Cruzeiros

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 

Peço encarecidamente que não se utilizem do presente tópico para a troca de informações relacionadas a cotações de cruzeiros. O Viajando para Orlando é patrocinado pela empresa Orlando Tickets Online no referido segmento - link.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Majesty Of The Seas

 mensagem postada em 19/03/2014 - 02:03:48hs
 
 

Pessoal alguém pode me ajudar?
Eu e meu marido vamos embarcar em no final de abril e estou com uma dúvida quanto a água, fui informada que está inlcuso a água de máquina e se eu quiser comprar garrafas de água mineral posso embarcar com elas? Me disseram que se tentar fazer isso elas ficaram retidas e só me devolveriam no desembarque, alguém sabe como funciona?
Obrigada!!!

 


 
Res: Majesty Of The Seas

 mensagem postada em 19/03/2014 - 10:03:23hs
 
 

Pessoal alguém pode me ajudar?
Eu e meu marido vamos embarcar em no final de abril e estou com uma dúvida quanto a água, fui informada que está inlcuso a água de máquina e se eu quiser comprar garrafas de água mineral posso embarcar com elas? Me disseram que se tentar fazer isso elas ficaram retidas e só me devolveriam no desembarque, alguém sabe como funciona?
Obrigada!!! (mensagem de Danielle Deliberali Amin)


Danielle, eu também vou viajar no Majesty, só que em setembro. Mandei e-mail para a Royal Caribbean perguntando sobre levar bebidas. Eles responderam que pode levar água e sucos, só bebidas alcoolicas que são retidas no embarque (seja no porto de saída, seja nos portos de paradas; neste caso, eles devolvem só no final da viagem).

 


 
Oasis of the seas 12 de abril

 mensagem postada em 27/03/2014 - 10:03:01hs
 
 

Boa noite pessoal,
Já estou na contagem para a lua de mel no Oasis of the seas..
Andei lendo a respeito dos pacotes de bebidas e tudo o mais, porém ainda não consegui chegar a uma conclusão
No meu caso, eu bebo e minha esposa não.
Quais são as dicas?
O que realmente vale e o que não vale a pena?
Devo fzr o pacote de bebidas não alcoolicas para ela?
Vale a pena fzr a aula do flowrider?

 


 
Res: Oasis of the seas 12 de abril

 mensagem postada em 28/03/2014 - 11:03:50hs
 
 

Boa noite pessoal,
Já estou na contagem para a lua de mel no Oasis of the seas..
Andei lendo a respeito dos pacotes de bebidas e tudo o mais, porém ainda não consegui chegar a uma conclusão
No meu caso, eu bebo e minha esposa não.
Quais são as dicas?
O que realmente vale e o que não vale a pena?
Devo fzr o pacote de bebidas não alcoolicas para ela?
Vale a pena fzr a aula do flowrider?
(mensagem de Lauro Sobreira)
,

Lauro,

Vou no dia 20/04 no Indepence of The Seas e comprei um pacote de bebidas Premium que inclui coquetéis alcoólicos e não alcoólicos, cerveja, taça de vinho até 12 dólares, água mineral em garrafa e refrigerantes refil. Comprei só um pacote que vou compartilhar com minha esposa (pois dois não valeria a pena). Sei que não é permitido compartilhar mas pelo que já li, dá para o gasto. No seu caso, enquanto você toma suas bebidas, ela toma refrigerantes.

 


 
Res: Res: Oasis of the seas 12 de abril

 mensagem postada em 28/03/2014 - 10:03:42hs
 
 

Boa noite pessoal,
Já estou na contagem para a lua de mel no Oasis of the seas..
Andei lendo a respeito dos pacotes de bebidas e tudo o mais, porém ainda não consegui chegar a uma conclusão
No meu caso, eu bebo e minha esposa não.
Quais são as dicas?
O que realmente vale e o que não vale a pena?
Devo fzr o pacote de bebidas não alcoolicas para ela?
Vale a pena fzr a aula do flowrider?
(mensagem de Lauro Sobreira)
,

Lauro,

Vou no dia 20/04 no Indepence of The Seas e comprei um pacote de bebidas Premium que inclui coquetéis alcoólicos e não alcoólicos, cerveja, taça de vinho até 12 dólares, água mineral em garrafa e refrigerantes refil. Comprei só um pacote que vou compartilhar com minha esposa (pois dois não valeria a pena). Sei que não é permitido compartilhar mas pelo que já li, dá para o gasto. No seu caso, enquanto você toma suas bebidas, ela toma refrigerantes.

