Califórnia

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Res: Dicas da Califórnia

 mensagem postada em 04/11/2016 - 09:11:03hs
 
 

Obrigada!!

 


 
Res: Dicas da Califórnia

 mensagem postada em 03/11/2016 - 11:11:19hs
 
 

Olá Gabriela

Já anotei o seu e-mail. Vou enviar o material nesse fim de semana.

Abs,
Maria Teresa

 


 
Res: Dicas da Califórnia

 mensagem postada em 03/11/2016 - 11:11:45hs
 
 

Olá, Se puder pode me mandar também as dicas, deixarei o email no bate papo, Obrigada!

Ola Maria Teresa,
Por gentileza poderia me enviar?
Estou planejando visitar a Califórnia no próximo ano.
Vou deixar meu e-mail lá no bate-papo.

Obrigada

(mensagem de Silvia Neide)


 


 
Res: Dicas da Califórnia

 mensagem postada em 02/11/2016 - 10:11:23hs
 
 

Ola Maria Teresa,

Por gentileza poderia me enviar?
Estou planejando visitar a Califórnia no próximo ano.
Vou deixar meu e-mail lá no bate-papo.

Obrigada

(mensagem de Silvia Neide)



Olá Silvia Neide e Lucy

Nesse fim de semana eu vou enviar o material que eu organizei, com todo o prazer, esperando que seja útil no planejamento das viagens de vocês .

Abs,
Maria Teresa

 


 
Res: Dicas da Califórnia

 mensagem postada em 02/11/2016 - 08:11:40hs
 
 

Ola Maria Teresa,

Por gentileza poderia me enviar?
Estou planejando visitar a Califórnia no próximo ano.
Vou deixar meu e-mail lá no bate-papo.

Obrigada

 


 
Res: Cuidados não tão óbvios nas montanhas-russas (6)

 mensagem postada em 02/11/2016 - 12:11:46hs
 
 

Olá Mell

Estou adorando os seus relatos.
Obrigada por compartilhar.

Abs,
Maria Teresa

 


 
Cuidados não tão óbvios nas montanhas-russas (6)

 mensagem postada em 01/11/2016 - 07:11:20hs
 
 

Usando o app de filas (funciona muito bem e é item de necessidade nos parque para você controlar o seu tempo....você pode baixar gratuitamente da Disney...e também pode usar o wifi do parque gratuitamente, entretanto essa não é uma boa opção já que ele é lento use e abuse dos dados da sua franquia do celular se possível) verificamos que a espera para a California Screamin estava em 15 minutos... Saímos a toda correndo como se não houvesse amanhã atravessando o parque todo em menos tempo do que poderíamos falar Mickey Mouse...( Como o parque não é tão grande até dá para encarar esses deslocamentos, mas tem que tomar cuidado para não perder muito tempo indo de lá para cá )e quando chegamos lá já tinha nego enchendo a fila em 25 minutos. Ainda assim dá para encarar. Essa é uma das maiores montanhas-russas dos parques. Intensidade média para alta. Para quem gosta de montanha-russa é uma boa pedida, para quem gosta de muita adrenalina não é tão radical mas é gostosa. Detalhe importante. Sempre olhe o carrinho antes de entrar e principalmente...coisa que ninguém repara até ser tarde demais... se a trava de segurança, aquela que você puxa contra o tórax está limpa!!! Quando estávamos esperando na fila, entre o pessoal que foi na nossa frente teve uma mulher que ao abaixar a trava de segurança teve um belo de um mal-cheiroso e gosmento presente. E ainda que os cast members correram para limpar e passar álcool o negócio é meio líquido e pode escorrer....Em brinquedos assim vale a pena conferir se o passageiro anterior não deixou um presente involuntário... Outra dica importante...Não deixe para ir na montanha-russa muito tarde, pois ela fecha um pouco mais cedo que as outras atrações por causa do show noturno World of Color.
Então já era hora do almoço. Há muitas opções para comer: desde restaurantes com personagens, lanchonetes e quiosques. No Paradise Pier, perto da Goofy’s Sky School (outra montanha-russa que molha muuuuito, que gostaria de ter ido mas não deu tempo), bem na extremidade leste do parque há uma área bem tranquila e gostosa com restaurantes e mesinhas. Um lugar bem legal para sentar, relaxar um pouquinho na sombra das árvores. AS meninas resolveram comer pizza e massa, eu como boa mão-de-vaca passei o almoço muito bem com os meus lanchinhos e guloseimas compradas no mercado. Descansamos uns minutinhos e bora continuar que tinha muito parque pela frente ainda.
Alí perto no Pacific Wharf, não deixe de visitar The Bakery Tour, onde você pode aprender sobre o processo de panificação e som sorte receber amostras de pão (quentinho recém-saído do forno!!!),e ainda pode degustar chocolate na Ghirardelli...
Passando por frente da atração da Ariel, uma das meninas, que é apaixonada por ela, queria ir, a fila estava em 10 minutos e então resolvemos encarar. É uma atração bem infantil, mas é bonita, bem feitinha. Você senta dentro de uma concha e a concha te leva para dentro do mar...essa parte é legal...parece mesmo que está entrando dentro da água e então vamos acompanhando a história através dos bonecos. Claro que tudo muito bem feito e caprichado como é costume da Disney. Mas se ninguém é tão ligado assim na Ariel, é daquelas atrações só-se-sobrar-tempo.
Decidimos então que era hora de atravessar para o outro parque o Disneyland Resort. A única coisa que realmente fiquei muito pesarosa de não ir foi no Cars Land. Por tudo o que ouvi e li é uma das melhores parte do parque. Infelizmente é a parte mais lotada, por ser atração nova e boa. Na verdade não é só a atração Radiator Springs Racers, que é uma espécie de Test Treck (EPCOT) no deserto, mas toda a decoração a área é muito linda, fielmente ambientada na década de 60. É uma área para se tirar muitas fotos de dia e de noite quando todos os neons se acendem transformando o local totalmente. Se você precisa decidir sobre fastpass ou se tiver que selecionar muito bem as atrações (como nós que tivemos que sacrificar algumas por causa do tempo) aqui vão as imperdíveis: Soarin, Cars Land e World of Color.

