Alimentação - Dicas

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Checkers: um rally de sabores

 mensagem postada em 10/12/2015 - 04:12:22hs
 
 

Se aqui por terras brasilis as opções de hambúrgueres crescem a cada dia, nos EUA essa é uma realidade há tempos. Desbravar as mais variadas opções por lá é uma tarefa para lá de prazerosa e desta vez fomos parar no Checkers de Old Town.

A história da lanchonete é bastante interessante, começando pelo fato de que todas as suas lojas são estilo drive-thru, com apenas duas, três mesas do lado de fora. Nos idos dos 80’s, onde havia um Checkers, logo ao lado havia um Rally’s. Foi então que na década de 90 as duas empresas se fundiram criando a companhia Checkers and Rally’s. Mas, deixemos a história de lado e vamos ao que interessa.

Nos dois últimos anos que estivemos na Flórida visitamos o mesmo drive-thru da rede, localizado no conhecido 5780 da Irlo Bronson Highway, em Kissimmee, onde também fica o complexo de entretenimento Old Town. Logo de cara você pode ficar em dúvida sobre comer por ali, tanto pelo visual mais – digamos – simplório, como pelo público presente, que não é lá muito ao estilo turismo, ainda mais brasileiros. Como para nós, como dito anteriormente, o que importa é o sabor, estávamos cagando e andando para qualquer coisa que não fizesse parte do cardápio.

Logo de cara um nome me chamou a atenção e sem titubear decidi que iria encarar a fera: o Baconzilla, sanduba com duas carnes de 150g, 04 fatias de queijo e 08 fatias de bacon. Como comentando anteriormente, a primeira vez sempre deve ser básica. Para acompanhar, a boa e velha Coca-Cola – versão 1,5l – e fritas Fry Love. Claudia optou por um Spicy Chicken Cheezer, enquanto Lucas foi de All American Cheeseburger e Julia de Crazy Good Wings.

Com um preço para lá de atraente e os lanches comprados e recebidos, tínhamos a nossa disposição os mais variados toppings, que diferente do Five Guys, onde você já recebe o burger com tudo colocado, podiam ser escolhidos e colocados livremente pelo próprio cliente. (imaginem se fosse no Brasil). Optamos por experimentar como estavam…originais.

Sentamos numa das três mesas que tinham por ali, abrimos nossos lanches e a surpresa não poderia ser melhor. A primeira mordida no Baconzilla já mostrou ao que o sanduíche veio. As duas carnes estavam no mesmo ponto, com um rosado interior para menos, envoltas em american cheese derretido e uma enxurrada de bacon crocante e em largas tiras. Uma golada de Coca-Cola e entendi o motivo do nome Fry Love; as batatas fritas eram clássicas, cortadas palito e com casca, temperadas com páprica picante, trazendo uma crocância sensacional.

O de Claudia também foi uma bela surpresa. Pão estilo forma cortado grosso, chapeado dos dois lados e com um generoso peito de frango crispy, queijo americano derretido na medida e sabor que não acabava mais. E como com nossas crianças não tem essa de “for kids”, a duplinha fez bonito com seus sandubas e coxinhas de frango, pedidos que abriram passagem para hambúrgueres ainda maiores e versões completas das Crazy Good Wings.

 


 
 
Num único dia aproximadamente 210 pares de óculos são perdidos em Walt Disney World. Estima-se que desde a sua inauguração em 1971 mais de 1.65 milhões de pares de óculos já foram enviados para o departamento de achados e perdidos ("Walt Disney World Lost and Found "). Outros itens que os convidados costumam perder são os seguintes: telefones celulares (+ 6.000/ano), câmeras digitais (+ 3.500/ano), bonés (+ 18.000/ano) e caderninhos de autógrafos (+ 7.500/ano).