Walt Disney World - FastPass+ - Atrações - Necessidade

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Res: Decepção com o FastPass+

 mensagem postada em 17/04/2015 - 03:04:40hs
 
 


A essência dos “privilégios” para idosos, grávidas, deficientes etc, é ótima a meu ver.
São as pessoas que acabam avacalhando como você mesmo disse.
E sobre cotas, não faço parte de nenhuma delas, mas não é aqui o melhor lugar para discutir ou comprar fastpass com cotas, apenas discordo de sua opinião.
(mensagem de João Crédito)


João,

São colocações como esta que você fez, acima, que já fizeram sair do Fórum pessoas como Fabio Liporace, Marina P, Bier e outros.

Lembre-se, ninguém, nem mesmo Você, é o dono da verdade e o Fórum tem um Moderador, que é o Sr Pantoja.

Cabe a ele decidir se um Post é ou não apropriado e se "cabe ser discutido aqui ou não" ...

Creio que o Roberval estava comparando a existência do Fast Pass como um privilegio de poucos, (ultimamente a quem esta hospedado na Disney, ou compra Magic Bands ou se hospeda no complexo Disney) e a fila de Single Riders também como uma forma de otimizar a ocupação dos brinquedos, e que pessoas desonestas vem utilizando como forma de furar a fila e passar à frente de outros ...

Enfim, este sistema de privilegios e mecanismos fura-filas acabam sempre por beneficiar uns e prejudicar os outros. Concordam ?


 


 
Res: Decepção com o FastPass+

 mensagem postada em 16/04/2015 - 10:04:16hs
 
 

Vou deixar minha opinião também.
Acredito que se fizermos isso de forma educada e gentil - padrão Disney - não há problema algum.

Na minha primeira viagem à Orlando uma das coisas que mais me chamou atenção foi a inclusão presente na maior parte das atrações. A preferência na fila para deficientes e idosos, os MELHORES assentos nos espetáculos serem para as cadeiras de rodas (e não aqueles horríveis dos cinemas brasileiros), enfim, tudo isso me deixou muito feliz.

Não usei qualquer dessas facilidades, mas, para mim, faz parte do ambiente Disney essa coisa "do bem".

Existe gente que usa de forma errada? Existe! Sem dúvidas. Só acho uma pena extinguir esse tipo de inclusão por conta dos "malandrões".

Sobre a questão do Single Rider eu SEMPRE entendi que era uma opção para quem - em grupo ou não - não liga de ir sozinho. Tanto que vou para a Disney em dezembro com a minha noiva e já tinha pensado em usar o recurso em algumas atrações onde não tem tanta diferença ir sozinho ou não. Então penso que outras pessoas podem ter interpretado como eu, e não agir de má fé...

Para resumir meu comentário, acho que as vezes é mais gostoso aproveitar a viagem no clima mais "Walt" possível, sem ficar me incomodando com quem está agindo de forma feia...

 


 
Res: Decepção com o FastPass+

 mensagem postada em 16/04/2015 - 10:04:21hs
 
 



É como no Brasil, as Leis que permitem que os maiores de 65 anos furem as filas de bancos, grávidas, deficientes físicos, etc...
Tem gente contratando deficiente físico para ser office boy apenas para furar filas em banco e realizar pagamentos de suas empresas !!
E mulheres que levam crianças grandes para a fila (que já andam há muito tempo) e ficam com elas no colo apenas para não enfrentar as filas normais ? Já viram ?

Então, desculpe-me mas falei ! Sou contra qualquer tipo de privilégio, principalmente nos parques da Disney, onde todos vamos para nos divertir, normalmente com grupo de amigos ou familiares.
Da mesma forma que sou contra as COTAS (cotas para negros, para homossexuais, para indígenas, para Quilombolas, ... etc. Quando teremos cotas para pessoas ... digamos ... normais ???

Forte abraço.
(mensagem de roberval taylor)


A essência dos “privilégios” para idosos, grávidas, deficientes etc, é ótima a meu ver.
São as pessoas que acabam avacalhando como você mesmo disse.

E sobre cotas, não faço parte de nenhuma delas, mas não é aqui o melhor lugar para discutir ou comprar fastpass com cotas, apenas discordo de sua opinião.

 


 
 
Todo o lixo do parque Magic Kingdom é transportado por um sistema denominado "AVAC" que locomove os detritos até a central de processamento utilizando gás comprimido a uma velocidade de quase 100 km/h. Posteriormente todo o lixo é processado e reciclado.