sobrenome de formas diferentes, sem padronização alguma)

emiti então os bilhetes da american airlines da seguinte maneira, pra diferenciar os dois:
Passageiro 1= Nome=WALTER sobrenome=FERREIRA
Passageiro 2= Nome=WALTER sobrenome=TENORIO

a American Airlines falou que não vou ter problemas para fazer os checkins com ela, mas fiquei com receio quanto a Imigração.

O que vocês acham? pode haver problema?
O povo da Imigração pede para ver as Passagens, ou apenas os passaportes com vistos?

obrigado
Walter

 


 
Cí de Moraes

 mensagem postada em 26/10/2009 - 09:10:03hs
 
 

Não se preocupe... a primeira vez que eu fui, meu inglês era bem básico. Não estava entendo o que o tiozinho da imigração tava perguntando. Ele repetiu várias vezes e eu não endeti nada, ai ele, no maior bom humor, leu uma frase em espanhol, que eu entendi na hora e fiquei horizada, pois não havia entendido uma coisa tão básica.
Ele perguntou se eu estava levando na mala bebibas de álcool, drogas, etc...
Ele até riu do meu susto hahaha

 


 
CÍ DE MORAES DE PAULA

 mensagem postada em 25/10/2009 - 03:10:30hs
 
 

Oi Cí! Não sei se tem algum agente que fale portugues, mas espanhol com certeza tem. Fora isso, as perguntas são básicas tipo onde vai ficar, quanto tempo, motivo da viagem... essas coisas.

Fica tranquila que não é nenhum bicho de 7 cabeças!

Um abraço

 


 
 
No pavilhão americano (Epcot) note que o número romano "IV" do relógio da torre está representado como "IIII" da mesma forma como era empregado na época colonial.