Planejamento - Grávidas

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
CSHIMA

 mensagem postada em 25/04/2010 - 08:04:03hs
 
 

Compartilho com vc a resposta que gentilmente recebi
do Fabio Liporace:

Da vez que trouxe um carrinho com cadeirinha, eu o
despachei como uma das bagagens (comprei, no WalMart,
cartolina e fita para fixar o endereço na caixa).
Voltei de Delta. Não houve nenhuma implicância da Cia
Aérea quanto ao tamanho. Apenas que, ao etiquetar a
caixa e entregá-la para a TSA, ela não passou, devido
ao seu tamanho, pela esteira do Raio-X.
Ficou separada um bom tempo. Como tive que entrar,
não sei como procederam com ela.

Mas ela chegou direito aqui no Brasil. Inclusive, foi
a primeira bagagem a aparecer na esteira.

Quanto à taxa pelo excesso de tamanho, o site da AA
fala para, no caso do Brasil, entrar em contato com o
Setor de Reservas (mais em link).
O que se pode ver nesse link é que, quando excede o
tamanho, em determinadas rotas, a AA diz que cobra
USD150 por peça. E que, acima de 292 cm não permite
despachar.
Mas ligue para a AA aqui no Brasil.

 


 
 
Os imagineiros da Disney utilizam com freqüência uma técnica de construção denominada "Forced Perspective" ("Perspectiva Forçada"). Todos os prédios de dois andares no Magic Kingdom foram construídos com a utilização desta técnica, em Main Street U.S.A., é possível notar que os prédios parecem ter 03 andares, quando na realidade tem apenas 02.