Visto

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Visto Concedido

 mensagem postada em 25/08/2007 - 04:08:53hs
 
 

Amigos,

no vôo de volta para casa eu e meu marido vinhamos falando que eu "devia" um relato à vcs. Então vai lá...na última sexta-feira dia 24/08/07 fomos ao Consulado em São Paulo, chegamos mais cedo por opção, já que éramos de fora e esperar no hotel ou lá não fazia diferença. O que fez a diferença é que éramos os primeiros da 13:00 hs na fila (nosso agendameento era às 13:00hs) então fomos os primeiros a entrar e os outros agendados para o mesmo horário formaram uma fila longa atrás de nós. Acabamos entrando às 12:30 hs, para dentro do portão, fila 2....um tempinho na rua..detector de metais (ah nós não levamos o celular, mas quem levar tem guarda volumes lá). Então fila 3, agora para conferir os formulários, os nossos estavam quase tudo certo, mas as correções podem ser feitas sem extresse ali mesmo, e se por ventura vc esquecer de preencher algum ou tiver muito errado, não se preocupem lá tem formulários em branco, uma bancada para prencher e os atendentes falam portugues e respondem a perguntas sem grosserias, mas claro não esperem sorrisos. Nessa hora recebemos uma senha que será usada em todo o processo, vamos para fila 4, ah lá dentro nessas filas ficamos em bancos sentados e tem banheiros e lanchonete. Vamos então para pré-entrevista é rápido e é onde eles pegam os formulários e vc senta na outra fila das impressões digitais, nesta fila as senhas não seguem a ordem numérica das senhas, as pessoas ficam apreensivas, mas não fiquem nervosos não nos pareceu que esta "falta de ordem" tenha haver com conceder ou não. Depois fomos para a fila 5, lá a ordem numérica é respeitada, e no nosso caso foi tranquilo, apenas perguntas simples nossos nomes.. Para onde gostaríamos de ir? e no que trabalhavamos? A idade das crianças...e a tão esperada resposta depois de 4 horas VISTO CONCEDIDO...pode passar no sedex. Para alegrar aqueles que estão esperando o dito dia...calma acima de tudo..vi poucas pessoas com visto negado...normalmente sozinhos...no que eu vi nehuma família foi negada...Agora é só preparar a viagem, obrigada a todos.

 


 
*******VISTO CONCEDIDO*******

 mensagem postada em 21/08/2007 - 11:08:48hs
 
 

