Visto

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Consegui !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 mensagem postada em 11/05/2007 - 12:05:23hs
 
 

Ae pessoal ! Cheguei ontem a noite aqui em Brasília para a minha entrevista de hoje pela manhã.

Relato:

Minha entrevista estava agendada para as 09:00hs.
Cheguei 07:00hs na Embaixada de Brasília e tinham apenas 14 pessoas na minha frente. As 07:50 os guardinhas da portaria começaram a conferir se vc estava com os documentos e agendado para o mesmo dia.

08:00 - Abrem os portões

08:10 - Quando entrei no prédio de visto, a maioria das pessoas que estavam na minha frente ainda foram direto para o CITIBANK pagar a taxa do visto e eu já fui direto pegar a senha da entrevista e entregar os documentos.

Obs: Recomendo a TODOS já irem com a taxa paga, pq com isso vc não perde tempo no Banco e pega logo a senha na hora que vc entra.

No momento da pré-entrevista (apenas entrega dos documentos e passaporte), a mulher me perguntou se eu tinha documentos como Imposto de Renda ou algo a mais que comprovasse vínculo com o Brasil.
ATENÇÃO ! Este é o momento CHAVE para você entregar além dos formuálos DS156 e DS157, as melhores documentos que você tem porque ANTES do Consul te entrevistar, ele vai dar uma OLHADA neste documentos, então eu entreguei o Imposto de Renda meu e da minha esposa, holerites meu e da minha esposa e uma Carta da minha empresa avisando que eu sou funcionário e vou tirar férias. Depóis de eu entregar os documentos eu recebi a senha e fiquei aguardando ser chamado no monitor.

09:25 - Fui a quinta pessoa a ser entrevistada. Lá fui eu para o Guiche 4. O CONSUL com sotaque bem americano já começou sorrindo para mim e repetir meu nome. Ele já sabia a empresa que eu trabalhava porque antes eu já tinha dado a carta da minha empresa.

Primeira Pergunta: A quanto tempo vc trabalha na empresa ? (Eu: 7 meses nesta, antes eu trabalhava em outra...)
Segunta Pergunta: A quanto tempo sua irmã mora nos EUA
(Eu: Ela mora a 4 anos, é casada e trabalha em um grande Hospital em Baltimore)
Terceira Pergunta: Ela casou aqui ou nos EUA (Eu: Aqui no Brasil)
Quarta Pergunta: Você prefere visto de TURISTA(B2) ou de Turismo e Negócios(B1/B2) ?
Eu: Quanto tempo vale cada um ?
Consul: 5 anos os dois...valem o mesmo tempo.
Eu: Prefiro Negócio/Turismo (B1/B2 e ai tive que pagar mais 60 dólares por este visto, mas vale a pena pq se alguma empresa nos EUA me chamar eu posso ir...)
>> No momento da entrevista ele não pediu mais nenhum documento...04min de entrevista
09:30 - Fui pagar os 28,00 da taxa do SEDEX

Obs: Eu tinha ido para tirar de turismo, e no formulário estava tudo preenchido como se fosse de turismo.

No período que eu estava lá, só consegui ver 4 pessoas sento entrevistadas. 3 conseguiram e 1 família com 2 filhos teve negado porque eles tinham uma filha que estava a 3 anos Ilegal nos EUA.

Se vc tem alguém da família ilegal nos EUA, recomendo nem perder grana para tirar o visto pq vai ser negado, a não ser que vc omita esta pessoa no formulário DS156.

Parabéns a todos do site...quem seguir as recomendações que tem aqui, tem 95% de chance de conseguir o visto.

Recomendo a quem puder, tirar o visto em BSB. Eles são muito organizados e tem ume estrutura boa para quem fica esperando, além de atenderem poucas pessoas por dia.

Glória a Deus !!!!!!!!!!


 


 
DPL - Denied Part List.

 mensagem postada em 24/04/2007 - 09:04:58hs
 
 

Pessoal, com relação a motivos para negar os vistos imagino que existam muitos. Mas sei que um em especial é praticamente impossível de prevermos. Várias agências do governo americano mantém o que eles chamam de "Denied Parties List", as famosas DPLs (algo como "Lista de Partes Negadas").

