Enquete - O que você não gostou em Orlando?

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Bom...

 mensagem postada em 10/04/2007 - 12:04:05hs
 
 

Quanto à comida, quem vai pra lá tem ter na cabeça que vai encarar muito fast food. Mas concordo que tem comida para todos os gostos, basta em alguns casos estar disposto a pagar mais um pouco por isso.

Quanto à imigração, já esperava certa arrogância e frieza, então não me surpriendi. Mas é realmente esquisito o fato de se estar indo pra lá pra gastar dinheiro e ser recebido dessa forma. Mas...fazer o que né.

Falando da Alamo, sai daqui com o CDW contratado, mas toda cordialidade da recepção foi embora quando disse que não queria o seguro EP. Fechou o tempo legal. Colocaram tanto terror, que acabei cedendo. Se for pra encarar aquele clima, vou sair com esse seguro contratado já daqui.

Agora, teve duas situações que achei muito chatas: o momento que não quis o serviço do carregador de malas do aeroporto de Orlando (o cara praticamente falou um “pior pra vc”), e o atendimento de um posto de gasolina que fica na esquina da International Drive com a Sand Lake. Gostaria muito de colocar meu cartão de crédito na maquina (bomba de gasolina) e fazer o pagamento, mas é exigido um código postal dos EUA. Resumindo, tive que ir duas vezes falar com aquela grossa. Na terceira vez que precisei colocar gasolina procurei outro posto.

 


 
 
O patriotismo de Walt sempre foi evidente em sua obra. Assim, no Magic Kingdom, existem inúmeras bandeiras asteadas nas lojas em Town Square e ao longo da Main Street U.S.A., mas elas foram impressas de maneira a - propositalmente - não terem o número correto de estrelas e listas, com o objetivo de assim não terem que ser retiradas toda noite, como é obrigatório para as bandeiras oficiais.