Companhias Aéreas

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 

O presente tópico se presta para a troca de informações relacionadas as companhias aéreas, mas não para cotação de preços entre agências de viagens (regra "3.1"). Somente é permitido divulgar os preços de passagens praticados pelas próprias companhias, mas peço que informem o link do respectivo site da empresa aérea para que seja possível atestar que não se trata de propaganda (ainda que indireta) de empresa de turismo, o que é vedado pelo regulamento do fórum.
Com relação a disposição dos assentos das aeronaves é recomendado o site SeatGuru - link.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Res: Business Class TAM

 mensagem postada em 10/11/2015 - 09:11:12hs
 
 

Olá Fabios!!!
Eu já fiz no 767-300 e no 777 da TAM. Gostei muito. O link do Mestre Liporace é perfeito! Gosttei muito!
Abs!
Olá pessoal!

Considerando as promoções na Classe Business TAM, gostaria de saber se alguém viajou nessa Classe Business dos aviões 767-300ER e o que acharam da experiência? É realmente bom? Obrigado!

Um abraço a todos!

Fábio
(mensagem de Fabio Galvao)


 


 
Res: A partir de 19/02/16, vôos da Gol para EUA serão sazonais

 mensagem postada em 13/11/2015 - 08:11:27hs
 
 

Mais em Gol encolhe malha; Estados Unidos vira sazonal.
Sds (mensagem de Fabio Liporace)


É uma pena ! Agora, além da Azul ter devolvido as rotas de que tinha acabado de conquistar, a GOL também começa a sair de sena, deixando poucas opções de vôo para os EUA.!!!

Com certeza, fruto do dólar nas alturas e consequente diminuição da demanda de passagens para a América do norte. Mesmo com as promoções não conseguiram cobrir os custos dos vôos em baixa estação.
Quem perde é o consumidor !!

Para especialistas, diante do agravamento do cenário político-econômico, a redução de voos era não só esperada como inevitável. A tendência é que as aéreas se concentrem em rotas mais rentáveis, de maior demanda e tarifa mais elevada.

— Não há economicidade para as empresas aéreas em ficar apenas nas passagens mais baratas. Não adianta carregar mais passageiros, mas apresentar sucessivos balanços negativos. A atitude (para operar durante a crise) é racionalizar o uso da malha, focando nas linhas mais rentáveis.

SDS.

Mais informações relacionadas:
Empresas aéreas cortam voos para manter rentabilidade
empresas aéreas cancelam voo e aumentam preço
Companhia TAM anuncia redução de até 10% de operações

 


 
Com prejuízo recorde de R$ 2 bilhões, Gol suspenderá voos para EUA em 2016

 mensagem postada em 13/11/2015 - 03:11:12hs
 
 

Com prejuízo recorde de R$ 2 bilhões, Gol suspenderá voos para EUA em 2016
Hoje, a Gol opera 14 frequências semanais para Miami e Orlando, com escala no Caribe.
Essas operações serão sazonais a partir de 19 de fevereiro!!!

A Gol deixará de fazer voos regulares para os Estados Unidos a partir de fevereiro de 2016. O anúncio foi feito na quinta-feira (12/11), pela companhia, que divulgou prejuízo líquido de R$ 2,13 bilhões no terceiro trimestre do ano, o maior já registrado em um trimestre fiscal pela aérea, de acordo com dados da Economática. A retirada dos voos para o mercado americano faz parte de uma série de medidas adotadas pela empresa para tentar recuperar sua rentabilidade.

Hoje, a Gol opera 14 frequências semanais para Miami e Orlando, com escala no Caribe. Essas operações serão sazonais a partir de 19 de fevereiro. "Eles não serão mais voos diários regulares. Vamos oferecer essas rotas nos meses em que há mais demanda turística", explicou o presidente da Gol, Paulo Kakinoff. Na prática, as rotas para os Estados Unidos vão funcionar como voos extras para a alta temporada, que poderão ser abertos (ou não) para atender demandas de curto prazo.

A empresa continuará voando para o Caribe, mas a oferta deverá ser reduzida pela retirada dos voos para os Estados Unidos. A companhia confirmou na quinta que voará para Cuba em 2016, ainda sem data definida, e anunciou que pretende ampliar as frequências para a Argentina, especialmente a partir das capitais do Nordeste. "A mudança de cenário econômico exige respostas mais rápidas na nossa oferta de destinos", explicou.