Vou relatar minha entrevista de visto q aconteceu ontem (20/08/2007), aqui em São Paulo.
Eu e meu marido estavamos agendados às 11:00hs. Chegamos ao consulado às 10:30. Realmente só pode entrar quem está no horario. Se vc chegar muito mais cedo, vai ficar esperando do lado de fora, debaixo de sol ou chuva.
Bem, passamos pelo portão de entrada e logo ficamos em outra fila: para a funcionaria checar se as taxas estavam pagas. Após isto, finalmente entramos no consulado. Logo de cara, vc tem q deixar o celular com os guardas, e passar pelo detector de metais. Finalmente chegamos no setor de visto.
Lá é dividido basicamente em tres grupos:
1º pré-entrevista
2º digitais
3º entrevista
Fomos para a pré-entrevista, onde um funcionário do consulado ía checando se os papéis estavam devidamente preenchidos, grampeando a foto e a taxa do Citibank no formulário. Então, ganhamos a senha de atendimento.
Mais um pouco de fila e fomos para a pré-entrevista.
O entrevistador nem olhou na nossa cara. Perguntor qual o nosso trabalho. Explicamos. Ele perguntou p/ meu marido se ele nunca tinha ído aos EUA. Ele disse q não. Aí ele viu q eu já tive um visto americano. Disse à ele q fui à Disney em 1995. Ele ficou com os nossos documentos e disse p/ aguardarmos p/ recolher as digiatis.
Mais fila.
Fomos então chamados p/ recolher as digitais.
Depois deste processo é que começa a maratona de espera pela entrevista. Três horas depois, fomos chamados.
Quem nos atendeu foi um americano, falando um português bem arrastado, difícil de entender.
Chegamos ao guichê e ele pediu os passaportes e formulários. Ele leu os formulários e nem perguntou para onde iríamos.
Em seguida já perguntou p/ meu marido: Vc trabalha com quê? Meu marido explicou q nós administramos 02 lanchonetes. Ele pediu para ver os contratos das lanchonetes. LEU OS DOIS CONTRATOS INTEIROS. Então, ele perguntou se nós tínhamos outros documentos p/ conprovar vínculos com o Brasil. Demos o documento do carro e perguntamos se ele queria a escritura da casa, mas ele quis só o documento do carro. LEU O DOCUMENTO. Então, ele perguntou se eu trabalhava, e meu marido disse que eu trabalhava junto com ele, administrando as lanchonetes. Então o homem pergunta se temos filhos. Meu marido disse que temos um filho de 1 ano e 8 meses, mas q ele não ía na viagem, pois vamos fazer uma segunda lua-de-mel. O consul ficou calado, olhando os documentos, digitou alguma coisa no computador e, finalmente disse: VISTO CONCEDIDO.
Bem, depois dessa pressão, eu saí de lá chorando! Mas chorando de alívio!!!
Eu queria deixar registrado aqui o q eu vi ontem: havia todo tipo de gente p/ pedir visto: negócios, trabalho, turismo, lua-de-mel, motivos de saúde... Não vi nenhuma pessoa tendo o visto negado. Todo mundo saía feliz das entrevista e ía direto p/ o sedex. Porém, todas as entrevistas - SEM EXCESSÃO - estavam bem demoradas, pois os consuls estavam pedindo diversas documentações. Eu vi famílias, com filhos, índo viajar à turismo, mostrando muitos documentos.
Não era um ou outro consul q cismava e pedia documentos. Todos estavam pedindo e lendo a documentação do povo, porém eu nãi vi ninguém sair de lá sem passar antes no sedex.
Pelo menos é melhor eles pedirem documentos e nos concederem o visto do que simplesmente olhar p/ cara da pessoa e dizer um "sim" ou "não" sem fundamento.

APÓS 5 HORAS DENTRO DO CONSULADO, SAÍ DE LÁ E FUI DIRETO PARA A AGENCIA DE TURISMO, PARA PROGRAMAR MINHA VIAGEM!

 


 
VISTO CONCEDIDO!!!

 mensagem postada em 20/08/2007 - 02:08:54hs
 
 

Obrigado a todos pelas dicas, aki vai o relato da nossa entrevista:
Chegamamos ao consulado do Recife as 7h do dia 17/08 (sexta). Primeiro vc mostra ao guarda da guarita seu comprovante de agendamento, formularios e a foto. So ai ele te da uma senha e deixa vc entrar para passar por um detector de metal(nao pode entrat com balas nem chiclete nao me perguntem pq).
Como estava eu e minha namorada disse que eramos noivos e entao ela(entrevistadora)falou que so precisava um dos dois para mostrar os documentos, inclusive o comprovante de pagamento da taxa do citybank, mas que na entrevista seria separado.
Pre-entrevista:
Entrevistadora: Vcs moram juntos?
Eu: Nao
Entrevistadora: Vao para onde?
Eu: Orlando
Entrevistadora: Ja esteve nos EUA antes?
Eu: Nao
Entrevistadora: Vc e medico?
Eu: Sim
Entrevistadora: Gostaria de solicitar o visto de negocios?
Eu: Qual a vantagem?
Entrevistadora: Vc ira precisar caso queira participar de algum congresso
Eu: Oq preciso fazer?
Entrevistadora: 2 coisas, acrescentar ao motivo da viagem "participar de congressos medicos" e pagar uma taxa de 60 dolares
Eu: Tudo bem vou querer
Entrevistadora: Podem aguardar

Depois esperamos para colocar as impressoes digitais dos 2 indicadores em um sensor optico e ficamos aguardando a entrevista. Como minha namorada so estuda e ainda nao trabalha combinamos que quando chamasse a senha de um dos dois iriamos juntos para a entrevista para ver se colava. Chamaram a senha dela e eu fui junto, antes de chegar no box(sao apenas 2)a gringa perguntou meu nome, se iria viajar tb e qual o parentesco. Eu respondi e disse que eramos noivos e entao ela pegou a minha ficha tb.