 


 
Capas de chuva, Asa Delta e Elevadores (5)

 mensagem postada em 01/11/2016 - 07:11:50hs
 
 

O parque ainda estava tranquilo e a primeira atração que fomos foi o Grizzly Park, que são as corredeiras. Você entra numa boia e vai embora sendo levado pela água... É uma atração similar à Kali River Rapids do Animal Kingdom, só que aqui a decoração (e tente aproveitar para ver a riqueza de detalhes) é do velho-oeste. É uma atração que dependendo da sorte e do lugar que você está poderá sair encharcado. E graças aos meus check-lists eu tinha uma capa de chuva descartável, porém como era a única, acabamos por enrolar as mochilas no centro da boia (muito cuidado com os pertences que não podem molhar como eletrônicos, documentos, etc...). Outra dica importantíssima: o chão da bóia enche de água, dependendo do lugar até os tornozelos, assim, apoie seu calcanhar num degrauzinho embaixo do assento para o pé ficar elevado e sequinho. As camisetas e calças secam fácil, mas o tênis encharcado pode te incomodar ao longo do dia. E como sagitariano é sortudo por natureza eu fui a única a sair risonha e completamente seca da experiência, enquanto minhas amigas inconformadamente saíram pingando das correntezas.
Então era hora de Soarin, que está próximo. Antigamente o passeio do Soarin era apenas no estado californiano, mas agora eles atualizaram e dá para dar a volta ao mundo de asa delta. Muito lindo. Essa com certeza é uma atração imperdível e maravilhosa (vale o esforço do fastpass e se a fila estiver em até 40 minutos também...). Você vai passar por todos os continentes, as paisagens são belíssimas, a muralha da china, os elefantes da África (dá pra sentir o cheiro deles!!!), o Taj Mahal (também dá pra sentir o cheiro...), os cangurus e a Ayers Rock, e por último...o gran finale: As Cataratas do Iguaçú!!! Lindo, lindo....
Saímos disparadas em direção ao Show do Frozen, super em cima do horário, para isso serve fastpass. Aqui você não pode escolher a seção que vai sentar, sua zona já sai marcada no fastpass, mas ainda assim cuidado com o lugar que vai escolher dentro da sua zona. A nossa era a seção extrema direita do primeiro balcão. Cuidado com os balcões!!! Há uma barra de segurança que pode atrapalhar a visão das cinco primeiras filas. Extremos dos lados também podem comprometer a visão de eventos que ocorrem nos lados extremos dos palcos. Assim sempre que possível tente sentar mais próximo dos centros e evitando as barras de segurança. O show em si é bom. Muitos efeitos legais e alguns atores bem inspirados. O meu problema é pessoal com o tema então se você também não é fã de Frozen pode muito bem aproveitar seu tempo em outras bandas, mas se por acaso você ou alguém que te acompanha gosta de Frozen...ainda é magia Disney...
Andando mais um pouquinho ali na esquina fica a Torre! 2016 é o último ano da Torre do Terror da Califórnia, eles vão desativá-las e fazer outra atração por lá. Uma pena porque é um clássico imperdível. Essa torre é a primeira então muitas coisas não são tão detalhadas como na sua torre irmã. A fachada é um pouco diferente, os salões da entrada são iguais, os cast members estavam impagáveis nesse dia. Entretanto o passeio é mais curto. O elevador em Orlando anda de um lado para o outro do hotel, na Califórnia ele só despenca. Ainda assim deu para tirar a foto histórica já que ele não vai mais existir...