(mensagem de Fernando Carlos Lobato Tenório)



Fernando,
Muito obrigado pela dica.
Estou fazendo o check in on line e irei proceder com isso.
Algo mais que valha a pena?
sou novato em cruzeiros!

 


 
Majesty - Chegada em Miami e 1º Dia

 mensagem postada em 29/03/2014 - 07:03:53hs
 
 

Bom, eu estava devendo esse relato, era nossa primeira vez em Miami e em cruzeiros e peguei muitas dicas aqui e quando voltei acabei esquecendo de postar. Então como eu sou ansiosa e gosto de ver muitas fotos dos lugares vou tentar fazer os relatos o mais detalhado possível, tudo que eu conseguir lembrar posto e claro, muitas fotos.
Eu e meu marido (noivo na época) fizemos esse cruzeiro em Maio de 2012, tem quase 2 anos mas acredito que as coisas não tenham mudado muito.
Compramos a passagem pela TAM GIG-MIA-MCO-GIG, já que depois de Miami iríamos para Orlando. O vôo era direto para Miami e saiu do Rio no sábado à noite e chegamos lá às 6 da manhã e rapidamente já estávamos com todos os procedimentos feitos e as malas em mãos. Só que como contratamos somente uma diária do carro e tínhamos que chegar no porto por volta de 11hs decidimos fazer uma horinha pelo aeroporto para pegar o carro na hora certa para a devolução. Tomamos café no Starbucks, demos umas voltinhas pelas lojinhas do aero e pegamos o Mia Mover para ir para as locadoras pegar nosso carro. Alugamos um Mustang pela Hertz sem GPS já que eu tinha um xing ling aqui e coloquei o mapa dos EUA para ajudar nesse dia, já que em Orlando contaríamos com o GPS do Ronaldo. O GPS era tão ruim que eu tive que ficar quase meia hora do "lado de fora" do aeroporto para ele reconhecer que eu estava lá, mas depois disso foi tranquilo.
Pegamos o carro e fomos pro hotel Holliday Inn Port Of Miami, escolhemos esse por ser perto do porto e a hertz para devolvermos o carro no dia seguinte tinha uma loja perto do porto também. Deixamos as malas lá, já que o quarto não estava pronto e fomos rodar pra conhecer o máximo de Miami, nossa prioridade nesse dia não era compras já que só tínhamos esse dia em Miami, e sim conhecer mesmo o máximo de pontos turísticos possíveis. No dia seguinte saímos do hotel por volta de 8:30, 9:00hs para abastecer o carro e devolver para ir pro porto. Aí começaram nossos problemas, colocávamos no GPS o posto mais próximo e sempre caíamos em algum local sem posto nenhum ou com o posto fechado. Era segunda de manhã e o trânsito estava horrível e estávamos com medo de atrasar pra devolver o carro e acabar tendo que pagar mais uma diária. Achávamos que podíamos devolver o carro até 10hs. Finalmente conseguimos abastecer e o GPS resolveu dar piti e parar de funcionar, estávamos parados no trânsito e o GPS dizia que estávamos andando e o pior, na água, foi um sufoco até ele voltar a funcionar. Aí coloquei o endereço que eu tinha pego da loja da Hertz, só que passávamos pelo local e não existia Hertz nenhuma ali, começamos a ficar um pouco desesperados, demos várias voltas e não existia Hertz, aí paramos em um hotel próximo e explicamos a situação para o pessoal no hotel e eles explicaram pra gente onde era. Era no mesmo local que estávamos, só que de um lado da rua (que era a rua que estávamos passando) não tem placa nenhuma indicativa, é um edifício garagem e na outra rua que o prédio dá é que dá para ver a loja da Hertz, mas a entrada é pela rua que estávamos indo mesmo. Devolvemos o carro e o cara falou que eles dão uma tolerância pra gente na hora de devolver, ufa! Já eram 11hs.
Ficamos na lojinha esperando o shuttle da Hertz que nos levou ao porto junto com outras pessoas. Cada um ia para um navio e eles deixavam cada um na "porta" do seu cruzeiro.
Fizemos o check-in e por volta de 12:00hs estávamos dentro do navio. A cabine não estava pronta, mas já fomos com roupas de banho, mas assim que chegamos fomos ao Windjammer Café almoçar e quando acabamos fomos na cabine e ela já estava liberada, só não lembro se as malas já estavam lá ou se chegaram mais tarde. Mas fomos para a piscina e ficamos lá aproveitando e aí por volta de umas 17hs fomos dar uma cochilada para acordar pro jantar que seria às 21hs, só que não sabemos o que aconteceu com o despertador do celular que não funcionou e acordamos 23hs, não tinha mais comida no Windjammer e perdemos nosso horário no restaurante formal. Aí descobrimos que tinha pizza liberada até 5 da manhã e foi isso que comemos nesse dia.
Lá tem comida o tempo todo, o único horário que não tinha NADA para comer era de 5 às 6 da manhã, de resto tem os horários do Windjammer, o restaurante formal, a pizzaria sorrentos, o Johnny Rockets e uma outra "lanchonete" que falarei mais à frente, o Compress Deli.
Depois fomos ao casino e passeamos um pouco pelo navio, mas é incrível como tudo é calmo, parecia que todos já tinham ido dormir.

