A Entrevista:
Gringa: Qual seu nome
Eu: Marcelino
Gringa: Marcelino e Marcela(namorada), OH MY!!
Eu e namorada: riso amarelo
Gringa: Vc faz oq?
Namrorada: Faco faculdade
Gringa: Que curso e onde?
Namorada: resposta
Gringa: Se forma quando?
Namorada: 2010
Gringa: Quanto tempo estao juntos
Namorada: 2 anos e 5 meses(eu nao sabia)
Gringa: Pretendem se casar quando?
Namorada: Quando me formar
Eu: novo riso amerelo
Gringa: Vc e medico?
Eu: sim
Gringa: Trabalha onde?
Eu: resposta
Gringa: Ganha quanto?
Eu: R$
Gringa: Quais as cadeiras q vc esta pagando agora?
Namorada: respondeu 5 e deu branco, ficou repetindo
Eu: engoli seco e fiquei mais nervoso
Gringa: Ta bo ja e suficiente
Eu: respirei
Gringa: seus vistos foram concedidos, pode esperar o caixa abrir para pagar a sua taxa do visto de negocios
Namorada: Obrigada
Eu: ...

ISSO MESMO PESSOAL NAO PEDIU NENHUM DOCUMENTO, NENHUM COMPROVANTE, NADA MESMO.

Esperamos abrir o caixa as 10:15 para pagar a taxa(dinheiro ou cartao de credito internacional) e depois fomos para o balcao do sedex pagar o envio(so com dinheiro)

Durante o tempo que ficamos la so vi um visto ser negado. Foi de um lutador de jiu-jitsu que queria participar de um torneio em Las Vegas e que ja tinha tido seu visto negado 15 dias antes. Todos as outras pessoas que entraram conosco tiveram seus vistos concedidos.

Dicas:
Chegue cedo mesmo que seu agendamento seja apenas as 10h pq oq importa e a ordem de chegada;
Pague antes a taxa no citybank pois vc ganha tempo;
Nao sei se funciona mas o guarda la falou que as sextas sao mais vazias e realmente nessa sexta estava tranquilo;
Tente manter a calma, a entrevista e rapida e nao e esse bicho-papao todo;
Nao minta (a nao ser para dizer que sua namorada e sua noiva, pois no meu caso colou e fizemos a entrevista juntos)
Nao deixe nenhum espaco em branco dos formularios pois la vc tera que preenche-los

Abraco e boa sorte a todos!!!

 


 
Visto S.P - conseguimos

 mensagem postada em 19/08/2007 - 01:08:25hs
 
 

Dia 17/08 partimos (eu e meu marido) para entrevista marcada as 9:30 ... primeiro visto.....primeira viagem internacional...
Chegamos no consulado as 8:30 e havia uma fila enorme fora, ficamos com medo de atrasar a entrevista e ainda nem tinhamos pago a taxa. Logo descobrimos que a fila que estavamos era p entrevista as 11h e que na portaria apresentando o comprovante da entrevista entrariamos..
Outra fila... agora nos chamariam p pagar e enfim entrar...isso nao demorou muito tempo e logo entramos..
Que lugar horrivel!!!...funcionarios gritavam que se algo tivesse em branco o visto seria negado, que não ajudariam a preencher o formulario pois era uma obrigação nossa. Depois de algum tempo e de entregarmos a documentação e tirarmos a digital eletronica, aguardamos a entrevista.. Notei que duas pessoas sozinhas haviam conseguido e aguardamos nossa vez com muito medo de sermos atendidos pela loira que tantos falam. Chegou nossa vez e não era a loira e sim uma mulher que se mostrou bem simpatica e diferente do que eu estava me preparando.
- Me descreva um pouco o objetivo da viagem
- Realizar meu sonho de infancia : Disney world
- No que vc trabalha?
- xxxx
- e seu marido?
- xxxx
- quanto é mais ou menos a renda de voces dois juntos?
(eu me preparava p pegar o imposto de renda)
- não precisa ...é so dizer
- xxxx
- voces tem imovel?
- sim, financiado.
- voces tem filhos?
- não.
De novo solicitaram as digitais ( foi o que mais demorou pois de tão nervosa, meus dedos suavam e não funcionava)
- Estão aprovados..pode passar no guiche p pagar o sedex
Eu não aguentei e como a minha xara Thatha..chorei mto....estava mto feliz e pronta p programar a tão esperada viagem.
Dicas:
- se noivo ou namorado vai pagar a viagem, é melhor dizer que sera alguem da familia e levar os documentos deste
- se for sozinha e puder levar alguem da familia p tirar tb..melhor.
- Não parece existir limite de renda e sim uma combinação de fatores

