Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Nós e a vovó na Disney 15

 mensagem postada em 21/01/2017 - 10:01:29hs
 
 

Depois de passear mais um pouquinho pelas lojas, muito frustrante querem comprar tuuuudo, relutantemente saímos do Beco lá pelas duas horas da tarde. Tínhamos cinco horas para fazer todo o resto do Universal.

Passamos então pela área dos Simpsons. Essa é uma área que também deve ser feita com calma, para apreciar todo o cenário, vale muito a pena se perder pelos ambientes. Acabamos fazendo essa área bem rápido, pois no nosso grupo só eu acho os Simpsons legais e o resto nem sabe muito bem quem eles são. Mas eu não podia deixar batido o simulador dos Simpsons, que eu acho hilário, eu já vou rindo desde o começo da fila. Esse é o simulador que mais chacoalha, tanto é que é campeão em deixar as pessoas enjoadas, acho que não saí nenhuma vez da atração sem ver pelo menos uma ou duas pessoas passando muito mal. Deixei a vó bem avisada dos chacoalhões, mas como ela cresceu no litoral e andou muito de barco, não enjoa nadinha e tirou de letra. Atenção para essa atração: ela contém uma história que começa a ser contada bem no comecinho da fila, cada vídeo, cartaz ou desenho tem a ver com a história e as propagandas são hilárias...eu sempre dou muita risada por lá.

Até então não tínhamos pegado fila nenhuma!!!!!! Acho que se passamos mais do que dez minutos em alguma fila foi muuuuuito, nunca tínhamos pegado esses parques tão vazios, foi bom demais....

Saindo dos Simpsons meu pai queria ir no simulador dos Minios (não me pergunte porque, mas ele só ficou contente quando finalmente entramos na fila). A vó achou os minions muito fofos. Decidimos pular o Transformers e o Sherek. O Twister e o Disaster estavam fechados e serão substituídos pela nova atração do Jimmy Fallow: um simulador em que você vai poder fazer uma viagem por Nova York, deve ser uma atração engraçada, vamos aguardar a abertura...

Claro que a montanha-russa do rock-in-roll não podia ficar de fora, e claro só foi eu e a minha irmã. Na primeira vez fomos na fila normal e estava uns 10 minutos. Boa parte das atrações radicais tem detector de metais na entrada que sempre detectavam os botões da calça da minha irmã!!! Não falhava uma vez e ela tinha que ser revistada de novo.... Nas quatro outras vezes optamos pela fila do single rider já que a fila normal estava aumentando muito e em todas as vezes fomos no mesmo carrinho....

 


 
Nós e a vovó na Disney 14

 mensagem postada em 21/01/2017 - 10:01:43hs
 
 

Continuando nossa segunda-feira de Universal, pegamos o trem após o almoço para chegar no Beco Diagonal. Sempre acho nostálgico o trajeto do trem, ainda que curtinho me faz lembrar muito a minha infância....só fico um pouco triste quando vejo os gêmeos Weasley ainda provocando explosões. Acho que de toda a área do Harry Potter o trem foi a única coisa que a vó realmente achou legal! Agora o caminho que precisa fazer para pegar o trem da Estação de Hogsmeade sentido King’s Cross é bem tortuoso, íngreme e cheio de degraus. A vó teve que ir bem devagar e levou um tempão para vencer as escadarias (ela tem muuuuuito medo de cair em escadas). Com certeza tem acesso para o pessoal com problemas de locomoção. Então vale muito a pena pedir por esse atalho aqueles que têm dificuldade nos degraus. Também recomendo que o trajeto do trem deve ser feito ao contrário: seguir a ordem original Beco Diagonal, estação King’s Cross e Hogwarts é bem mais legal e cheio de surpresas. A vó nem viu o povo desaparecer na parede....mas sinceramente acho que ela nem iria ficar assim tão impressionada.

