Califórnia

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
DIA 6 - 16/01/2015 - BIG SUR E CARMEL

 mensagem postada em 13/05/2015 - 09:05:11hs
 
 

Acordamos cedo para aproveitar bem o dia pela Fabulosa Big Sur.

Tomamos café no hotel, que estava muito bom e logo zarpamos, pois sem dúvida estávamos ansiosos para conhecer a famosa costa do Pacífico

Penhascos entalhados recortados pelo oceano, a rodovia da costa do Pacífico ao longo da Big Sur, cria alguma das vistas oceânicas mais memoráveis da Califórnia entre Cambria e Carmel. Não chega a ser uma cidade. Está mais para uma reserva florestal na fabulosa costa do Pacífico na Califórnia.

Nessa rota têm muitas paradas e vistas points, mas escolhi apenas duas principais, pois estávamos em seis pessoas, incluindo duas crianças que não têm muita paciência para curtir paisagem...

Primeira parada: ELEPHANT SEAL VISTA POINT. Colocamos esse nome no GPS e deu super certo, chegamos lá direitinho, uns 20 minutos depois de deixar o hotel. É só ficar de olho, pois sempre têm outros carros parados nesses vistas points.
Vimos vários leões marinhos no maior dolce far niente e mais uma vez pausa para muitas fotos. Acho que ficamos no máximo meia hora por lá.



Entre um vista point e outro, eu, mamãe e meu marido ficávamos em êxtase com as paisagens...as crianças não ligaram muito confesso, mas quando estiverem mais rapazes, vão curtir, com toda a certeza.

Sério, chorei de emoção em determinado momento de tão lindo que é.

Segunda Parada (depois de 1 hora e 20 minutos de carro): JULIA PFEIFFER BURNS STATE PARK. Aqui também tem outro ponto para parar e observar a magnitude do Big Sur. Estacionamos o carro no Parque (U$ 10,00), no mesmo sentido da rodovia. Seguimos por uma trilha que passa por um túnel até dar de cara com uma das praias mais lindas do lugar. Mais uma vez coloquei o endreço no GPS e deu certo.

Lindo, lindo lindo! Que visu! O JULIA PFEIFFER BURNS STATE PARK é parada obrigatória. Cuidado para não confundir com uma praia de mesmo nome (JULIA PFEIFFER beach, acho)



Voltando da praia pelo túnel, no local onde o carro fica estacionado, tem uma reserva florestal com cachoeiras e sequoias, que rende belas fotos.

Saímos de lá maravilhados.

Em certo momento da road trip, coloquei a música beautiful day do U2 (pois estava um belíssimo dia - que sorte) e gravei vários trechos da paisagem.

Íamos almoçar no Nephente, restaurante encrustado na Big Sur, mas ainda não estávamos com fome, então seguimos para a charmosa Carmel.

Pequena, com bonitas casas, restaurantes gostosos, lojas de rua, inúmeras galerias de arte e uma praia de areia branquinha, é um lugar de descanso, onde os próprios americanos vão para curtir suas casas de final de semana, passear com seus cachorros e se divertir com a família. O lugar é tão bacana que sempre figura na Revista Condé Nast como um dos top 10 destinos dos Estados Unidos. E uma curiosidade é que Clint Eastwood já foi prefeito da cidade, motivo pelo qual há várias menções a ele na cidade.

Tentamos almoçar no Cantineta de Luca, por indicação de sites especializados, mas lá descobrimos que só abre para o jantar, então optamos pelo Littlle Napoli, na mesma rua, sem indicação, no olhômetro mesmo.

Restaurante italiano muito bom. Lasanha, ravioli de vitela, pizza para as crianças e vinho californiano de quebra. Aprovadíssimo.

Depois do almoço demos umas voltas pelo comércio da cidade, comprei uns souvenirs e partimos para ver o por do sol em 17 mile drive - pebble beach, 16 minutos de Carmel - paga a entrada de carro de 10 dólares em uma guarita (lá é um condomínio de luxo, mas deixam os turistas entrar) e depois é só seguir a linha vermelha pintada nas ruas que elas te levam aos principais pontos turísticos, que basicamente são lugares a beira mar com vistas lindas (principalmente o Lone Cypress), mansões e campos de golfe a beira-mar.



Fotos e muitas fotos e depois seguimos para Monterey, onde os hotéis são mais baratos, para pernoite.

Eu, meu marido e as crianças ainda fomos para um Walmart a 20 minutos de carro de Monterey, pois rola um certo vício em Walmart na gente.

Chegamos do Walmart que-bra-dos e naninha, pois ainda tinham muitas aventuras pela frente.

PS. Desculpem a overdose de posts, mas aproveitei que cheguei mas cedo do trabalho hoje.

 


 
 
Os trens da Big Thunder Mountain Railroad tem os seguintes nomes: I. M. Brave, U. R. Courageous, I. B. Hearty, U. B. Bold, I. M. Fearless e U. R. Daring.