Planejamento - Dinheiro, Cartão, Travel Check e Cartão Pré-Pago Internacional

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

Este tópico se presta para que os usuários possam trocar informações e sanar dúvidas sobre a utilização de dinheiro, cartão de crédito, travel check e VTM, mas não para a divulgação de produtos ou cotação de preços.
Quanto ao cartão pré-pago internacional, tendo em vista a proibição da citação de empresas ("3.1") bem como reclamações ("3.3"), antes de adquirir tal produto não deixe de verificar os comentários postados pelos internautas no site Reclame Aqui - link.
Não é permitida a citação de empresas de câmbio no presente tópico em obediência ao nosso regulamento (3.1).
Para informações a respeito da cotação do dólar valham-se de outros veículos de informação como UOL, Terra, ou qualquer outro de sua preferência. Evitando utilizar o presente tópico apenas para tal finalidade.
Destaco ainda que o nosso fórum não se presta para qualquer discussão relacionada a política econômica, partidos políticos e assuntos análogos.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Res: Diminuição no gasto e no contingente de turistas do Brasil para os EUA.

 mensagem postada em 09/03/2015 - 02:03:48hs
 
 

NIlo,

Muito pelo contrário...

Se tratando de Flórida nós somos os principais sim, inclusive o mercado imobiliário da Flórida terá um revés imenso. No ano de 2013 os brasileiros foram responsáveis por 25% das vendas do mercado imobiliário da Flórida, levando em consideração empresas e pessoas físicas.

Eu acho que não vai haver uma grande diminuição nas viagens, talvez uma readequação no período de permanência, nas atividades e principalmente nas compras. Com o tratado firmado entre os EUA e o Brasil a oferta de voos vai aumentar mais ainda esse ano e nos próximos 3. Isso fará que mesmo com o dólar alto as cias façam mais promoções. Tudo tem o outro lado da moeda.

Quem gosta de viajar pra lá vai apertar daqui e dali e continuará indo. A verdade é que como tudo era muito barato o brasileiro esbanjava em Orlando e agora acredito que os gastos serão mais comedidos.

Um bom panorama é que os outlets podem voltar a dar promoções mais atrativas como era até 2011.

Vamos esperar, pois isso não ficará assim pra sempre! Quando o dólar era 4 reais e chegou a 2,5 muita gente comemorou, quando baixou para 3 as pessoas estavam soltando fogos e marcando viagens como loucos.


Abs

 


 
Diminuição no gasto e no contingente de turistas do Brasil para os EUA.

 mensagem postada em 09/03/2015 - 10:03:38hs
 
 

Sei que não somos os principais no mercado turístico americano, mas o impacto na diminuição do numero de viajantes do Brasil para a terra do tio Sam nos próximos meses será bem significativo com essa alta galopante do dólar. O gasto do turista brasileiro com compras vai cair drasticamente com viés de piora progressiva. A falta de clareza e honestidade nas palavras e atitudes do atual governo gera uma insegurança gigantesca no mercado determinando a desvalorização progressiva e sem fim do real. Acredito que essa minha ida atual será a ultima se nada melhorar e não vejo horizonte para essa melhora com os gestores que ai estão. Rezemos.

 


 
 
Na fila da atração Piratas do Caribe você encontra dois esqueletos jogando xadrez, as peças do tabuleiro foram corretamente colocadas de forma que o jogo parece estar em um impasse que irá durar pela eternidade. Trata-se de uma marca registrada do Imagineiro Marc Davis que é apaixonado pelo jogo de xadrez.