 


 
Majesty - 2º Dia - Nassau

 mensagem postada em 29/03/2014 - 11:03:39hs
 
 

Nossa cabine tinha uma pequena escotilha, o que era bom para sabermos se já estava de manhã, como estava o tempo, etc.
Quando acordei, olhei pela janela e já estávamos em Nassau. Tomamos um café rápido no Windjammer para não perdermos o passeio. Foi um café da manhã horroroso. Fiquei enjoada só de ver as misturebas que as pessoas faziam, com bancon, ovos, linguiça, acreditem, melancia E ketchup. Tudo junto no mesmo prato. Graças a Deus no dia seguintes descobrimos outra opção que contarei no próximo relato.
Sempre que viajamos, costumamos fazer as coisas por conta própria, mas como foi difícil achar informações na internet sobre os locais, preferimos comprar uma excursão pelo navio. Era um city tour que passava no Fort Finscale, escada que a rainha morreu, entre outros lugares que eu não lembro. O passeio deve ter durado cerca de 3 horas e nesse dia o navio ficaria atracado de 8 à meia noite, então tínhamos bastante tempo para passear. Quando voltamos ao porto pegamos um taxi que estava por ali e fomos pro Atlantis, lá você pode passear pelas áreas comuns à vontade, as áreas exclusivas à hóspedes e day users são sinalizadas, então não pagamos nada para conhecer as principais áreas do hotel. Quando saímos de lá fomos andando pela Paradise Island, onde fica o Atlantis, até achar uma praia pública, pois a maior parte da praia em Paradise o acesso é exclusivo dos resorts, e são muitos por lá, então andamos bastante, mas conseguimos parar em uma praia e ficamos lá por um tempo.
Antes da viagem, tentamos fechamos por conta própria um passeio para Blue Lagoon, pois tinha visto que o lugar era lindo, mas quando falamos que estávamos no cruzeiro eles nos informaram que tínhamos que fechar a excursão pelo navio, então desistimos porque era muito mais caro. Mas acredito que se fossemos de taxi lá direto conseguiríamos entrar, como eu nunca tinha ido a Nassau, não sabia distância nem nada, preferimos não arriscar, mas numa próxima visita, tentaremos.
Depois voltamos pro navio e ficamos curtindo a piscina e a jacuzzi e descobrimos a Compass Deli, que é uma lanchonete ao lado do Sorrento's que a princípio achamos que tinha que pagar, mas quando entramos descobrimos que não, e comemos um sanduíche de presunto de parma divino.
Um comentário a respeito da piscina. Eu tinha lido que os homens lá não usam sunga, e quem usa é gay, avisei ao meu marido mas ele ignorou e usou sua sunga. O rapaz da piscina que dava a toalha pra gente no primeiro dia perguntou se éramos irmãos e falamos que éramos noivos e ele ficou falando que não, que éramos muito parecidos. Aí nesse dia meu marido estava na água e eu na espreguiçadeira quando esse rapaz veio falar pra mim que eu tinha um homem maravilhoso, que eu estava de parabéns que ele era lindo. E meu marido que não entendia direito ingles achou que ele estava me cantando, até eu explicar hahahahahaha Mas apesar desse comentário não temos o que reclamar de toda staff do navio, todos muito simpáticos e atenciosos. E no final a sunga serviu para nos apresentar a outros brasileiros pelo navio, pois todos estavam de sunga hahahahaha
Depois fomos pra cabine nos arrumar pois não queríamos perder o jantar novamente. No caminho descobrimos que estava tendo uma feirinha no navio, muitas coisas super baratinhas, comprei uma bolsa e uma pashhmina.
E ainda bem que não perdemos mais nenhum jantar depois desse, pois era maravilhoso e tinha mais um casal na nossa mesa, também eram brasileiros. Acredito que o navio sempre arrume as mesas dessa forma, com pessoas com características semelhantes.
Depois estava rolando uma festinha na piscina e ficamos por lá um tempo antes de dormir.

