Relatos - Minha primeira viagem para Orlando - FL

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Julho / 1988

 mensagem postada em 25/09/2010 - 01:09:46hs
 
 

Fui a primeira vez quando fiz 16 anos, com a turma do Colégio Agostiniano São José pela Dimensão, minha prima Crisitina foi junto. Foi uma delícia, ainda ganhamos de "lambuja" 1 dia passeando em NY pois nossa conexão tinha sido alterada e ficaríamos o dia todo no aeroporto de NY, então a cia de viagem bancou o dia todo nosso passeando lá. Na época somente MK, Epcot, Sea World, Busch Gardens. Lembro que fomos para Miami alguns dias tb pois era lá o local das compras, Orlando não tinha nada.
Depois veio a segunda vez, em 1994, desta vez com meus pais, meu irmão e minha prima. Meu pai não queria ir nem por decreto, falava que não ia dar $ para aqueles americanos e blá blá blá. Convencemos o velho, e adivinhem....AMOU!!!! Voltou falando "É, eles sabem mesmo fazer as coisas, né". Enfim, depois da Disney eles voltaram umas 4 vezes para os EUA. Nesta 2a vez já existia o MGM Studios (hoje Disney Hollwyood Studios) e foi tudo maravilhoso tb.
A 3a vez foi em 1996, LUA de MEL com o Mickey!!!!! Foi a primeira vez do meu marido, e foi incrível também. Desta vez Orlando já era local de compras, ficamos 15 dias, chegou uma hora que falavamos "o que vamos fazer agora?", exploramos de tudo, e ainda tivemos a Cia de nossos compadres Patrícia e Vagner.
Agora está chegando nossa 4a vez, com nossos filhotes (12 e 11 anos), iremos em Dezembro e passaremos Ano Novo lá, um sonho. Eu não vejo a hora, a saudades está enorme, afinal são mais de 14 anos e com muita coisa nova. Desta vez teremos a cia de 2 famílias que são nossos constantes companheiros de viagem - Dri e família e Sú e família - e para todos eles será a primeira vez na terra do Tio Sam. Em janeiro as meninas postarão as experiências delas com certeza.

Abs
Rosana e família

 


 
 
Quando anoitece é possível observar no segundo andar da Mansão Mal-Assombrada na janela acima da porta de entrada a figura de um fantasma passando entre os cômodos.