Planejamento - Dinheiro - Limite - e-DPV

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

Este tópico se presta para que possamos trocar informações relacionadas ao limite de numerário que podemos levar na viagem sem a necessidade de fazer competente declaração. A Declaração Eletrônica de Porte de Valores (e-DPV) deverá ser apresentada pelo viajante, por meio da internet, no endereço eletrônico - link. Não para a troca de informações relacionadas a cotação do dólar, nem para declinar o nome de empresas.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Jair - resposta dúvida é na saída do Brasil, não na entrada nos EUA

 mensagem postada em 06/01/2015 - 09:01:34hs
 
 

Revirei o site e não achei a penalidade, apenas diz que viajantes com mais de 10.000 reais em espécie deverão declarar, mas a penalidade não tem, no mais o dinheiro foi comprado regularmente no banco do Brasil e na CEF, tenho os recibos de compra e vamos em 4 pessoas, sendo assim não estamos levando mais de 40.000 e sim pouco menos de 7000 por pessoa.



Pois é pessoal, a dúvida é pertinente a saída do Brasil, não na entrada nos EUA, quando saímos do BRASIL com mais de 10.000 reais equivalentes em dólares devemos preencher o e-DBV e entregar a Receita Federal aqui no Brasil entenderam? o que eu queria saber é se pode dar algum problema se eu sair com 10.000 dólares o que daria algo em torno hoje de 27.500 reais e não fizer o e-DBV, se for pego aqui no Brasil.

Valeu galera, obrigado.
(mensagem de JAIR LEDSON FERREIRA DE MORAIS)


Você pode encontrar a penalidade de não declarar saída de valor superior a R$10.000,00 no site da receita ( receita.fazenda.gov.br ).


(mensagem de Mario Martins)



(mensagem de JAIR LEDSON FERREIRA DE MORAIS)


Aí está a resposta:

A Receita Federal alerta: quem não fizer a declaração pode sofrer punição. “Os declarantes que não declararem e forem pegos pela fiscalização estão sujeitos ao perdimento da moeda do valor acima do correspondente aos R$ 10 mil, e ainda, na saída, a pessoa comete o crime de evasão de divisas. Então a pessoa é conduzida para a polícia federal, que deverá fazer o flagrante do crime de evasão de divisas, que é punível, com a reclusão de dois a seis anos de prisão”, explica Frederico Vasconcellos, chefe da alfândega do Aeroporto de Guarulhos.
E o turista precisa tomar cuidado redobrado ao viajar com grandes quantias de dinheiro em espécie. Além da declaração a ser feita aqui no Brasil, vai precisar declarar também na chegada ao país de destino. E cada um tem a própria regra e limite.
Nos Estados Unidos, por exemplo, o limite de porte de dinheiro vivo é de US$ 10 mil. Ao chegar ao país você recebe um formulário. E há um campo em que precisa dizer se está trazendo a quantia ou o equivalente em cheques de viagem. Caso o turista falhe em fazer a declaração e for pego pelas autoridades, o dinheiro vai ser confiscado, e o viajante terá que responder criminalmente à justiça americana.

 


 
Res: Nelson e Thiago, a dúvida é na saída do Brasil, não na entrada nos EUA

 mensagem postada em 06/01/2015 - 06:01:23hs
 
 

Revirei o site e não achei a penalidade, apenas diz que viajantes com mais de 10.000 reais em espécie deverão declarar, mas a penalidade não tem, no mais o dinheiro foi comprado regularmente no banco do Brasil e na CEF, tenho os recibos de compra e vamos em 4 pessoas, sendo assim não estamos levando mais de 40.000 e sim pouco menos de 7000 por pessoa.



Pois é pessoal, a dúvida é pertinente a saída do Brasil, não na entrada nos EUA, quando saímos do BRASIL com mais de 10.000 reais equivalentes em dólares devemos preencher o e-DBV e entregar a Receita Federal aqui no Brasil entenderam? o que eu queria saber é se pode dar algum problema se eu sair com 10.000 dólares o que daria algo em torno hoje de 27.500 reais e não fizer o e-DBV, se for pego aqui no Brasil.

Valeu galera, obrigado.
(mensagem de JAIR LEDSON FERREIRA DE MORAIS)


Você pode encontrar a penalidade de não declarar saída de valor superior a R$10.000,00 no site da receita ( receita.fazenda.gov.br ).


(mensagem de Mario Martins)


 


 
 
Os imagineiros da Disney utilizam com freqüência uma técnica de construção denominada "Forced Perspective" ("Perspectiva Forçada"). Todos os prédios de dois andares no Magic Kingdom foram construídos com a utilização desta técnica, em Main Street U.S.A., é possível notar que os prédios parecem ter 03 andares, quando na realidade tem apenas 02.