Com o rearranjo da malha, a companhia área reduzirá entre 7% e 8% sua oferta de passagens aéreas nos voos internacionais no quarto trimestre deste ano. A empresa também cortará frequências nos voos domésticos, sem deixar de operar em nenhuma cidade. Ao todo, a empresa promoverá uma redução de 5% a 7% na oferta nacional entre outubro e dezembro.

A decisão de voar menos reduzirá a frota da Gol. A empresa anunciou que vai adiar a entrega de novos aviões e alugar mais aeronaves para empresas aéreas europeias no ano que vem. O anúncio de quinta mostra que a Gol vai intensificar um movimento de retirada de capacidade do mercado, que ocorre como reação à crise econômica. A empresa sente no caixa a pressão do dólar, moeda que define cerca de 60% dos seus custos, e prevê fechar o ano com margem estável a negativa.

A variação cambial também é responsável por 67,5% do prejuízo líquido, fruto da correção da dívida em dólar no balanço financeiro, mas que não afeta o caixa no curto prazo.

Reação
O mercado reagiu bem aos anúncios e a ação da Gol subiu 2,28% na quinta, a terceira maior alta do Ibovespa. Para o analista do banco JPMorgan, Fernando Abdalla, a suspensão dos voos para os Estados Unidos foi correta. "O preço da passagem está muito deteriorado e não cobre os custos da operação", disse, explicando que a Gol deveria oferecer preços ainda mais baixos que suas concorrentes para ser competitiva. Isso porque a rota da Gol tem escala no Caribe, pois o avião não tem autonomia para fazer um voo direto até os EUA.
A Gol começou a voar regularmente aos Estados Unidos no segundo semestre de 2012. De lá para cá, diversas companhias ampliaram a oferta na mesma rota. "Com o dólar alto, o número de passageiros internacionais cai e há excesso de oferta", diz o consultor de transporte aéreo Jorge Leal.
A Azul, por exemplo, voa para Miami e Orlando de Campinas desde dezembro de 2014, mas adiou planos de expansão para os Estados Unidos. Voos para Orlando saindo de Guarulhos e o lançamento de voos para Nova York estão na geladeira.
Já a American Airlines, que oferece 98 voos semanais a partir de dez cidades brasileiras, deixará de voar com regularidade para Curitiba e Campinas em fevereiro. A empresa diz que a decisão é fruto de estudos sobre o desempenho do mercado.

Sds

 


 
Res: Azul - Orlando

 mensagem postada em 14/11/2015 - 08:11:36hs
 
 

Oi Regina bom dia!

Até agora não vi nenhuma notícia a este respeito, apenas que a Azul não vai aumentar os vôos para outros locais dos EUA.

Orlando e Fort Lauderdale continuam da mesma maneira, mas vamos ficar ligados pois a GOL, por exemplo, não voará mais para os EUA.

Abçs,

Alessandra

 


 
Res: Azul - Orlando

 mensagem postada em 14/11/2015 - 12:11:09hs
 
 

Eu acho que a Azul por enquanto não vai alterar a malha para Orlando e Ft. Lauderdale.
Tanto que eles estão ainda investindo muito nos A330, inclusive com novo interior com mais espaço e qualidade de entretenimento a bordo.
Tomara que não.

 


 
Mecânicos de aeronaves de toda a América do Sul enviam carta de alerta ao presidente da LATAM

 mensagem postada em 15/11/2015 - 10:11:45hs
 
 

Os trabalhadores exigem que sejam tomadas providências contra a precarização da mão de obra e alertam sobre a segurança de voo.

Os mecânicos de aeronave de toda América Latina na LATAM (fusão entre a chilena LAN Airlines e a brasileira TAM Linhas Aéreas), elaboraram uma carta ao presidente da companhia aérea, Enrique Cueto, alertando sobre a segurança de voo.

O documento visa relatar as condições em que a empresa vem tratando esta questão com relação aos mecânicos de manutenção e alertar sobre os riscos que estão correndo sobre a vida e a integridade das pessoas que voam nos aviões da companhia.

Os trabalhadores solicitam que sejam tomadas providências sobre a tentativa de substituição de pessoal técnico, com licença para trabalhar em aviões, por encarregados de operação de plataforma, criados somente para baixar custos de manutenção, planos de terceirização que visam precarizar a mão de obra, entre outros pontos.

A carta foi feita durante o encontro dos Trabalhadores da Rede LATAM realizado nos dias 4 e 5 de novembro, em Bogotá, Colômbia.

