Bagagem - Limite - Peso

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Bagagem Extra x Dúvida

 mensagem postada em 16/02/2008 - 03:02:05hs
 
 

Gente, na última viagem que fiz com a Delta, procurei saber sobre volume extra (ou peça extra – como eles chamam), e me informaram o seguinte:

Pelo padrão, é permitido levar APENAS UMA peça extra, a qual eles cobram US$125,00.

Caso você tenha mais que uma peça extra, ficará sujeito à decisão do pessoal de balanceamento da aeronave, pois se houver muita carga à bordo, o pessoal no check-in te encaminhará ao setor de cargas deles para que você faça o despacho da bagagem extra como carga. Caso não tenha muita carga no avião, o check-in te abre uma excessão, você paga mais US$125,00 e leva a peça extra excedente.

Outra coisa interessante que me explicaram, é quando a bagagem excede os 158cm. ou passa de 40kg – o limite de tamanho, ou limite de excesso de peso, eles simplesmente não despacham, também te fazem mandar suas coisas como carga!!!

Para carrinhos de bebê, se o bebê estiver dentro, nada é cobrado, já que o bebê tem o direito de levar o carrinho dele hehehehehe… Agora, se o bebê não estiver dentro, há duas possibilidades:

1 – O carrinho fica valendo como se fosse uma peça. Daí você levará um carrinho mais uma mala;

2 – O carrinho vira peça extra, no caso de você estar carregando já as duas peças que tem direito mais ele. Daí, pagarás os US$125,00.


No caso da outra viagem, somente se no bilhete da JAL constar os vôos não somente da JAL(JL), mas também da JET BLUE(B6), e dentro da mesma tarifa, por exemplo:

SAO JL x/NYC B6 MCO520.00 B6 x/NYC JL SAO520.00NUC1040.00END = o que quer dizer que este bilhete sai de São Paulo com a JAL(JL), faz uma conexão em Nova Iorque(X/NYC), segue com a Jet Blue(B6) para Orlando ao custo de US$520,00 e vice versa totalizando a tarifa SAO – Orlando via NYC em US$1.040,00


É que o limite de bagagem aplicado será o nosso, de duas malas de até 32kg cada uma. Pois está caracterizado que apesar de serem usadas duas cias. aéreas diferentes, a viagem é uma só. De SAO a Orlando.

Agora, se os bilhetes forem separados, um para a JAL, e outro para a Jet Blue, ela terá direito duas franquias: No trecho da JAL = 2 malas de 32kg; e no da Jet Blue apenas a franquia americana de 2 malas de até 23kg cada. Já que o bilhete da Jet Blue será um bilhete doméstico (dentro dos Estados Unidos), e sem nenhuma ligação com o internacional com saída e retorno ao Brasil.

Para complicar mais ainda, há também uma terceira possibilidade – a qual custei para entender!!! Mas depois de muita boa vontade do atendente em me explicar, eu consegui… É o seguinte: Todos os trechos podem estar no bilhete da JAL, mas terem sido cobrados em separado. Exemplo:
SAO JL NYC400.00 B6 MCO120.00 B6 NYC120.00 JL SAO400.00NUC1040.00END = o que quer dizer que é um bilhete SAO – NYC – SAO com a JAL ao custo de US$800,00 mais um bilhete NYC – Orlando – NYC com a Jet Blue, no valor de US$240,00 fazendo o total do bilhete em US$1040,00.

Daí, neste caso, pelo fato da cobrança ter sido separada – mesmo que dentro de um mesmo bilhete aéreo, a Jet Blue poderá não considerar ele como um bilhete internacional e fazer valer também a franquia americana de 2 malas de até 23kg cada uma.

Bem amigos, é isto aí, espero que tenha conseguido descomplicar esse negócio, para vocês, pois eu penei para entender estas regrinhas todas aí… Mas, como não gosto de perder dinheiro, resolvi aprendê-las para não cair em ciladas.

Abraço e boa viagem!!!

 


 
 
A atração Expedition Everest do parque Disney’s Animal Kingdom (61 metros de altura) é a mais alta do Walt Disney World Resort, seguida pelo The Twilight Zone Tower of Terror do Disney’s Hollywood Studios (60 metros de altura), Cinderella Castle do Magic Kingdom (57 metros de altura), Spaceship Earth do Epcot (55 metros), Space Mountain do Magic Kingdom (54 metros de altura) e The Tree of Life do Disney’s Animal Kingdom (44 metros de altura).