Essas listas incluem milhares de pessoas físicas e jurídicas que possivelmente tem alguma ligação, ainda que distante, com o que os Estados Unidos consideram indesejável (terrorismo, boicote, atos imigratórios, etc).

Não tenho dúvidas que na pré-entrevista as DPLs são checadas e se seu sobrenome estiver lá, hummm... tá quase queimado. Acontece o que eles chamam de "potential matching" e daí eu imagino que a entrevista então seria só mais um posso para confirmar ou excluir a suspeita.

Infelizmente contra isso não há nada que se possa fazer.

 


 
VISTO/ENTREVISTA

 mensagem postada em 31/03/2007 - 08:03:52hs
 
 

Esta semana tirei meu primeiro visto com entrevista, já tive outros três, sem necessidade de ir ao consulado. Considerando o que li no site nestes ultimos meses gostaria de fazer algumas colocações:
- chegue com bastante antecedencia (se for após as 9:00hs procure chegar pelo menos 1 hora antes, se puder 2hs);
- pergunte ao segurança no portão que horario está podendo entrar, pois muita gente fica esperando na fila e pelo seu horario já poderia ter entrado;
- quando entrar espere na primeira fila e se não tiver pago a taxa de U$ 100,00 o atendente te encaminhara para uma fila paralela;
- para entrar celulares e outros eletronicos desligados, antes de passar pelo detector precisa deixar estes aparelhos, não esquecer de pegar a senha do guarda-volumes;
- siga as setas amarelas para a primeira triagem, ter em mãos os formularios DS-156 e DS-157(so para maiores de 16 anos), com todos os espaços preenchidos, a data no formulario é a data da entrevista e não do preenchimento, colar a foto virada para o lado direito;
- tenha em mãos os formularios e o passaporte para a pré-entrevista, voce recebera uma senha;
- aguarde pelo chamada do numero da senha, voce deverá apor as suas digitais(digitalmente, rsrsrs);
- após esta etapa aguarde que a próxima será a entrevista, dependendo do horário marcado voce poderá esperar até mais de uma hora, para ser chamado;
- a "entrevista": a "minha" não demorou mais de 2 minutos, não pediram absolutamente nenhum documento, so os passaportes antigos para serem invalidados os vistos anteriores,após me desejaram boa viagem e entregaram os numeros correspondentes aos meus passaportes e pediram que me dirigir ao Sedex ( tem uma pessoa que fica distribuindo os envelopes que devem ser preenchidos, se todos tiverem o mesmo sobrenome pode ser so um envelope), depois entre na fila e efetue o pagamento do Sedex, que deve chegar em até 06 dias, de forma nenhuma saimos com os passaportes com os vistos concedidos;
- observação das entrevistas: a maioria das entrevistas não demora mais de 10 minutos, procure entregar somente os documentos solicitados pelo atendente, eles estão sempre alertando para não colocarem documentos sem terem sido solicitados, os principais documentos são: vinculo de trabalho e IR,se não acharem estes satisfatorios aí que começarão a pedir outros (escrituras, documentação de veiculos, comprovantes de poupança,aplicações, etc), se começar a demorar procure manter a calma, salientando novamente não coloquem documentos sem terem sido solicitados (toda hora eles falam isto nos altofalantes);
- vi muito poucos vistos serem negados;
- a entrevista não é um bicho-de-sete-cabeças, procure prestar atençao nas chamadas e levar somente a documentação indipensavel, pois pedem realmente muito poucos documentos, se o visto for ser concedido serão pedidos um ou dois documentos somente.
Espero poder ter ajudado, pois quem ainda não foi fazer entrevista fica pensando um monte de bobagem, mas lembrando novamente tenham paciência, boa sorte para quem vai fazer a entrevista. Abraços

 


 
Submissão à Política Concessiva de Vistos.

 mensagem postada em 27/03/2007 - 06:03:28hs
 
 

Pessoal, terei o maior prazer de voltar àquela terra mágica que é Orlando. Aliás, nos EUA, há diversos outros lugares magníficos para serem também visitados, como por exemplo, NYC.