Leia a seguir no Portal FENTAC/CUT a carta enviada pelos trabalhadores:

Ao presidente da LATAM, Sr. Enrique Cueto

Nos dirigimos a V.Sa. a fim de comunicarmos nossa preocupação em respeito aos riscos que estão correndo sobre a vida e integridade das pessoas que voam nos aviões da LATAM.

O pessoal de manutenção representado por nossos Sindicatos vê com preocupação, determinados feitos, que não respondem a meras coincidências, senão a uma sequência de transgressões ao disposto nas regulamentações de cada país e muitas vezes às regras internas da LATAM, tais como a tentativa de substituição de pessoal técnico, com licença para trabalhar em aviões, por encarregados de operação de plataforma, criados somente para baixar custos de manutenção, planos de terceirização com empresas criadas somente para baixar custos a fim de não cumprir requisitos que não são observados na LAN e projetos, como o denominado MAR (projeto que visa eliminar a inspeção do mecânico quando o avião esta em transito substituindo por um funcionário sem a devida licença para realizar a função) e o SIMPLICITY que visa diminuir os postos de trabalho simplificando a atividade do mecânico e que altera as operações de controle de manutenção na Argentina passando para outra empresa da LAN no Chile ou as referidas cartas que são entregues a alguns mecânicos, predizendo o tempo que cada mecânico levará para reparar um avião, sem ter em conta os imponderáveis que sempre se apresentam e gerando pressões e propensão a falhas sobre o pessoal de manutenção.

Isto posto, consideramos que a política de segurança de voo da empresa está severamente prejudicada por políticas de redução de custos de manutenção, já em vigência em alguns casos e em vias de implementação em outros.

Em incontáveis ocasiões, advertimos aos responsáveis das áreas de manutenção das empresas, sem sermos ouvidos, pelo qual nos isentamos de qualquer responsabilidade por problemas que vierem a ocorrer, responsabilizando a V.Sa. em caso de acidente por problemas técnicos.

Mecânicos de aeronaves de toda a América do Sul da LATAM

 


 
TAM reduzirá vôos para NY e Miami

 mensagem postada em 15/11/2015 - 01:11:57hs
 
 

Para cortar oferta, Latam vai vender aviões e adiar recebimento de jatos

14/11/15

A empresa também vai cancelar voos internacionais em 2016. Ela deixará de operar 4 dos 14 voos semanais de São Paulo para Nova York e três voos de Belo Horizonte e um de Manaus com destino a Miami.

Link

 


 
Res: Viajem

 mensagem postada em 15/11/2015 - 04:11:09hs
 
 

Fábia, com certeza será uma viagem inesquecível.
Você terá tempo para planejar cada detalhe e tornar esses momentos lá ainda mais especiais.
Saiba que no Viajando para Orlando você encontrará valiosas informações e dicas preciosas.
Um cordial abraço,
Fábio

 


 
Res: Voos

 mensagem postada em 27/11/2015 - 10:11:23hs
 
 

Jaqueline bom dia! Viajei com meu esposo pela American agora em novembro. Escolhi a American porque os vôos estavam compensando muito. A média de valor para outras companhias era BEM menor. Porém, lendo diversos relatos negativos sobre a empresa, fiquei com medo do “barato” sair caro, entretanto foi tudo perfeito. Tanto na ida quanto na volta viajamos pela novo boing 777-300 da American (no momento da compra das passagens, dá para verificar qual o avião que fará o trajeto,já tinha lido sobre essa aeronave então busquei viajarmos por ela, realmente)! Serviço de bordo MUITO bom, muito filme e muita opção de distração, telas individuais e super nítidas, limpeza impecável, cara de novo mesmo. As poltronas são mais confortáveis mas o espaço para as pernas ainda deixam a desejar rs... A configuração é 3X4X3. Voaria com certeza novamente pela American!

 


 
PRECOS BONS P/ OUTUBRO

 mensagem postada em 27/11/2015 - 03:11:02hs
 
 

Oi pessoal,

Estou cotando uma viagem para Orlando na semana das crianças em outubro, e tenho pesquisado os valores e achado um pouco altos, principalmente pela Azul que já viajei mês passado e paguei um bom preço.
Gostaria de saber se alguem sabe de alguma promoção ou sabe me dizer se devo esperar mais, já que esta bem longe da data.

Obrigada,

 


 
 
O portal "torii" existente no pavilhão japonês (Epcot) foi baseado no Itsukushima Shinto Shrine e representa a passagem entre o mundo físico e o espiritual.