 


 
Visto

 mensagem postada em 08/08/2007 - 05:08:34hs
 
 

Pessoal, depois de muita leitura resolvi dar a minha contribuição aqui no Fórum.
Segunda feira fui para São Paulo para renovar meu visto e fazer o Visto da minha filha de 3 anos.
Preenchi toda papelada, juntei milhares de documentos e fui para São Paulo, como estou morando em Londrina eu sai Domingo à noite e dormi em São Paulo. Acordei cedo e cheguei no consulado as 7:30, meu horário era às 8h. Na entrada tinha um guarda que mais ou menos organizava a fila, já que todos aqueles que tivessem entrevistas marcadas até as 9 horas poderiam entrar na fila dentro do consulado e os demais horários deveriam aguardar na fila da Rua. Portanto não adianta chegar muito cedo...Recomendo que a taxa do citibank seja paga antes de ir ao consulado, pois se você não pagou terá de aguardar em mais uma fila para pagar a taxa, e se o seu horário for antes das 8:30 de nada adiantara, pois você ficara parada na fila do citibank e as demais pessoas seguirão para iniciarem o processo.
Como muitos já falaram neste site preencham todos os campos, aqueles campos que você não tiver uma resposta coloque “não se aplica” nunca coloque N/A(EU FIZ ISSO), pois a pessoa que vai revisar a documentação falara que “N/A não existe aqui” desta maneira bem simpática....Mas tudo bem....O resto do processo antes da entrevista é tranqüilo.
Eu estava um pouco preocupado, pois sou casado e minha esposa não vai viajar comigo, vou apenas eu e a minha filha, achei que poderia ser meio estranho, e como estou com 29 anos achei que eles fossem fazer algumas perguntas. Levei toda a documentação necessária, IR, carteira de trabalho, registro de imóvel, documento do carro, carteira de trabalho e todos os passaportes que eu tinha (Eu tinha visto para Austrália, China e África do Sul), eu já tinha visto para os EUA, mas já tinha vencido há 10 anos...Com todos os documentos em mãos fui em direção da Janela para entrevista. Para minha surpresa a entrevista não durou 30 segundos, foi assim:
Entrevistador: Quem é a Valentina.
EU: Minha Filha
Entrevistador: A mãe já tem visto?
EU: Não
Entrevistador: Ela não vai junto?
EU: Vamos só eu e ela.
Entrevistador: O que vc faz nesta empresa?
EU: Trabalho na área financeira com derivativos e empréstimos.
Entrevistador: Visto concedido.

E pronto só isso não falei mais nada e não mostrei nada fique até meio atônito.
Resumo eles devem dar uma pré-olhada no seu formulário e depois dependendo da sua atitude na entrevista eles devem fazer algumas perguntas e só.....Se você mostrar que tem vínculos com o Brasil eles não vão encrencar com o seu visto...
Agora é só esperar Novembro Chegar!!!!!Valeu pelas dicas postadas aqui.....Foram de grande ajuda!!!

