Notícias, novidades e boatos!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
SeaWorld encerra o ano com mais um caso de sucesso de resgate e reabilitação de peixe-boi

 mensagem postada em 18/12/2015 - 05:12:48hs
 
 



Companhia já resgatou mais de 27 mil animais em situação de risco em seus 50 anos

O ano já está acabando, mas a equipe de resgaste e reabilitação do SeaWorld não para nunca. Disponível sete dias por semana, 24 horas por dia, a equipe está sempre pronta para salvar animais que estejam passando por alguma situação de risco na vida selvagem.

Nessa semana, a equipe de resgate do SeaWorld Orlando viajou para Charleston, na Carolina do Sul, para ajudar a salvar um peixe-boi que passava por uma situação de risco. O trabalho de resgate aconteceu em parceria com o U.S. Fish and Wildlife Service (FWS); National Oceanic and Atmospheric Administration's National Ocean Service; e South Carolina Department of Natural Resource.

O peixe-boi foi visto no curso superior do Rio Cooper, perto de uma área de saída de água quente. Devido à queda da temperatura da água do rio, o peixe-boi permaneceu perto dessa saída de água, deixando-o afastado de uma fonte de alimentação adequada e de água naturalmente quente. Historicamente, peixes-bois locomovem-se em busca de águas com temperaturas mais altas, principalmente quando a temperatura de onde estão fica abaixo de 20o C.

Após algumas horas de busca, a equipe resgatou com sucesso esse grande peixe-boi macho, que pesa cerca de 590 kg. Pelo o que foi analisado, esse animal vive na área de Port Everglades, na Flórida. Após o resgate, o peixe-boi foi levado para o SeaWorld Orlando, na Flórida, para uma série de exames e monitoramento clínico antes de ser autorizado a voltar para um local de águas mais mornas no estado. Outro peixe-boi menor também foi visto no Rio Cooper mas as buscas não foram bem sucedidas. As autoridades estão contando com a colaboração da comunidade local e pedindo para que caso avistem qualquer animal em uma situação de risco avisem rapidamente os órgãos responsáveis.

Resgate e Reabilitação de Peixe-Boi

Como membro da Manatee Rescue & Rehabilitation Partnership (MRP), o SeaWorld Orlando serve como um centro de reabilitação em cuidados agudos, prestando assistência veterinária para salvar as vidas desses peixes-bois resgatados.

O MRP é um grupo cooperativo sem fins lucrativos, que reúne instituições privadas, estaduais e federais. Esses órgãos trabalham em conjunto para monitorar o bem-estar e a sobrevivência dos peixes-bois. Essa espécie enfrenta várias situações de risco, tanto as de causas naturais como aquelas geradas pelo homem. A exposição a maré vermelha e o frio são alguns dos problemas naturais que podem afetar os peixes-bois. Já as ameaças causadas pelos humanos incluem ferimentos causados por barcos, acidentes em comportas, e emaranhamento e ingestão de rede de pesca.

Mais casos de sucesso

Ainda nessa semana, a equipe de resgate e reabilitação do SeaWorld também devolveu à natureza uma tartaruga marinha da espécie cabeçuda, que está ameaçada de extinção. O animal ficou mais de três meses em reabilitação após passar por uma cirurgia para retirada de um anzol de pesca de sua boca.

Após o estado de saúde da tartaruga se estabilizar e os resultados dos exames de sangue ficarem prontos, a equipe do SeaWorld realizou um raio-X para entender a profundidade e o grau do machucado causado pelo anzol antes de removê-lo. Felizmente, o anzol tinha um formato circular e foi retirado rapidamente sem causar mais nenhum trauma no local da ferida.

Como parte do tratamento, a tartaruga recebeu uma dieta balanceada com aumento de ingestão de vitaminas e cuidados diários dos veterinários do parque. Após diversos exames foi identificada uma melhora em seu estado de saúde e a tartaruga recebeu alta do governo para ser devolvida ao oceano. A equipe de zoológico do SeaWorld trabalha em conjunto com a Florida Fish and Wildlife Conservation Commission para determinar quando um animal resgatado pode ser solto.

Essa tartaruga foi devolvida juntamente com outra da mesma espécie que veio para o SeaWorld Orlando em fevereiro após ser resgatada perto de St. Augustine. Além delas, outras duas tartarugas de Kemp que se recuperaram de estresse devido ao frio foram soltas na ocasião.











Um forte abraço a todos,
Luiz Carlos ºoº

 


 
 
A atração Expedition Everest do parque Disney’s Animal Kingdom (61 metros de altura) é a mais alta do Walt Disney World Resort, seguida pelo The Twilight Zone Tower of Terror do Disney’s Hollywood Studios (60 metros de altura), Cinderella Castle do Magic Kingdom (57 metros de altura), Spaceship Earth do Epcot (55 metros), Space Mountain do Magic Kingdom (54 metros de altura) e The Tree of Life do Disney’s Animal Kingdom (44 metros de altura).