PS: acho que acabei de lembrar porque eu não tinha feito os relatos antes. É muito chato você perder 30 minutos a toa escrevendo tudo detalhadamente, escolhendo fotos pra na hora de enviar o texto, o site te deslogou e você perdeu tudo que tinha escrito.



















 


 
Majesty - 3º Dia - Cococay

 mensagem postada em 30/03/2014 - 07:03:31hs
 
 

Antes de viajar não encontramos muitas informações sobre Cococay, apenas sabíamos que era a ilha da Royal e que teria alimentação incluída.
Decidimos não fechar nenhum passeio com o navio por causa dos preços altos, e pelo que lembro também não tinham muitos passeios interessantes, apenas Jet Ski, Snorkel, passeios do tipo que não queríamos pagar caro para fazer.

Como falei antes, descobrimos nesse dia que poderíamos tomar café no restaurante onde tem o jantar formal, nossa que alívio, e era gratuito. Lá poderíamos escolher sabores de omeletes que eram preparadas na hora, café com leite, torrada, pão, manteiga, chocolate com leite, comemos coisas que se assemelhassem mais ao nosso café brasileiro. O chato é que nos colocaram numa mesa com um americano que estava comendo \"porcarias\", mesmo o restaurante estando bem vazio rsrsrs.

Descemos na ilha e já de cara a paisagem é surpreendente. Decidimos andar na ilha para ver o que encontraríamos por lá e então demos a volta na ilha a pé, acredito que muitas pessoas não conheçam a parte de trás da ilha, pois não vimos ninguém do navio fazendo esse percurso, só ficaram na praia principal logo na entrada da ilha, não vou nem escrever muito nesse relato, porque acredito que as fotos explicam muito melhor o que é aquele lugar. Depois de tirar muitas fotos voltamos para a praia principal onde estava sendo servido o almoço. Cuidado com os pássaros, uma menina que sentou ao nosso lado teve sua carne \"roubada\" por um deles. Depois ficamos \"lagarteando\" no mar que mais parecia uma piscina.
Resumindo Cococay é um lugar basicamente para relaxar mesmo.

Voltando pro navio estava tendo o concurso de barrigadas na piscina, todo dia tem uma brincadeira na piscina, fica tudo escrito no jornalzinho. Fizemos a parede de escalada, usamos um pouco a academia só para não dizer que não fomos e à noite teve a noite do comandante no teatro. A maioria das pessoas estavam vestidas normalmente, nada muito luxuoso. Eu fui com um vestido simples e meu marido de calça e camisa Polo e a maioria estava da mesma forma. Não nos sentimos mal por terem pessoas mais arrumadas e outras menos, estávamos do jeito que nos deixasse à vontade. Lá foi servido uma taça de espumante gratuita para cada um e o comandante apresentou a tripulação, poderíamos não ter perdido esse tempo, no próximo não sei se iremos.
Depois fomos jantar no restaurante formal, demos uma voltinha pelo navio que novamente já estava bem vazio, todos já tinham ido dormir.

