 


 
Consegui!!!

 mensagem postada em 07/08/2007 - 04:08:32hs
 
 

Sou mais um de muitos que através desse site conseguiram esclarecer inúmeras dúvidas a respeito de como se comportar no consulado, preencher os formulários e muitas outras coisas que ajudam muito a passar essa etapa, que com certeza é a mais frustrante de todas no planejamento de uma viagem!

Hoje fui ao consulado com minha mãe e nós dois tivemos o visto concedido! Não há nada melhor de recompensa após tudo que é feito para consegui-lo!

Segue aqui meus agradecimentos especiais a todos que me ajudaram ou pelo fórum ou por e-mail, em especial a Renata Besagio e José Carlos, que são pessoas de extrema prestatividade. Também agradeço a administração do site pelo excelente serviço com informações atualizadas.

Minha entrevista foi assim:

Estava agendado para hoje (07/08) as 8 hs da manha. Cheguei as 6:40 no consulado de São Paulo e tinha uma pequena fila de pessoas aguardando do lado de fora.

Logo chamaram todas as pessoas que estavam naquela fila para parte de dentro e ali alguns funcionários fizeram a conferência do comprovante da taxa do Citibank.

Após confirmado, passamos pelo detector de metais. Detalhe, não pode entrar com nenhum eletronico, eu tive que deixar o celular e mp4 no guarda volumes. Em seguida, fomos encaminhados para o salão de espera. Lá uns funcionários do consulado passaram de pessoa a pessoa fazendo a conferência dos formulário, foto e grampeando. Tudo que estava errado, eles marcavam uma tarja com caneta verde e era possível fazer o acerto lá mesmo.

Logo após, fomos encaminhados ao guiche da Pré entrevista, que é feito por funcionário Brasileiro, que recolhem os documentos, fazem uma ultima conferencia e entrega uma senha.

Logo, iniciou a fila das digitais. Processo super simples, que é só colocar os indicadores esquerdo e direito em cima de um Scaner.

Finalmente, aguardamos a chamada para entrevista, que era feita através do painel digital, aparecendo o número da senha e guiche que seria realizado.

Após realizada a entrevista, fomos para a fila do Sedex.

Todo esse processo durou por volta de 3 horas. Ou seja, achei eles extremamente organizados, porque pela quantidade de etapas e pela quantidade de pessoas, poderia ter demorado muito mais....

A entrevista...

Diferente do que eu imaginava, uma sala fechada e você se senta e começa a conversar com o consul, o local da entrevista parece mais a bilheteria de um cinema. Você fica do lado de fora e só ve o consul através de uma janela de vidro e comunica-se com ele através de um interfone. No meu caso ele era gringo mas falava em portugues e nos tratou bem.

A entrevista:

Eu e minha mãe no guiche...

Consul: Quem vai viajar com você?
Minha mae: eu e meu filho

O consul pediu pra falar comigo...

Eu peguei o interfone e ele pergunta..

Consul: Quanto tempo trabalha na empresa?
Eu: 3 anos

Consul: tem IR?
Eu: Sim... (e entreguei os documentos a ele.) Detalhe... minha IR não estava com o jogo completo e ele me questionou sobre e eu expliquei que quando eu fiz só consegui imprimir aquela parte. Ele balançou a cabeça como "Ok".

Consul: tem Carteira de Trabalho?
Eu: Sim... (e entreguei para ele).

Consul: Qual seu cargo?
Eu: Meu cargo é tal...

Consul: Estuda?
Eu: Sim. Em "tal" universidade.

Consul: Em que ano irá se formar?
Eu: No ano "tal".

Consul: Seu pai trabalha com o que?
Eu: trabalha em "tal" coisa...

Consul: Seu pai tem visto para o USA?
Eu: não

Consul: Tem parentes no USA?
Eu: respondi Não.

Consul: devolveu minha carteira de trabalho e IR e disse a tão esperada frase!!! "Favor se dirigir ao Sedex".

Agora é só planejar a viagem...