Eu acho a área do Beco Diagonal a mais legal, desde o barulhinho dos tijolos se movendo na parede da entrada até o céu noturno e sombrio da travessa do tranco. O pessoal caprichou nos detalhes mesmo. Gosto de ir vendo vitrine por vitrine, apreciando cada pedacinho da decoração. Sempre me divirto vendo as crianças (e muitos adultos) fazendo os feitiços com suas varinhas interativas, e claro, o pessoal vestido a caráter. Nossa primeira parada era o Gringotes! Vovó já estava ficando craque nos simuladores e nem ficou tão preocupada. Não que ela tenha entendido alguma coisa do filme que se passou, porque ela claramente dormiu os dois últimos filmes inteiros da maratona, mas ela gostou do dragão.

Por falar em dragão, nesse dia o dragão não estava cuspindo nada...o pessoal ficava todo empolgado esperando em baixo com os celulares e tablets a postos e...nada.... O dragão não bafejou nem um pouquinho de fumaça naquele dia. Fiquei triste pelo pessoal. Na outra vez que fomos não tinha dado muito tempo de tomar o sorvete na sorveteria Florean Fortescue's Ice-Cream Parlour, que minha irmã tanto queria. Então ela não deixou passar em branco dessa vez.

Entrei com eles na sorveteria expliquei todos os sabores (que eram super tradicionais) e cada um pegou uma casquinha. Como tenho intolerância à lactose só dei uma lambidinha para provar o gosto e quer saber...o sorvete é bom como em geral o é nos EUA.

O sorvete americano é muito gostoso porque vai muito leite e gordura, por isso ele é cremoso e não muito gelado com os nossos, não é a toa que se consome sorvete em todas as estações do ano por lá. (Aliás eu recomendo muito a casquinha do Dairy Queen, eu particularmente acho uma das melhores que há, fica a dica!). Mas voltando ao sorvete do parque ele sai muito mais caro para um sabor que você pode comprar no mercado. Não acho que vale a pena pagar lá. Muitas vezes eu aproveitava as promoções no Publix de compra um e leva outro de graça (aliás o Publix vira-e-mexe tem promoções assim tem que ficar de olho mesmo) e o sorvete da marca deles é muuuuuito gostoso. Único problema é guardar, eles nãaaao cabem no frigobar, vai por mim, já tive essa experiência e ela não foi bem sucedida.

 


 
Res: Nós e a vovó na Disney 13

 mensagem postada em 21/01/2017 - 10:01:29hs
 
 

Bom dia pessoal!

Anotei as mesmas dicas, chips de vegetais e re-ride!!!

Ano passado não fomos nos parques da Universal, mas neste ano iremos!!!!

Aliás, alguém tem dicas para crianças nesses parques?!

bjoquinhas
(mensagem de MARILIA MUTZENBERG)


Olá Marilia,

Não sei a idade das crianças, mas com certeza tem muita coisa legal para fazer com elas nos parques do Universal... No Universal tem toda a parte leste do parque que é cheia de atrações voltadas para as crianças, o E.T. O Barnie, O Bob Esponja..., Tem também os simuladores dos Minions, do Sherek (se bem que esse dependendo da idade pode ser assustador). E tem a parte do Harry Potter (Beco Diagonal) que vejo criancinhas super pequenas já vestidas com o uniforme de Hogwarts. No Island of Adventure tem a parte da Marvel que os meninos amam, tem uma atração infantil super legal do Jurassic Park que a maioria dos adultos ficam morrendo de inveja porque só pode entrar acompanhado de crianças, e do lado leste antes do Poseidon Fury (uma atração nada a ver sem pé nem cabeça) tem a parte do Cat in the Hat, Tem também a parte do castelo de Hogwarts e a atração do voo do hipogrifo que é bem legal para as crianças....Assim não falta coisa para fazer com os pimpolhos

Abraços da Mell

 


 
Dois adultos na Disney

 mensagem postada em 17/01/2017 - 10:01:15hs
 
 

