Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Tópico Um - Aeroportos e Aviões

 mensagem postada em 17/02/2007 - 07:02:48hs
 
 

Decidi fazer nossa narrativa or tópicos tentando ver o diferente em cada situação pois a maioria de voces já sabe bastante dos parques e atrações mais conhecidas, vou me limitar então ao que ainda não li em outros depoimentos, muito embora possa já ter sido escrito por alguém.

No dia do embarque cheguei cedo ao aeroporto do galeão. Tudo ia bem apesar da chateaçãode minha filha menor (Bia, 6 anos) ter ficado com dor de barriga poucas horas antes do embarque - em parte por ansiedade - e a filha de um casal amigo que viajava conosco estar com febre alta! Mas enfim... acontece.

Embarcamos via American Airlines, doravante AA, e nosso voo RJ-Miami foi 100%, sem atraso, pouca turbulencia.
Cadeiras com o desconforto compatível com o preço de classe turística. Sem monitor, comida ok.

chegamos em Miami as 06:00 am e na imigração percebi que o inspetor, muito educadamente e sorridente, tentou falar em inglês com minha caçula, tipo "checando" se ela sabia a lingua... mas numa boa, sem stress, achei normal e bastante cordial. Sem problemas com as malas tb, só perguntaram o total aprox. em $$ e nos mandaram passar direto, sem abrir malas lacres ou nada.
Tinhamos então tempo de sobra para embarcar em nosso trecho MIA-Orlando e aí... começou nosso calvário..
Voo das 07;40 adiado para 08:00 depois 08:15 depois 08:30 depois 08:45.... finalmente...entramos no avião...
apertem os cintos, video de segurança o aviaão taxia e...de repente... o capitão deiz que tem um problema mecanico e tem que voltar ao portão...
zumzumzum normal...o avião volta...20 minutos mais ou menos ameaça sair....problema persiste...não sai...
mais um pouco ...agora vai....se movimenta... começa o video de novo...problema persiste... volta ao portão...já dando opção de sair ou não do avião e já informando que não há vagas em outros voos naquele dia...
mais uns 20 minutos... todos os passageiros são obrigados a sair do avião enquanto aguardam...
inquietação... nossas crianças passando mal... siamos do avião... já em outro saguão diferente do que embarcamos...desinformação.... a AA não tem posição.... mais uma meia horinha....voo definitivmnte cancelado... quem tem conexão será atendidido em uma fila aqueles infelizes como nos cujo destno final era Orlando sem posição da empresa...e o tempo passa...
mais um pouco...todos os passageiros façam fila, não outra, mas aquela mesma em que os passageros das conexões já estavam.... quem vai para Orlando ficará em stand-by nos outros voos (aguardando desistencias) qdo chegamos ao balcão depois de mais uma horinha na fila, já quase meio-dia, somos quase os 30os na fila do stand by para o voo de 13:30, embarque as 13:00 que evidentemente não aconteceu pois 30 pessoas não desistiram de embarcar no voo que segundo informaram, já estava over-booked!
E nossas malas....?? Por vontade nossa ou não elas já estavam indo para Orlando... enfim... alugamos um carro na Alamo, gastamos uma nota preta a mais pelo aluguel e pedágio, nos perdemos um pouco na saida para a Turnpike, as crianças sofrendo com toda confusão e ainda passando mal, e perdemos um dia inteiro de viagem pois só chegamos a noite em Orlando qdo fomos direto ao Ronaldo e depois ao Aeroporto tentar reaver nossas malas. Claro que no Aeroporto a desinformação era geral mas podia ser pior pois um casal que lá estava vivia um pesadelo ainda mais intenso pois eles perderam um cruzeiro então estavam em Orlando sem mala, sem hotel, sem rumo! conseguimos reaver nossas malas as 10:00 pm, um atraso somente de 14 h. em nossa programação original além de muito aborrecimento, desinformaçãoe abandono por parte da AA, salvo uma alma caridosa do check in deles em Orlando que correu atrás do paradeiro de nossa bagagem.

Para completar o capítulo AA, na volta descobrimos que, por não termos conseguido embarcar no stand-by em Miami, a despeito de termos nos apresentado no aeroporto em Orlando, explicado que fomos de carro e retirado nossa malas, eles cancelaram nossos voos de volta, pois nós "sumimos" no computador da AA e o sistema simplesmente assume que nós desistimos de tudo!
Sem sequer nos tentar localizar pois informamos a AA nosso endereço em Orlando e eles tinham 10 dias para tentar falar conosco mas não, cancelaram nossa volta.
Resultado: nos encaixaram numas poltronas ruins, separando o grupo em um voo duas horas mais tarde para Miami e 3 h. mais tarde de volta para o Rio e ainda nos falaram que nos eramos lucky (sortudos!) de eles terem conseguido nos alocar no mesmo dia em uma viagem que já está paga, reservada e confirmada desde Setembro do ano passado! Enfim este foi a parte ruim da viagem, nos próximos tópicos falo das coisas boas... com a AA vou me acertar agora aqui no Brasil da melhor maneira. Aí eles vão ver o que é ser lucky!

 


 
 
No pavilhão americano (Epcot) note que o número romano "IV" do relógio da torre está representado como "IIII" da mesma forma como era empregado na época colonial.