Acessibilidade - Portadores de Necessidades Especiais

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

O presente tópico serve para que possamos trocar informações a respeito da acessibilidade aos portadores de necessidades especiais.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Fui pra Disney com meu autista

 mensagem postada em 27/09/2011 - 04:09:47hs
 
 

Vou transcrever aqui parte do relato que fiz no tópivo VOLTEI, com minhas impressões da viagem que fiz para Disney - 8 dias, 6 parques) com meu filho de 6 anos que é autista.

Quero repartir com vocês todos, amigos VPO, a experiência que tive viajando com uma criança especial (meu filho fez 6 anos na Disney, ele é autista). Quando dizem que a Disney é pra todo mundo, não importa idade, cor, sexo, religião, necessidades especiais... é sééério! Em nenhum lugar meu filho foi tão bem tratado, tão bem recebido. Quero explicar que é sempre muito difícil lidar com a "ignorância" das pessoas quando se trata de autismo, é que o autismo não está estampado na cara de quem tem, você olha para o meu filho e nem de longe percebe que ele tem problema algum, pq ele é uma criança linda, sem nenhum traço físico que o diferencie das outras crianças de sua idade. Mas ele não consegue esperar em filas, ele se irrita muito facilmente, apesar de ser uma criança muito feliz, ele tem manias, repetições, ele tem tendência a se focar em partes das coisas e não nas coisas inteiras e por aí vai. Então eu estava morrendo de medo desta viagem ser mais cansativa de que prazerosa, mas mesmo assim fui, já que por nada no mundo eu deixaria de comemorar o aniveersário de meu principe no Palácio de Cristal, com a Turma do Pooh. E foi estupidamente gratificante, meu filho adorou, meu irmão adolescente que foi junto adorou também e eu nem tenho palavras para descrever o quanto eu estou feliz. Que dizer, tenho: VOLTAREI EM BREVE. 
Logo no primeiro parque que fomos (DHS) fui no balcão de serviços, munida de trocentos relatórios médicos, pareceres de psicólogos, fono, neurologista, etc etc... não precisou de papel nenhum, bastou dizer que meu filho era autista e ele nos deram um cartãozinho (santo cartão) chamado GAC - guest assistance card. No cartão eles escreveram o nome de meu filho, dizia ali que ele era autista e a quantidade de pessoas que estavam com ele. Pronto! Então eu só mostrava o cartão aos cast members dos brinquedos que ele queria ir e funcionava como um fast pass, e o cast members ainda avisava se a atração tinha muito barulho, ou luzes, ou o que quer que seja. Quando meu filho gostava muito do brinquedo (Ex. Splash no MK, Kali River Rapids no AK) repetíamos 2 ou 3 vezes seguidas, sem problema. Também em atrações estilo teatro (como Americam Idol no DHS ou Rei Leão no AK) ficávamos nas areas reservadas, onde ele tinha mais espaço e podia sair quando quizesse. E nos parques da Universal não foi diferente, nos deram tambem um cartãozinho que funcionou como o Fast Pass deles (acho que é express o nome), e não ficavamos na fila comum também. Resultado: meu filho que se estressa até qd vamos no shopping aqui no Brasil, lá ele só sorria, se divertiu o tempo inteiro, nunca em nossas vidas fomos tão felizes. Todos os dias ele ia dormir dizendo "amanhã vamos no outro parque mamãe"! Eu que já tinha ido à Disney e tinha ficado com vontade de voltar, desta vez eu não queria mais ir embora de lá!
Ah! Já ia esquecendo, e no Hotel onde ficamos dentro do Complexo Disney (pop century) tb nos deram frigober no quarto, sem precisar pagar.

Então para quem tem o mesmo medo que eu tinha, vai a dica: vá sem medo de se arrepender. E quem quiser tirar alguma dúvida, pode contar comigo.

 


 
 
Observe enquanto você assiste o vídeo que antecede a atração Soarin (Epcot) o número do vôo 5505. Trata-se de uma homenagem a data da sua inauguração oficial que ocorreu em 05 de maio de 2005.