Alfândega - Relatos

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

O objetivo do presente tópico é o de servir de espaço para que possamos postar - relatos - sobre as nossas experiências com a alfândega (exclusivamente). Peço que questionamentos sobre a "cota de isenção" sejam reservados para o seu tópico específico - Alfândega - Cota de Isenção.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
?????Res: Cheguei hoje 15/10 GRU

 mensagem postada em 16/10/2014 - 12:10:45hs
 
 

Bom dia,

Estou assustada e indignada com está acontecendo na alfândega brasileira, coisa de país subdesenvolvido, de terceiro mundo. Realmente os assaltos reais não acontecem nos hotéis em Orlando e sim nos aeroportos brasileiros.
Eu só queria saber se é legal revistar carteiras e bolsos. Hilda, se não for invasão de privacidade, o que vc trouxe assim que foi taxado?

Sandra




Cheguei hoje as 4:30 da manhã vindo de Miami com escala em Santo Domingo.



Desembarquei no portão 2

Todos estavam passando as malas pelo Rx, na minha vez, nos pararam e mandaram para o agente.

Ele já estava "vistoriando" outra pessoa, ficamos esperando quase 40 minutos.

Quando foi a nossa vez, ele abriu 2 malas, tirou tudo, quando ele passou para a mala de mão, ele achou todas as notas da viagem.

Pegou todas as notas e falou que iria conferir, com os itens que eu comprei. Eu aleguei que as notas tinham compras pessoais e também de consumo.

Como trouxemos, 2 nutelas, 2 catchup, e cookies, ele disse que como eu estava trazendo as coisas que eu comprei ele não poderia descontar nada.

Pegou as notas, claro que depois de tirar tudo de todas as malas, abriu o excell e colocou nota por nota, combustível, comida, walmart, tudo...

Depois disse que daria um desconto de $200 por uso pessoal.

Detalhe, não tinhamos nenhum perfume, nem celular, nem eletronicos, nada.


Tentei questionar e ele disse que não poderia fazer nada, que eu havia gasto X então teria que pagar.

Ele abria tudo, abria todos os bolsos, peguou a minha carteira abriu e olhou todas as divisórias, me senti muito mal pela invasão.

Ficamos até as 7:30

No final, aquela história,

se não paga, não leva...

Eles estavam parando várias pessoas e sendo muito rígidos...

Beijos a todos.


Pilo
(mensagem de Hilda Cristina Kather Dziaduk)


 


 
Res: Cheguei hoje 15/10 GRU

 mensagem postada em 16/10/2014 - 09:10:59hs
 
 

Mas a pergunta que não quer calar....rs

Quantos obamas morreram nesta brincadeira? (Me desculpe, a indiscrição, mas fique a vontade caso não queira dizer por achar invasão a sua privacidade).


Em termos gerais estavam parando muita gente? Deu para perceber algum foco em especial? Em quantos vocês estavam? Quantas malas?

Abs.


Cheguei hoje as 4:30 da manhã vindo de Miami com escala em Santo Domingo.

Desembarquei no portão 2

Todos estavam passando as malas pelo Rx, na minha vez, nos pararam e mandaram para o agente.

Ele já estava "vistoriando" outra pessoa, ficamos esperando quase 40 minutos.

Quando foi a nossa vez, ele abriu 2 malas, tirou tudo, quando ele passou para a mala de mão, ele achou todas as notas da viagem.

Pegou todas as notas e falou que iria conferir, com os itens que eu comprei. Eu aleguei que as notas tinham compras pessoais e também de consumo.

Como trouxemos, 2 nutelas, 2 catchup, e cookies, ele disse que como eu estava trazendo as coisas que eu comprei ele não poderia descontar nada.

Pegou as notas, claro que depois de tirar tudo de todas as malas, abriu o excell e colocou nota por nota, combustível, comida, walmart, tudo...

Depois disse que daria um desconto de $200 por uso pessoal.

Detalhe, não tinhamos nenhum perfume, nem celular, nem eletronicos, nada.


Tentei questionar e ele disse que não poderia fazer nada, que eu havia gasto X então teria que pagar.

Ele abria tudo, abria todos os bolsos, peguou a minha carteira abriu e olhou todas as divisórias, me senti muito mal pela invasão.

Ficamos até as 7:30

No final, aquela história,

se não paga, não leva...

Eles estavam parando várias pessoas e sendo muito rígidos...

Beijos a todos.


Pilo
(mensagem de Hilda Cristina Kather Dziaduk)


 


 
Cheguei hoje 15/10 GRU

 mensagem postada em 15/10/2014 - 06:10:32hs
 
 

Cheguei hoje as 4:30 da manhã vindo de Miami com escala em Santo Domingo.

Desembarquei no portão 2

Todos estavam passando as malas pelo Rx, na minha vez, nos pararam e mandaram para o agente.

Ele já estava "vistoriando" outra pessoa, ficamos esperando quase 40 minutos.

Quando foi a nossa vez, ele abriu 2 malas, tirou tudo, quando ele passou para a mala de mão, ele achou todas as notas da viagem.

Pegou todas as notas e falou que iria conferir, com os itens que eu comprei. Eu aleguei que as notas tinham compras pessoais e também de consumo.

Como trouxemos, 2 nutelas, 2 catchup, e cookies, ele disse que como eu estava trazendo as coisas que eu comprei ele não poderia descontar nada.

Pegou as notas, claro que depois de tirar tudo de todas as malas, abriu o excell e colocou nota por nota, combustível, comida, walmart, tudo...

Depois disse que daria um desconto de $200 por uso pessoal.

Detalhe, não tinhamos nenhum perfume, nem celular, nem eletronicos, nada.


Tentei questionar e ele disse que não poderia fazer nada, que eu havia gasto X então teria que pagar.

Ele abria tudo, abria todos os bolsos, peguou a minha carteira abriu e olhou todas as divisórias, me senti muito mal pela invasão.

Ficamos até as 7:30

No final, aquela história,

se não paga, não leva...

Eles estavam parando várias pessoas e sendo muito rígidos...

Beijos a todos.


Pilo

 


 
 
Quando você estiver visitando a atração "The Great Movie Ride" durante a cena onde os atores estão caracterizados de gangsteres preste a atenção na placa do carro dos criminosos, você lerá "021 429", que traduzindo para uma data teríamos "02/14/29", ou seja, o exato dia em que ocorreu o conflito entre gangsteres de Chicago denominado de "St. Valentine's Day Massacre".