Segurança

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Roubos e assaltos na cidade de Orlando - Parte 1

 mensagem postada em 24/09/2014 - 10:09:15hs
 
 

Atenção: ñ se deixem levar pela histeria coletiva. Pesquisem sobre o assunto e talvez descobrirão mais informações...

POR -- palavra censurada -- • 24/09/2014 • OUTRAS ATRAÇÕES, ÚLTIMAS NOTÍCIAS •

Nos últimos tempos, as redes sociais têm sido invadidas por casos de roubos em quartos de hotéis em Orlando, e recebemos diversos pedidos de informações sobre este assunto. Turistas estão preocupados e considerando mudar o destino de suas férias por causa destas notícias. No entanto, gostaríamos que vocês considerassem alguns pontos.
O turista brasileiro tem cada vez mais escolhido Orlando como destino principal de suas férias. Os números têm crescido consideravelmente a cada ano. E nós brasileiros já somos conhecidos por comprarmos muito, pois realmente o preço nos Estados Unidos valem muito a pena. Infelizmente por este motivo, acabamos chamando a atenção de quem deseja levar vantagem, e o que podemos fazer, é tomar algumas precauções.
A área das ruas International Drive, Sand Lake e Kirkman é muito visitada por turistas brasileiros, e é nesta região que acontece o maior número de casos de roubos de pertences dentro de carros. Quando visitar esta área e principalmente os shoppings e outlets, jamais vá até o carro deixar as suas compras e volte para comprar mais. A solução é segurar as sacolas, ou levar uma mala para colocar as compras, e carregar a mala o tempo todo. Nunca deixe itens à vista no carro, como iPhones, iPads e sacolas. Nada que já não estejamos acostumados no Brasil, certo?


 


 
 
Num único dia aproximadamente 210 pares de óculos são perdidos em Walt Disney World. Estima-se que desde a sua inauguração em 1971 mais de 1.65 milhões de pares de óculos já foram enviados para o departamento de achados e perdidos ("Walt Disney World Lost and Found "). Outros itens que os convidados costumam perder são os seguintes: telefones celulares (+ 6.000/ano), câmeras digitais (+ 3.500/ano), bonés (+ 18.000/ano) e caderninhos de autógrafos (+ 7.500/ano).