Alimentação - Dicas

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Res: TSA permite entrada de água na área segura dos Estados Unidos para viajantes com bebês

 mensagem postada em 11/12/2014 - 08:12:46hs
 
 

O problema que se antevê nisso é a contaminação da água pelo Raio X.

Se o passageiro desejar realmente levar agua em grande quantidade para dentro do vôo, seria ideal levá-la já na mão e não deixar passar pelo raio X, pois embora a quantidade de raios ionizantes seja baixa, irá se acumular na água e seus filhos estarão bebendo água rádio-ativa !

Como os amigos sabem, há dois tipos de radiação: não-ionizantes e ionizantes. Radiação não-ionizante inclui a radiação infravermelha, ondas de rádio, radiação de telefones celulares e as radiações usadas para cozinhar alimentos no micro-ondas. Tal radiação não quebra ligações químicas. Se for muito intensa, pode aquecer tecidos, caso contrário, não tem efeitos significativos.

A radiação ionizante é muito mais perigosa porque ele quebra ligações químicas e, portanto, causa câncer. Exemplos deste tipo de radiação incluem os raios X, raios gama e alfa ou partículas beta emitidas por elementos radioativos.
O que acontece quando alguém é exposto à radiação ionizante?
Isso depende do tempo de exposição. Os sintomas iniciais são idênticos aos sofridos por uma pessoa que se submete à radioterapia para o câncer. Os primeiros sinais incluem náuseas e fadiga, e depois vômitos. Depois disso vem a perda de cabelo e diarreia. Na radioterapia para tumores, a exposição para após esse ponto e os sintomas são controlados. Mas com o uma exposição não controlada, a próxima etapa é geralmente a destruição da mucosa intestinal e, diarreia e desidratação mais intensas. Em seguida há danos no sistema nervoso central. Depois disso vem a perda da consciência e, inevitavelmente, a morte.

É melhor não arriscar, concordam ?
SDS,
Roberval.

 


 
TSA permite entrada de água na área segura dos Estados Unidos para viajantes com bebês

 mensagem postada em 10/12/2014 - 08:12:00hs
 
 

Gente..li esta noticia e achei ótima, pois pra quem tem bebê e toma leite em pó será muito útil essa informação.

A TSA é a responsável pela segurança dos aeroportos americanos, por isso há uma série de restrições, inclusive com líquidos.

Você não pode viajar com líquidos acima de 100ml, mas a exceção é para os pais viajando com bebês. Neste caso, a água é permitida, mesmo que seja de 1,5 litros.

O raio-x irá detectar que há líquido na bagagem de mão e um dos oficiais irá colocar este líquido em um aparelho que faz a verificação de autenticidade. Em alguns segundos você será liberado.

Não seria realmente viável passar todos os líquidos pelo aparelho, pois causaria filas enormes, então quem não está viajando com um bebê tem o líquido imediatamente apreendido e jogado fora.

Esta medida é ótima, pois as águas nas lojas do aeroporto custam até quatro vezes mais do que fora do aeroporto e muitas vezes só é vendida gelada. Nas salas vips muitas vezes não são disponibilizadas em garrafas.

Abçs

 


 
 
Quantas pedras foram utilizadas para a construção do Cinderella Castle no Magic Kingdom? Nenhuma. Toda a sua estrutura é feita de fibra de vidro ("Fiberglass").