Embarque - Desembarque - Imigração

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Nossa experiência em maio

 mensagem postada em 07/06/2008 - 04:06:03hs
 
 

Olá amigos,

Estou aqui para tranquilizar a todos, pois eu estava completamente apavorada antes de embarcar, pensando que toda a segurança imposta pelos EUA, tanto nos vôos quanto na imigração, seria irracional como escreveu o Paulo na mensagem anterior.

Fomos eu, o Luiz e a mãe dele. Eles pedem para que só passem pela mesma entrevista aqueles que residem na mesma casa.

Eu e o Luiz fomos primeiro, o agente da Imigração Americana em Orlando perguntou em qual cidade nós morávamos, se estávamos em férias e em qual hotel pretendíamos ficar. Foi extremamente gentil e simpático, e que nem aqui no Brasil eu esperaria ser tão bem atendida.

Como minha sogra não fala inglês, o Luiz pediu se poderia ajudá-la, mas o agente disse que não teria necessidade.

Para nossa surpresa, este agente falava muito bem português!

Depois, há a inspeção das malas no raio X. Como fui com as malas quase vazias, levei uma mala de mão dentro da mala maior. Parece que no raio X eles não conseguiram indentificar que eram roupas em volta da mala que estava dentro e pediram para que eu abrisse.

Foi tudo muito tranquilo, abri a mala, eles mexeram um pouco e logo estava tudo liberado. Apenas uma senhora de origem latina, que provavelmente reside nos EUA que teve explicar algumas anontações estranhas em um caderno.

Assim, não tenham receio, mas levem o endereço de onde ficaram hospedados.

Abraços,
Greicy

 


 
 
Quando você estiver visitando a atração "The Great Movie Ride" durante a cena onde os atores estão caracterizados de gangsteres preste a atenção na placa do carro dos criminosos, você lerá "021 429", que traduzindo para uma data teríamos "02/14/29", ou seja, o exato dia em que ocorreu o conflito entre gangsteres de Chicago denominado de "St. Valentine's Day Massacre".