Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Início de um relato de viagem

 mensagem postada em 09/12/2007 - 07:12:20hs
 
 

O meu relato será um pouco diferente do costumeiro aqui no VPO.
A viagem realizada por mim e por minha esposa tinha o intuito único de realizar compras. Já fomos algumas vezes para Orlando. Por isso, parques não estavam entre as nossas prioridades. Diferentemente dos demais integrantes do VPO, não postarei por dias da viagem, até porque seria impossível eu lembrar exatamente o que fizemos todos os dias, já que íamos e voltávamos dos outlets, malls e lojas no mesmo dia, sem muita organização, pelo menos aparente. Fizemos algumas coisas pouco habituais nesse sentido. Postarei, então, por tópicos, o que, imagino, poderá ajudar ou esclarecer principalmente os que estão indo para Orlando pela primeira vez. Vocês verão que o humor dos relatos vai melhorando com o tempo, pois o início foi difícil.

1) A viagem de ida – Copa:
Somos de Porto Alegre. Então, pegamos o último vôo para Guarulhos do dia 01/12 pela TAM, por volta das 23h. Depois de 1h30min de vôo, ou seja, entre 0h30min e 1h do dia 02/12, já com as bagagens, não tínhamos muito o que se fazer no aeroporto, pois o guichê da Copa só abriria por volta das 2h. Além disso, mesmo depois de aberto e despachadas as malas, não é possível ingressar na ala internacional do aeroporto, pois não há ninguém da Polícia Federal à disposição nessa hora, pois o vôo da Copa é isolado na grade de partidas. Tem um McDonald’s pertinho, que fica aberto todo o tempo, mas duvido que alguém se aventure a ir em um fast food antes do embarque, a menos, é claro, que já esteja em fase de preparação estomacal e intestinal. Quase que de forma concomitante ao início do embarque, o pessoal da PF abre as portas da esperança e todos entram. Para conseguir comprar ou mesmo espiar algo no duty free tem que ser muito rápido, pois o embarque é quase que imediato. A Copa tem essa característica. Normalmente são bastante pontuais, baseados no início do embarque muito tempo antes do horário marcado para a partida do vôo. Próximo das 5h, como marcado, a aeronave partiu. O avião, como a maioria sabe, é um 737, com três poltronas de cada lado. As poltronas da fila 14, A e E, são aquelas atrás da fila da saída de emergência, que permitem que o passageiro estique as pernas. De resto, não acho pior que qualquer outro avião que faça o mesmo trajeto, pelo menos quanto a espaço. Os comissários são educados e atenciosos. Comida de razoável para boa. Em resumo, acho que a Copa, em que pese o horário meio estranho e desgastante para quem mora fora de SP, vale pelo custo-benefício, principalmente pela conexão rápida (cerca de 1h) e tranqüila (você vai caminhando tranqüilamente de um portão ao outro, em meio a algumas lojas – não precisa pegar as malas, que são despachadas diretamente para Orlando) e pela circunstância de que a imigração será feita em Orlando. A conexão, pelo menos, deveria ser rápida e tranqüila.

 


 
 
Observe enquanto você assiste o vídeo que antecede a atração Soarin (Epcot) o número do vôo 5505. Trata-se de uma homenagem a data da sua inauguração oficial que ocorreu em 05 de maio de 2005.