Mas o que muito me incomoda é o fato de que, após muito trabalhar (economizando cada centavo), eu venha a despejar milhares de meus suados dólares naquele país que resolveu qualificar a todos nós como seus inimigos, potenciais terroristas.

E o pior é que essa prepotência dos americanos com relação ao nosso 3º mundo se espraia inclusive entre os próprios brasileiros que ali trabalham, como se ao final do expediente eles pegassem uma ponte aérea Consulado-EUA, não tendo que (con)viver conosco em seu mísero dia-a-dia, aqui no nosso sofrido país.

Outrossim, muito me incomodou o fato de estar ali sentado no Consulado, com dezenas (até centenas) de outros brasileiros igualmente honestos e trabalhadores, esperando pela hora do juízo final, como se fôssemos uma verdadeira escória. Via no semblante daquelas pessoas íntegras (porque quem deseja mesmo imigrar não passa pelo Consulado!) a angústia de saber que os seus sonhos poderão não se concretizar em virtude de pré-julgamentos muitas das vezes preconceituosos.

Apesar de não ter sido tratado em momento algum com desrespeito (muito pelo contrário, fui tratado com educação por todos aqueles que me atenderam), senti-me profundamente humilhado, pois via o meu sonho de viajar com a minha família sendo posto à prova. Inclusive tive que juntar toda a documentação de nossa vidas, expondo intimidades que, aqui no Brasil, só poderiam vir à tona mediante ordem judicial (ou alguém acha que mostrar IR é igual à mostrar carteira de identidade?!).

Gente, se eu bem me recordo, os brasileiros são o terceiro povo que mais CONSOMEM (palavra sagrada para os americanos) em Orlando, atrás apenas dos japoneses e dos canadenses (talvez dos ingleses). Então será que merecemos mesmo este tratamento?! Pelo que eu já li, os próprios chefões da Disney entendem que não.

Gente, eles não estarão fazendo favor a nós ao nos conceder um visto. Na verdade, não fôssemos todos nós (que amamos e idolatramos aquela terra) tantas vezes à terra deles (que por sinal é belíssima), não seriam eles a nação portentosa que são hoje em dia, pioneira em todo tipo de informação e tecnologia, verdadeiro Centro do Universo (como eles gostam de se identificar)

Aliás, humilhação mesmo é ter que responder no tal do formulário 157 se você já cometeu algum ato terrorista e absurdos outros dessa espécie. Desde quando os asseclas do Bin Laden responderam esse formulário para poder aterrisar diretamente no WTC?! Seria hilário se não fosse verdade...

Mas bem sabemos que os EUA hoje em dia são uma nação em guerra, muito por conta daqueles parasitas que não desejam o progresso e usam da imagem de liderança dos EUA como o grande opressor do Mundo, quando muitas das vezes esses povos sequer respeitam as diferenças sociais, e sequer respeitam suas crianças e suas próprias mulheres. Há opiniões em sentido contrário, certamente, mas questões políticas não são o alvo de nossas discussões.

O fato é que sabemos que as condições atuais para viajarmos para aquela terra são estas, e não há como não respeitá-las, ainda que delas discordemos. Devemos apenas aumentar a nossa auto-estima, ainda que não logremos êxito na obtenção de um visto, pois todos nós temos uma participação, ainda que ínfima, no sucesso daquela Nação, que (ainda) tem o costume de respeitar seu próprio povo (algo raríssimo por aqui).

Boa sorte e boa viagem a todos.

 


 
Prazo do sedex

 mensagem postada em 09/03/2007 - 06:03:53hs
 
 

O prazo informado por eles para o meu caso (entrevista SP / entrega sedex Campinas) foi entorno de 6 dias úteis, no caso do meu marido ele fez a entrevista na segunda-feira e o sedex chegou na sexta-feira da mesma semana.

 


 
Janaína e Rafael,

 mensagem postada em 09/03/2007 - 02:03:19hs
 
 

No meu caso, a entrevista no Consulado do Rio de Janeiro foi numa sexta-feira, enquanto que o recebimento dos passaportes através desse sistema (e para o Rio de Janeiro, capital), foi na quarta-feira da semana seguinte.