 


 
Majesty - 4º Dia - Key West e Desembarque

 mensagem postada em 30/03/2014 - 09:03:09hs
 
 

Último dia do nosso cruzeiro. Última parada: Key West. Assim como em Cococay, decidimos não fechar nenhuma excursão com o navio. Primeiro pensamos em fazer o city tour no trenzinho, depois pensamos em alugar uma bicicleta pra dar umas voltas pela cidade e por fim decidimos só andar mesmo sem rumo. Fomos até o Southernmost Point (a "boia" que marca um dos pontos extremos dos EUA, a apenas 90 milhas de Cuba), tiramos umas fotos, depois procuramos uma praia que pudéssemos dar um mergulho, ficamos ali por um tempo e voltamos andando. No caminho de volta paramos no Kermit's Key Lime Pie Shoppe, comer a tão famosa torta de limão que eu tanto li por aqui... e sinceramente foi uma decepção, que torta sem graça, sem doce, prefiro as nossas aqui.
Voltamos para o navio e ficamos pela piscina onde estava tendo o concurso do homem mais forte do mundo, muito engraçado também. Queríamos assistir o famoso pôr do sol de Key West, mas todos deviam estar a bordo às 17:30 e não daria tempo, assistimos do navio mesmo. Quando voltamos pra cabine, estavam lá os envelopes para depositarmos as gorjetas da tripulação (um para cada tripulante), um jornalzinho com explicações sobre os procedimentos para a saída e os horários do café da manhã e eu não lembro se foi nesse dia à noite ou no dia da saída de manhã que tínhamos que levar nossa documentação para uma pessoa, como se fosse uma imigração, e respondíamos algumas perguntas, mas era bem rápido. Decidimos não deixar as malas do lado de fora e sair por conta própria. Depois do jantar, finalmente encontramos uma festa pra ir no navio. Os mais jovens do cruzeiro estavam numa festinha na boate, festa de encerramento. Foi bem legal, mas fomos dormir logo para acordar cedo no dia seguinte, que era dia de ir embora.
Quando acordamos fomos tomar um café bem rápido no Windjammer mesmo para não atrasar a saída, pegamos a mala e passamos pela alfândega do lado de fora do navio, tinha uma filinha, então a sugestão é que saiam realmente cedo para pegar menos fila. Fomos pro ponto esperar o ônibus da Alamo que nos levaria ao aeroporto para pegar o carro rumo a Orlando. Os brasileiros que conhecemos no navio decidiram ir de taxi pro aeroporto, nós decidimos esperar o ônibus, quando chegamos no aeroporto a fila da Alamo estava gigante! Tentamos usar o terminal de auto atendimento, mas ele dizia que aquela reserva não poderia ser concluída pelo terminal, eu tinha que ir ao guichê mesmo. Fomos lá e esse momento foi bem chato, quando pegamos o carro pela hertz não pegamos fila nenhuma e o procedimento foi super rápido. Quando a gente contrata o carro através do Ronaldo da OTO, eu sei que todos os seguros obrigatórios já estão inclusos no preço e que eu não sou obrigada a aceitar mais nada que a locadora ofereça, mas esse atendente foi bem chato. Meu marido não entende muito de inglês e eu não dirijo, então o cara ficava oferecendo as coisas e eu respondendo que não, e ele começou a se irritar e ser grosseiro com a gente, falou que eu não poderia mais responder a nada que ele perguntasse porque eu não dirigiria o carro, então instruí ao meu marido de como responder para dizer que não queria NADA do que ele estava oferecendo. Ele ficou bem irritado de verdade e conseguiu nos irritar também. Da vez que fui direto para Orlando com uma amiga, pegamos o carro através do auto atendimento e não tivemos problema nenhum.





























 


 
Res: Majesty - Chegada em Miami e 1º Dia

 mensagem postada em 31/03/2014 - 03:03:30hs
 
 

Bom, eu estava devendo esse relato, era nossa primeira vez nos EUA e em cruzeiros e peguei muitas dicas aqui e quando voltei acabei esquecendo de postar. Então como eu sou ansiosa e gosto de ver muitas fotos dos lugares vou tentar fazer os relatos o mais detalhado possível, tudo que eu conseguir lembrar posto e claro, muitas fotos.
Eu e meu marido (noivo na época) fizemos esse cruzeiro em Maio de 2012, tem quase 2 anos mas acredito que as coisas não tenham mudado muito.
(mensagem de Debora Zagotto)


Debora,

MUITO BOM esse seu relato! Esse é exatamente o mesmo cruzeiro que irei fazer com a minha esposa e nosso filho em setembro deste ano.

 


 
 
Em Tom Sawyer Island, no moinho - Harper's Mill - observe a engrenagem horizontal e verá um ninho de "bluebird" ("pássaro azul").