Continuação quinta-feira, 1.12.16

A mãe estava faceira sentada na sarjeta, ai do lado dela sentou uma criança com aquelas pinturas faciais de pirata, e ela "adotou" a criança, sem que a mesma notasse. Simplesmente porque todos que passavam na parada faziam questão de chegar perto do piratinha e acho que a mãe ficava mais feliz com isso do que o guri. Detalhe que eu esqueci, na outra vez ela fez isso também, com um menino de uns 3 anos de idade que berrava o nome de todos os personagens que passavam na parada. <.< Depois da parada fizemos umas lojinhas e pegamos o monorail para ir visitar o Grand Floridian (eu queria muito ver a decoração de Natal). mas antes ainda entramos na fila para tirar foto com o papai noel, que queria que nós sentássemos nas pernas dele (pensa num mico... ainda bem que a mãe não quis e, eu, gordinha, óbvio que sentei na cadeira). Aquele tem que ser o Papai Noel de verdade, ele é muito perfeito.

Gente, que hotel mais lindo. eu não conhecia e recomendo muito. Acho que deve ser lindo mesmo sem a decoração de natal, mas com ela ficou perfeito. A árvore ocupa uns 3 andares do prédio, a casinha de pão de ló tem gente vendendo docinho dentro. Tem cast members pra tirar fotos oficiais. E é tudo lindo. Vale muito a pena gastar uns minutinhos do parque para conhecer este lugar incrível. A mãe não quis descer no estacionamento pra largar a varinha, se comprometeu a carregar o tempo todo, e eu não quis ir até o carro só pra pegar casaco (no outro dia que fizemos o MK ficou muito frio na hora dos fogos). voltamos e fizemos os brinquedos que faltavam e os que mais gostamos de novo.

De repente anunciam o início da festa de Natal, já tínhamos pego nossas pulseirinhas na reentrada do MK. Nesta hora marcamos bobeira, estávamos tão felizes que não notamos que o parque estava lotadão, e, quando anunciaram o início do evento fomos até a área do Pete Circus pra tirar foto com os anões da Branca de Neve (lembram que a mãe ama, né?), mas a fila estava dando voltas e mais voltas. Inclusive a foto que eu queria, com o Tio Patinhas, também estava quilométrica. Acho que aquelas pessoas estavam lá desde antes do início do evento, ou talvez os personagens tenham surgido ás 16hs, quando quem tem o ingresso especial já pode entrar, mas vi nos olhinhos da mãe que ela desanimou total, pois se ficássemos na fila (teríamos que escolher uma das duas filas), independente de qual, perderíamos a parada. Ela disse, toda tristonha, para tirar foto de longe mesmo. Ta, mamis, tudo bem, mas voltaremos em outro ano, para a mesma festa de natal, e seremos as primeiras da fila. Promessa feita, foto de longe tirada, fomos para a Main Street.

Que loucura, era gente por todo o lado, não tinha mais lugar para sentar na sarjeta, a mãe ficou desesperada, quietinha do jeito dela. Essa era uma parada que eu queria ver... mas tudo bem, nos apoiamos nas grades dos jardins, perto do castelo, e quando começou a mãe esticava o pescoço todo, tentando enxergar, pra mim não era tão difícil. Ela disse que viu bem, mas já garantiu que ainda vai voltar (nov/2018), e que estava tudo lindo. Fogos especiais de natal (em matéria de fogos eu acho que minha lista de preferência ficou assim, do melhor para o pior, se é que se pode dizer 'pior': Jingle Bang, Epcot Natal, Epcot normal, Wishes normal, Wishes Natal). Não é ruim, óbvio, é lindo, e tri bom ver pelo menos uma vez na vida, mas a música do Wishes normal é mais empolgante.

Estávamos muito exaustas para ficar para a próxima parada, e como ninguém foi embora acho que o parque continuou lotadão. Na próxima vez que formos vamos dar um tempo no meio da tarde para descanso para aguentar até meia noite.

 


 
Res: Nós e a vovó na Disney 13

 mensagem postada em 16/01/2017 - 11:01:29hs
 
 

Bom dia pessoal!

Anotei as mesmas dicas, chips de vegetais e re-ride!!!

Ano passado não fomos nos parques da Universal, mas neste ano iremos!!!!

