Nevada - Las Vegas

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Dia 2 - 06 de maio

 mensagem postada em 02/07/2013 - 10:07:12hs
 
 

Como havíamos dormido bem cedo no dia anterior, 07:30 já estávamos tomando café no Starbucks do hotel, que basicamente era cappuccino, croissant salgado e um doce folhado (danish) que dividia com o meu marido, a conta dava por volta de US$ 14 para nós dois. Apesar de termos alugado carro, resolvemos sair a pé neste dia, fomos para o MGM Grand novamente, para tirarmos a má impressão da noite anterior, o cassino estava vazio, andamos um pouco por lá e confirmamos que neste hotel o diferencial mesmo é o tamanho do cassino, já que a decoração em si não achamos lá muito interessante....

Saindo do MGM, continuando na mesma calçada, passamos pelas lojas da Coca-Cola e da M&M, que ainda estavam fechadas, e entremos no Hard Rock, vimos a decoração do salão do restaurante (adoramos rock) e passeamos pela lojinha, onde tinha várias camisetas bonitas, para todos os gostos. Passamos também pelo Harley Davidson Café e seguimos para o shopping Miracle Miles, que fica ao lado do Planet Hollywood, muito legal, várias lojas famosas, andamos pela área dos restaurantes, bem bonita, lembra um pouco a Arábia, já que ali foi o hotel Aladdin, antes de ser o Planet Hollywood. Passamos pelo Earl’s of Sandwich, onde pretendíamos voltar outra hora, para lancharmos e atravessamos o cassino do Planet, achei bem feminino, com muito rosa e pink. Queria ter voltado para conhecer melhor o Planet Hollywood Hotel, mas não deu tempo.

Do Planet passamos para o Paris, tiramos fotos na entrada, na frente da Torre Eiffel e do Arco do Triunfo, onde tem uma foto enorme do chef Gordon Ramsay (assistimos a todos os programas dele....). Adoramos o Paris, ambientação perfeita, as máquinas do cassino ficam bem espalhadas, embaixo de pérgulas ficam as mesas de cartas e roleta, há muitas estátuas e monumentos que lembram Paris, a iluminação lembra o entardecer, o teto imita o céu, muitas mesinhas espalhadas como nos cafés de Paris, lojas chiques, lindo mesmo. Passamos pelo restaurante do chef Gordon (Steak), pela Le Creperie e pela Boulangerie Patisserie, tinha indicação das duas aqui do VPO, mas não deu certo de lancharmos lá. Vimos o local onde fica o buffet do Paris, bem bonito também.

Do Paris passamos diretamente para o Bally´s, sem sair na rua, só demos uma volta no cassino, bem movimentado, mas não era temático. Atravessamos a Strip e seguimos para o Caesars Palace.

O Caesars é gigantesco, ainda mais se considerarmos o The Forum Shops at Caesars, o shopping do hotel. Entramos pela entrada principal do Caesars, linda a recepção, com muito dourado, e fomos procurar a Cheesecake Factory, que ficava no fim do The Forum Shops. Andamos muito até chegar lá, o teto do The Forum é magnífico, muda de cor, os corredores tem muitas estátuas e colunas enormes, imitando mármore, no caminho passamos pela fonte de Netuno, linda, e por muitas lojas de grife, chiquérrimas (Zegna, Louis Vuitton...) e enfim chegamos ao restaurante. Era nossa primeira vez na Cheesecake Factory, nunca deu certo irmos na de Orlando, adoramos a comida e o atendimento, de entrada pedimos Hot Spinach and Cheese Dip e, como pratos principais, para mim a Four Cheese Pasta e para o meu marido o California Cheesesteak e, como não poderia faltar, dividimos um cheesecake, optamos pelo Caramel Pecan Turtle Cheecake, delicioso! Depois de tanta comida, passeamos pelo The Forum Shops, subimos a famosa escada rolante em curva, passamos pelas estátuas que conversam (que, infelizmente, estavam em manutenção, com uma plaquinha “The Gods are resting”) e voltamos ao hotel Caesars, muito grande e luxuoso, fomos até dar uma espiadinha na área das piscinas, com muitas fontes, bem bonita.

Do Caesars, resolvemos andar em direção ao nosso hotel, então seguimos para o Bellagio. O Bellagio é muito lindo, mais elegante que o Caesars, que às vezes tem uma decoração meio exagerada...Fomos direto para a recepção, fotografamos o teto, que tem flores gigantes de vidro, acho que murano, na verdade, e também ao jardim que fica perto da recepção, no meio dele tem uma estufa com borboletas, muitas flores diferentes, todas lindas e frescas, não vi sequer uma pétala murcha! Perto do jardim do Bellagio fica a Jean Phillipe, loja de crepes e doces, na vitrine tem uma cascata bem interessante de chocolate! Como pretendíamos voltar ao Bellagio para ver o espetáculo do Cirque, (O), resolvemos ir para o próximo hotel.

Próxima parada: City Center: complexo Aria, Vdara, Cosmopolitan e Shopping Crystals. A essa altura do dia o cansaço já estava batendo e como estes hotéis não são temáticos, apesar de chiquérrimos, demos uma passadinha rápida pela recepção do Cosmopolitan e pelo cassino do Aria, tudo bem clean, carpete discreto, poltronas beges, elegante. Seguimos para o shopping Crystals, é muito bonito também, claro, em um corredor tem várias arvorezinhas enfeitadas com luzes brancas, visual bem bonito, lojas carésimas, valeu a visita, mas demos uma volta rápida apenas.

Passamos ainda pelo Monte Carlo, também rapidamente, o exterior é mais bonito que o interior, que não tem nenhum grande atrativo. No caminho passamos por uma CVS, compramos alguns medicamentos e protetor solar para o dia seguinte, já que iríamos para o Grand Canyon.

Tiramos mais fotos do exterior do New York, New York e voltamos para o hotel. Tomamos banho, descansamos e saímos para ir a Freemont Street.

Estacionamos o carro em um dos hotéis, o 4 Queens, não recomendo parar longe da Freemont, pois o local ali é nas redondezas é bem escuro, é preciso ficar atento. Passeamos pela rua, olhando a fachada dos hotéis, entramos no Golden Nugget, fomos até a recepção, que tem um aquário enorme e um lustre de cristal, nada demais. A Fremont é muito legal, há várias bandas tocando, cada uma num canto da rua, e de hora em hora as luzes se apagam e o teto ganha vida, homenageando várias bandas de rock históricas, às 22h homenagearam o Queen e as 23h o The Doors, muitíssimo legal, achei o máximo, não deixem de ir à Freemont Street! Tomamos um lanche rápido no McDonalds da Freemont mesmo.
Voltamos para o hotel cansadíssimos, passeando de carro pela Street, foi delicioso!


 


 
 
Na atração Living with the Land, durante o passeio de barco você verá na cena da fazenda o número da casa - 82- na caixa de correio, uma referência ao ano que o Epcot foi inaugurado.