Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Tico - relato parte 1/6

 mensagem postada em 13/02/2007 - 10:02:37hs
 
 

Vou tentar relatar minha experiência em Orlando (uma das melhores até hoje na minha curta vida) e ao mesmo tempo dando dicas.
Também vou escrever de trás para frente no fórum, para facilitar a leitura (posso estar enganado e estar dificultando... mas vou tentar)

Chegamos em Orlando, foi tudo muito tranquilo.
Eu e minha esposa, meus 3 filhos, de 17, 12 e 10 anos, mais meus pais e meu sogro, todos os 3 com mais de 70 anos.
Uma dica: antes de passar pelo esquema de segurança, procure tirar tudo do corpo e colocar numa mochila. Perdemos algum tempo, pois 3 dos nossos ficaram apitando no detector de metais... e os seguranças são muito desconfiados, depois te revistam e perguntam um monte...

De cara, vi que americano realmente sabe ganhar dinheiro. Para usar o carrinho no aeroporto, precisa pagar 3 doletas... mas este meu dinheiro eles não pegaram...
No balcão da Alamo, eles tentaram me oferecer mais serviços, mas como eu já tinha pego um carro para 8 pessoas all inclusive, só aceitei mesmo o GPS, que foi muito valioso.
Primeiro mico: a atendente me falou para pegar o carro no 2º. Andar. Subi a escada de acesso ao 1º. Piso, entramos no elevador e ficamos tentando apertar o botão do 2º. Andar... e a porta ficava abrindo. Constatação: lá nos EUA eles consideram o térreo como 1º. Andar, e nós já estávamos no 2º. Andar.
No hotel, no elevador tb não tinha botão Térreo, já começa contando como 1º. Andar.
Fiquei de queixo caido. O carro, um Toyota Siena LE 8 passageiros, era ZERO Km. Com tudo que tinha direito, inclusive ABS e airbag por todos os lados do carro.
O carro aqui no Brasil é muito caro. Lá este carro custa aprox. US$24.000 e um usado 2006 ainda na garantia custa US$15.000.
O GPS me levou diretinho para o hotel Quality Inn Idrive. Pelo sotaque português de Portugal da “co-piloto”, apelidei-a de Maria.
Eu nem tinha pensado em locar o GPS, então através do maps.yahoo.com eu já tinha impresso o roteiro pelo menos do primeiro dia, do aeroporto até o hotel e do hotel para Downtown Disney.
O que me deixou um pouco apreensivo foi meu primeiro pedágio. Tinha fila para o Sunpass (um cartão pré-pago ou pós pago), para troco exato (fila azul) e para ser atendido por atendente (fila verde). Na fila azul vc joga moedas dentro de um funil, e automaticamente libera a chancela depois de pago o valor. Ande sempre com moedas, pois me deparei com um pedágio onde não havia atendimento humano, e foi complicado ficar juntando moedas para dar o valor certo.
Deixamos as malas no hotel e fomos almoçar e fazer compras, pois nosso check-in era somente após as 15 horas.
Almoçamos no Cici´s Pizza, em frente ao hotel, US$4.89 por pessoa, com pizza, pasta e salada à vontade. Vc pede um refri e pode encher à vontade, de gelo, refri, chá, suco, o que tiver nas máquinas.
Fizemos umas compras ali por perto, de lembrancinhas e algumas camisetas.
Depois fui até Downtown Disney, para pegar os ingressos do Cirque du Soleil, que eu tinha comprado pela internet. O site onde adquiri os ingressos é meio bagunçado, não envia email de confirmação, então fiquei meio sem saber se tinha dado certo mesmo. Mas lá tem o mapa das cadeiras, então pude escolher um excelente lugar.
Adorei Downtown Disney, mas os preços dos produtos lá são bem salgados, assim como nos parques. Então não compramos nada.
No Orlando Premium Outlet tem uma loja da Disney, mas também é tudo muito caro. Acabei fazendo minhas compras de lembrancinhas e roupas da Disney nas lojas da Idrive mesmo.
Estava querendo ir no Official Visitors Bureau para pegar cupons de descontos, mas tinha tantos nos hotéis e nos restaurantes, que achei que seria redundante pegar mais.
Voltamos ao hotel, fiz o check-in bem rapidinho e fomos desfazer as malas.
O hotel é bom, o único problema era o cheiro de mofo num dos quartos. Tem frigobar, microondas, ferro de passar, secador de cabelo, TV, relógio-despertador, ar-condicionado. Achei caro a internet, US$9.90 por cada 24 horas, acessando pela TV do quarto.
Fomos jantar no China Jade Mongolian Grill, ali mesmo na Idrive. Achei barato, levando em conta a qualidade da comida, que é muito boa. Tem carne, frango, camarão, peixe, ostra, marisco à vontade, por US$13 por pessoa.
Depois levei meus meninos no Magical Midway, onde ficamos andando nos Karts que tem lá. Este MM é fácil de encontrar, ele tem umas torres altíssimas. Uma delas é um “chapéu mexicano” nas alturas. O outro par de torres é um estilingue humano. Ninguém teve coragem de ir.
Mas os karts são emocionantes, vale a pena disputar mais de uma vez. Acho que custa US$6 por pessoa.

 


 
 
A atual narração da atração - Spaceship Earth foi gravada pela atriz Judi Dench. Anteriormente foram narradores: Jeremy Irons (1994-2008), Walter Cronkite (1986-1994) e Vic Perrin (1982-1986).