Planejamento - Seguro Viagem

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

No presente tópico é permitido trocar informações a respeito das principais seguradoras (por exemplo: Assist-Card, Sulamérica, TravelAce, Mondial, GTA, etc), não sendo permitido citar ou indicar empresas que atuem como revendedoras de planos de "seguro viagem" em atenção a regra "3.1".

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Seguro- Sulamerica

 mensagem postada em 19/08/2009 - 10:08:38hs
 
 

Pessoal,bom dia e obrigada pelos esclarecimentos.

Voltamos a falar com nossa atendente Sulamerica e nos foi pedido apenas para preencher um formulário eletrônico e que enviariam um email contendo as informações necessárias. Daí é só imprimir este email e apresentar em caso de necessidade (que claro esperamos não precisar).

Também temos o Visa Platinum e vamos hoje até a gerente verificar direitinho a questão da cobertura. Atendentes "normais" também não souberam dizer.

Será que é desleixo viajar somente com os dois? Fechamos tudo por conta: passagem, hotel, etc. e não temos outro seguro incluso como nos pacotes.

Obrigada
Alfa

 


 
Seguro já cobre gripe suína

 mensagem postada em 19/08/2009 - 04:08:54hs
 
 

Viagens

Tranquilidade

Seguro já cobre gripe suína
Com a doença elevada à categoria de pandemia, as seguradoras abriram exceção para o seu atendimento

TÂNIA RAMOS
Se o seguro de viagem já era recomendado para quem ia botar o pé fora do país, agora, em tempos de pandemia da gripe suína - Influenza A (H1N1), conforme terminologia adotada pela OMS -, é indispensável. Com a manifestação da doença e a consequente debandada dos turistas de destinos internacionais, as seguradoras decidiram, nesse caso, eliminar a "cláusula de exclusão", passando a prestar atendimento à doença.

A vantagem é que, além de ter o acompanhamento médico facilitado nos casos suspeitos da gripe suína em qualquer país do mundo, o viajante segurado ainda vai se livrar de um alto custo de tratamento médico-hospitalar, sempre muito caro no exterior. Estima-se, por exemplo, que o tratamento de uma pneumonia - quadro para o qual pode evoluir a gripe suína - custe cerca de US$ 20 mil nos EUA.

Segundo o supervisor da Travel Ace Assistance em Minas, Vinícius Valadares, a inflação na área médica nos EUA atinge 48% ao ano e, na Europa, pode chegar a 53% o aumento anual sobre a prestação de serviços médico-hospitalares.

Cobertura. Normalmente, os seguros de viagem contêm uma "cláusula de exclusão para fenômenos da natureza, doenças endêmicas e epidêmicas e doenças preexistentes". Mas, com a disseminação da gripe suína, que teve um reflexo imediato na queda das viagens internacionais, as operadoras de seguros de viagem resolveram rever esses critérios de assistência. Desde então, empresas como a Travel Ace Assistance, Assist Card e Global Travel Assistance (GTA), por exemplo, passaram a dar cobertura aos casos suspeitos da doença.

Na hora de contratar o seguro, o viajante precisa ficar atento a dois detalhes. Primeiro, não levar o pacote mais barato - com coberturas que podem variar de US$ 3.000 a US$ 12 mil -, sob pena de, caso venha a ter o infortúnio de se contaminar no decorrer da viagem, não ter limite suficiente para a cobertura integral do tratamento. Segundo, certificar se o plano oferece desde o diagnóstico até o seu completo tratamento.



--------------------------------------------------------------------------------


Caem viagens ao exterior, mas cobertura cresce
Os reflexos da gripe suína no setor turístico, desde que a Organização Mundial de Saúde (OMS) elevou a doença à categoria de pandemia, são um fato. Segundo o gerente Nacional Trade da Assist Card, Peterson Barros, “tem ocorrido uma queda na procura de viagens internacionais, sobretudo para os destinos de neve”.

Em contrapartida, vem se verificando uma maior adesão aos seguros de viagem, comemora o executivo, que atribui tal crescimento à adoção de medidas preventivas por partes dos turistas preocupados com o contágio pela doença.

Em Minas, a seção da Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav-MG) está distribuindo às agências folderes com medidas de prevenção.