 


 
Liberação de Visto

 mensagem postada em 04/08/2007 - 05:08:42hs
 
 

Lei dos EUA pode liberar turista brasileiro de visto

Os Estados Unidos podem deixar de exigir visto dos turistas brasileiros. Uma lei assinada pelo presidente George W. Bush ontem permite que países "amigos dos Estados Unidos" se candidatem ao programa de dispensa de visto, que possibilita a determinados cidadãos permanecerem 90 dias nos EUA, sem necessidade dessa autorização.
De acordo com o jornal The Wall Street Journal, o Brasil e outros 11 países - Argentina, Chipre, República Tcheca, Estônia, Grécia, Israel, Malta, Eslováquia, Coréia do Sul, Taiwan e Uruguai - podem se candidatar. O porta-voz do serviço consular do Departamento de Estado não quis comentar o assunto, mas afirmou que essa não é uma lista oficial.

Segundo levantamento feito pelo jornal O Estado de S.Paulo, a lei de "Viagem Segura e Cooperação Antiterrorismo 2007" - parte de um conjunto de leis de segurança nacional aprovadas ontem - flexibiliza as exigências necessárias para participar do programa de dispensa de visto, como forma de recompensar aliados dos Estados Unidos. Um dos quesitos examinados é a cooperação do país com o governo americano em "atividades antiterrorismo, compartilhamento de informações e prevenção de viagem de terroristas". A lei também tem como objetivo "fortalecer relações bilaterais".

Hoje, cidadãos de 27 países não precisam de visto para entrar nos EUA. Entre essas nações, estão: Áustria, Austrália, Bélgica, Brunei, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Japão, Liechtenstein, Luxemburgo, Mônaco, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Portugal, Cingapura, Eslovênia, Espanha, Suécia, Suíça e Grã-Bretanha.

Novos critérios

A Secretaria de Segurança Nacional e o Departamento de Estado avaliarão se os países adicionais podem entrar no programa, tendo em vista as exigências menores constantes da nova lei. Mas uma dos requisitos é a reciprocidade, ou seja, o Brasil teria de deixar americanos entrarem no País e permanecerem por 90 dias, sem necessidade de visto.

A lei também flexibiliza o requisito de recusa de vistos. Atualmente, apenas países que têm menos de 2% dos candidatos a vistos rejeitados podem fazer parte do programa. Com a nova lei, o limite passa a ser 10% ou uma taxa de cidadãos do país que ultrapassam o tempo de permanência nos EUA permitido por seus vistos - um limite para isso será determinado posteriormente.

Essas novas regras permitiriam a países como Brasil (13,2% dos vistos recusados em 2006 - no caso, enquadraria-se pelo segundo critério), Argentina (7%), Turquia (15,4%) e Eslováquia (16%) participarem do programa americano.

De acordo com a assessoria do Comitê de Segurança Nacional da Câmara, o Departamento de Segurança Nacional e o Departamento de Estado vão avaliar quais serão os novos países com dispensa de visto. Os órgão vão levar em consideração itens que podem não contar pontos para o Brasil, como padrões de segurança nos aeroportos e imigração ilegal.

Exceção

Mesmo se o Brasil for aprovado para o programa, não serão todos os brasileiros que poderão viajar sem visto para os Estados Unidos. Os cidadãos que quiserem participar do programa de dispensa de visto precisarão se inscrever no sistema de autorização eletrônica de viagem e fornecer informações exigidas pelo Departamento de Segurança Nacional, que então determina se a pessoa pode entrar sem visto no país ou não.

http://br.noticias.yahoo.com/s/04082007/25/manchetes-lei-dos-eua-liberar-turista-brasileiro-visto.html

 


 
Olá Marques!

 mensagem postada em 27/07/2007 - 08:07:39hs
 
 

Com relação a sua dúvida muito já se discutiu no nosso fórum sem que pudéssemos chegar a uma conclusão a respeito.

Ocorre que, parte dos nossos amigos entendem como você que levar as passagens aéreas (ida/volta) e reservas do hotel quando da entrevista relativa ao visto demonstra intenção de retornar a sua pátria. Outros, acreditam que esse comportamento em nada acrescenta a esse tipo de prova, demonstrando inclusive - em caráter negativo - certa presunção da sua parte no sentido que já considera o visto concedido até mesmo antes da entrevista.