Eu achei bastante rápido (e seguro)...

Abraços.

 


 
Isenção de Entrevista

 mensagem postada em 09/03/2007 - 08:03:09hs
 
 

Informação obtida no site da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil - link.

    "A partir do dia 7 de março de 2005 estarão isentos do agendamento e comparecimento à Embaixada ou Consulado:

    - Pessoas de 80 anos em diante;
    - Solicitantes de visto diplomático ou oficial, autoridades governamentais e funcionários de organismos internacionais que viajam em missão oficial (vistos dos tipos A-1, A-2, C-2, C-3, G-1, G-2, G-3 e G-4); e,
    - Portadores de passaporte diplomático.

    Todos os demais casos deverão agendar e comparecer pessoalmente para uma entrevista."

Mesmo quem estiver renovando o seu visto deverá levar todos os documentos necessários exigidos pelo consulado, pois, como bem informou a Raquel, eles serão analisados (espécie de pré-entrevista) e dependendo do caso (se levantarem dúvidas, não comprovarem vínculos suficientes com o Brasil) o requisitante terá que passar por uma entrevista com o agente consular.

Resumindo, aqueles que estão renovando o seu visto ou requisitando-o pela primeira vez deverão estar preparados para uma entrevista com algum agente consular.

Quem tiver maiores informações - por favor - compartilhe.

Um forte abraço a todos,
Luiz Carlos ºoº

 


 
Goooooood News !!!

 mensagem postada em 01/03/2007 - 05:03:53hs
 
 

Primeiramente, muito obrigado pela ajuda de todos aqui,,, principalmente Izadora, Rodrigo, Renata e Elisa,,, e claro Luiz Carlos pelo execelente site !!

Estivemos no consulado hoje de manhã.. e o visto de mihha esposa e do meu filho de 2 anos foi CONCEDIDO !!!

Estamos super felizes.... agora sim conseguimos sonhar com a viagem.. e vou precisar mais ainda da ajuda do site para planejar tudo :-)

Seguimos todas as dicas dadas aqui.. :
- Deixamos os pequeno Natan ( 2 anos ) em casa
- Fui junto e tentei entrar junto... sem sucesso, fiquei do lado de fora.... salvo pelo "Consulado do Café", simpatico café recem inaugurado na frente do consulado.. fiquei lah por 2 horas e meia !!!!!

Minha esposa contou o seguinte:

- Primeira triagem la dentro, um rapaz simpatico perguntou pra onde iria, com quem,, fez piadinha ( levantou o passaporte mostrando a foto do meu filho e perguntou quem era, ela disse, " meu filho", levantou o dela e fez a mesma pergunta,, ela disse "eu" ,, ele disse "eu sei" )... Aih ele fez uma pergunta que ela não sabia responder "Quanto você vai pagar pela viagem"... aih qse ferrou td... mas blz, liberou..
- Na entrevista mesmo, uma senhora,,, so pediu os passaportes, perguntou quem iria junto,, o que eu esposo dela fazia da vida,,, pediu o meu passaporte pra ver,, e desjou boa viagem.

DICAS: - LEVE DINHEIRO, ou CARTÃO,, tem que pagar SEDEX
- LEVE CANETA, sempre tem algo pra corrigir, e para preencher o SEDEX
- NÃO LEVE SEU FILHO PEQUENO, realmente niguem merece eperar 2 horas e meia
- CHEGUE CEDO... as 8 horas estava entrando todo mundo com entrevista ateh as 10:30

Acho q eh isso.... se lembrar de mais alguma coisa eu volto aki pra contar... se tiverem duvidas perguntem,, eu naum desgrudo desse site mais...
Abraços

 


 
Entrevista no Consulado

 mensagem postada em 13/02/2007 - 01:02:26hs
 
 

Boa tarde a todos(as),

Gostaria apenas de compartilhar com os(as) amigos(as) a entrevista que tivemos no dia 26 de janeiro último, perante o Consulado dos EUA/RJ.

