Alimentação - Dicas

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Dicas

 mensagem postada em 23/03/2009 - 09:03:07hs
 
 

Andreia e Amigos.
Ja foi varias vezes a Orlando, em 2008 duas vezes e ja tenho marcado retorno em set/2009, vou colocar minhas impressoes:
Nao somos familia que gosta em viagem, de ir a restaurantes, tipo Olive Garden, TREX, enfim gostamos de curtir os parques e compras, tentamos sempre nos alimentar bem, mas nao temos problemas com lanches, pizzas, enfim, sao 20 dias e o melhor e aproveita-los.
Esta sera a terceira vez que meu filho de 3 anos vai junto, com ele alteramos um pouco as refeições para que ele se aliemnte melhor, fazemos assim.
Tomamos um bom cafe da manha, seja no hotel, ou no quarto mesmo, com compras no Walmart, neste caso nao gastamos nada ou no maximo uns 3 dolares por pessoa.
no almoço, quando em parque nao tem saida é lanche, dai sempre escolhemos algo que tenha frango, mas sempre 3 pedidos, e comemos todos bem em media com refri sai uns 50 dolares ( refri sempre 02, pois meu baixinho so toma suco que levamos conosco).
Na janta e quando estamos fora dos parques em compras, optamos pelo Victorios ( o meu bainho nao pga e come muito bem ) que gastamos 45 dolares como desconto do VPO, se vamos na CICCI gastamos 20 dolares com refri ( usando cupon de desconto das revistas) ou entao pegamos piza na DOMINUS ( maravilhosa) em torno de 35 dolares, se optarmos por comprar michelinas ou Frango assado no Walmart, dai nao gastamos 10 dolares e comem os 4.
Enfim intercalando Lanches nos parques, Mac,Victorios, Ciccis, Dominus, Comida do Walmat, lanches nos Shooping, por pessoa nao gastamos 25 dolares por dia por pessoa na media em 15 dias.
Mas é claro que se cada um resolver pedir um prato ou lanche, refri indivudual, nunca comprar no WAlmart, almoçar em restaurantes um pouco melhores acho 50 dolares um valor correto.
Abraço

 


 
 
No pavilhão da Itália (Epcot), note como os tijolos do campanário que ficam embaixo são muito maiores do que aqueles que ficam no alto (diminuem progressivamente), mais um exemplo da utilização da "perspectiva forçada".