Walt Disney World - Disney's Hollywood Studios - Roteiros

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Res: Contando um segredinho!!!

 mensagem postada em 18/07/2013 - 09:07:26hs
 
 

hahahahaha. Boa Mariana P.

Mas sabe, eu sempre fiquei me perguntando por que aquele elevador da tanto frio na barriga, sendo que outras torres (a do Hopi Hari por exemplo) não dão tanto.

Depois de muito tempo eu vim a descobrir q esse elevador não é de queda livre, hehehee, ele te joga para baixo mais rápido do que a força da gravidade

Vou contar dois segredinhos tmb. Em 1996 eu tinha 11 anos e fui no elevador, depois disso eu passei um bom tempo morrendo de medo de elevadores, ao ponto de subir 15 andares a pé no predio de uma amiga (eu moro em casa, ufa). Segundo, eu ainda morro de medo dessa atração, heheehehe, mas vou

Eu vou contar um segredo para vocês, mas não contem para ninguém e nem briguem comigo.

Em 1997 eu fui pra Disney de excursão com meus pais e minha irmã. Na hora do elevador, eu fui em direção a saída com a minha mãe (nível de radicalidade mais baixo que o meu rsrs) para aguardar o pessoal sair, achando que o meu pai estaria com a gente. "Niqui" eu olho, meu pai indo em direção a entrada da atração com a excursão tooooda e a minha irmã (que na época tinha um nível de radicalidade invejável, mas depois que "envelheceu" e virou mãe ficou igualzinho ao meu). Fiquei chocada. Como meu pai está indo no elevador que cai?????

Aí veio aquela coisa do pai herói. Se o meu pai vai, eu também vou. E FUI. Juro. E meu pai foi de novo ainda (ele disse que a segunda vez foi beeeem pior rs). Bom, fato é que eu não lembro como foi (stress pós traumático, lembram, igual eu tive da Múmia ano passado...). E eu fui uma vez para nunca mais. Minhas pernas travam e não me deixam andar até a entrada do brinquedo.

Pronto, desabafei! hahahahha
Bjos (mensagem de Marina P)

 


 
 
No pavilhão da Itália (Epcot), note como os tijolos do campanário que ficam embaixo são muito maiores do que aqueles que ficam no alto (diminuem progressivamente), mais um exemplo da utilização da "perspectiva forçada".