Visto

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Res: Pagamento visto em dinheiro

 mensagem postada em 08/06/2016 - 01:06:07hs
 
 

Prezado Rodolfo,

Caso opte pelo pagamento através do sistema de "boleto bancário" o valor já virá convertido em reais. Todavia, não saberia lhe informar a respeito da cotação utilizada.

Num dos vídeos da Embaixada dos EUA - Brasil, nos comentários, notei que eles recomendam que para eventuais dúvidas os solicitantes entrem em contato através do seguinte endereço:
- https://ais.usvisa-info.com/pt-BR/niv/information/contact_us



Vamos aguardar a resposta de algum amigo que tenha se valido do pagamento por meio de "boleto bancário" mais recentemente.

Um forte abraço,
Luiz Carlos ºoº

Pessoal,

no site do usvisa-info diz que é possível realizar o pagamento em dinheiro da taxa de solicitação de visto.
Alguém saberia dizer como funciona o pagamento? Posso pagar em dólares ou será gerado um boleto a ser pago em reais? e se for em reais, alguém sabe qual a cotação que eles utilizam?
não quero pagar no cartão de crédito para não ficar a mercê da oscilação da moeda.
(mensagem de Rodolfo Guimarães Neumann)


 


 
Pagamento visto em dinheiro

 mensagem postada em 08/06/2016 - 01:06:48hs
 
 

Pessoal,

no site do usvisa-info diz que é possível realizar o pagamento em dinheiro da taxa de solicitação de visto.
Alguém saberia dizer como funciona o pagamento? Posso pagar em dólares ou será gerado um boleto a ser pago em reais? e se for em reais, alguém sabe qual a cotação que eles utilizam?
não quero pagar no cartão de crédito para não ficar a mercê da oscilação da moeda.

 


 
 
Num único dia aproximadamente 210 pares de óculos são perdidos em Walt Disney World. Estima-se que desde a sua inauguração em 1971 mais de 1.65 milhões de pares de óculos já foram enviados para o departamento de achados e perdidos ("Walt Disney World Lost and Found "). Outros itens que os convidados costumam perder são os seguintes: telefones celulares (+ 6.000/ano), câmeras digitais (+ 3.500/ano), bonés (+ 18.000/ano) e caderninhos de autógrafos (+ 7.500/ano).