Walt Disney World - Disney's Hollywood Studios - Roteiros

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Res: Contando um segredinho!!!

 mensagem postada em 19/07/2013 - 05:07:22hs
 
 

Eu vou contar um segredo para vocês, mas não contem para ninguém e nem briguem comigo.

Em 1997 eu fui pra Disney de excursão com meus pais e minha irmã. Na hora do elevador, eu fui em direção a saída com a minha mãe (nível de radicalidade mais baixo que o meu rsrs) para aguardar o pessoal sair, achando que o meu pai estaria com a gente. "Niqui" eu olho, meu pai indo em direção a entrada da atração com a excursão tooooda e a minha irmã (que na época tinha um nível de radicalidade invejável, mas depois que "envelheceu" e virou mãe ficou igualzinho ao meu). Fiquei chocada. Como meu pai está indo no elevador que cai?????

Aí veio aquela coisa do pai herói. Se o meu pai vai, eu também vou. E FUI. Juro. E meu pai foi de novo ainda (ele disse que a segunda vez foi beeeem pior rs). Bom, fato é que eu não lembro como foi (stress pós traumático, lembram, igual eu tive da Múmia ano passado...). E eu fui uma vez para nunca mais. Minhas pernas travam e não me deixam andar até a entrada do brinquedo.

Pronto, desabafei! hahahahha
Bjos (mensagem de Marina P)


Eu me acabo de rir com o nível de radicalidade, sério, essa expressão já virou parte da minha vida.

A sua história me lembrou quando eu fui em 2001 com a minha família, era a primeira vez do meu irmão, então com 7 anos de idade. Minha mãe, na época com um nível de radicalidade menor que o seu provavelmente (ela chorou na montanha russa do unicórnio, a que a agora é a do hipogrifo!), não quis ir no elevador e eu, com 11 anos, e meu pai estávamos doidos para ir.

Levamos o meu irmão. Eu e meu pai saímos rindo e dizendo o quanto era tranquilo aquele brinquedo, que nem deu medo, e meu irmão branco, com a boca aberta, não conseguia nem falar de tão desesperado que ele ainda estava.

Encontramos com a minha mãe e dissemos que ela tinha que ir, que era muito tranquilo. Nada demais. Nesse tempo inteiro meu irmão. "Mãe, não vai. Confia em mim. Mãe, dá muito medo. Por favor. Mãe, dá muito medo! Você não vai gostar!"

Ela confiou em mim e no meu pai e foi... e o pobre do meu irmão foi obrigado a ir de novo. (pensando assim você acha que traumatizou a criança para a vida, né? Hoje em dia ele é o menos medroso de todos para essas coisas, vai em tudo e ama)

Minha mãe foi colocada no banco do meio, aquele que só tem o cinto e não tem lugar para segurar. UAHUAHUAHUAHUAHUAHUA

Ela quase morreu! A gente nunca riu tanto quanto rimos quando vimos a foto quando saímos do brinquedo. A cara de desespero dela, coitada.

Quase matou meu pai e eu, e meu irmão saiu falando "EU DISSE, MÃE, EU DISSE!!!! Se você me ouvisse!"

O mais engraçado é que o nível de radicalidade da minha mãe subiu demais nos últimos anos. Ela foi ano passado e esse ano comigo e o brinquedo preferido dela hoje é a Múmia! Fomos 3 vezes seguidas! Ela foi em todas as montanhas russas fechadas (e as abertas sem looping), foi no elevador (mas odiou de novo)... quase inacreditável!

 


 
 
No Magic Kingdom, você pode observar que no início da Main Street U.S.A. os lampiões são a gás e conforme você anda na direção do Castelo da Cinderela eles passam a ter lâmpadas elêtricas, com o objetivo de demonstrar o progresso.