Aliás, alguém tem dicas para crianças nesses parques?!

bjoquinhas

 


 
Res: Nós e a vovó na Disney 13

 mensagem postada em 15/01/2017 - 10:01:45hs
 
 

Oi, Mell, fazia muito tempo que não passava por este tópico no VPO, mas hoje resolvi entrar e dei de cara com seus relatos, estão ótimos, muito legal vcs terem levado sua avó na Disney, Anotei as dicas da re-ride da Dragon Challenge e dos chips de vegetais do Publix. Obrigada e aguardo os próximos! Bjs

 


 
Res: Nós e a vovó na Disney 13

 mensagem postada em 15/01/2017 - 09:01:42hs
 
 

Concordo com a Maria Tereza! Não desanime não, Mell! Seus relatos estão MARAVILHOSOS!!! Nem tenho viagem marcada ainda, mas entro todo dia neste tópico para ver se tem novidades... Concordo também que está meio parado... Quem sabe lendo os seus, outras pessoas tb se animem em escrever!

Ah! Morri de rir com as perguntas da sua avó sobre a atração do homem-aranha!! Visualizei minha mãe fazendo exatamente as mesmas!

 


 
Res: Nós e a vovó na Disney 13

 mensagem postada em 15/01/2017 - 08:01:04hs
 
 

Olá Mell

Não fique desanimada com o fato do tópico estar tão parado. Continue com seus deliciosos relatos. Se outros membros do VPO colocassem seus relatos, esse tópico bombaria novamente.
Acho os relatos muito úteis, tanto ajudam a quem ainda não foi, como também servem para matar as saudades de quem já foi. Sempre tem novidades por lá.
Suas dicas estão ótimas.

Abs,
Maria Teresa

 


 
Nós e a vovó na Disney 13

 mensagem postada em 13/01/2017 - 11:01:56hs
 
 

Tinha uma fila mais ou menos para os primeiros lugares, como é de praxe, mas os carrinhos iam metade vazios. Como sempre precisávamos ir nos dois lados, utilizando claro o atalho de re-ride (saindo da caverna pelo lado direito há uma plaquinha meio escondida com uma escada de pedra meio escondida que leva novamente à fila sem que você precise sair lá fora e começar tudo de novo). Na terceira vez minha irmã queria muito ir no primeiro lugar e por sorte no lado azul (que eu gosto mais) não tinha muita gente, encaramos a fila. Para calcular mais ou menos o tempo é só dar uma contada em quantas pessoas tem, cada fileira do carrinho tem quatro lugares, então é só contar de quatro em quatro. Só cuidado que às vezes o povo está de turma e acaba indo só três ou algo assim. Nós levamos sorte porque depois de entrar na fila começou a entrar muuuuuuita gente atrás de nós e a fila ficou enoooorme em questão de poucos minutos.

Então já era hora do almoço, e nós munidos dos nossos lanches naturais (só que não tanto assim) feitos em casa. Para acompanhar batata chips e cenouras....isso mesmo...uma das coisas que mais comprava por lá eram as baby carrots (ceunouras bebês), que são pequenininhas e já vem descascadas prontas para consumo. O pessoal usa muito lá para lanche tanto para adultos quanto para as crianças. Então nós compramos no mercado e levávamos porções em snacks ziplocks (aqueles sacos plásticos com fecho, que tem de vários tamanhos, geralmente eu compro ou no Wlamart ou na Dollar Tree). Dica de compras: Compro dos grandes para guardar frutas, legumes e verduras na geladeira, compro dos menores para guardar tudo quanto é tipo de cacareco. Gosto de levar passaportes e documentos importantes nesses sacos, mesmo que a mochila molhe os papéis ficam protegidos. Também uso para organizar as malas e as bolsas, um saco para cabos de eletrônicos, um saco para produtos de higiene, um saco para comidinhas, etc, fica tudo bem organizado, protegido e fácil de achar na bolsa. O tamanho “snack” é super prático tanto para os lanchinhos quanto para objetos miúdos diversos.