 


 
Uma rápida aventura no Califórnia Adventure (4)

 mensagem postada em 01/11/2016 - 07:11:40hs
 
 

Finalmente consegui entrar no VPO de novo....

Chegamos às nove em ponto nos estacionamentos e logo estávamos esperando os famosos trenzinhos. Como muitos já falaram o Complexo Disney na Califórnia é um pouquinho diferente. As entradas dos parques ficam lado a lado e é possível andar de um para o outro. Quem quer economizar pode ficar em um hotel perto do complexo e simplesmente ir a pé sem precisar pagar o estacionamento.
Um ponto muito importante: sou Disneyfreak, toda vez que tenho que planejar uma viagem Disney é a uma das primeiras localizações que pulam na minha mente. Nossa família ama planejar os roteiros, os fastpass, as compras, fazer listas e mais listas para aproveitar sempre o máximo de cada experiência. Então é claro que eu tinha os roteiros meticulosamente preparados, e a lista das atrações imperdíveis. (é impressionante a quantidade de blogs e informações sobre a Disney na Califórnia, achei muito mais do que de Orlando e é engraçado a guerra entre os próprios americanos dos pró-California e os pró-Orlando) Porém ao chegar na entrada eu me dei conta de um fato muito importante: eu era apenas uma convidada! Por mais que eu conhecesse bem o complexo em Orlando eu não seria páreo para a minha amiga que trabalha lá na Califórnia há alguns anos... E mais duas outras amigas que também já tinham ido várias vezes. Guardei meus roteiros no bolso e resolvi simplesmente seguir as meninas. Eu ia simplesmente aproveitar o máximo sem me preocupar com os horários, com os fastpass e com as melhores rotas de uma atração à outra. E essa foi uma das melhores decisões que eu tomei, pois tivemos que fazer os dois parques no mesmo dia então era óbvio que o tempo era limitado bem como o número de atrações que iríamos conseguir aproveitar. Dessa forma eu não ficaria frustrada em não conseguir fazer todos os itens da lista.

Começamos o dia pelo California Aventure. Entramos pelas catracas e fomos correndo pelas ruas (eu estava seguindo as meninas e totalmente sem noção do caminho que estávamos fazendo) até um lugar meio escondido onde ficavam várias maquininhas. Eram os fastpass! Na Califórnia os Fastpass (fp) funcionam diferente: Há locais determinados para se pegar os fp de determinada atração. Quando você chega há uma plaquinha indicando o horário que você pode pegar o fp para aquela atração ou então o próximo horário que será liberado o próximo lote de fp. Você coloca o seu ingresso na maquininha para ler e ela te dá o fp de papel. Nós saímos em disparada pelo parque e fomos em três locais diferentes (e nada a ver!!!) e pegamos os fp para o Soarin, para o show noturno de águas e luzes World of Color e para meu desespero do show do Frozen!!!! (Não que o filme seja ruim, mas eu simplesmente não entendo a epifania e a histeria coletiva que ele produz nesse povo.....) Eu estava arrasada porque antigamente havia o show do Aladdin, nos mesmo padrões do show da Bela e a Fera do Hollywood Studios. E eu sou fanzona do Aladdin, mas eles trocaram o maravilhoso “Nunca teve um amigo assim...” por “Let it goooo.....”. Eu poderia passar totalmente esse, mas as meninas queriam ver então bora lá, independente do que carpem diem... Depois da correia para pegar todos os fp (depois olhando no mapa notei que nós atravessamos o parque praticamente três vezes!!!! E para quem está acostumado a fazer tudo via app antes, tem que tomar cuidado para não perder muito tempo, nós levamos 25 minutos nessa brincadeira e ainda porque minha amiga sabia direitinho onde ficada cada lugar...) finalmente podíamos ir para as atrações.

 


 
califórnia

 mensagem postada em 23/10/2016 - 10:10:30hs
 
 

Boa noite Maria Teresa,
já recebi as dicas, estou adorando.
Muito obrigada por tanta gentileza.
Um grande abraço.
Ana Claudia

 


 
 
Main Street U.S.A. foi inspirada na cidade de Marceline, Missouri, EUA, onde Walt Disney passou parte da sua infância.