Bagagem - Remédios

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
 
 
RECEITAS

 mensagem postada em 01/12/2011 - 10:12:56hs
 
 

GENTE! EU LEVO REMEDIOS SEM RECEITA SEMPRE, CONTANDO COM A SORTE. LEVO AS QUE TENHO, MEU REMEDIO P/HIPERTENSÃO E DE UM ANTIBIOTICO, O RESTO NÃO TENHO RECEITA E LEVO, UM POUCO NA MALA DE MÃO E O RESTO DESPACHADO. EU NÃO ACHO QUE TIRARIAM MINHA MEDICAÇÃO, SEI LÁ, ACHO QUE TEM MUITA NEURA NESSA HISTÓRIA, INCLUSIVE CARREGO HÁ ALGUM TEMPO NA NECESSAIR DOS MEDICAM.DA MALA DE MÃO UMA SERINGA (neura minha de que pode ser útil em algum momento) E NUNCA APARECEU NO RX.

 


 
Remédios - Femproporex

 mensagem postada em 01/12/2011 - 10:12:59hs
 
 

Isso mesmo Heloísa, o Femproporex é proibido dentro dos EUA. E a partir do dia 10 de dezembro de 2011 a comercialização no Brasil também estará proibida. Portanto, o que já foi comprado, pode ser utilizado. E a partir deste ponto não há nada a ser feito. É uma determinação da ANVISA que até o momento teve contestação pelo Conselho Federal de Medicina, porém sem sucesso por parte deste.
Portanto, se possível não levar tal medicação, mesmo com receita, seja a atitude mais adequada a ser tomada para não perder a medicação. Nem aqui, e nem lá nos EUA.

Espero ter ajudado,

Rodrigo

 


 
Hevelyn, Rodrigo, Nádila, Xirischian

 mensagem postada em 02/12/2011 - 08:12:21hs
 
 

Mas, e se ela quiser levar assim mesmo?? Não sei se essa tipo de medicação por sofrer interrupção assim de repente... Caso ela leve e tenha tb a receita anterior a tal data, assim como a data de fabricação no vidro comprovando que foi manipulado antes de tal data, mesmo assim eles podem reter a medicação??? Acho que não, né?? Grata.

 


 
Remédios - Receita

 mensagem postada em 02/12/2011 - 07:12:25hs
 
 

Oi Heloísa,

O fato de você ter a receita em mãos é um facilitador. No entanto, nos EUA não existem tantas farmácias de manipulação como aqui no Brasil. Se o teu medicamento foi manipulado, pode haver complicação/incômodo se te pegarem. Até explicar que focinho de porco não é tomada, já se foram alguns preciosos cabelos brancos.
Acho difícil pararem e perguntarem sobre um assunto desses, mas é sempre melhor prevenir. Afinal de contas não estaremos em "nosso" país, numa língua diferente (por melhor que você se comunique em inglês), e com pessoas que estão ávidos por descobrir drogas na bagagem de quem quer que seja.
Sobre pararem e efetuarem a retenção das cápsulas, não sei responder. Vai de encontro ao que escrevi acima. Até explicar tudo, chateação nas férias.
Se pudesse escolher entre levar e não levar, obviamente que eu não levaria. Já seria um bom motivo para interromper a medicação, pois ao voltar ao Brasil não poderá mais comprar esse tipo de medicação.

Espero ter ajudado,

Rodrigo

 


 
Wa..

 mensagem postada em 17/12/2011 - 12:12:27hs
 
 

Olha, a única dica que te dou é que você leve com você, ainda mais o atenolol, que é de uso continuo, pois você não vai conseguir comprar lá. Quando viajo sempre levo alguns medicamentos analgésicos, e essas coisas junto, se preferir leve a receita ou uma cópia junto para não implicarem.

 


 
Lentes de contatos

 mensagem postada em 17/12/2011 - 12:12:45hs
 
 

Gostaria de saber se alugém sabe o que fazer neste caso..
Eu uso lentes de contato, porém no voo irei sem elas, me falaram que é melhor ir sem por causa da pressao e tal.. Será que eles no aeroporto poderao implicar com o potinho onde guardo as lentes na solução? Alguém já passou por isso?
Eu nao tenho receita das lentes, apenas da soluçao.

 


 
Fernanda - lentes de contato

 mensagem postada em 17/12/2011 - 12:12:00hs
 
 

Fernanda, eu viajei usando as lentes e não tive nenhum problema. O opt-free e o colírio despachei na mala junto com mais um estojo de lentes. Levei na bolsa um estojo de lentes com um pouquinho da solução (caso precisasse tirar as letes). Não tive nenhum problema. Levei dois estojos pois caso eles implicassem e quissessem jogar fora eu teria outro na mala.

 


 
Jeferson

 mensagem postada em 30/12/2011 - 01:12:13hs
 
 

Lá, o seu direito de comprar remédios é igual a aqui, ou seja, o que for livre de receita, você vai comprar normalmente, se precisar, vai ter que se dirigir a um médico de lá para pegar uma receita. É tudo normal, digamos assim. Agora uma dica: leve remédios que você já toma aqui, ou seja, remédios para dor de cabeça, aspirina, sal de frutas,enfim, essas "bobeiras" que podemos acabar precisando. Eu fiz isso e não tive problema nenhum. Por precaução, levei uma leva de remédios na mala de mão e outra igual na mala despachada, não barraram em nenhum dos casos. Se barrarem, você vai jogar fora e pronto; afinal, se você for usar outro remédio, teria que ir ao médico lá de qualquer forma, né? Remédios, mesmo manipulados, de uso controlado (eu uso um) também podem ser levados, mas leve uma receita, de preferência em inglês, mas também nem implicaram comigo e olha que passei por revista adicional e vistoriaram tudo na mala de mão, viram os remédios e o cara não falou nada.

Espero ter ajudado,
Igor

 


 
Fernanda - lentes de contato

 mensagem postada em 09/01/2012 - 08:01:19hs
 
 

Bom, eles não barram nada da lente, só fique atenta se for levar a solução junto, já que o frasco não pode ultrapassar 100ml na bagagem de mão (qdo viajei não tinha me tocado e não queria jogar fora o líquido já que tinha acabado de comprar, pois bem, tive que correr pra achar 2 frasquinhos de 100ml pra separar a solução)...

 


 
Pessoal que voltou agora

 mensagem postada em 09/01/2012 - 09:01:08hs
 
 

Pessoal, vou viajar em marco com minha irmã e gostaria de saber se preciso de uma receita para cada remédio que levar: analgésico, aspirina, sal de frutas, pomadas, etc.. Além disso eu tomo remédio de uso continuo para hipertensão, devo tam levar a receita? Muito obrigada

 


 
 
O patriotismo de Walt sempre foi evidente em sua obra. Assim, no Magic Kingdom, existem inúmeras bandeiras asteadas nas lojas em Town Square e ao longo da Main Street U.S.A., mas elas foram impressas de maneira a - propositalmente - não terem o número correto de estrelas e listas, com o objetivo de assim não terem que ser retiradas toda noite, como é obrigatório para as bandeiras oficiais.