--------------------------------------------------------------------------------


Preços
Dos planos individuais básicos aos tops (para viagens de oito dias):
Assist Card

Premium. Cobertura de US$ 100 mil custa R$ 296,40
Classic. Cobertura de US$ 12 mil custa R$ 155

Mais informações:
(31) 3227-0471

Travel Ace Assistance

Exclusive. Cobertura de US$ 150 mil custa US$ 338

Turista. Cobertura de US$ 10 mil custa US$ 51

Mais informações:
(31) 3261-2111

Global Travel Assistance
GTA Mercosul. Cobertura de US$ 3.000 custa US$ 22
GTA Global. Cobertura de US$ 100 mil custa US$ 94

Mais informações:
(31) 3309-9449


--------------------------------------------------------------------------------


Atendimento

Seguradoras custeiam os cuidados médicos
Para viajar com mais segurança, mas sem deixar de lado alguns cuidados básicos (ver detalhes na matéria acima), o ideal é contratar um plano que oferece do primeiro atendimento dos pacientes com sintomas da doença ao custeio do restante do tratamento.

O seguro Global Travel Assistance (GTA), representado em Minas pela Visamundo, “cobre todos os procedimentos médico-hospitalares dentro do limite do plano contratado”, informa o diretor Carlos Quintão.

Segundo o supervisor comercial em Minas Gerais, Vinícius Valadares, a Travel Ace Assistance é outra operadora de seguro que oferece atendimento integral aos seus segurados com suspeita de gripe suína.

Na Assist Card, empresa suíça com 49 centrais no mundo, os segurados com suspeita da doença recebem, imediatamente, atendimento. Depois, se a autoridade sanitária local ou a OMS assumir o caso, a responsabilidade da seguradora cessa, mas reassume se for necessário, explica Peterson Barros. (TR)

Publicado em: 04/08/2009


Fonte:
http://www.otempo.com.br/otempo/noticias/?IdNoticia=117692

Alguém no fórum discorda ou possui informações contráditórias?

Abs,

Jc

 


 
Maria Alfa - Sulamérica

 mensagem postada em 18/08/2009 - 08:08:50hs
 
 

Eu já recebi as credenciais enviadas pela Sulamérica e lá consta o seguinte:

Nos Estados Unidos da América, para utilizar a rede referenciada, ligue
para o número da Central de Atendimento da United Healthcare , para receber
orientação do Hospital a que deve se dirigir, informando a um dos
atendentes os seguintes dados...)


Eu não fui atrás pq no ato da reserva do hotel, já havia fechado um seguro com a Travel Ace e só soube que a Sulamérica nos dava cobertura Internacional aqui no VPO e então resolvi pedir, mas acabei obtendo todas as inf. necessárias pela travel Ace mesmo. Mas fica a dica que se alguém tiver alguma dúvida sobre a cobertura da Sulamérica de tentar atraves dessa United Healthcare. Um abraço!

http://www.uhc.com/news_room/swine_flu_advisory.htm

 


 
Maria Alfa

 mensagem postada em 18/08/2009 - 08:08:39hs
 
 

Eu também liguei na sulamerica para saber do seguro internacional ,e a atendente só soube informar que eu deveria informar os nossos dados e os da viagem para que ela me enviasse uma carteirinha para ser utilizada em caso de urgência no exterior.
A carteirinha tem que pedir com certa antecedência,pedi a minha a uns 10 dias e foi postada hoje.
Fiz também o seguro TravelAce ,este veio junto com o pacote e tenho também o do cartão diner`s.
Sinceramente prefiro não ter que usar nenhum,tenho fé e acredito que dará tudo certo.
Bjs.

 


 
Seguro Sulamerica

 mensagem postada em 18/08/2009 - 02:08:02hs
 
 

Oi pessoal
Temos plano de saúde da Sulamerica e gostaria de saber se alguém aqui também tem o plano e conseguiu mais informações sobre como funcionaria para viagem ao exterior e principalmente a da "gripe".Ou se é necessário contratar mesmo um seguro adicional.
Tentamos contato mas os atendentes não souberam dizer. Vamos viajar com crianças e estamos apreensivos.