Iremos em quatro para os EUA, entre os meses de abril e maio: eu e minha esposa (que já temos visto, válido até o ano de 2008), minha filha (4 anos e que não tinha visto) e meu irmão (17 anos e também sem visto).

Tivemos que agendar duas entrevistas distintas, pois o Consulado não considera parentesco direto a relação entre tio e sobrinha. Em um primeiro momento, as entrevistas foram marcadas para dias e horários distintos, o que muito prejudicaria a minha "tática", pois queria que todos nós estivéssemos juntos na hora da entrevista. Mas consegui re-agendar a entrevista de ambos para o mesmo dia e mesmo horário, o que foi extremamente importante.

Como meu irmão é menor pela lei brasileira, ele foi ao Consulado acompanhado de meus pais (que também já viajaram para os EUA). Eu e minha esposa também estávamos lá, acompanhados de minha pequena filha (que não precisaria sequer ir. Na verdade, quando entreguei os formulários, disseram-nos que ela sequer precisaria ser entrevistada, pois a concessão de seu visto seria automática, em virtude de seus pais já terem visto).

No Consulado, pegamos uma senha única para minha filha (apesar de não precisar ser entrevistada) e meu irmão, pois achei que a presença de toda a família na cabine da entrevista iria contribuir para a concessão de visto para o meu irmão, que se formou no 2º grau, mas não trabalha e não cursa ainda uma faculdade (o próprio agente do Consulado recomendou essa tática, para nos ajudar na obtenção do visto).

Lá chegando para a entrevista (bem arrumados, educados e calmos), perguntaram qual o intuito da viagem e período (turismo) e quem eram os pais da criança (eu e minha esposa). Perguntaram quais eram os nossos trabalhos (advogados). Por nossa parte, apresentamos nossos passaportes e vistos (detinhamos também uma série de outros documentos que porventura provassem a nossa intenção de regressar ao Brasil), no que foi automática a concessão do visto para a minha filha.

Quanto ao meu irmão, também perguntaram quem eram os seus pais. Perguntaram o que ele fazia na vida (estudante) e o curso e a faculdade que pretendia frequentar (medicina na UERJ). Perguntaram se ele viajaria conosco (para Disney).

Resultado: ficamos menos de 5 minutos na cabine e não tivemos que apresentar nenhum outro documento (que não os passaportes). O agente disse-nos que meu irmão, por não ter estudo fixo (não passou no vestibular) conseguiria um visto suficiente para a viagem (6 meses). Minha filha obteve um visto de 5 anos.

Minha conclusão: preconceituosos como eles são, acredito que eles tenham observado bem o nosso perfil (brancos, família unida e de classe média), concluindo que tratávamos apenas de turistas dispostos a torrar todo o nosso dinheiro na terra deles.

Espero que este meu relato possa vir a ajudar a todos(as).
Abraços.




 


 
Flávia C.L.,

 mensagem postada em 04/02/2007 - 05:02:45hs
 
 

O importante para vcs renovarem o visto é levar toda a documentação possível e imaginária. No caso do seu marido, leve a sua declaração pois ele é seu dependente, o comprovante da faculdade com o comprovante da bolsa. No seu caso tb leve seus documentos como os das faculdades onde vc leciona. Vcs podem fazer a entrevista juntos, e por isso qm for melhor pra conversar e mais calmo responde as perguntas. Se tiverem aplicações financeiras, extratos bancários, cartões de crédito internacional, levem tb. Qto mais coisas melhor, mesmo que eles não peçam. Fiquem calmos e respondam somente o que for perguntado. Vcs têm que demonstrar vínculos fortes com o Brasil, como no caso o trabalho de vcs, a faculdade, essas coisas... Qdo fui na minha entrevista fui bem vestida, sem exageros, como se fosse para uma entrevista de emprego. Cabelo bem arrumado, e meu marido de camisa e calça social, barba feita, cabelo bem penteado... espero ter ajudado, qq coisa é só perguntar...

 


 
 
Todas as áreas temáticas do Magic Kingdom estão localizadas no segundo andar do parque (no primeiro andar ficam os Ultilidors) com exceção de Mickey's Toontown, que foi construída após a inauguração do parque.