Compras - versão para os homens!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Alexandre Baima

 mensagem postada em 08/09/2014 - 10:09:27hs
 
 

Alexandre,
Me solidarizo à você...

Acho sim que as autoridades deste pais sempre se utilizam do fato de "serem autoridades" e abusam do seu poder, acham que podem ser grosseiros e muitas vezes agressivos pois se escondem atrás de um distintivo.. São autoridades sim, e por isto, deveriam ser humanas.

Assim como concordo que este governo abusa em nos cobrar impostos absurdos, que by the way, JAMAIS retornam à população como beneficio nenhum, que seria a obrigação deles enquanto governo.

Sou uma pessoa muito correta, odeio a questão do jeitinho brasileiro pra tudo.... odeio suborno, assim como odeio que furem fila.... que parem em fila dupla etc etc etc... Mas eu também odeio o fato de que o governo cobre um imposto de 50% sobre um produto que sequer foi fabricado aqui.... E odeio mais ainda o fato de que muitas vezes o imposto pago é mais caro do que o custo da produção em si.... assim, que ótimo quando as pessoas conseguem passar pela alfandega sem serem pegas... afinal, a gente já é lesado por demais neste pais sem lei que só beneficia a uma minoria corrupta.

E a propósito, a gente não pode nem protestar mais.... haja visto os episódios que aqui ocorrem quando há qq tipo de manifestação.

Um abraço e NAO deixe de nos ajudar... te conheço de longa data aqui no fórum e você, assim como é o Roberval, Fabio, etc.. sempre foi de grande ajuda.

Abraço,
Lota

Talvez você não tenha entendido o contexto da situação, em nenhum momento eu falei que TODAS as pessoas (autoridades) são assim, nem muito menos quis em momento algum desrespeitar as autoridades, que na sua grande maioria da corporação tem feito muito bem o seu papel/trabalho de forma educada e atenciosa, porém infelizmente em QUALQUER segmento, existem pessoas que não seguem o mesmo "caminho"...

E, caso você não tenha entendido, em nenhum momento eu falei em DESCUMPRIR o dever, muito pelo contrário, minha opinião é sempre que se cumpra o dever de pagar os impostos e taxas e não de agir querendo "se dar bem".

Meu questionamento foi que algumas vezes nos deparamos com uma fiscalização que tem um certo poder subjetivo, e, exagera na aplicação do mesmo, como você pode verificar em alguns relatos de colegas do VPO, por isso fiz a citação que pode-se pegar "as vezes se pega aqueles chatos e mal amados..."

Nunca disse que o certo seria desrespeitar as leis vigentes do pais, nem que as autoridades NÃO deveriam cumprir o seu papel (dever), e realmente quem desrespeita as leis está errado.

Dessa forma, sua colocação é escusa e desnecessária, além do que cada um tem uma opinião ou conhecimento diverso de situações práticas que possam ter vivenciado ou tenham conhecimento.

Com isso, você pode concordar ou não, assim como os demais, essa é nossa liberdade de opinião, mas não precisa agir da forma grotesca que você usou para se referir a meu post, pois no fórum existe uma liberdade de opinião, e em momento algum lhe ofendi ou busquei ofender as autoridades aduaneiras como você se referiu.



"chatos e mal amados." não Alexandre!

Voce deveria respeitar a autoridadeaduaneira do seu país. Eles estão lá para cumprir o seu dever.

Quem está errado é quem desrespeita a lei. Se a lei não te agrada, então lute para que elas sejam mudadas!
(mensagem de Eduardo e Cristiane)



(mensagem de Alexandre Baima)


 


 
Alexandre Baima

 mensagem postada em 08/09/2014 - 10:09:49hs
 
 

De qualquer forma, independente do que venha a ser dito àqueles que desconhecem ou possuem dúvida quanto à alfândega, apreciamos a sua capacidade e vontade de ajudar.

Eu trarei meu Macbook Air e tentarei passar sem declarar, é uma OPÇÃO minha. Se for pego assumo a multa.

Mais uma vez, eu e 99% do fórum agradecemos. Leio constantemente sua participação na tentativa de ajudar os outros, e mesmo se ver algo que não gosto, não me manifestarei.. afinal, limitar-se a criticar ou corrigir é mais fácil!

 


 
Eduardo e Cristiane

 mensagem postada em 08/09/2014 - 10:09:51hs
 
 

Talvez você não tenha entendido o contexto da situação, em nenhum momento eu falei que TODAS as pessoas (autoridades) são assim, nem muito menos quis em momento algum desrespeitar as autoridades, que na sua grande maioria da corporação tem feito muito bem o seu papel/trabalho de forma educada e atenciosa, porém infelizmente em QUALQUER segmento, existem pessoas que não seguem o mesmo "caminho"...

E, caso você não tenha entendido, em nenhum momento eu falei em DESCUMPRIR o dever, muito pelo contrário, minha opinião é sempre que se cumpra o dever de pagar os impostos e taxas e não de agir querendo "se dar bem".

Meu questionamento foi que algumas vezes nos deparamos com uma fiscalização que tem um certo poder subjetivo, e, exagera na aplicação do mesmo, como você pode verificar em alguns relatos de colegas do VPO, por isso fiz a citação que pode-se pegar "as vezes se pega aqueles chatos e mal amados..."

Nunca disse que o certo seria desrespeitar as leis vigentes do pais, nem que as autoridades NÃO deveriam cumprir o seu papel (dever), e realmente quem desrespeita as leis está errado.

Dessa forma, sua colocação é escusa e desnecessária, além do que cada um tem uma opinião ou conhecimento diverso de situações práticas que possam ter vivenciado ou tenham conhecimento.

Com isso, você pode concordar ou não, assim como os demais, essa é nossa liberdade de opinião, mas não precisa agir da forma grotesca que você usou para se referir a meu post, pois no fórum existe uma liberdade de opinião, e em momento algum lhe ofendi ou busquei ofender as autoridades aduaneiras como você se referiu.



"chatos e mal amados." não Alexandre!

Voce deveria respeitar a autoridadeaduaneira do seu país. Eles estão lá para cumprir o seu dever.

Quem está errado é quem desrespeita a lei. Se a lei não te agrada, então lute para que elas sejam mudadas!
(mensagem de Eduardo e Cristiane)


 


 
 
O portal "torii" existente no pavilhão japonês (Epcot) foi baseado no Itsukushima Shinto Shrine e representa a passagem entre o mundo físico e o espiritual.