Outra super dica de compra: Eu amava comprar chips de vegetais. Isso mesmo, são diversos vegetais tipo batata doce, nabo, beterraba e outras raízes em chips, em geral assados. São deliciosos e super saudáveis. Comprava no Publix, há várias marcas, mas eu gostava da marca Terra, vinha em um saco grande preto com a marca escrito bem grande em branco. Eu compro até para trazer para o Brasil, super recomendo mesmo. Dica de ouro essa.

E assim passamos nossa manhã de segunda no Island of Adventure.

Abraços da Mell

 


 
Nós e a vovó na Disney 12

 mensagem postada em 13/01/2017 - 11:01:22hs
 
 

Então sobre essa atração: ela é super bem desenvolvida tecnologicamente, é de tirar o chapéu! Você entra num jipão, põem o óculos 3D e vai para a ilha numa expedição que acontece umas coisa bem malucas, do tipo perder a chefe da expedição para um pterodáctilus, ser perseguido por dinossauros e salvos por um gorila gigante! Mas de quem foi a idéia de misturar dinossauro com gorila gigante!?! Me senti numa mistura de Jurassic Park com Godzila e George o Rei da Floresta. Foi uma coisa meio sinistra... O interessante (tem pessoas que acharam legal tem pessoas que não gostaram) é que as projeções são de todos os lados. Para qualquer lado que você olhe há alguma coisa acontecendo, o que faz com que você fique perdido sem saber bem para onde olhar. Mas eu acho que isso faz parte da experiência sabe...numa remota situação parecida, do tipo em que seu carro cair do precipício e ficar pendurado pelos cipós, ou na hipótese de você ser perseguido por antílopes mutantes você também se sentiria assim, meio perdido sem saber para onde olhar. Assim achei o simulador legal pela tecnologia que ele proporciona, mas ainda estou meio traumatizada com o roteiro desse filme.....

Ilha misteriosa desvendada era hora de seguir para Hogsmeade.....Infelizmente o simulador do castelo de Hogwarts estava fechado para atualização.........................muitas lágrimas internas vertidas. Mas a boa notícia é que eles estão modernizando o simulador e vai ficar melhor ainda...então quem tem viagem programada para depois da reabertura tem que contar para a gente....Particularmente achava aquele um dos melhores simuladores...Mas dava para fazer o tour por dentro do castelo o que foi legal, pois estava praticamente vazio e andamos bem devagar realmente apreciando a decoração e achando um monte de coisa que não tínhamos visto da primeira vez. Vale muito a pena fazer o tour devagar, deixa o povo passar na frente e aproveite o momento. E ainda que nós estávamos bem empolgados, a vó com bastante frequência deixava transparecer na cara um ar de tédio. Não adianta, aos olhos dela o castelo do tal Harry-que-não-conheceu-os-pais nunca vai ser páreo para o da Cinderela!!!!

Como o simulador estava fechado, depois da sala comunal da Grifinória eles desviaram o tráfego por uma porta e umas escadarias muito legais que davam para uma sala com os quadros dos quadro fundadores de Hogwarts e é bem legal ficar ouvindo eles brigarem entre si e xingarem quem está passando por lá...

Nessa hora o vilarejo já estava bem cheio de gente, e as lojinhas bem abarrotadas. Deixamos os pais e a vó cuidando das mochilas no corujal e fomos para a Dragon Challenge. Eu nunca tinha visto tanta excursão de adolescentes nos parques como dessa vez. Eram hordas e mais hordas de camisetas coloridas padronizadas. Na entrada da montanha-russa tinha um dos responsáveis juntando toda a galera e sem brincadeira, o cara deve ter levado mais de vinte minutos para organizar os adolescentes, se fiz a conta em que a cada atração se perde meia hora antes dá pra fazer umas bem poucos e quase não se aproveita o parque!!!! Mas nós corremos bem a tempo de entrar antes que eles e nem pegamos fila lá dentro.

 


 
 
A Madame Leota - Haunted Mansion (MK) - na vida real foi Leota Toombs - que trabalhava como modelo na Disneyland (Califórnia) - e Walt achou que tinha o rosto perfeito para a atração. Atualmente Leota Toombs pode ser vista - flutuando - na bola de cristal existente num dos cômodos da mansão, mas a sua voz foi dublada por Eleanor Audley.