Obrigada
Alfa

 


 
Plano de Saúde BRADESCO

 mensagem postada em 18/08/2009 - 09:08:20hs
 
 

Pessoal, tenho plano de saúde BRADESCO. Resolvi ligar lá antes de contratar um seguro e a atendente me falou que temos direito a assistência internacional, atrás do cartão existe um nº de telefone p/vc ligar caso esteja no exterior. Segundo ela, eles indicam o hospital mais próximo onde vc poderá ir. Ela disse tb que em caso de emergencia, que vc não consiga ligar é só pegar os recibos que eles reembolsam as despesas;
O que vcs acham? É arriscado? Alguém já usou o próprio plano de saúde lá?
obrigada

 


 
Seguro que fiz.

 mensagem postada em 18/08/2009 - 09:08:52hs
 
 

Fiz com uma empresa chamada Vital Card.
Me recomendaram e fiz, os preços sao parecidos, porem a cobertura da VitalCard, na compração que fiz foi a melhor.
veja no site deles ou com a agencia de vcs.

abraçao

 


 
Contrato

 mensagem postada em 14/08/2009 - 08:08:18hs
 
 

Olá a todos! Essa semana entrei em contato com a Travel Ace p/ uma outra dúvida (já havia fechado com eles na mesma época em que fiz a reserva do hotel - antes da gripe) e fui informada de que a empresa cobre sim a gripe AH1N1 porém não colocará em contrato, acreditem ou não, pois eles acham que isso "passará logo" (palavras dela) e não há necessidade de alterar contratos (?????)e me falou de uma entrevista que o presidente da empresa havia dado p/ a Folha de SP afirmando sobre a cobertura. Segue o trecho, mas já fui informada de que em caso de briga, a tal entrevista não ajuda em nada.

PREVENIDOS
As vendas da Travel Ace, de assistência de viagens, cresceram 20% depois que a empresa passou a atender turistas com sintomas da gripe A em sua rede credenciada. Segundo Marcelo Fernandez, presidente da empresa, os serviços de assistência médica para viagens não cobrem pandemias, mas a Travel Ace abriu exceção para a gripe suína. A empresa decidiu fazer a cobertura da doença após receber ligações de clientes interessados no serviço. "Tomamos essa decisão para evitar que mais turistas desistissem de viajar por causa da gripe." Vendidos nas agências de viagens, os planos de cobertura para viagens internacionais custam de US$ 51 a US$ 338. A rede de atendimento da empresa inclui 150 países.


E apenas p/ ilustrar, descobri aqui no fórum que a Sulamérica nos dá cobertura internacional. Entramos em contato e mediante datas, local e número de passaporte, nos enviaram uma credencial por e-mail e nela consta que a cobertura fica por conta da United Healthcare.

 


 
Silze

 mensagem postada em 10/08/2009 - 10:08:27hs
 
 

Eu concordo com o vince, desde que a apólice não exclua pandemia, eles tem que cobrir. De qq forma, fecha com uma dessas que dizem que vão cobrir, pois qq problema, depois vc pode reaver seu dinheiro. Eu vou fechar com a segurviaje da mapfre, vou arriscar.

 


 
Silze.

 mensagem postada em 09/08/2009 - 09:08:26hs
 
 

Eu acho que se a seguradora dissesse no contrato que cobre uma doença específica, poderia argumentar que não é obrigada a cobrir as doenças que não mencionar. Creio que a forma correta de considerar a coisa é por exclusão. A seguradora é obrigada a dizer em contrato ou em seu site o que não cobre. A maioria dos planos à venda determina que não cobre pandemias, pronto, estes não pagarão as despesas que ocorrerem após um eventual diagnóstico de gripe suína. A cobertura da Visa Platinum, que já citei aqui, deixa bem claro que não cobre doenças pré-existentes, mas não há qualquer restrição a epidemias ou pandemias. Para mim isto bastou. Mas, graças a Deus, não posso te dizer como foi o atendimento, pois passamos 11 dias de saúde excelente, sem nem um espirro que fosse para assustar.

 


 
 
Apesar dos 11 países que compõem o World Showcase ocuparem uma vasta área ainda existe espaço para mais 7 pavilhões.