Notícias - Gripe Suína - AH1N1

 
Tópico Trancado

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Gripe Suina

 mensagem postada em 06/08/2009 - 06:08:16hs
 
 

Eu moro nos Estados Unidos nos estado de Connecticut, proximo a New York. Ja estamos a 7 semanas sem caso confirmado da doença no estado. Pelo menos não oficialmente.
Meu marido, minha filha de 7 meses e eu estamos com viagem marcada para o dia 29 de agosto para Orlando. Quando começou o surto de gripe nós pensamos em desistir da viagem. Mas agora vimos que não há necessidade pra isso, e acho que ninguém no Brasil precisa desistir por conta da doença. Existem sim muitos casos de contágio nos parques da Disney. Lá é um lugar movimentado, existem pessoas de todo o mundo, não sabemos a procedência de cada um. Mas acho que se nós fizermos a nossa parte de matermos mãos limpas, nos alimentando bem, nos mantendo sempre hidratados a possibilidade de contágio torna-se menor.
Li em algum post de uma família que virá pra cá com uma filha de 7 anose a mãe diz que se acontecer algo com a filha dela ela se achará a mãe mais irresponsável do mundo. E esse é o mesmo sentimento que tenho. Minha filha tem so 7 meses e se acontecer algo com ela vou me condenar pra sempre. Mas Deus é mais e nós sabemos o que temos que fazer para evitar o contágio. Não podemos parar de viver por conta disso não é mesmo? Levando em conta que aqui nos Estados Unidos a doença veio com força total, nós teríamos deixado de viver aqui mesmo, em Connecticut. Teríamos nos trancado em casa. Mas não fizemos isso, apenas temos cuidado com a higiene e graças a Deus essa doença nunca chegou nem perto de nós. Não conhecemos ninguém que teve. Por isso acho que muitas das coisas que vemos é boato. A mídia mostra as coisas como eles querem.
Vamos para Orlando gente... vamos nos divertir e voltar muito saudáveis e com sonhos realizados.

 


 
 
O patriotismo de Walt sempre foi evidente em sua obra. Assim, no Magic Kingdom, existem inúmeras bandeiras asteadas nas lojas em Town Square e ao longo da Main Street U.S.A., mas elas foram impressas de maneira a - propositalmente - não terem o número correto de estrelas e listas, com o objetivo de assim não terem que ser retiradas toda noite, como é obrigatório para as bandeiras oficiais.