A bem da verdade, os americanos sabem que não é pelo fato de um brasileiro apresentar passagens aéreas e reservas de hotel que irá retornar ao Brasil. A bem da verdade, eu mesmo já vi inúmeras famílias que viajaram comigo e que haviam comprado pacotes de viagem completos, áereo e terrestre, incluindo hospedagem, ingressos, etc; e que logo que desembarcaram nos Estados Unidos sumiram do mapa. Aliás, os guias que residem nos Estados Unidos sabem de inúmeras histórias neste mesmo sentido.

Para análise dos seus vínculos com o Brasil será observado:

- passaportes com visto válido de parentes, principalmente de pai, mãe, irmão e marido;
- declaração de imposto de renda;
- extratos bancários;
- matrículas de imóveis;
- certificados de propriedade de veículo;
- carteira de trabalho, holerites;
- contrato social e última alteração (declaração de renda da pessoa jurídica); e,
- outros documentos que demonstrem que a sua vida está fulcrada no Brasil.

Assim, desculpe não poder ajudá-lo indicando qual o melhor caminho a seguir, mas espero que as minhas ponderações possam ter lhe auxiliado de alguma maneira.

Um forte abraço,
Luiz Carlos ºoº

P.S.: Acabo de ler o aconselhamento de Eduardo Borges e considero bastante pertinente, ou seja, leve as passagens e reservas no dia da entrevista, mas apenas apresente caso lhe seja solicitado.

 


 
Visto - Consulado de SP

 mensagem postada em 23/07/2007 - 02:07:53hs
 
 

Fui até o consulado hj, minha entrevista estava agendade para as 9:30. Cheguei com uma hora de antecedência e eles logo chamaram o pessoal com horário até as 10 para entrar.
Após a conferência do pagamento da taxa de U$100 no Citibank somos encaminhados para a revista e para o detector de metais - não é permitida a entrada de qualquer equipamento eletrônico: celulares, palms, cameras.
Começa uma imensa fila aonde são verificados os dois formulários 156/157 e então passamos pela "Pré-entrevista" onde entregamos o passaporte, os formulários e recebemos a senha com a qual somos chamados para as digitais e depois para a tão temida entrevista.
Realmente, os entrevistadores americanos não têm um critério muito bem definido... ou seja, prá uns pedem vários comprovantes e prá outros - como eu - nada foi pedido e a conversa se restringiu a três perguntas...
"Vc é médica?"" , "Tem planos de ir a Congressos no futuro?" e "Vc não deseja um visto de negócios?".
A impressão que tive equanto observava durante o tempo de espera é que para vistos de turismo alguns entrevistadores são chatos mesmo - a tal loira, magra e mal humorada já descrita nesse fórum, me pareceu ser a mais exigente...
Todo mundo leva inúmeros comprovantes... mas como disse antes, para muitos, eles nem saem da pastinha!!!
Ah... leve dinheiro em espécie... o visto de negócios tem um acréscimo de U$60, todos os passaportes são enviados por Sedex... R$16 o mais barato...
Mais um detalhe... se vc usa óculos, tire a foto sem eles... senão vai ter que tirar de novo lá mesmo...
Boa sorte a todos!!!!

 


 
Tirei o visto hoje: RELATO

 mensagem postada em 20/07/2007 - 09:07:32hs
 
 

