Planejamento - Dinheiro, Cartão, Travel Check e Cartão Pré-Pago Internacional

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

Este tópico se presta para que os usuários possam trocar informações e sanar dúvidas sobre a utilização de dinheiro, cartão de crédito, travel check e VTM, mas não para a divulgação de produtos ou cotação de preços.
Quanto ao cartão pré-pago internacional, tendo em vista a proibição da citação de empresas ("3.1") bem como reclamações ("3.3"), antes de adquirir tal produto não deixe de verificar os comentários postados pelos internautas no site Reclame Aqui - link.
Não é permitida a citação de empresas de câmbio no presente tópico em obediência ao nosso regulamento (3.1).
Para informações a respeito da cotação do dólar valham-se de outros veículos de informação como UOL, Terra, ou qualquer outro de sua preferência. Evitando utilizar o presente tópico apenas para tal finalidade.
Destaco ainda que o nosso fórum não se presta para qualquer discussão relacionada a política econômica, partidos políticos e assuntos análogos.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Res: Não desistam!

 mensagem postada em 13/09/2015 - 10:09:28hs
 
 

Gente,

Eu e minha esposa vamos voltar à Orlando em maio do ano que vem e só compramos a passagem até agora. Estou muito resiliente e o foco é manter a viagem com replanejamento. Em meia hora conversando, já diminuímos em uns 3 mil reais, basicamente tirando dinheiro para compras e comida, e pegando o carro mais barato disponível, entre outras coisinhas.

O problema é que como já compramos as passagens ficamos presos à quantidade de dias (20 dias). Se fosse comprar hoje, com certeza compraria um período bem menor. Às vezes torço não é nem para que o dólar baixe, mas parando de subir já estaria de bom tamanho.

O que fizemos foi estabelecer um valor total da viagem em reais, somando todos os gastos com a viagem (de passagem à comida, passando por táxi para o aeroporto). Estabelecemos o limite de 33 mil reais (os dois juntos, claro). Daí vamos comprar a quantidade de dólares que der com esse dinheiro e vai ser isso e pronto! Infelizmente não dá para planejar em dólar do jeito que o câmbio está.
(mensagem de José Brasiliano de Oliveira Neto)


Não estou com viagem marcada agora, mas minha irmã está e com vários dias em Orlando. Com o alto custo do dólar, sugeri a ela fazer um cruzeiro.
Em um navio bom, tem programação todos os dias e todas as refeições são incluídas. Eu fiz Oasis Of the Seas, saindo de Ft Lauderdale. São 7 dias de cruzeiro pelo Caribe, dezenas de restaurantes, shows padrão Broadway, surf a bordo, escalada, pista de patinação no gelo e muitas atividades o dia todo. E o preço é bem atrativo.
Tem passeios saindo de Miami, Ft Lauderdale, Tampa e de outras cidades da Florida.
Fica a sugestão para quem precisa racionalizar os custos, mas não quer deixar de aproveitar muito.

 


 
Res: Não desistam!

 mensagem postada em 12/09/2015 - 07:09:08hs
 
 

Gente,

Eu e minha esposa vamos voltar à Orlando em maio do ano que vem e só compramos a passagem até agora. Estou muito resiliente e o foco é manter a viagem com replanejamento. Em meia hora conversando, já diminuímos em uns 3 mil reais, basicamente tirando dinheiro para compras e comida, e pegando o carro mais barato disponível, entre outras coisinhas.

O problema é que como já compramos as passagens ficamos presos à quantidade de dias (20 dias). Se fosse comprar hoje, com certeza compraria um período bem menor. Às vezes torço não é nem para que o dólar baixe, mas parando de subir já estaria de bom tamanho.

O que fizemos foi estabelecer um valor total da viagem em reais, somando todos os gastos com a viagem (de passagem à comida, passando por táxi para o aeroporto). Estabelecemos o limite de 33 mil reais (os dois juntos, claro). Daí vamos comprar a quantidade de dólares que der com esse dinheiro e vai ser isso e pronto! Infelizmente não dá para planejar em dólar do jeito que o câmbio está.

 


 
 
O Marrocos foi o primeiro país a reconhecer os Estados Unidos como país independente. No seu pavilhão no Epcot, mais especificamente no restaurante Marrakesh você encontra numa parede (área de espera) uma réplica de uma carta trocada entre o sultão Mohammed III e o presidente George Washington.