Notícias - Gripe Suína - AH1N1

 
Tópico Trancado

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Preocupações

 mensagem postada em 28/04/2009 - 11:04:49hs
 
 

Acho quem decidiu ir não deve ficar se preocupando com a medicação. Como foi dito, os remédios só devem ser tomados por quem já tem os sintomas da doença, sob pena de desenvolver resistência e, uma vez que essa se manifeste, com certeza os hospitais americanos vão ter a medicação para aplicar, pois estão tão interessados em controlar a doença como qualquer um de nós. Como já disse a Vanessa, importante é ter seguro saúde para poder ser bem atendido por lá, pois a possibilidade de precisar é real.
Não acho que a imigração seja um problema. Se eles forem barrar todo mundo que der um espirro, correm o risco de criar um tumulto absurdo e pânico desnecessário. Além disso, a princípio, eles são o foco da doença e não o Brasil. O perigo então para quem estiver gripado é maior no retorno para casa...
Por outro lado, queria dar minha opinião a respeito das máscaras. Elas são muito incômodas e é muito chato usá-las direto, acho quase impossível obrigar as crianças a ficar com elas por muito tempo. Acho que não é um dos recursos mais confiáveis, só um quebra-galho...
Além do mais, acho que quem resolveu ir deve estar disposto a encarar o risco e, embora tomando os cuidados de higiene (claro), desligar, pois viajar para ficar todo o tempo preocupado em estar ou não pegando a doença, não vale a pena.
Nós estamos marcados para julho e ainda não decidimos o que fazer, mas agradeço a todos pelas informações, pois só com essa troca é que poderemos chegar a uma conclusão mais segura.
Beijos e muito obrigada!!!

 


 
 
Assim que você adentra ao celeiro da atração The Barnstormer at Goofys Wiseacre Farm (Mickeys Toontown) observe a reação das galinhas quando o avião passa zunindo.