Pessoal,

Sou do Rio de Janeiro e tirei o meu visto no dia de hoje. Tenho 24 anos, sou publicitário e trabalho em uma multinacional americana.
Meu horário estava marcado para às 13h. Cheguei lá 20 minutos antes e uma grande fila já se formava do lado de fora do consulado. Quando eram 13h15 perguntei ao segurança (brasileiro) que horas iriam liberar a entrada. Este nem olhou na minha cara e respondeu que era "para aguardar".
Começaram a primeira triagem umas 13h20. Tinham umas 100 pessoas na fila e só entraram realmente as que estavam com o horário marcado para às 13h, ou seja, se o seu horário é 10h da manhã, não adianta chegar 3h antes, pois só vão deixar você entrar no horário marcado. Ainda do lado de fora do consulado já pediram para ver a taxa de US$ 100,00 paga no Citibank, e conferiram o meu nome em uma folha de papel (para ver se era mesmo o meu horário).
Mais uma fila do lado de fora, uns 10 minutos de espera, uma policial revistava as bolsas de todas as mulheres: celulares e um monte de coisas são proibidas (sugiro que deixem suas coisas em casa ou no trabalho e levem somente a documentação necessária).
Finalmente entrei no consulado (eram umas 13h40). Detector de metais e mais uma fila, onde um funcionário avisava que a prioridade de atendimento seria para todos aqueles que tivessem com os formulários preenchidos (dica: levem os formulários já preenchidos e com um N/A em todos os campos deixados em branco).
Quando cheguei ao balcão, o funcionário recolheu o meu passaporte novo e os dois passaportes antigos, conferiu o preenchimento dos formulários, destacou o canhoto do pagamento da taxa do Citibank e me deu uma senha, que serviria em um primeiro momento para a coleta de digitais e posteriormente para a entrevista.
A partir desse momento seguiu-se uma longa espera, de aproximadamente 1 hora e meia.
É importante ressaltar que enquanto você aguarda para a coleta de digitais, a sua documentação está sendo re-analisada e você ainda corre o risco de ter que corrigir alguma informação. Se isso acontecer, irá aparecer no painel de senhas o número de um guichê distinto daquele em que estão sendo coletadas as digitais e aí você vai ter que ir até lá, pegar a sua documentação, corrigi-la e aguardar mais uma vez pela sua vez de coletar as digitais.
Depois de coletar as digitais, fui para a espera da entrevista. Quando cheguei haviam 2 guichês de atendimento operando (de 7 disponíveis), mas em determinado momento, um deles fechou, restando apenas 1 (um). A espera foi muito longa e já estava sem paciência quando finalmente chegou a minha vez. O entrevistador foi muito simpático e apenas questionou o fato de eu ter apenas 4 meses nessa nova empresa e poder tirar férias no final do ano. Expliquei que havia feito um acordo e por ser uma agência de publicidade, não teria problema em perder alguns dias de trabalho nessa época. Ele não me pediu declaração de imposto de renda, carteira de trabalho, nada...
IMPORTANTE: O meu entrevistador SÓ FALAVA INGLÊS. Eu falo inglês, portanto, não tive problema algum durante a entrevista, mas acredito que as pessoas que não falam inglês ou ficam nervosas ao ter que falar, devem passar um sufoco com ele.
Depois de passar pela entrevista, fui até o balcão do serviço de courier e tive que pagar uma taxa de R$23,00 para receber o passaporte em casa (os passaportes não são mais entregues no dia, pelo menos aqui no RJ).
RESUMINDO:

1- Foi tudo muito tranquilo, mas muito desorganizado;
2- Vi apenas uma pessoa tendo o visto negado, durante as 4h em que fiquei lá;
3- Esteja preparado para qualquer tipo de pergunta durante a entrevista. Prepare-se também para ter as suas respostas questionadas;
4- Mantenha a calma, pois não é nenhum bicho de 7 cabeças.

Meu último comentário vai para os autores dos relatos abaixo: Saibam que qualquer país do mundo não garante a sua entrada mesmo que você tenha o visto. É assim na Inglaterra, EUA e até mesmo no Brasil. Mas esse é um assunto que não deve nem ser comentado, pois eles não "implicam" com a sua cara. Se acharem que você tem que ser interrogado, responda as perguntas, defenda-se e aproveite as suas férias, pois quem não deve não teme, certo?
Abraço a todos.

 


 
 
Geralmente a Disney emprega a técnica conhecida como "perspectiva forçada" para fazer com que os edifícios pareçam maiores do que são realmente. Contudo, no pavilhão americano (Epcot), ocorreu o inverso, o prédio de 05 andares aparenta ter apenas 02, com o objetivo de manter o estilo da época colonial.